Forma e conteúdo

141 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
141
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Forma e conteúdo

  1. 1. Forma e Conteúdo Texto: João 4.24 Deus nos chama a adorá-lo em Espírito e em verdade, estas duas palavras, Espírito e Verdade, me fazem pensar em outras duas palavras que ao meu ver precisam casar com estas, são elas Forma e Conteúdo, isso porque verdade esta ligado á aquilo que é real á aquilo que é concreto e isso nos leva á Forma, Por sua vez Espírito esta ligado exatamente ao conteúdo, ou seja á aquilo que não se pode dar forma, que não se pode quantificar ou qualificar externamente mas espiritualmente. Sendo assim quero meditar em algumas questões a respeito de Forma e Conteúdo na nossa Adoração, lembrando que Adoração não é um momento isolado no Culto mas um estilo de vida, é impossível ter uma vida de Adoração sem viver, Oração,Louvor, Testemunho, Serviço entre outras coisas, então entendamos adoração como o ajuntamento de todas estas coisa na vida do individuo. Primeiramente quero falar de Forma. Alguns vão perguntar, existe forma para a adoração? A resposta é sim, existe forma para a adoração, o que não existe é uma forma única que defina Adoração, mas obviamente existem formas de adoração e estas formas são estabelecidas por Deus. È ele quem define de que forma quer ser adorado. Isso nos podemos ver quando ele estabelece a forma como o templo deveria ser construído, quando ele determina o formato e as matérias primas de cada utensílio do templo, quando ele define como deve ser realizado o sacrifício e etc. O que quero dizer é que Deus não aceita qualquer tipo de adoração, ela tem que estar enquadrada nas formas determinadas ou autorizadas por Deus, vejamos alguns exemplos:  Deus Jamais aceitou sacrifícios humanos como forma de Adoração. Quando Deus Pede Isaque a Abraão ele esta utilizando uma cultura que esta enraizada na mente de Abraão, pois de onde ele saiu, ou seja, da terra de Ur dos Caldeus era uma pratica comum dos povos daquela região, que ofereciam seus filhos em sacrifício aos deuses pagãos, Deus aproveita a oportunidade digamos assim, para ensinar para Abraão mais essa lição, de que ele devia deixar totalmente para traz os costumes do seus povo.Essa não é a forma como Deus quer ser Adorado.  Deus Jamais aceitou que se fizesse qualquer tipo de imagem que lembrasse ou fizesse referencia a ele, e muito menos a qualquer outro, e sempre proibiu o povo a se prostrar diante de qualquer imagem, estatua ou monumento religioso, vemos isso claramente no 1º mandamento. Estes são exemplos de formas de adoração que não são aceitas por Deus, porque ferem princípios estabelecidos por ele na sua palavra. Portanto qualquer adoração á Deus tem de estar pautada na sua palavra, deve encontrar base ou autorização de Deus para que seja aceita por ele. Isso nos faz pensar em algumas formas de culto que estamos vendo hoje, algumas praticas que não estão de foram alguma pautadas na palavra de Deus, e algumas que até mesmo ferem duramente alguns princípios bíblicos. Vejo pessoas passando em vales de sal, vejo pessoas consagrando lençinhos e toalhinhas, consagrando e acendendo velas ungidas, vejo sessões de descarrego e desencapetamento total, vejo pessoas caindo e se contorcendo no chão como animais e me pergunto, onde foi que Deus pediu, exigiu, sugeriu ou autorizou o povo a adorá-lo nessas formas? Se alguém disser que isso é algo novo que espírito Santo esta fazendo na Igreja, então devemos entender que a Bíblia esta incompleta e que algumas coisas precisam ser reescritas ou alteradas, porque Deus se esqueceu de mencioná-las. Creio que não seja o caso.
  2. 2. O que quero dizer é que não podemos adorar a Deus como bem quisermos, como entendemos que seja agradável á nós ou como estamos acostumados, temos de nos preocupar em agradar a Deus, afinal ele é o ser Adorado. Vejamos algumas formas de adoração que agradam á Deus e estão pautadas ou autorizadas pela sua palavra:  Musica: (independente de ritmo ou estilo cultural)  Poesia  Dança  Artes cênicas  Oração  Testemunho (falado ou vivido)  Pregação  Serviço (braçal, intelectual, espiritual) Todas estas formas de Adoração têm o aval de Deus, pois encontram bases na sua palavra ou estão autorizadas por ela. Estas e outras que por ventura tenhamos esquecido são as formas como Deus quer ser adorado, lembrando que é ele quem determina estas formas e não nós, e para saber se uma forma esta ou não sendo aprovada por Deus basta confrontá-la com a Bíblia. Falemos agora de Conteúdo. Já ouvi muito uma frase popular que diz que os “Melhores perfumes estão nos menores frascos” isso nos dá uma idéia de que as embalagens muitas vezes não correspondem ao conteúdo, podemos comprar algo olhando a embalagem e nos decepcionarmos muito ao abrirmos e descobrirmos o que fato há dentro dela. Isso me incomoda muito quando vejo muitas pessoas fazendo muitas coisas para Deus, pois sei que em muitos casos só há embalagem. Jesus nos convida á adoramos á Deus em Espírito, ou seja, com Conteúdo, e o mais importante de pensarmos e meditarmos nisso que a pessoa que avalia este conteúdo é o próprio Deus. Nós podemos ser enganados pelas bonitas embalagens que vemos, mas ele não, ele vê a embalagem, mas também vê o Conteúdo, ele sonda nossos corações e esquadrinha nossa mente, ele discerne os atos e intenções do nosso coração, ou seja, ele não se impressiona com uma embalagem bonita se ele esta vendo que o conteúdo é horrível. Muitos tem se preocupado com as formas mas esquecido do Conteúdo, muitas pessoas estão preocupadas com a forma certa de adorar a Deus, com as musicas certas, a roupa certa, a liturgia certa mas não percebem que isso tudo é inútil sem que haja conteúdo. Deus se preocupa sim com a forma, mas somente se a forma estiver acompanhada de conteúdo. Forma Certa sem Conteúdo para Deus não é nada. Isso me faz pensar em Ministros que sobem nos altares e cantam maravilhosamente bem, em instrumentistas que tocam com excelência, em pregadores que usam a Homilética e a Hermenêutica de forma impecável, mas que se restringem á isso e mais nada. Não que isso não seja agradável, muito pelo contraio, é exatamente isso que o Senhor procura, ele procura pessoas que se dediquem que queiram se aperfeiçoar cada vez mais, mas isso tudo é inútil se não houver no coração dessa pessoa um profundo ardor do Espírito Santo, que a leve á Adorar, á Cantar, a Tocar, á Pregar á Evangelizar, á Ensinar, a Escrever, á Dançar, á Servir não porque isso faz parte da Embalagem mas porque o Conteúdo conduz á isso. Entenda-se Conteúdo por: Conhecimento real de Deus, Intimidade, Sentimento de dependência, Gratidão, Obediência irrestrita, Devoção e Prazer em Deus. Muitas pessoas fazem coisas na Igreja porque sabem fazer, outras porque alguém pediu, outras porque não há ninguém que faça, e estas pessoas ate fazem bem aquilo a que se propõem a fazer, mas se não houver nelas, vontade de agradar a Deus, se não houver um sentimento de que o que fazem é única e exclusivamente para apresentar diante de Deus, tendo ele como primeira e mais relevante motivação, tudo isso não passará de uma embalagem bonita que impressiona as pessoas, mas não a Deus.
  3. 3. Muitas vezes aquilo que não é feito com a excelência de um profissional, mas que parte do fundo do coração, que é motivado por uma dedicação intima á Deus cheira muito melhor ás narinas de Deus. Quantos Ministério de louvor e Adoração querem Ministrar á Igreja, mas chegam cinco minutos antes do Culto e escolhem as musicas que já acostumados a tocar e até tocam muito bem pois a técnica existe, mas isso para Deus é só embalagem, não tem conteúdo. Não estamos falando de situações imprevistas, mas de uma pratica constante. Se compreendemos isso que o Senhor esta nos dizendo (e me inclua nisso) devemos começar uma busca ainda mais profunda de intimidade e vida com Deus, para que não sejamos sepulcros caiados. Deus nos Chamou para que Sejamos Ministros, para que sejamos profetas e Sacerdotes, mas só cumpriremos essa tarefa e esse Ministério se começarmos a nos preocupar cada vez mais com a Forma e Conteúdo de nossas Ministrações. Espero que Espírito Santo tenha falado ao seu coração como falou ao meu ao me dar estas palavras, e que sejamos Ministros de forma e Conteúdo que agradem á Deus, que estejamos cheios do Espírito e toda a palavra. Que a graça e a Paz do Senhor seja sobre a tua vida agora no Nome de Jesus! Para meditação Posterior quero deixar um texto: Ezequiel 37. Que Deus assim nos abençoe! Wellington Luiz da Silva

×