Apresentação teleconferência 2 t10

506 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
506
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
29
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação teleconferência 2 t10

  1. 1. Divulgação dos Resultados do 2T10 Teleconferência e Webcast Agosto de 20101
  2. 2. AVISO LEGAL Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos e/ou resultados futuros (“forward-looking statements”), baseadas em estimativas, análises e projeções sujeitas às condições de mercado e que, portanto, estão fora do controle da Wilson, Sons. Fatores importantes, que podem gerar diferenças significativas entre os resultados reais e as expectativas sobre eventos ou resultados futuros da Companhia, incluem: condições econômicas no Brasil e exterior; tecnologia; condições do mercado financeiro; incertezas a respeito dos resultados de suas operações futuras, estratégia, objetivos; bem como outros fatores descritos na seção “Fatores de Risco”, disponíveis em prospecto oficial da Companhia e protocolados junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Os resultados operacionais e financeiros da Companhia, apresentados a seguir, foram compilados em conformidade com regras contábeis em padrão IFRS (“International Financial Reporting Standards”), exceto onde expresso o contrário. O relatório de auditores independentes e as notas explicativas são considerados partes integrais das demonstrações financeiras da Wilson, Sons.2
  3. 3. RESULTADOS CONSOLIDADOS – 2T10 & 1S10 Destaques Receita Líquida & Resultado Operacional (US$ MM) • Receita 22,7% maior quando comparada ao 2T09 (20,1% no 1S10), com progresso nos números de nossos principais 20,1% segmentos de negócio; 22,7% • EBITDA 16,7% maior no 2T10 (2,0% menor no 1S10 ) com destaque para o crescimento nos Terminais de Contêineres, 263,0 Brasco, operações especiais, Logística e Agenciamento ; 141,5 219,0 115,4 -12,2% • Lucro Líquido de US$ 31,0M no trimestre (US$ 37,3M no 10,8% acumulado do ano). 28,7 31,8 52,4 46,0 • Parcela única de US$ 10,4M no resultado dos Estaleiros e 2T09 2T10 1S09 1S10 ganho não-recorrente de US$ 10,0M na venda de ativo Margem 24,8% 22,4% 23,9% 17,5% imobilizado relacionada à formação da Joint Venture Wilson, Operacional Sons Ultratug Offshore. EBITDA (US$ MM) Lucro Líquido (US$ MM) -2,0% -6,2% 16,7% -24,3% 33,1 31,0 49,2 42,1 36,1 67,3 65,9 37,3 2T09 2T10 1S09 1S10 2T09 2T10 1S09 1S10 Margem 31,2% 29,7% 30,7% 25,1% Margem 28,7% 21,9% 22,5% 14,2% EBITDA Líquida3
  4. 4. DESTAQUES POR NEGÓCIO SISTEMA PORTUÁRIO Terminais Portuários • Receita 28,8% maior no trimestre (28,5% no acumulado do ano) em comparação a iguais períodos de 2009 • Brasco: crescimento de 112,3% no trimestre (84,5% no ano) dado os maiores volumes de serviços auxiliares para clientes spot e regulares SISTEMA MARÍTIMO Rebocagem • Receita 4,5% maior no trimestre (8,4% no acumulado do ano) em comparação a iguais períodos de 2009 • Maior relevância das operações especiais em Rebocagem, que agora representam 14,1% das receitas Offshore • O segmento apresentou queda de 15,2% nas receitas do 2T10 versus 2T09 com o efeito da joint venture • Receitas 5,9% maior no acumulado do ano em função da maior frota de PSVs Estaleiros • Fechamento de contrato para início das obras civis no novo Estaleiro da Companhia em Guarujá (SP) • Licença ambiental para o projeto de construção do Estaleiro na cidade de Rio Grande (RG) Agenciamento Marítimo • Maiores volumes movimentados no ano SISTEMA LOGÍSTICO Logística • Maior número de operações in-house4
  5. 5. TERMINAIS PORTUÁRIOS Receita Líquida (US$ MM) EBITDA (US$ MM) & Margem EBITDA (%) 28,5% 33,5% 35,5% 32,4% 32,5% 28,8% 100,2 29,2% 78,0 36,3% 55,9 19,8 32,6 43,4 25,2 14,6 2T09 2T10 1S09 1S10 2T09 2T10 1S09 1S10 Volumes (TEUs ‘000) Receita Brasco (US$ MM) 238,0 442,1 234,5 -1,5% 416,4 6,2% 84,4% 112,3% 284,7 174,2 145,1 306,0 14,3 21,8 399,1 33,8 416,4 60,8 29,6 416,4 53,4 11,8 399,1 6,8 4,3% 55,6 96,7 416,4 34,2 57,0 4,3% 284,3 306,0 Longo Curso4,3% 284,3 2T09 306,0 2T10Longo Curso Cabotagem 1S09 1S10 2T09 2T10 1S09 1S10 306,0 Longo Curso 57,2 Cabotagem Outros * 53,4 * Inclui57,2 Cabotagem 57,5 Outros 57,0 remoção, transbordo e navegação interior 53,45 57,5 Outros 57,0
  6. 6. REBOCAGEM Receita Líquida (US$ MM) EBITDA (US$ MM) & Margem EBITDA (%) 46,7% 31,9% 45,0% 33,0% 8,4% -28,6% -20,4% 4,5% 67,5 16,9 73,2 30,4 24,2 36,2 37,8 12,1 2T09 2T10 1S09 1S10 2T09 2T10 1S09 1S10 # Manobras portuárias Operações Especiais (% Receita no 1H10) 0,4% 0,4% Manobras Portuárias 14,1 Operações Especiais 12.509 24.804 Harbour Manoeuvres 12.553 24.905 Special Operations 85,9 2T09 2T10 1S09 1S106
  7. 7. OFFSHORE Receita Líquida (US$ MM) EBITDA (US$ MM) & Margem EBITDA (%) -15,2% 59,5% 56,0% 60,0% 44,6% 5,9% -21,4% -20,2% 10,4 19,6 6,2 8,8 11,1 18,5 4,9 8,7 2T09 2T10 1S09 1S10 2T09 2T10 1S09 1S10 # Dias em Operação* # PSVs* 43,2% 44,1% 9 717 1.348 8 501 935 7 2T10 1T10 2T09 2T10 1S09 1S10 4T09* Considera o número total da joint venture, da qual a Wilson, Sons detém 50%7
  8. 8. ESTALEIROS Receita Líquida (US$ MM) EBITDA (US$ MM) & Margem EBITDA (%) 52,3% 79,4% 60,4% 60,5% 65,4% 179,1% 65,7% 323,4% 10,5 11,9 13,2 19,7 7,2 4,7 11,9 2,5 2T09 2T10 1S09 1S10 2T09 2T10 1S09 1S108
  9. 9. AGENCIAMENTO MARÍTIMO Receita Líquida (US$ MM) EBITDA (US$ MM) & Margem EBITDA (%) 20,0% 21,5% 15,2% 12,6% 14,3% 20,9% 0,3% 22,8% 8,0 4,2 3,6 6,7 0,9 1,0 1,0 0,7 2T09 2T10 1S09 1S10 2T09 2T10 1S09 1S10 Indicadores Operacionais # Escalas Atendidas # BLs Processados # Cntrs Controlados 11,1% 10,0% 6,4% 10,3% 11,4% 7,6% 55.073 3.437 25.786 28.722 51.188 1.766 14.231 15.697 26.693 29.364 1.659 3.093 2T09 2T10 1S09 1S10 2T09 2T10 1S09 1S10 2T09 2T10 1S09 1S109
  10. 10. LOGÍSTICA Receita Líquida (US$ MM) EBITDA (US$ MM) & Margem EBITDA (%) 16,5% 28,0% 10,7% 9,2% 10,8% 11,6% 7,5% 50,2% 4,5 36,3 16,9 21,7 42,2 2,3 4,2 1,6 2T09 2T10 1S09 1S10 2T09 2T10 1S09 1S10 # de Viagens # de Operações 73,9% 15,0% 66,9% 15,0% 30.222 47.287 23 20 23 20 17.376 28.328 2T09 2T10 1S09 1S10 2T09 2T10 1S09 1S1010
  11. 11. CORPORATIVO 2T09 vs. 2T10 (US$ MM) (1,7) (1,0) (0,1) 0,6 (8,5) (6,3) EBITDA 2T09 Efeito Cambial Receita líquida Despesa com pessoal Outras despesas EBITDA 2T10 operacionais 1S09 vs. 1S10 (US$ MM) (2,0) (2,6) (0,1) (0,5) (17,1) (11,9) EBITDA 1S09 Efeito Cambial Receita líquida Despesa com pessoal Outras despesas EBITDA 1S10 operacionais11
  12. 12. EBITDA 2T09 vs. 2T10 (US$ MM) 8,0 0,2 5,3 0,8 (2,1) (4,8) (1,2) 42,1 36,1 + 16,6% EBITDA 2T09 Terminais Rebocagem Offshore Logística Estaleiro Agenciamento Corporativo EBITDA 2T10 Portuários Marítimo 1S09 vs. 1S10 (US$ MM) 7,4 4,7 0,0 0,3 (6,2) (2,4) (5,2) 67,3 65,9 - 2,1% EBITDA 1S09 Terminais Rebocagem Offshore Logística Estaleiro Agenciamento Corporativo EBITDA 1S10 Portuários Marítimo12
  13. 13. 13 (US$ MM) Lucro Líquido (US$ MM) Lucro Líquido 33,1 2T09 49,2 1S09 1S09 vs. 1S10 2T09 vs. 2T10 LUCRO LÍQUIDO EBITDA 6,0 EBITDA (1,4) Venda do Venda do Ativo Ativo 10,0 10,0 Imobilizado Imobilizado Depreciação e Depreciação e (2,9) (5,0) Amortização Amortização Receitas Receitas - 6,2% (7,4) Financeiras Financeiras (12,0) Despesas - 24,3% Despesas (2,1) Financeiras (1,6) Financeiras Imposto de Imposto de 7,9 10,9 Renda Renda Imposto de Renda Imposto de Diferido Renda Diferido (12,4) (13,9) Lucro Líquido 1S10 Lucro Líquido 37,3 2T10 31,0
  14. 14. INVESTIMENTOS Investimentos (US$ MM) Maiores investimentos -23,3% • Terminais Portuários: obras civis no Tecon RG e -22,0% aquisição de novos equipamentos para o negócio (STS, RTGs and MHC); 33,3 25,5 77,8 • Rebocagem e Offshore: renovação e expansão 60,7 da frota 2T09 2T10 1S09 1S10 • Logística: compra de equipamentos para as novas operações in-house do segmento Investimentos por negócio 3% 1% 8% 1% 9% 1% 3% 9% 35% 25% 35% 25% 26% 1S09 25% 1S10 27% 40% 27% Terminais Portuários Rebocagem Offshore Logística Estaleiro Agenciamento Marítimo Corporativo14
  15. 15. ENDIVIDAMENTO & POSIÇÃO DE CAIXA Indicadores de Alavancagem (US$ MM) Longo prazo vs. Curto prazo Curto Prazo 8,1% -148,1 270,4 122,4 Endividamento Total Caixa e Aplicações Dívida Líquida Longo Prazo 91,9% Detalhamento da Dívida Perfil da Dívida Outros 18,5% R$ 10,0% US$ FMM 90,0% 81,5% FMM Outros15
  16. 16. CONTATOS Felipe Gutterres Michael Connell CFO da subsidiária brasileira, Representante Legal e Relações com Investidores Relações com Investidores michael.connell@wilsonsons.com.br ri@wilsonsons.com.br Telefone: + 55 (21) 2126-4107 Telefone: + 55 (21) 2126-4122 Guilherme Nahuz Eduardo Valença Relações com Investidores Relações com Investidores guilherme.nahuz@wilsonsons.com.br eduardo.valenca@wilsonsons.com.br Telefone: + 55 (21) 2126-4263 Telefone: + 55 (21) 2126-4105 RI e-mail: ri@wilsonsons.com.br RI website: www.wilsonsons.com/ir BOVESPA: WSON11 Bloomberg: WSON11 BZ Reuters: WSON11.SA16

×