Índia Caíque Rocha Ribeiro
Sumário <ul><li>1- Mapas da Índia </li></ul><ul><li>2- Introdução </li></ul><ul><li>3- Índia Colonial </li></ul><ul><li>4-...
Mapa da descolonização da colônia inglesa. Formaram-se três países: Índia, Paquistão e Bangladesh. Mapa da Índia após a In...
Introdução <ul><li>Neste trabalho tentarei mostrar um pouco sobre a Índia. A Índia era uma das mais importantes colônias b...
Índia Colonial   <ul><li>A Império Britânico era a Índia. Sob a denominação oficial de Império da Índia, havia todo um sub...
Independência da Índia <ul><li>A Independência da Índia deve-se a contribuição de Mahatma Gandhi que liderou milhões de pe...
Índia após Independência <ul><li>Os primeiros anos do novo Estado indiano foram atribulados, com acontecimentos como a mac...
Concessão da Índia <ul><li>Logo depois da Independência da Índia o país ainda enfrentava forte tensão entre os grupos reli...
Alguns acontecimentos ocorridos na Índia n
Guerras mais recentes da Índia <ul><li>Posso dizer que a guerra mais atual da Índia foi a Gloriosa e invencível Guerra Pop...
Economia atual da Índia <ul><li>O quadro da economia da Índia hoje é bom. A Índia está com uma economia que a cada ano vem...
Política atual da Índia <ul><li>A Índia é uma democracia parlamentar. O poder executivo pertence ao primeiro-ministro. </l...
Conclusão <ul><li>Concluí que a Índia, teve uma longa jornada até conseguir sua independência e que passou por vários prob...
Bibliografia <ul><li>Algumas partes do trabalho foram retiradas dos seguintes sites: </li></ul><ul><li>http://www.colegios...
FIM. Para fazer triunfar a nossa causa, estamos dispostos a derramar o nosso sangue – não o vosso. Mohandas Karamchand Gan...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho sobre a Índia

63.837 visualizações

Publicada em

Trabalho de História
Tema: Índia



Feito por: caique_rochar@hotmail.com

Publicada em: Educação
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
63.837
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
77
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
568
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho sobre a Índia

  1. 1. Índia Caíque Rocha Ribeiro
  2. 2. Sumário <ul><li>1- Mapas da Índia </li></ul><ul><li>2- Introdução </li></ul><ul><li>3- Índia Colonial </li></ul><ul><li>4- Independência da Índia </li></ul><ul><li>5- Índia após Independência </li></ul><ul><li>6- Concessão da Índia </li></ul><ul><li>7- Alguns acontecimentos ocorridos na Índia </li></ul><ul><li>8- Guerras mais recentes da Índia </li></ul><ul><li>9- Economia atual da Índia </li></ul><ul><li>10- Política atual da Índia </li></ul><ul><li>11- Conclusão </li></ul><ul><li>12- Bibliografia </li></ul>
  3. 3. Mapa da descolonização da colônia inglesa. Formaram-se três países: Índia, Paquistão e Bangladesh. Mapa da Índia após a Independência. Mapas da Índia
  4. 4. Introdução <ul><li>Neste trabalho tentarei mostrar um pouco sobre a Índia. A Índia era uma das mais importantes colônias britânicas na Ásia que serviu como uma fonte de matérias primas para os países capitalistas que se aproveitavam dela. Falarei um pouco sobre o Mahatma Gandhi que foi um grande homem que fez com que a Índia tivesse sua independência e lutou sem usar a violência e conseguiu chegar a sua doutrina. No trabalho também mostrarei uma pequena parte sobre a Índia Colonial que havia milhares dialetos e mais de 3 mil idiomas e diversas religiões, más as mais praticadas eram o muçulmanismo e o hinduísmo. Também tentarei mostrar um breve histórico do que se passa nos conflitos, economias e políticas atual da Índia. </li></ul>
  5. 5. Índia Colonial <ul><li>A Império Britânico era a Índia. Sob a denominação oficial de Império da Índia, havia todo um subcontinente que se estendia das fronteiras do Irã e Afeganistão, a oeste, até aos limites do Tibete e da China, ao norte e nordeste, e à divisa com o Sião que hoje tem o nome de Tailândia, a leste. Em 1937, a Birmânia conhecida hoje como Myanmar foi destacada do conjunto, passando a constituir uma colônia separada. </li></ul><ul><li>A Índia Britânica tinha algumas colônias francesas e portuguesas. A Índia Britânica tinha muitos tipos de línguas, religiões e raças. Nela se predominava os indo-europeus que queria dizer principal raça branca daquele lugar, de cabelos escuros e com diversos matizes de tez, mas os habitantes das encostas do Himalaia do norte, eram de raça mongólica, e existiam no centro alguns grupos com forte ascendência negróide. Falavam mais de 3 mil idiomas e dialetos, dos quais cerca de quinze eram mais importantes. Quanto ao aspecto religioso, embora o bramanismo (atualmente mais conhecido pelo nome de hinduísmo) fosse absolutamente majoritário, muitas parcelas da população seguiam o islamismo (ou muçulmanismo, ou maometismo), além das minorias que seguiam o sikhismo, do janaísmo, do budismo, do cristianismo e até mesmo do animismo (denominação dada às religiões primitivas que atribuem alma – anima, em latim – a animais, rios e montanhas). </li></ul><ul><li>Quem tinha o total comando da colônia era o vice-rei, que prestava contas ao Ministério das Colônias em Londres. Dentro da Índia tinha duas formas de administração; mais da metade do território era controlado diretamente por funcionários coloniais britânicos mas também havia vários governantes hereditários, hindus e muçulmanos. </li></ul>
  6. 6. Independência da Índia <ul><li>A Independência da Índia deve-se a contribuição de Mahatma Gandhi que liderou milhões de pessoas contra os ingleses utilizando-se de uma atitude pacífica. Ele lutava sem usar a violência, com milhares de pessoas ao seu lado ele conseguiu gigantescas mobilizações populares contra as autoridades britânicas na Índia. Essa mobilização ficou conhecida no mundo inteiro como a Desobediência Civil, que lutava de um modo passivo. Com a Desobediência Civil Mahatma Gandhi e todos que estavam a seu lado conseguiram chegar em seu momento mais próspero durante a Segunda Guerra Mundial. </li></ul><ul><li>Em 1947, o poderio militar da Grã-Bretanha estava totalmente abalado devido à Segunda Guerra Mundial. E com a Segunda Guerra Mundial a Grã-Bretanha ficou fraca e tinham apenas 150 mil britânicos que tinham a função de cuidar de mais de 400 milhões de indianos. Isso fez com que a Grã-Bretanha se sentisse pressionada pelos populares da indianos e com isso se sentiu obrigada a reconhecer a Independência da Índia. </li></ul>
  7. 7. Índia após Independência <ul><li>Os primeiros anos do novo Estado indiano foram atribulados, com acontecimentos como a maciça troca populacional com o Paquistão, a Guerra Indo-Paquistanesa de 1947 e a integração de mais de 500 Estados principescos de modo a formar um país integrado. </li></ul><ul><li>Cerca de 10 milhões de hindus e siques que residiam no Panjabe Ocidental, na Província da Fronteira Noroeste, no Baluchistão, em Bengala Oriental e no Sind migraram para a Índia, temendo permanecer num Paquistão muçulmano. Conflitos étnicos mataram mais de um milhão de hindus, siques e muçulmanos e desestabilizaram ambos os países ao longo da fronteira comum e nas cidades de Calcutá, Délhi e Lahore. A violência extingiu-se em setembro de 1947, graças aos esforços conjuntos de Índia e Paquistão e à greve de fome de Mahatma Gandhi. O assassinato deste último por um fanático hindu em janeiro de 1948 foi um golpe sério para o país. </li></ul><ul><li>As tratativas bilaterais no sentido de proteger as minorias dos dois lados da fronteira preveniram uma guerra por motivo étnico, mas terminaram por fracassar diante da questão da Caxemira. </li></ul><ul><li>Lá para os anos de 1950-1960, o Partido do Congresso, a que pertenciam Mahatma Gandhi e Jawaharlal Nehru, assumiu o governo da Índia, com Nehru e, posteriormente, sua filha Indira Gandhi e seu neto Rajiv Gandhi, à frente, exceto por dois breves intervalos nos anos 1970 e 1980. As primeiras eleições gerais após a promulgação da constituição da Índia mantiveram o partido no poder e conferiram a Nehru seu segundo mandato como primeiro-ministro. </li></ul>
  8. 8. Concessão da Índia <ul><li>Logo depois da Independência da Índia o país ainda enfrentava forte tensão entre os grupos religiosos rivais e se fragmentou em dois, a Índia propriamente dita e o Paquistão, sendo que este estava geograficamente dividido em Oriental e Ocidental, com um enclave indiano entre ambos. </li></ul><ul><li>Portanto, a violência religiosa e a disputa por terras prevaleciam. Gandhi que pregava a paz e a união de hindus e muçulmanos foi assassinado em 1948 por um radical hindu. No mesmo ano, a ilha do Ceilão, a sudeste do subcontinente indiano, tornou-se um Estado independente, com o nome de Sri Lanka. Do mesmo modo, o Paquistão oriental formaria um novo país, Bangladesh, em 1971. </li></ul><ul><li>Hoje, na República da Índia, os conflitos entre hindus e muçulmanos são menores, embora persistam. Outros dois grupos religiosos também têm força no país, os budistas e os sikhs, uma seita hinduísta com características próprias. As relações com o Paquistão ainda são conflituosas, em especial no que se refere à província indiana da Caxemira, no norte do país. </li></ul>
  9. 9. Alguns acontecimentos ocorridos na Índia n
  10. 10. Guerras mais recentes da Índia <ul><li>Posso dizer que a guerra mais atual da Índia foi a Gloriosa e invencível Guerra Popular e essa guerra é como se fosse uma guerra interna dentro da Índia. </li></ul><ul><li>Sempre enfrentando os mais terríveis obstáculos, lutando contra o vento e a maré e através de mil peripécias, a guerra popular na Índia não se deteve um só instante. Nos últimos anos, impulsionada com o grande salto promovido com a fusão que deu origem ao PCI (Maoista), o poder e influência dos naxalitas cresceram tanto que as classes reacionárias e seus meios de comunicação abandonaram a tática de ignorar a guerrilha. O próprio atual Primeiro-Ministro da Índia, Mammohan Singh chegou a declarar em agosto de 2006 que os maoístas eram o &quot;maior desafio interno para a ‘segurança’ da Índia&quot;. Segundo dados do próprio Ministro do Interior da Índia, Sriprakash Jaiswal, em 2007 os naxalitas realizaram 8.488 ataques a estabelecimentos policiais em 91 distritos de 11 estados. </li></ul><ul><li>O principal povo que esta fazendo isso é o naxalitas estão fazendo o sua principal atividade que é a propaganda revolucionária que se estende a Delhi, Mumbai, Raipur, Pune, Jammu e outras. Em fevereiro de 2008, em Nayararh, importante cidade do estado de Orissa, um comando naxalita realizou uma audaz ação contra um comissariado de polícia, expropriando 1.069 armas (dados oficiais). O governo não deu detalhes sobre a qualidade das armas, mas os maoístas já fizeram ações com morteiros de 80 milímetros e lança-granadas. </li></ul><ul><li>Essa Guerra Popular na Índia tem dado grandes dores de cabeça às classes dominantes indianas, dificultando que o país se afirme na posição de potência regional e atue mais como cabeça de ponte dos interesses imperialistas na região. Durante essa guerra teve muita farsa eleitoral e mortes de pessoas importantes da política isso mostrando que farsa na política. </li></ul>
  11. 11. Economia atual da Índia <ul><li>O quadro da economia da Índia hoje é bom. A Índia está com uma economia que a cada ano vem crescendo em comparação a outros países que estão a cada ano com uma economia pior. </li></ul><ul><li>A Índia é país com quase 300 milhões de habitantes tem como língua oficial o hindi, mas a mais utilizada é o inglês, que é uma das heranças deixadas pelos britânicos. Sua capital é a Nova Delhi. Pesquisadores dizem que a Índia até 2050 ao lado de Brasil, Rússia e China se tornará uma das maiores forças econômicas. É notado que a Índia vem crescendo a cada dia. No último informe Comércio Exterior elaborado pelo Banco do Brasil, há uma matéria especial sobre a Índia que prevê grandes taxas de crescimento. De acordo com o economista Manmohan Singh, até 2008 o PIB chegará a 8% ao ano, podendo, em 2009, chegar a 10%. Nesse ritmo, a Índia será a terceira economia mundial em 2040. A Índia somente perde para a poderosa China. Por ser um mercado disponível e tendo mão-de-obra barata, há várias empresas interessadas em ingressar no território indiano. </li></ul><ul><li>Nesse ano de 2009 a Índia vem se superando mais ainda com a sua economia. Nesse ano a terceira maior economia da Ásia cresceu 5,8% nos primeiros três meses de 2009 e dentro da Ásia o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) indiano superou as expectativas dos economistas consultados pela Bloomberg que apontavam uma expansão de 5%. </li></ul><ul><li>A Índia é uma grande exportadora de arroz, legume, arroz, frutas, leite e cana de açúcar, são também grandes produtores de motocicletas. Lembrando que a Índia está em desenvolvimento econômico mas ainda há várias áreas com uma grande pobreza. </li></ul>
  12. 12. Política atual da Índia <ul><li>A Índia é uma democracia parlamentar. O poder executivo pertence ao primeiro-ministro. </li></ul><ul><li>A Índia costuma ser apontada como a maior democracia do mundo, pois conta com o maior eleitorado dentre os países democráticos. O país adotou como forma de Estado a federação, com um parlamento bicameral que funciona com base em um sistema parlamentarista de estilo Westminster. </li></ul><ul><li>O Congresso Nacional Indiano, também conhecido como Partido do Congresso, é a mais antiga das organizações políticas ativas na Índia, sendo que, um dos maiores partidos deste país. Teve um papel importante no movimento pela independência da Índia e governou aquele país em diversos períodos: 1947-1977, 1980-1989, 1991-1996 e desde 2004 até a atualidade, sendo assim o partido que esteve no poder na maior parte dos governos pós independência. </li></ul>
  13. 13. Conclusão <ul><li>Concluí que a Índia, teve uma longa jornada até conseguir sua independência e que passou por vários problemas como problemas com suas religiões e problemas de guerras entre a Caximira. </li></ul><ul><li>Pelo menos a Índia teve um grande homem conhecido como Mahatma Gandhi que lutou pelos os seus direitos e pelos direito dos indianos que queriam a sua independência, e ele lutou sem derramar nenhum sangue e conseguiu chegar a onde queria, mesmo tendo sua religião ele foi assassinado por um homem por um homem hindu que condenava sua política conciliatória com os islâmicos, quando souberam que Mahatma Gandhi foi morto todos viram que “A luz apagou-se em nossas vidas” porque ele era um grande líder que conseguiu a Independência sem derramar nenhum sangue. Mesmo logo após a Independência houve várias guerras entre o próprio povo indiano, que brigava por regiões e outras coisas. </li></ul>
  14. 14. Bibliografia <ul><li>Algumas partes do trabalho foram retiradas dos seguintes sites: </li></ul><ul><li>http://www.colegiosaofrancisco.com.br </li></ul><ul><li>http://pt.wikipedia.org </li></ul><ul><li>http://www.historianet.com.br </li></ul><ul><li>http://www.infoescola.com </li></ul><ul><li>http://www.folha.uol.com.br </li></ul><ul><li>http://www.anovademocracia.com.br </li></ul><ul><li>http://economico.sapo.pt </li></ul>
  15. 15. FIM. Para fazer triunfar a nossa causa, estamos dispostos a derramar o nosso sangue – não o vosso. Mohandas Karamchand Gandhi, mais conhecido por Mahatma Gandhi

×