Projeto Dia 22 De Novembro

1.422 visualizações

Publicada em

Oferecer ações sociais de desenvolvimento humano, em regiões de maior carência social, na periferia da cidade de Campinas, região marcada por uma realidade de desigualdade social, ausência e/ou insuficiência de espaços públicos de esporte, lazer, arte e outras áreas que possam propiciar o desenvolvimento humano..

Publicada em: Tecnologia, Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.422
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto Dia 22 De Novembro

  1. 1. PROJETO DIA “D” DIA FELIZ
  2. 2. Apresentação ONG – VIVER SEMPRE FELIZ INSTITUIÇÃO DE DEFESA DOS DIREITOS SOCIAIS. CNPJ 10.747.881/0001-62 Endereço Rua Anita Moretzshon, 432 – sala 08 – Jd Santana Campinas / SP – Cep 13088-603 F: (19) 3385-9320 Site www.viversemprefeliz.org.br E-mail viversemprefeliz@viversemprefeliz.org.br Conta Bancária Unibanco Agência 1169 Conta Corrente 120916-4 VIVER SEMPRE FELIZ
  3. 3. Histórico A instituição nasceu de uma união de amigos, com o intuito de ajudar pessoas com necessidades e dificuldades jurídicas. (Trabalhando com ORIENTAÇÂO). O Projeto foi muito bem recebido pelas pessoas atendidas que tomou forma e corpo de uma instituição. Atualmente realizamos diversos trabalhos, desde orientação jurídica a doação de Alimentos. Alguns Voluntários Dra. Carolina Fussi, Dra. Priscila Campano, Dra. Claudia R. Fussi Campos, Dra. Joseane Fussi Veloso, Cris Dutra, Maria do Carmo Pacheco, Willian Jhones Pacheco, Camila Morandi Pacheco, Ana Maria Barbosa, Maria Aparecida Castanheiro, Marco Antonio, Paulo Cesar Ruffi, Carina Stivalli, João Francisco D´avilla, Renata Adriana Bueno, Adriana Ribeiro Pacheco, Ariovaldo Santos e Wesley Pacheco.
  4. 4. Alguns Colaboradores (Famílias e Empresas) Empresas e pessoas que contribuíram para realização de alguns trabalhos sociais. BUCAL SHOP STORE CONDOR BITUFO UNIODONTO AROMA DO CAMPO ITALLIAN HAIRTECH LATICÍNIOS MALIBÚ FLORICULTURA OASIS SR. DONATO SR. JOAQUIM SIMÕES DR. TORRICELLI SRA. MARIZA ALVARENGA DE ANDRADE FAMILIA VELOSO
  5. 5. Fotos de alguns trabalhos realizados Pintura nas Crianças. Cortes de Cabelos.
  6. 6. Orientação Odontológica.
  7. 7. Trabalhos diversos.
  8. 8. Pintura e teste rápidos com parceria da Faculdade UNIP Doação de escova de Dentes, Creme Dental e Yogurte
  9. 9. Contexto do Projeto O projeto teve muitas alterações ao longo do ano, inclusive quanto ao seu objetivo principal. No início era um projeto assistencial de Fim de Semana na área JURÍDICA, com o envolvimento de um grupo de advogados. Depois de alguns trabalhos realizados, verificamos que poderíamos oferecer uma estrutura de recursos ainda maior, contando com ADVOGADOS, PSICÓLOGOS, CABELEIREIROS, TESTE RÁPIDOS (DIABETES, HEPATITES, ETC), ORIENTAÇÃO ODONTOLÓGICA entre outros. O projeto passou a ser uma atividade voltada para toda a família. Devido às circunstâncias de uma alta procura pelos serviços oferecidos, decidiu-se que o projeto deveria ser algo complementar aos oferecidos pelo município, de acordo com o que o Organização Não Governamental - Viver Sempre Feliz, está disposta a dedicar-se e acreditando gerar resultados para a sociedade e as comunidades onde os trabalhos serão realizados.. Foi decidido então pela elaboração de um projeto denominado “PROJETO DIA D” ( DIA FELIZ ). Apresentação
  10. 10. Oferecer ações sociais de desenvolvimento humano, em regiões de maior carência social, na periferia da cidade de Campinas, região marcada por uma realidade de desigualdade social, ausência e/ou insuficiência de espaços públicos de esporte, lazer, arte e outras áreas que possam propiciar o desenvolvimento humano.. Justificativa A incapacidade do Município, em prover as regiões mais carentes, a Orientação Jurídica, a Orientação odontológica, a Orientação Psicológica, Exames Clínicos, etc. Essa situação reflete-se nos alarmantes índices de desenvolvimento social das periferias de Campinas que exige uma ação continuada e que contemple o tratamento integral das questões sociais, educacionais e familiares. Objetivo específico Levar atendimentos diferenciados as comunidades, garantir orientações em diversas áreas voltadas para a família, (atendendo desde criança a pessoas idosas), conciliando informações, lazer e saúde para o desenvolvimento das comunidades, destacando-se principalmente crianças sem acesso a informações e idosos que não conseguem pagar uma plano de saúde. PÚBLICO ALVO
  11. 11. Nosso Público alvo está dividido em três faixas na cidade de Campinas/SP. IDOSOS, FAMILIAS E CRIANÇAS. Na atualidade, Campinas ocupa uma área de 801 km² e conta com uma população aproximada em 1 milhão de habitantes, distribuída por quatro distritos (Joaquim Egídio, Sousas, Barão Geraldo, e Nova Aparecida) e centenas de bairros. Tal vigor econômico e social, trazido em especial pela ampliação de sua população trabalhadora, tem permitido à Campinas constituir-se como um dos pólos da região metropolitana de São Paulo, formada por 19 cidades e uma população estimada em 2,33 milhões de habitantes (6,31% da população do Estado). Idosos De acordo com dados do IBGE (2002), o número de idosos/as brasileiros/as representa 8,6% da população total. Em 1950 eram 3% e em 2050 a estimativa é de que serão 18%. 62,4% dos idosos e 37,6% das idosas são arrimo de família. 54,5% garantem o sustento dos/das filhos/as e até dos/as netos/as. Segundo uma pesquisa que realizamos constatamos os seguintes parâmetros.: Os idosos reclamam da previdência, que segundo o aposentado Sebastião Bueno de 61 anos, "é injusta e vergonhosa, nos força muitas vezes a fazer empréstimos que não temos condição de pagar posteriormente", deixando-os assim endividados. Não Conseguindo uma orientação jurídica gratuita para solução dos diversos problemas que enfrentam, encontram muita dificuldade de acesso gratuito a saúde, Psicólogos, orientação odontológica, etc.. Verificamos que um grande número de idosos trabalham nas praças como engraxates ou em carrinhos de alimentos para suprir a falta de dinheiro.
  12. 12. A partir dos 50 anos, por uma inexorabilidade biológica, os requerimentos de serviços de saúde passam a aumentar mais rapidamente (JANNUZZI; PASQUALI, 1998, p.40). Famílias A Tabela abaixo apresenta a distribuição de renda dos responsáveis pelos domicílios. Percebemos que as áreas 16, 17, 25, 26, 33 e 46 apresentam renda média mensal inferior a R$ 500,00. Destaca-se que, por restrições impostas pelos dados analisados, esta renda corresponde apenas à do responsável pelo domicílio, não representando a renda familiar, no caso de outros membros da família também trabalharem. A cidade de Campinas apresenta, em média, 3,4 moradores por domicílio, e dentre a maior parte de seus domicílios, quase 30%, estão na faixa de renda entre dois e cinco salários mínimos. De acordo com Nepo/Nesur/ Unicamp (2004, p.5) Crianças
  13. 13. A expectativa de vida ao nascer dos campineiros chegou a 74,8 anos, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, que divulgou os índices de mortalidade na cidade. O campineiro vive 03 anos a mais do que a média dos brasileiros que atingiram, no ano passado, uma esperança de vida ao nascer de 71,9 anos. Campinas ganhou 1,3 ano entre 2000 e 2006 graças a três fatores, segundo o secretário municipal de Saúde, José Francisco Kerr Saraiva: redução significativa nas taxas de homicídios, de mortalidade infantil e de mortes por doenças do coração e diabetes. A incidência de mortes por homicídios caiu 65,5% no período e chegou, no ano passado, a 17,27 por 100 mil habitantes. Em 2000, essa taxa foi de 50,13. “Essa redução não é por causa de ações em saúde, mas sim pela organização da sociedade. A Saúde colabora com o socorro rápido aos feridos”, disse. Segundo pesquisa da Prefeitura Municipal de Campinas, Para a população com idade entre 1 a 4 anos de idade, as doenças do aparelho respiratório lideram, com 39%, seguidas das doenças do aparelho digestivo, com 15%, entre as principais causas de internação. Dos 5 aos 9 anos, as respiratórias são causa de 22% das internações e, as doenças do aparelho digestivo, de 18%, seguidas das internações por causas externas, com 12,5% do total. Dos 10 aos 14 anos, as internações motivadas por causas externas passam na frente, com 16% das causas de internações, seguidas das doenças do aparelho digestivo, com 14,2% das internações, e das doenças respiratórias, com 8,8%. Neste momento, já aparecem as internações motivadas pela gravidez, parto e puerpério, com 6,6% dos registros. A partir dos 14 e até 19 anos, 60% das internações são causadas pela gravidez, parto e puerpério, seguidas das motivadas por causas externas, com 8%, e das doenças respiratórias e do aparelho digestivo, com 3,5% e 3,7%. Nosso projeto Trata do fortalecimento do direito de acesso das famílias pobres as informações básicas sobre direito, saúde, odontologia, esporte, lazer, entre outros. Com o INTUÍTO agregar
  14. 14. os nossos trabalhos as políticas públicas, seja no nível federal, estadual e municipal. Assim, o objetivo deste projeto é organizar ações com a importância da contribuição de empresas privadas, pessoas físicas e com outras políticas públicas, como forma de contribuir para que famílias mais pobres saiam da situação de vulnerabilidade em que muitas delas se encontram. Para tanto, serão realizados eventos constantes, para de levar atendimento e informações as famílias carentes de Campinas (SP). DATA DO EVENTO PRÓXIMO EVENTO 22 DE NOVEMBRO DE 2009. Esse evento ocorrerá uma vez por mês durante doze meses. LOCAL DO EVENTO PRÓXIMO LOCAL BAIRRO VILA BRANDINA NO PROJETO CRIANÇA FELIZ Evento é itinerante e ocorrerá cada mês em um bairro diferente. ESTRUTURA DO EVENTO
  15. 15. *TESTE DE HEPATITE (Para pessoas de 30 a 65 anos) Nos testes realizados, se positivo, daremos o tratamento gratuito. ( Parceria com a ONG – SAÚDE EM VIDA ) *TESTE DE DIABETES *TESTE DE VISÃO *ORIENTAÇÃO JÚRIDICA (Para família) *ORIENTAÇÃO ODONTÓLOGICA (Para Crianças) *ORIENTAÇÃO PSICOLÓGICA (Para Família) *CORTES DE CABELO (Para Família) *PINTURA NO ROSTO DAS CRIANÇAS *PINTURAS EM PAPEL *DOAÇÃO DE ESCOVA DE DENTE *DOAÇÃO DE CREME DENTAL *BRINCADEIRA DA CAMA ELÁSTICA *BRINCADEIRA DO BALÃO PULA-PULA *SORTEIO DE BRINQUEDOS
  16. 16. ORÇAMENTO DO EVENTO CUSTOS DE PRODUÇÃO DO EVENTO MATERIAL E PRODUTO VALORES PRODUÇÃO DE 25 CAMISETAS R$ 750,00 CAPA E AVENTAL PARA CABELEIREIROS R$ 300,00 TRANSPORTES R$ 500,00 LAPÍS DE COR R$ 100,00 CANETAS E PAPÉIS R$ 100,00 500 CÓPIAS DE DESENHOS R$ 75,00 LOCAÇÃO DE DATA SHOW R$ 300,00 LOCAÇÃO DE CAMA ELÁSTICA R$ 220,00 LOCAÇÃO DE PULA-PULA R$ 280,00 TINTA PARA COLORIR ROSTO R$ 100,00 ESCOVAS DE DENTES PARA DOAÇÃO R$ 400,00 CREME DENTAL PARA DOAÇÃO R$ 400,00 JORNAL PARA DIVULGAÇÃO R$ 1.000,00 ALMOÇO DA EQUIPE DE TRABALHO R$ 300,00 AGUÁ PARA EQUIPE DE TRABALHO R$ 100,00 COPO DESCARTÁVEL R$ 20,00 CAFÉ PARA EQUIPE DE TRABALHO R$ 50,00 MÃO DE OBRA R$ 500,00 MESAS DE APOIO E CADEIRAS R$ 500,00 FITAS PARA TESTE DE GLICEMIA R$ 1.200,00 TOTAL R$ 7.195,00 PROPOSTA DE PATROCÍNIO Pessoas físicas e jurídicas de direito privado são fontes de recursos usualmente acessadas pelas organizações do Terceiro Setor. A forma mais utilizada para a arrecadação dos recursos de pessoas
  17. 17. físicas e jurídicas é a doação, que pode ser beneficiada por incentivos fiscais. O PATROCÍNIO DO PROJETO DIA “D” DIA FELIZ, é ser alguém que decide compartilhar do projeto coletivo da ONG – VIVER SEMPRE FELIZ, porque acredita e investe nele, como um livre exercício da cidadania socioal e em vínculos de solidariedade estabelecidos de forma espontânea. Assim, ao colaborar com a ONG – VIVER SEMPRE FELIZ, muito mais do que ter vantagens e benéficos materiais, o PATROCINADOR deve se sentir como parte de uma rede de cooperação solidária, um projeto deliberado, espontâneo e voluntário de pessoas livres, que acreditam que um mundo melhor é possível. Acreditamos que para se ter um mundo mais pacífico, justo, solidário e democrático, este mundo melhor começa em nós. Desta forma, os benéficos e vantagens em ser um COLABORADOR, transcende não apenas o simples abatimentos em impostos, mas é uma maneira pró-ativa e cidadã de ajudar a ONG – VIVER SEMPRE FELIZ a continuar com seu trabalho por este mundo melhor. Cota de PATROCÍNIO Estamos Dividindo em 06 cotas de Patrocínio, cada cota tem o valor de R$ 1.200,00 (Hum Mil e Duzentos Reais). Totalizando a soma de R$ 7.200,00 (Sete Mil e Duzentos Reais), para a realização do evento. Podendo cada Patrocinador adquirir mais de uma cota de patrocínio por evento.

×