Slides do artigo da lucia

1.712 visualizações

Publicada em

ORAÇÃO INTERCESSÓRIA

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.712
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
73
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
75
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slides do artigo da lucia

  1. 1. CENTRO DE FORMAÇÃO MINISTERIAL SEMENTE DE VIDA <ul><li>BACHAREL EM TEOLOGIA </li></ul><ul><li>ORAÇÃO COM INTERCESSÃO: BASE PARA O CRESCIMENTO DA IGREJA </li></ul><ul><li>Lucinete Pereira de S.Medeiros </li></ul>
  2. 2. INTRODUÇÃO No Novo Testamento, em Lucas 5:35, Jesus afirmou que após a sua partida os seus discípulos teriam de serem vigilantes em oração, fortalecendo-se assim o espírito. Isso mostra que a oração, é prática necessária para o crescimento espiritual e para que a Igreja alcance a excelência de Deus em seus ministérios através da concordância do homem com o seu Mestre: “ Aquilo que ligares na terra, também será ligado no céu”. Esse versículo, faz referência a Intercessão como prática na vida do cristão.
  3. 3. O QUE É A ORAÇÃO <ul><li>A oração é a vontade de Deus dentro de cada um, para manifestar na vida do homem o amor incondicional para que Deus se mova de tal modo que sua vontade e propósito divino sejam cumpridos nas suas vidas, fazendo que se reconheçam suas falhas e sua necessidade de salvação.(Valnice Milhomes) </li></ul>
  4. 4. TIPOS DE ORAÇÃO <ul><li>Oração de Ações de Graças - (Jo. 11.41; ) atitudes ou atos de gratidão. </li></ul><ul><li>  b) Oração de Louvor - (Mt. 6.13c;) - Aplicando a Deus elogiando-O por tudo quanto Ele fez e é. </li></ul><ul><li>c) Oração de Adoração – (I Cr. 29.10-12) É uma adoração ao Criador. Nela estão envolvidas quatro atitudes: quebrantamento, humildade, amor e dádiva. </li></ul><ul><li>d) Oração de Petição ou Súplica – É o tipo mais comum. Mas o Senhor Jesus a ensinou (Mt. 7.7;)) e seus apóstolos também.(Fp. 4.6). </li></ul>
  5. 5. e) Oração de Dedicação – (Gn. 22.1-18). É uma oração que expressa renúncia, e fazemos a vontade de Deus voluntariamente. f) Oração de Entrega – Quando os ataques do mundo coincidem com os da carne, gerando um conflito entre o homem interior e o exterior. (Sl. 37.5) g) Oração de Intercessão - (Jo. 17.9). É tomar o lugar de alguém numa necessidade ou problema. Outros tipos de oração: De consagração; de renúncia; de libertação; de guerra, etc.
  6. 6. INTERCESSÃO E O INTERCESSOR SUPREMO <ul><li>Intercessão – É o derramar do Espírito Santo ao entrar na presença de Deus ao interceder por alguém ou determinada situação contraria a vontade de Deus &quot;E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho”.(João 14:13). </li></ul><ul><li>Cristo é retratado no Novo Testamento como o intercessor supremo. Por causa d’Ele podemos agora interceder em oração a favor de outros cristãos, pelos perdidos, por outras causas , etc. </li></ul>
  7. 7. EXEMPLO DE INTERCESOR <ul><li>DANIEL - Sua oração contém todos os elementos de oração intercessória verdadeira: </li></ul><ul><li>É em resposta à Palavra de Deus (v. 2); </li></ul><ul><li>Caracterizada por fervor (v.3); </li></ul><ul><li>Com auto-recusa (v.4); </li></ul><ul><li>Identificou-se humildemente com o povo de Deus (v.5); </li></ul><ul><li>Foi fortificada através de confissão (v.5-15); </li></ul><ul><li>Era dependente do caráter de Deus (v. 4,7,9,15); </li></ul><ul><li>Tinha como objetivo principal a glória de Deus (v.16-19). </li></ul>
  8. 8. A QUEM DEVEMOS COBRIR COM NOSSA INTERCESSÃO <ul><li>Em favor das autoridades (1 Timóteo 2:2); </li></ul><ul><li>Pastores (Filipenses 1:19); </li></ul><ul><li>A Igreja (Salmos 122:6); </li></ul><ul><li>Amigos (Jó 42:8); </li></ul><ul><li>Os que não são salvos (Romanos 10:1); </li></ul><ul><li>Os doentes (Tiago 5:14); </li></ul><ul><li>Inimigos (Jeremias 29:7); </li></ul><ul><li>Aqueles que nos perseguem (Mateus 5:44); </li></ul><ul><li>Aqueles que nos abandonam (2 Timóteo 4:16); </li></ul><ul><li>E enfim, por todos os homens (1Timóteo 2:1 </li></ul>
  9. 9. A INTERCESSÃO É UM MINISTÉRIO? <ul><li>“ Embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos”.(Ef. 6: 16 -18). </li></ul>
  10. 10. PROPÓSITO DA INTERCESSÃO <ul><li>“ Oração e louvor é a suprema linguagem do amor”. (Bíblia da mulher que ora. Pg.15). </li></ul><ul><li>“ E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra”. (II Crônicas 7:14) </li></ul><ul><li>Esta passagem bíblica leva o homem a ser intimo com Deus, mas a verdadeira oração só aparece quando você responde ao chamado de Deus </li></ul>
  11. 11. CONCLUSÃO <ul><li>Conclui-se que a perseverança é essencial para o crente receber as bênçãos da parte de Deus. </li></ul><ul><li>“ Com perseverança intercedendo e suplicando pela intervenção divina, Ele honrará o que intercede por salvação de vidas” Hb.7;25. </li></ul><ul><li>A oração é a maior evidência de uma fé verdadeira. É a demonstração de que a alma busca um contato com Deus, em quem ela crê, criando uma comunhão real e um vínculo entre Deus e seus filhos. </li></ul>
  12. 12. REFERÊNCIAS <ul><li>Bíblia de Estudo Pentecostal - Lições bíblicas CPAD 1996 e Lições bíblicas CPAD 2004. </li></ul><ul><li>Teologia Bíblica da Oração – Robert L. Brand e Zenas J. Bicket </li></ul><ul><li>www.terradosmilagres.com.br </li></ul><ul><li>http://elainecruzabreu.blogspot.com/p/oracao-intercesoria-todos-nos-podemos.html </li></ul><ul><li>http://www.dihitt.com.br/barra/o-que-e-oracao-intercesoria- </li></ul><ul><li>http://www.DEZ-TIPOS-DE-RACAO/pagina1.html#ixzz1U0mJPLhT </li></ul><ul><li>HYBELS, Bill. Ocupado Demais para Deixar de Orar. Campinas: United Press, 1999. </li></ul><ul><li>MILHOMENS, Valnice. Tipos de Oração. São Paulo: Palavra da Fé, 2000. </li></ul>

×