Apresentação Teleconferência - 1T16

409 visualizações

Publicada em

Apresentação Teleconferência - 1T16

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
409
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
323
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação Teleconferência - 1T16

  1. 1. Teleconferência Resultados 1T16 16 de Maio de 2016
  2. 2. 2 Aviso Legal Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos e/ou resultados futuros (“forward-looking statements”), baseadas em estimativas, análises e projeções sujeitas às condições de mercado e que, portanto, estão fora do controle da Wilson, Sons. Fatores importantes, que podem gerar diferenças significativas entre os resultados reais e as expectativas sobre eventos ou resultados futuros da Companhia, incluem: condições econômicas no Brasil e exterior; tecnologia; condições do mercado financeiro; incertezas a respeito dos resultados de suas operações futuras, estratégia, objetivos; bem como outros fatores descritos na seção “Fatores de Risco”, disponíveis em prospecto oficial da Companhia e protocolados junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Os resultados operacionais e financeiros da Companhia, apresentados a seguir, foram compilados em conformidade com regras contábeis em padrão IFRS (“International Financial Reporting Standards”), exceto onde expresso o contrário. O relatório de auditores independentes e as notas explicativas são considerados partes integrais das demonstrações financeiras da Wilson Sons.
  3. 3. 3 51,9 44,9 4,9 14,751,1% 95,2% 100,0% Rebocagem & Agenciamento Terminais Portuários & Logística Estaleiros Embarcações Offshore Números Consolidados 1T16 Destaques Receita Líquida 1T16 (US$ mi) Crescimento significativo das exportações nos 2 Terminais de Contêineres; Forte crescimento do lucro líquido, que foi impactado pela variação cambial positiva; Crescimento no EBITDA de Rebocagem pelo impacto positivo da variação cambial nos custos; e CAPEX por Negócio 1T16 (US$ mi) Resultado operacional mais fraco no 1T16 quando comparado com 1T15, impactando os resultados. Números Consolidados (US$ mi) 1T16 1T15 Var. Receita Líquida 101,7 139,2 -26,9% Receita Líquida (Proforma)¹ 116,4 156,7 -25,7% EBITDA 34,4 46,0 -25,2% EBITDA (Proforma)¹ 41,0 54,7 -25,1% Margem EBITDA 33,8% 33,0% 0,8 p.p. Margem EBITDA (Proforma)¹ 35,2% 34,9% 0,3 p.p. EBIT 23,0 29,9 -23,2% Margem EBIT 22,6% 21,5% 1,1 p.p. Lucro Líquido 22,0 -8,1 n.a ¹ Incluindo os valores das Embarcações Offshore 74% 25% 0% 1% Rebocagem & Agenciamento 30,7 Terminais Portuários & Logística 10,3 Estaleiros 0,1 Corporativo 0,2 Total 41,3 CAPEX (Embarcações Offshore) 6,0 Total (WS + Offshore) 47,3
  4. 4. 4 1T16 1T15 ∆ 1T16 1T15 ∆ 1T16 1T15 ∆ Crescimento de 2 dígitos nas exportações em ambos os Terminais Receita líquida menor devido a desaceleração nas importações e impacto positivo pela redução de custos 29,3 41,2 11,6 17,9 39,5% 43,5% Maior # de atracações e maior volume de operações SPOT Impacto negativo da depreciação do R$ e positivo pela redução nas despesas gerais 5,1 6,8 1,3 1,9 26,7% 27,7% Descontinuação de operações dedicadas Queda na receita pela desvalorização do Real ter impactado os negócios de armazenagem alfandegada e Allink 10,6 15,7 1,0 2,0 9,0% 12,6% Queda no # de manobras Impacto positivo da depreciação do R$ frente ao US$ e redução dos custos com pessoal e manutenção 51,9 54,9 25,0 24,2 48,0% 44,1% Queda na construção naval Embarcações em fases distintas de construção, com maior reconhecimento de receita no 1T15 4,9 20,6 -0,2 4,9 -3,3% 23,8% Menos dias de operação Impacto negativo na receita pelo período que Albatroz, Gaivota e Mandrião ficaram offshire. Efeito positivo dos maiores daily-rates foi insuficiente para compensar 14,7 17,6 6,6 8,8 44,9% 49,9% ServiçosPortuáriosServiçosMarítimos Margem EBITDA Negócios Destaques Operacionais Destaques Financeiros Receita Líquida EBITDA * ** Destaques por Negócio no 1T16 (Em US$ milhões) * Incluindo os resultados de Agenciamento Marítimo ** Corresponde aos 50% de participação da Wilson Sons na JV. A Receita Líquida e o EBITDA não são considerados nos resultados consolidados do Grupo.
  5. 5. 5 Índices de Liquidez 1T16 (Em US$ mi) ² Despesas financeiras com empréstimos bancários e arrendamentos financeiros ¹ Incluindo as Embarcações de apoio Offshore 1T16 1T15 Chg. Dívida Total 355,8 387,2 -8% Caixa e Equivalentes de Caixa 131,5 125,8 5% Dívida / Caixa Líquido 224,2 261,4 -14% Endividamento Geral (Dívida Líquida / PL) 48% 56% -8,4 p.p. Dívida Líquida / EBITDA 1,4 x 1,6 x -0,1 x Dívida Líquida/ EBITDA (Proforma¹) 2,5 x 2,5 x 0,0 x Fluxo de Caixa Operacional 23,6 50,1 -53% Cobertura de Juros (EBIT/Despesas Financeiras²) 8,3 x 8,4 x -0,1 x CAPEX 41,3 20,8 98%
  6. 6. 6 Fechamento Total 355.8 1,4xNet Debt / EBITDA Net Debt / EBITDA Offshore 2,5x 485,7626,6-23,23,61,2640,2 Considerando participação de 50% na Joint Venture de Embarcações Offshore 2,9 140,9 ** ** Dívida 1T16 (Em US$ mi)
  7. 7. 7 Dados Operacionais Jan-Abr Terminais de Contêineres (RG + SSA) (TEU ‘000 Movimentados) Rebocagem (Manobras Portuárias) Embarcações Offshore (Dias de operações – Embarcações Próprias) Estaleiros (Plano de Construção Indicativo) Embarcações Cliente Tipo de Cliente Entrega Esperada PSV WSUT 50% Terceiros Maio/16 PSV WSUT 50% Terceiros Ago/16 5 Rebocadores Wilson Sons Wilson Sons Entre Maio/16 e Nov/16 2 Rebocadores Saam Smit 100% Terceiros Entre Jun/17 e Ago/17 4M16 x 4M15: Redução de 6,5% 4M16 x 4M15: Redução de 8,5% 4M16 x 4M15: Crescimento de 4,0% 64,5 77,1 84,3 83,7 77,6 76,2 83,7 84,3 Jan Fev Mar Abr 2015 2016 5.028 4.685 5.192 4.8094.730 4.355 4.783 4.563 Jan Fev Mar Abr 2015 2016 461 576 518 574 404 503 514 529 Jan Fev Mar Abr 2015 2016
  8. 8. 8 Obrigado BM&FBovespa: WSON33 IR Website: www.wilsonsons.com.br/ir Facebook: Wilson, Sons Twitter: @WilsonSonsIR Youtube: WilsonSonsIR

×