1. Introdução do curso teologia do corpo

1.301 visualizações

Publicada em

Primeira parte do Curso teologia do Corpo

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.301
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
143
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
60
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1. Introdução do curso teologia do corpo

  1. 1. Tema I: Introdução à Teologia do Corpo Comunidade Católica Rainha da Paz
  2. 2. Teologia do Corpo • Coleção de 129 catequeses nas audiências das quartas-feiras feitas pelo Papa João Paulo II, de 1979 a 1984. • Estudo (reflexão) baseada na Bíblia, sobre o significado teológico do corpo humano. • Necessidade da Teologia do Corpo em uma necessidade marcada pela “revolução sexual” e pela crítica à moral católica. • São catequeses para pregação e instrução dos fiéis. • Autoridade: (1) o papa fala para toda a Igreja; (2) em uma forma de catequese, de ensino, que faz parte do dever do Papa; (3) sobre assunto central para a fé. • Direcionada para toda a Igreja, e para toda a humanidade. • Nossa resposta: “concordância da mente e da vontade” • ao sumo Pontífice quando fala sobre a Fé Moral.
  3. 3. O corpo pode ser objeto de estudo da Teologia? Teologia = estudo de Deus. Então, como a Teologia pode ser “do corpo”? Muitas pessoas, ao falar de religião, enfatizam o aspecto puramente espiritual, e se sentem desconfórtáveis ao falar do corpo. Mas o Catecismo da Igreja católica (CIC) ensina que Cristo (o Verbo de Deus feito carne através da Encarnação) está no centro do Cristianismo:
  4. 4. “A carne é o eixo da salvação” • “Caro salutis est cardo” (A carne é o eixo da salvação – Tertuliano, Res. 8,2.). Cremos em Deus, que é o criador da carne; cremos no Verbo feito carne para redimir a carne; cremos na ressurreição da carne, consumação da criação e da redenção da carne. (CIC 1015) • O Cristianismo é a religião do Verbo que se fez carne: o mistério de Deus revelado no corpo humano (Teologia do Corpo). • “O fato de a teologia compreender também o corpo não deve maravilhar nem surpreender ninguém que seja consciente do mistério e da realidade da Encarnação. Através do fato de o Verbo de Deus ter se tornado carne, o corpo entrou na teologia, eu diria, pela porta princioal.” (TdC 23)
  5. 5. Corpo: sacramento primordial da Criação “Assim, nesta dimensão, foi constituído um sacramento primordial, entendido como sinal que transmite eficazmente ao mundo visível o mistério invisível oculto em Deus desde a eternidade. (...) O sacramento, como sinal visível constitui-se com o homem, enquanto “corpo”, mediante a sua “visível” masculinidade e feminilidade. De fato, o corpo, e somente ele, é capaz de tornar visível o que é invisível: o espiritual e o divino. Foi criado para transferir para a realidade visível do mundo o mistério oculto desde a eternidade em Deus. E assim ser sinal d’Ele”. (TdC 19) Qual é o mistério oculto em Deus que o corpo expressa? “Deus revela seu segredo mais íntimo: Ele mesmo é eternamente intercâmbio de amor: Pai, Filho e Espírito Santo, e destinou-nos a participar deste intercâmbio”. (CIC 221)
  6. 6. Ser humano: unidade corpo – alma espiritual • O homem é uma pessoa na unidade de seu corpo e de seu espírito. O corpo nunca pode ser reduzido a simples matéria: é um corpo espiritualizado, assim como o espírito do ser humano está tão intimamente unido ao corpo que dele pode ser descrito como um espírito encarnado. (João Paulo II, Carta às Famílias, 1994) • As “perfeições” do homem e da mulher refletem algo tão infinita perfeição de Deus: as de uma mãe e as de um pai e esposo. (CIC 370)
  7. 7. Estrutura das Catequeses PARTE 1 – AS PALAVRAS DE CRISTO - Cristo se refere ao “Princípio” - Cristo se Refere ao Coração Humano - Cristo se refere à Ressurreição PARTE 2 – O SACRAMENTO - A Dimensão da Aliança e da Graça - A dimensão do sinal - A lei da Vida como Herança (Humanae Vitae)
  8. 8. Parte 1 As palavras de Cristo • Cristo se Refere ao “Princípio” - Mateus 19, 3-8 - “homem original”, Gênesis - como era a experiência do corpo e do amor humano no plano original de Deus. • Cristo se refere ao Coração Humano -Mateus 5, 27-28: - O “homem histórico’: todos nós - como é a experiência humana após o pecado original - a redenção do corpo com a vinda de cristo. • Cristo se Refere à Ressurreição - Marcos 12, 18-25 - “homem escatológico” – como será nossa experiência humana após a ressurreição – o corpo gloriosos – o celibato como antecipação desta realidade.
  9. 9. Parte 2 O sacramento • A Dimensão da Aliança e da Graça - Efésios 5, 21-33 – o sacramento do matrimônio como “analogia esponsal” da relação do homem com Deus – matrimônio: sacramento primordial, sacramento da redenção. • A dimensão do Sinal - A promessa matrimonial – a linguagem e o profetismo do corpo – o “Cântico dos Cânticos” - Tobias. • A Lei da Vida como Herança - Comentários sobre a Humanae Vitae – espiritualidade conjugal.
  10. 10. “O homem não pode viver sem amor. Ele permanece para si próprio um ser incompreensível e a sua vida é destruída de sentido, se não lhe for revelado o amor, se ele não se encontra com o amor, se não o experimenta e se não o torna algo seu próprio, se nele não participa vivamente. E por isto precisamente Cristo redentor, como já foi dito acima, revela plenamente o homem ao próprio homem.” João Paulo II, Redemptor Hominis n. 10
  11. 11. “É indispensável, para uma adequada compreensão do magistério da Igreja contemporânea, aquela Teologia do Corpo, cuja base procuramos sobretudo nas palavras do próprio Cristo” (TdC 59) Ave Maria Puríssima, rogai por nós!

×