Jornal do sertao - edição 81

822 visualizações

Publicada em

Publicada em: Imóveis
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
822
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
30
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal do sertao - edição 81

  1. 1. Sertão de Pernambuco - Novembro / 2012 Ano VI - Número 81 E-mail: jornaldosertaope@jornaldosertaope.com.br Governo amplia investimento, mas Sertão ainda pede socorroEstiagem mais grave das últimas quatro décadas castiga os sertanejos, provoca entre outros problemas, a queda na produção de leite, de2,5 milhões de litros por dia para 1,3 milhões e eleva preço de frutas, legumes e verduras em até 200%. Págs. 4 e 5 Divulgação Entrevista Negócios Luciano DuqueExposal se consegueconsolida emenda nocom 10 mil OGU para UPA,visitantes/dia em Serra Pág. 15 Pág. 7 Ademar Filho Divulgação Educação AbastecimentoÚnica pernambucana na final, Em homenagem a Gonzaga,escola de Quixaba vence Prêmio Compesa constrói redeGestão Escolar 2012 Pág. 3 de abastecimento Pág. 16
  2. 2. 2 Jornal do Sertão - Novembro de 2012 / Edição 81 Fique por dentroO assunto se torna até re- petitivo. Não é de hoje Sertânia recebe OAB-PE levaráque a seca atinge o Nordeste,provoca os mesmos conheci-dos estragos e culmina com Selo Unicef benefícios para oum pedido de socorro dapopulação. Desta vez, o fenô- P or ter investido na garantia dos direitos da criança e vantados pelo Fundo, os municípios que se inscrevem passam a Interiormeno foi classificado como opior das últimas quatro dé-cadas e atingiu, em Pernam- do adolescente, através do monitoramento e acompanhamento dos conhecer melhor sua realidade e as políti- cas voltadas para in- P edro Henrique Reynaldo, advogado e conselheiro federal e eleito presidente da no interior. “Já distribuímos grande parte das antenas para captar vídeos via satélite e a par-buco, até mesmo a Zona da indicadores sociais de fância e adolescência. OAB-PE para a gestão de ja- tir daí ministrar cursos e trans-Mata. De acordo com a Asso- gestão pública, como Com dados concretos neiro de 2013 à 2015, estabe- mitir conteúdos que podem serciação dos Fornecedores de impacto social e participação e participação popular, o mu- lece metas para o interior do gerados a partir da Capital”,Cana, a seca dever provocar social nas áreas de educação, nicípio tem condições de rever Estado: lutar pela afirmou o novo pre-a redução em 35% da safra saúde e assistência social, o suas políticas e repensar estra- advocacia na re- sidente da OAB-PE.de cana-de-açúcar dos forne- município de Sertânia, no Ser- tégias de forma a alcançar os gião interiorana de Outras propos-cedores independentes, com tão de Pernambuco, recebeu objetivos buscados, que estão Pernambuco, zelar tas para a nova ges-perda financeira prevista de em novembro o reconhecimen- relacionados aos Objetivos de pelo cumprimento tão são: um progra-R$ 160 milhões. to internacional desse trabalho Desenvolvimento do Milênio. da constituição fe- ma de renegociação Pelos dados da Coorde- pelo UNICEF - Fundo das Na- A prefeita de Sertânia, deral, estabelecer os de dívidas pornadoria de Defesa Civil de ções Unidas para a Infância. Cleide Ferreira, comemora mesmos valores de não pagamento dePernambuco (Codecipe), das O município conquistou, essa conquista. “Tudo isso pagamento de anui- anuidade, a criação184 cidades pernambuca- pela primeira vez, o SELO contribui no avanço do IDEB, dade e os mesmos de uma cooperati-nas, 125 decretaram situação UNICEF - Município Aprova- na diminuição da mortalidade serviços prestados va de crédito parade emergência. Há cerca de do, edição 2009-2012, que é infantil e na proteção social na capital, como o aprimora- Ordem, reestruturação do es-1,19 milhão de pessoas afe- um reconhecimento interna- de crianças e adolescentes, e mento profissional, cursos, e critório-modelo, promoção detadas pela estiagem. Diante cional do UNICEF pelos es- é assim que o nosso municí- serviços de compras coletivas. cursos, seminários e palestrasdo quadro, a presidente Dil- forços dos municípios em di- pio amplia a construção dos Pedro Henrique é apoiado online, criação do cargo ho-ma Rousseff desembarcou, minuir a mortalidade infantil, espaços de cidadania. Agora, pelo atual presidente, Henrique norífico de delegado de defesana Bahia, no último dia 9 ampliar o acesso à educação, o mundo inteiro vai ver nosso Mariano e foi eleito com 75% das prerrogativas dos advo-de novembro, para reunião saúde e proteção. A partir de município com bons olhos”, dos votos. Ele também pretende gados e a construção de umado Conselho Deliberativo da um diagnóstico e de dados le- falou emocionada, a prefeita. investir em aulas telepresenciais nova sede para a instituição.Sudene – anunciou o inves-timento de R$ 1,8 bilhão em77 obras nos municípios emsituação de emergência. Apesar da liberação da Novo ano, novas perpectivasverba, ouviu queixas dos go-vernadores e precisou se ex-plicar sobre as desonerações, O fim de ano está chegando e com ele a virada de mais um Objetivamos uma perspecti- va endógena, isto é, abordar jornalisticamente os fatores A eleição e reeleição dos já conhecidos e dos novos diri- gentes municipais renova as despercebido sem essa inge- rência. Com a participação e ingerência da opinião públi-a exemplo da redução do IPI, calendário. Com isso, so- internos da região capazes esperanças da população. O ca é possível aprimorar osque beneficia as indústrias, mos motivados a fazer uma de transformar um impulso aprimoramento do modelo modelos de gestão a seremem sua maior parte concen- retrospectiva avaliando a im- externo de crescimento eco- de gestão é factível depen- implantados. O Sertão é umatradas no Sudeste. Enquanto portância e consistência de nômico em desenvolvimento dendo da pré-disposição do região repleta de potenciali-isso, no Nordeste, há chia- nosso trabalho. Mostrar a re- para toda a sociedade. dirigente. A sociedade preci- dades. É preciso uma maiordeira dos prefeitos sobre a gião jornalisticamente e con- A perspectiva muda à me- sa estar atenta e acompanhar integração entre a gestãoqueda do FPM. Governado- tribuir publicamente com a dida que surgem novas possi- de perto o cumprimento das pública/sociedade, esse en-res nordestinos combatem a notícia e a informação. Publi- bilidades. Esse é um final de promessas de campanha. tendimento é enriquecedorequiparação do ICMS posta car conteúdos jornalísticos ano atípico que só acontece Ter consciência de que a sua à medida que atende neces-em pauta pelo ministro Gui- acessíveis ao conhecimento de quatro em quatro anos participação direta e indire- sidades mútuas e recíprocas.do Mantega e a redistribui- de toda a população. Possibi- caracterizado pela mudança ta influencia nas decisões dação dos royalties do pré-sal litar uma visão unificada dos dos dirigentes municipais. gestão pública. Despertar o Antônio José Bezerra de Melocausa polêmica. Não falta só fatos e acontecimentos e fa- Ele traz em si inúmeras pos- gestor público a visualizar Diretor de Marketingágua, falta arrecadação, re- cilitar a tomada de decisões. sibilidades de renovação. um novo universo, às vezes antonio@jornaldosertaope.com.brceita e há uma crise fiscal. Em meio a esse turbilhão,Dilma comprometeu-se a “re- Expediente Produção Editorial EDI ComEditora Comunicação Ltda. EDI Com Editora Comunicação Ltda. AV. João Gomes de Lucena 4105 - Sala - A - Direção de Jornalismo Renata Bezerra de Melo São Cristovão - Serra Talhada - PEsolver o problema estrutural Jornal do Sertão Tiragem: 8.000 exemplares Direção de Marketing Antônio José Bezerra CEP: 56.903.000 / Fone: 87.3831.7053da seca”. O Jornal do Ser- Ano VI Nº 81 | Novembro de 2012 Impressão: Gráfica Jornal do Commercio de Melo Sucursal Recife: Av. Caxangá, conj. 903/904 - Circulação: Sertão de Pernambuco | Recife - Assistente de Marketing Hélida Enes Edf. Caxangá Trade Center, Madalena -tão está fazendo uma fezinha. Distribuição Reportagens/Edição Dayane Albuquerque Recife/PE - 50720-000 - Mourinha Representações. Governo do Estado - Assembléia Legislativa | Diagramação Daniel Sigal | Colaboradores Fone: (55) 81.3052.2719 - 81.9974.8312 / Av. João Gomes de Lucena, 4105 Secretarias de Estado | Brasília-DF | Alberto Ursulino, Helena Conserva, Dárcio E-mail: jornaldosertaope@jornaldosertaope. Renata Bezerra de Melo Centro - Serra Talhada - PE Ministério da Integração Regional Rabêlo, Antônio Faria, Francys Maya, Mayran com.br Editora Geral Fone (087) 3831.7053 Distribuição gratuita Barbosa Ramos - Cartunista. www.facebook.com/Jornaldosertao
  3. 3. Jornal do Sertão - Novembro de 2012 / Edição 81 3 EducaçãoNota 10 para escola de Quixaba referência no BrasilJ Ademar Filho á com um histórico de que estamos indo no caminho socioeconômico, afeti- Pajeú. Oferece todo o sucesso, a Escola Tomé certo”, comemorou Ivan Nunes. vo, cognitivo e cultural. ensino fundamental eFrancisco da Silva, localizada Para receber esse prêmio, O incentivo à lei- ensino médio, para 760no município de Quixaba, Ser- a escola foi avaliada em cinco tura está entre os pro- estudantes da região. Atão do Pajeú, conquistou, em dimensões de gestão: pedagó- jetos desenvolvidos Tomé Francisco tem senovembro, mais um prêmio gica, resultados educacionais, durante todo o ano destacado pelos bonspara a sua coleção de vitórias. participativa, de pessoas e na escola. O Prazer de resultados nos índicesFoi o título de Escola Referên- de serviços e recursos. A co- Ler é um deles e existe de avaliação da educa-cia em Gestão Escolar do País missão julgadora observou as há uma década, sendo ção. Em 2012, no Índicede 2012, uma iniciativa do escolas mais ativas, com uma voltado para alunos do de Desenvolvimento daConselho Nacional de Secretá- gestão participativa e preocu- primeiro ao nono ano. Educação de Pernam-rios de Educação (Consed). pada com o monitoramento e Sua proposta é motivar buco (Idepe), aplicado Única pernambucana na fi- avaliação do seu corpo docen- os estudantes por meio pela Secretaria de Edu-nal, a escola vencedora concor- te e selecionou a Tomé Fran- de oficinas de contos, O Prazer de Ler é um projeto da escola para estimular cação de Pernambuco, poesias e música. Ao a leitura, desenvolvido durante o ano inteiro a escola obteve média Ademar Filho final das atividades, eles apre- to Marinho; Instituto Uniban- 7,42 nos anos iniciais do funda- sentam uma peça teatral para co; Fundação SM, Fundação mental, 5,29 nos anos finais, e a comunidade. Outro projeto Itaú Social; Instituto Gerdau; 5,15 no ensino médio. No Índice de incentivo à leitura estimu- Fundação Victor Civita; União de Desenvolvimento da Educa- la a produção de textos para o Nacional de Dirigentes Muni- ção Básica (Ideb), do Ministério blog da escola. cipais de Educação (Undime); da Educação (MEC), a escola “Com esses resultados, o Ministério da Educação (MEC); conseguiu 7,0 nos anos iniciais, colegiado está mais motivado Organização das Nações Uni- e 5,2 nos anos finais. Em 2011, para trabalhar na comunida- das para a Educação, a Ciência a instituição se destacou no 5° de. Todos acreditam ainda e a Cultura (Unesco); Centro de Fórum da Globo News pela nota mais que podemos construir a Estudos e Pesquisas em Educa- atingida de 6,5 no Índice de escola que queremos, superan- ção, Cultura e Ação Comunitá- Educação Básica, o que signifi- do coletivamente nossos pro- ria (Cenpec) e Instituto Natura. ca uma média superior a de pa- blemas e limitações e claro, lu- íses desenvolvidos. No Enem de tando por melhores salários e 2010, a Tomé Francisco obteve condições das escolas, fatores A Escola nota 585,33 e ficou em primeiroA luta pelo acesso à educação social dos alunos é constante essenciais para superação dos Fundada em 1962, Esco- lugar entre as escolas regularesreu com outras 9.693 escolas cisco como a grande vence- índices educacionais do Bra- la Estadual Tomé Francisco de Pernambuco. Em 2009, a es-do País inteiro nessa 13° edição dora, que recebeu R$ 30 mil, sil”, conclui o diretor da escola. está localizada no município cola ganhou o título de melhordo prêmio. Acabou classificada além do título de Escola Refe- O prêmio visa melhorar o de Quixaba, no Sertão do Alto escola pública de Pernambuco.como a que mais se destacou rência Brasil. sistema educa- Eduardo Braga/SEIpor excelentes práticas de ges- O diretor da escola diz que cional, por meiotão, servindo, assim, de exem- não existe receita para o su- de um processoplo e inspiração para outras cesso na gestão escolar. “Os formativo foca-escolas do Brasil. Em 2009, a trabalhos dos educadores aqui do no ensino deescola concorreu a esse prê- na escola são coletivos. Acho qualidade com amio, alcançando o 2° lugar. que isso é um ponto positivo participação da O diretor da Tomé Fran- para tantas conquistas”, afirma comunidade es-cisco, Ivan Nunes Francisco, Ivan. O gestor também defen- colar e é realiza-comanda a instituição de en- de o compromisso da equipe do pelo Conselhosino há 13 anos e não esconde escolar, a formação continua- Nacional de Se-tanta emoção e satisfação. “Nós da dos professores, a parceria cretários de Edu-trabalhamos muito visando à dos pais dos alunos, a aten- cação (Consed)aprendizagem dos nossos alu- ção a projetos pedagógicos e o em parceria comnos, lutamos para que eles te- atendimento de qualidade com a Embaixada dosnham acesso à educação social bons resultados a uma clientela Estados Unidos;e esse prêmio é a confirmação diferenciada do ponto de vista Fundação Rober- Governo de Pernambuco entrega medalha ao diretor da escola vencedora, Ivan Nunes
  4. 4. 4 Jornal do Sertão - Novembro de 2012 / Edição 81 Seca O Sertão pede socorroO cenário é triste e deso- lador, castiga e compro-mete a sobrevivência do ser- anos. Portanto, esse não é um problema novo, e os danos que ela causa são, em boa par- Campos (PSB) e ao ministro da Integração Nacional, Fer- nando Bezerra Coelho, em Sustentável (CMDRS) adota- ram um modelo de regiona- lização para a fiscalização do Comitê de Convivência com o Semiárido, Ranilson Ramos, apresentou algumas ações dotanejo - animais definhando, te, consequência de governos novembro, na qual pedem serviço dos carros-pipa. Na Governo do Estado para en-quando não são mortos pela que não deram importância à mais investimentos para a cidade, foi constituído um co- frentar a seca. Aos 125 mu-falta de água e alimentação. questão e não tomaram me- convivência com a seca. Eles mitê local. O projeto pioneiro nicípios pernambucanos queFamílias desesperadas, com didas estruturantes. Em meio pedem agilidade na conclusão subdividiu as áreas abaste- estão em estado de emergên-sede, fome. Riachos secos e à situação delicada atual, ges- cia será prestada ajuda para Divulgaçãoabastecimento comprome- tores municipais das cidades preservar o rebanho. A co-tedor. Agricultores e produ- atingidas, ONGs, Sindicatos mercialização de milho sub-tores com suas plantações e e pucuaristas estão em busca sidiado deve chegar a 38 milcriações destruídas. Onde era de soluções e políticas para toneladas até o final do ano,capim, agora são só cactos. A enfrentar a seca e amenizar o haverá ajuda no transporte deterra seca inapropriada para problema dos sertanejos. bagaço de cana-de-açúcar eplantação. As bacias leiteiras da própria cana. Está previstodos estados comprometidas. Alta nos preços o lançamento do PAA Espe-Essa é visão do Nordeste bra- cial Caprinos e Ovinos que vaisileiro afetado pela estiagem, dos alimentos adquirir 150 mil animais deconsiderada por especialistas Um fator que está preocu- 7,5 mil produtores por meioa maior das últimas quatro pando bastante a população da compra direta com inves-décadas. – não somente a atingida di- timentos da ordem de R$ 30 O período chuvoso no retamente pela seca – é a su- milhões.Sertão é de fevereiro a maio, bida de preço dos alimentos, Ainda em novembro, foimas a chuva não chegou nes- principalmente do leite e das elaborado um documento basese espaço de tempo, tampou- hortifrutícolas. Em Pernam- para a construção de políticaco após ele. As previsões da buco, a produção do leite, que Em Pernambuco, 1,19 milhão de pessoas de 125 municípios estão estadual de convivência comUnidade de Monitoramento era de 2,5 milhões de litros sofrendo por causa da seca seca. O material foi idealiza-da Rede Hidrometeorológica por dia, caiu para 1,32 mi- do por lideranças religiosas(UMR-Hidromet) de Pernam- lhões. O valor do litro variava das obras da Adutora do Pa- cidas pelos carros-pipas em de municípios do Sertão e umbuco são de que a região atin- entre R$ 1,60 a R$ 1,70, ago- jéu, que abastecerá parte do núcleos. Cada um deles é co- dos pontos ressaltados foi agida pela seca ainda passará, ra é vendido por R$ 2,30, um Sertão, e de barragens locais. ordenado por representantes importância de se criar estra-pelo menos os próximos três aumento de 30%. As frutas, Apesar de alguns trechos da das associações, que têm a tégias de estocagem de água,meses, sem chuva. verduras e legumes também Adutora do Pajeú não terem responsabilidade de fiscalizar de alimentos e de forragem. De acordo com a Coorde- sofreram aumento. De acordo sequer sido licitados, a pro- as rotas georeferenciadas, as- “Conviver com o Semiáridonadoria de Defesa Civil de Per- com o diretor operacional da messa do governo estadual é segurando que as famílias se- é ter que adotar a cultura donambuco (Codecipe), 125 das Ceasa, Paulo de Tarso, o pre- de que a obra seja entregue jam atendidas pelos pipeiros estoque”, realçou o represen-184 cidades pernambucanas ço do chuchu está 200% mais em dezembro de 2013. definidos para abastecer as tante da Articulação no Semi-decretaram situação de emer- caro que em 2011, custando O socorro está chegando áreas de cada núcleo. Ao todo, árido Brasileiro (ASA), Neildagência, sendo 117 reconheci- R$ 0,24 a unidade. A bana- de forma emergencial e, em- são 11 núcleos com 117 asso- Pereira.das pelo Governo Federal. Há na teve um aumento de 100% bora ele não anule o proble- ciações e 70 carros-pipa. Diante desse quadro, a pre-56 municípios do Sertão, 61 também em relação a 2011. ma da seca, é necessário para sidente Dilma Rousseff veio àno Agreste, oito na Zona da As raízes também estão caras. aliviar o sofrimento do povo. Governo Bahia, no dia 9 de novembro,Mata e 1,19 milhão de pesso- A macaxeira subiu 100%; o Governantes estão em ação, comprometido para reunião do Conselho De-as afetadas diariamente pela cará, 170%. implantando alguns proje- liberativo da Sudene e anun-estiagem, considerada a mais Preocupados com a situa­ tos. Em Petrolina, o Instituto a ajudar ciou o investimento de R$ 1,8perversa dos últimos 40 anos. ção, prefeitos do interior do Agronômico de Pernambuco Em novembro, o secre- bilhão em 77 obras nos muni- A seca é um fenômeno na- Estado enviaram uma car- (IPA) e o Conselho Municipal tário de Agricultura de Per- cípios em situação de emer-tural que se repete há muitos ta ao governador Eduardo de Desenvolvimento Rural nambuco e coordenador do gência.
  5. 5. Jornal do Sertão - Novembro de 2012 / Edição 81 5 SecaMandacaru pode amenizar os problemas da secaN os momentos mais gra- ves da falta de água e dealimentos para os rebanhos, é na sua propriedade. No semi- árido, de maneira geral, este papel cabe a outra cactácea já Do tempo que realiza tes- tes com a espécie em uma área de 4 ha da Embrapa Semiári-inevitável ao pequeno agricul- muito difundida que é a palma. do, Nilton chegou à conclu-tor do semiárido, de poucos re- Contudo, o mandacaru tem são que o plantio e manejo docursos técnicos e financeiros, evidentes vantagens: possui mandacaru são simples. Fazeradentrar a caatinga em busca maior teor de proteína e resis- muda, por exemplo, é muitode uma das poucas plantas a te melhor à falta de chuvas. fácil: basta cortar um pedaçose conservar verde: o manda- O plantio em áreas cer- de 20 a 30 cm dos cladódioscaru. A espécie, que tem folhas cadas é uma alternativa de ou galhos, deixar secar duran-na forma de espinhos, é quase exploração e que aumenta a te dois a cinco dias na sombrasempre a única fonte de comi- capacidade de suporte das pro- e, então, pôr em uma cova comda disponível na vegetação na- priedades. Além disso, é um profundidade de 15 a 20 cm,tiva para os animais. Por estas modo de substituir o extrati- adubada com esterco de capri-características de resistência vismo da espécie durante a es- nos ou bovinos.às altas temperaturas e às chu- tiagem, por um aproveitamen- O plantio pode ser feito an-vas irregulares da região, é que to mais sustentável da espécie. tes das primeiras trovoadas noo técnico da Embrapa Semiá- O intenso corte que costu- semiárido. Contudo, se acon- Técnico da Embrapa, Nilton acredita que o mandacaru é uma boa alternativa para os criadores de animaisrido, Nilton de Brito Cavalcan- ma acontecer nesses períodos tecer durante o período dete, recomenda aos agricultores tem levado à diminuição acen- chuva, o cultivo deve ser em vez por ano. Outra informa- cortados apenas os galhos, ao cultivo dessa cactácea nas tuada de pés de mandacarus terreno bem drenado. Se hou- ção importante para garantir vida útil da planta aumenta esuas propriedades, a exemplo na caatinga. Em alguns locais ver encharcamento, é possível a sobrevivência do mandacaru ela fica produtiva por muitodo que fazem com a palma, os da região, a população de plan- a morte de grande quantidade é não cortar a planta no tron- mais tempo.capins ou o milho. tas diminuiu tanto que muitos de mudas, alerta o técnico da co principal. De acordo com Para ele, não há dúvida que Segundo Nilton, o manda- agricultores precisam se deslo- Embrapa. as avaliações na área experi- o mandacaru é uma alternativacaru é uma planta “excelente” car mais de 50 km distantes da Durante o crescimento o mental, Nilton afirma que isto forrageira interessante que ospara o pecuarista formar uma sua comunidade para encontrar agricultor vai precisar apenas pode representar a morte da criadores do semiárido podemreserva forrageira estratégica a cactácea na vegetação nativa. roçar o local do plantio uma planta. Por outro lado, se são ter nas suas propriedades.
  6. 6. 6 Jornal do Sertão - Novembro de 2012 / Edição 81 Capacitação Simpósio de produção animal no ValeE m dezembro, profissio- em nível de graduação e pós- de Melhoramento Genético. Divulgação nais, pesquisadores e -graduação e permitir o in- As mesas redondas serão so-estudantes envolvidos com a tercâmbio entre pesquisado- bre Melhoramento Genéticoprodução animal irão discutir res do Vale do São Francisco em Ovinos (05/12) e Passa-os desafios da produção ani- com outras regiões do Brasil. do, presente e futuro das pes-mal no semiárido brasileiro. Segundo os organizadores, a quisas e as futuras inovaçõesO que permitirá tal debate é expectativa de público para o (07/12).a realização da 4ª edição do evento é em torno de 400 par- A partir do dia 5, as pa-Simpósio de Produção Animal ticipantes de diversas partes lestras trazem discussõesdo Vale do São Francisco, que do País. sobre os temas: Inovaçãoacontecerá entre os dias 04 e A programação desta edi- e Mercado do Agronegócio07 de dezembro de 2012. ção do simpósio inclui a apre- Brasileiro; Sistema integra- O encontro ocorre a cada sentação de 15 palestras, duas do fruticultura-pecuária nodois anos e é realizado nas mesas redondas, cinco mini- semiárido nordestino; Cas-cidades de Juazeiro da Bahia cursos e uma mostra científica, ca de soja e Polpa cítrica na(BA) e em Petrolina, região que acontecerão no Complexo alimentação de ovinos e ca-que compreende importante Multieventos da Univasf/cam- prinos; Atualidades no ma-pólo agrícola, onde existem nejo de abelhas; Produção Inovações no manejo nutricional de ovinos e caprinos será tema de pus Juazeiro. palestrainstituições de pesquisa e de- O primeiro dia (04/12) de Tilápia; Nutrição e re-senvolvimento cujos objetivos conta com a realização dos mi- produção em vacas leiteiras; Financiamento do Sistema Científica da Zootecnia e o 1ºestão voltados para geração nicursos de Manejo de colmeia Atualização das exigências Pós-Graduação e Pesquisa no Fórum de Pós-Graduação eme adaptação de tecnologias na caatinga; Classificação, cor- nutricionais para frangos de Brasil; Pós-Graduação stricto Ciência Animal, que visamapropriadas para as condições tes especiais e aproveitamento corte; Manejo da caatinga sensu na Bahia e no Brasil; A à divulgação das pesquisaslocais. de carcaças ovinas e caprinas; para caprinos; Inovações no Pós-Graduação em Produção existentes nos cursos de gra- O principal objetivo do Produção e nutrição de suínos manejo nutricional de ovinos Animal no Brasil. duação (Zootecnia, Medici-simpósio é atualizar e capa- no semiárido; Fabrica de ra- e caprinos; Manejo sanitário Paralelamente com o 4º na Veterinária e Agronomia)citar produtores, contribuir ção; O que é necessário fazer profilático em haras; Alimen- Simpósio, outros eventos e pós-graduação em Ciênciapara a formação de estudantes para participar de Programa tação de animais silvestres; ocorrerão. Como a 3ª Mostra Animal da Univasf.
  7. 7. Jornal do Sertão - Novembro de 2012 / Edição 81 7 EntrevistaPrefeito eleito em Serra Talhada estabelece metasC om 23.114 votos conquistados Jesus, também as quadras do bairro zem de Serrinha foco desenvolvimento Divulgação nas últimas eleições, o atual vice- Malhada, a praça de educação e cultura para a região. “Vamos colocar o proje--prefeito e prefeito-eleito de Serra Ta- que está sendo estruturada no bairro to de Serrinha no centro das políticaslhada, Luciano Duque (PT) já começou da Caxixola e que pretendemos termi- públicas do governo federal para que sea trabalhar para deixar tudo pronto an- nar no inicio do ano que vem. Temos conclua esse projeto, esta é uma espe-tes de sua posse, dia 1º de janeiro de também um quadra coberta no ginásio, ra histórica. A área de Serrinha hoje foi2013. Numa entrevista ao Jornal do a Academia da Cidade e praça da ju- repassada do Dnocs para o Incra. SãoSertão, destacou algumas ações em ventude que vamos trabalhar. 300 famílias assentadas e já existe umáreas que ele considera prioritária na projeto em implantação, 100 a 150 pes-sua futura gestão como educação, saú- Luciano vai brigar soas com casas. Muitos ainda não pro-de e infraestrutura, especialmente em duzem naquela área por falta de infra-obras que facilitem o fluxo do trânsito por Serrinha estrtura. Lá tem um potencial enorme”,na cidade que vem se tornando um dos Outra prioridade de Luciano Du- acrescenta Luciano Duque.principais desafios da gestão munici- que é tornar o projeto de irrigação da Conforme Duque, o Dnocs fez nopal. “Já temos algumas parcerias com Barragem de Serrinha uma realidade, ano passado um projeto de eletrificaçãoo governo federal e estadual, além de após 50 anos de espera pelas famílias de toda a área e ate hoje não foi reto-entidades do terceiro setor, para que Luciano é o atual vice-prefeito de Serra que aguardam a concretização desse mado nem pelo Incra nem pelo Dnocs.possamos avançar”, disse. Duque tam- Talhada e afirma que vai governar ouvindo sonho. Um grande potencial que con- “Tem que retomar esse projeto de ener-bém já avisou que pretende colocar em a população segue armazenar mais de 310 milhões gia pra que os produtores possam terprática o seu programa de governo ou- de metros cúbicos de água, Serrinha condições de produzir, pois não fazemvindo a população. e uma UPA (Unidade de Pronto Aten- só depende da vontade política para se por conta disso. Os produtores em Ser- dimento) que já tem recursos assegu- tornar realidade. rinha hoje produzem com motor a die-Gestão rados junto ao Ministério da Saúde. “Vamos fazer gestão para que Serri- sel. É preciso que se coloque a energia “Vamos iniciar a gestão num mo- Vamos ainda concluir o Nasp do Bom nha seja enfim uma realidade em nos- na Barragem para os assentados pro-mento crítico por conta da seca, então Jesus e já está em ampliação o Progra- so município. Lula (o ex-presidente) duzirem, isso é possível se fazer sim. Étemos que fazer uma arrumação na eco- ma de Saúde da Família no município”. quando andou aqui, anunciou que se- preciso investir em canal de irrigação enomia. Tivemos a queda no FPM (Fun- ria uma das prioridades do seu gover- dar para essas 300 famílias assistênciado de Participação dos Municípios) que Infraestrutura no. Já passaram dois governos de Lula técnica. Fazer uma produção diversifi-é outra questão que precisa ser avaliada “Na área de infraestrutura, já esta- e já tem o de Dilma e Serrinha conti- cada para que a gente não fique a mer-com cuidado, pois isso prejudica inves- mos trabalhando na execução de um nua esquecida. Estamos fazendo gestão cê do mercado regional, inter-regional,timentos e a manutenção do custeio da grande projeto que visa a melhoria junto ao Incra para incluir num projeto porque como são pequenos produto-máquina, mas estamos buscando cami- da mobilidade urbana e que resolve o de execução todo o sistema de água e res, vai ter que organizá-los para diver-nhos para a captação de recursos junto a crescimento desordenado da cidade. esgoto da barragem, mas vamos que- sificar a agricultura com criação da ga-programas federais. Precisamos traba- Esse anel viário vai interligar todos os rer também do Incra do Ministério do linha caipira, do caprino, da fruta. Temlhar a metodologia e a gestão moderna. bairros de Serra e vai resolver um pro- Desenvolvimento Agrário, a alocação um potencial”, destaca o futuro gestorVamos também implantar o Conselho blema que é o fluxo grande de veículos de recursos para que se implante um de Serra Talhada.de Desenvolvimento Econômico e o Or- vindo pela BR. O projeto pretende le- Para Luciano Duque Divulgaçãoçamento Participativo pra que a gente var esse fluxo pra essa nova perimetral, a água de Serrinha tempossa ter uma gestão com o povo e que facilitando o trânsito de quem está pas- utilização diversificadaele nos ajude a desenvolver o municí- sando por Serra”. Vamos buscar mais e uma ação mais forte dopio de Serra Talhada. Vamos implantar praças, calçamentos, mais asfalto, mais governo federal junto atambém a ouvidoria que é outra ferra- saneamento. Vamos captar recursos este projeto, trará mui-menta importante para que a gestão e buscar entendimento com o gover- tos ganhos para a popu-possa ter dialogo com a sociedade”. no federal e governo estadual. Não é lação sertaneja, princi- possível que dentre os municípios da palmente agora em queEducação bacia do Pajeú, não sejamos agracia- a região passa um perío- “Na educação, já temos recursos as- dos com recursos para o saneamento. do rigoroso de seca. “Tersegurados para a construção de cinco O município dispõe de recursos pelo água pra poder atendercreches, pois queremos atingir a totali- ministério da Integração Nacional e a necessidade dessas fa-dade de crianças de 0 a 6 anos até o final o ministro Fernando Bezerra Coelho. mílias de Serrinha comodo governo, atendidas por creches em Também têm os recursos da Compesa também com um grandenosso município. Também como meta, que vamos fazer gestão para que Serra Serrinha, que dispões de 311 milhões de m³ de água é potencial da produçãoé compromisso nosso a melhoria do sis- Talhada possa ter esse projeto e a Com- considerada prioridade para alavancar o desenvolvimento de pescado que se podetema educacional com a implantação de pesa licite essa obra do saneamento da econômico e social em Serra Talhada colocar ate 3 mil tanquesescolas de ensino integral nos bairros nossa cidade”. naquela barragem. AVila Bela, Ipsep, Tancredo Neves e Alto grande projeto de irrigação em sinto- água pode servir para irrigação e tam-do Bom Jesus e na área de formação Agricultura e Esporte/Lazer nia com as pessoas que estão lá, como bém pode se fazer uma adutora interli-profissional. Vamos ampliar e melhorar “Com relação a agricultura, vamos os assentados por exemplo”, revelou o gando com a Adutora do Pajeú. Essa éo ensino profissionalizante através de retomar os trabalhos de fortalecimen- prefeito-eleito. uma idéia interessante. Vamos cobrar aparcerias com o Sesc/Senac de Serra”. to das cadeias produtivas, promover Segundo Duque, na verdade Serri- conclusão do projeto de Serrinha. São programa de cidadania e assistência nha tem um potencial enorme de pro- quase 50 anos que se fala em Serrinha.Saúde técnica na área do campo. Na área do dução e não está sendo explorada. Na Vamos cobrar essa conclusão. As famí- “Com relação à saúde, temos como esporte e lazer, vamos concluir o equi- área de agricultura, na área de criatório lias precisam dessa infraesturua pra in-meta implantar um hospital municipal pamento esportivo do Alto do Bom de animais, todas essas alternativas fa- vestir lá”, finaliza Luciano Duque.
  8. 8. 8 Jornal do Sertão - Novembro de 2012 / Edição 81 Saúde Oportunidades Cidades sertanejas no Quixaba abre combate à dengue 128 vagasU m comitê é um instru- mento de grande im-portância para a população de Pernambuco (Geres), que abrange as sete cidades serta- nejas já citadas acima. Agora, Gorete Coelho, o trabalho re- alizado no combate à dengue tem surtido efeitos satisfa- P ara quem procura por estabilidade financeira, mais uma oportunidade. A Pre- obras, agente administrativo, agente comunitário de saúde e agente de endemias.de qualquer cidade ou região essas cidades terão uma parti- tórios. Gorete também pon- feitura Municipal de Quixaba, Já os candidatos que temporque pensa e desenvolve es- cipação “mais efetiva” nas dis- tuou a importância do comitê Sertão de Pernambuco, lançou o nível escolar fundamental,tratégias e traz respostas Divulgação para a região. “Estamos edital de concurso público de completo ou incompleto, pode-em favor dos anseios dos abertos a contribuir com provas e títulos para preenchi- rão concorrer às vagas de mo-cidadãos. A partir deste esse trabalho, para que mento de cargos públicos efeti- torista nas categorias “D” e “B”,mês de novembro, os mo- toda região esteja com vos. Foram abertas 128 vagas operador de máquina, eletri-radores dos municípios a dengue no controle. para os níveis fundamental, cista, pedreiro, guarda munici-de Belém do São Fran- Estamos lutando e esta- médio/técnico e superior. pal, auxiliar de serviços geraiscisco, Cedro, Mirandiba, remos mais fortes com o Para quem possui curso e agente de limpeza urbana.Salgueiro, Serrita, Terra comitê regional”, argu- superior, os cargos a serem As inscrições podem serNova e Verdejante, em mentou. preenchidos são de médico, realizadas até 13 de dezembro,Pernambuco, começaram Esse ano, ainda será psicólogo, odontólogo, enfer- no site www.conpass.com.bra contar com a presença realizado o “Em nossa meiro, farmacêutico, fisio- da Concursos Públicos e As-de um comitê Regional de casa, a dengue não en- terapeuta, assistente social, sessoria (Conpass) e custamMobilização Social para o tra”, um trabalho em que nutricionista e professores de R$ 100 (nível superior), R$Controle da Dengue. será reforçado o moni- diversas áreas. 80 (médio/técnico), R$ 60 Instalado pela Secre- toramento das ações de Para quem for concorrer (fundamental completo) e R$taria Estadual de Saúde (SES), cussões para frear o aumento vigilância epidemiológica e aos níveis médio e técnico, as 50 (fundamental incompleto/no auditório do Instituto Fede- no número de casos da doença no caso da assistência ao pa- vagas são para os cargos de alfabetizado). A prova escritaral - Campus Salgueiro, o novo e evitar o risco de um período ciente, haverá uma capacita- professor de séries iniciais, está marcada para o dia 27 decomitê visa discutir medidas epidêmico que, normalmente, ção das equipes de Saúde da monitor, técnico de enferma- janeiro de 2013. O resultadopara o controle da dengue e acontece no início do ano. Família. A ideia é se antecipar gem, auxiliar de saúde bucal, final está previsto para o dia 21está sob a coordenação da VII Para a secretária de saúde para que não aconteça uma auxiliar de enfermagem, su- de março. Os salários variamGerência Regional de Saúde do município de Salgueiro, epidemia. pervisor de obras, fiscal de de R$ 622 a R$ 5.500.
  9. 9. Jornal do Sertão - Novembro de 2012 / Edição 81 9 Economia Coluna Jurídica Incra perfurou 40 poços Antonio Faria de Freitas Neto E Advogado (antoniofaria@antoniofaria.com.br) m meio ao sofrimento equipamentos a serem utili- Penha, Logradouro, Luanda, Fone: (81) 3229-9737 | 3227-5266 causado pela seca, a po- zados nos poços e a compra Santa Rita e Varzinha, no mu- pulação do Sertão do Pajeú é solicitada. “As etapas são nicípio de Serra Talhada. Des- Da nulidade jurídica da fiança encontra-se desesperada com muitas e não podemos pular ses, 40 já estão em funciona- a falta d’água. Na região, bo- nenhuma delas”, diz o diretor mento, distribuindo água para prestada por pessoa casada atos correm de que o Institu- do Incra em Serra Talhada. a população. Para a conclusão sem o consentimento do to Nacional de Colonização e Outro fator que está atra- dos outros 50%, está sendo es- Reforma Agrária - Incra per- sando a chegada de água na perada a chegada das análises respectivo cônjuge furou poços, mas a água ainda região é a falta de empresas da água para prosseguimento não chegou no local. Divulgação Inicialmente, mister esclarecer, que a fiança é uma es- A nossa equipe en- pécie de um contrato de caução, mais precisamente a cau- trou em contato com ção fidejussória, sendo, assim, de uma espécie de garantia, a direção do Instituto para tentar esclarecer onde a obrigação contraída é assumida pessoalmente por o que está faltando um terceiro além do devedor principal, tendo, como prin- para que os poços co- cipais características, a de um contrato unilateral, acessório mecem a funcionar e obrigatoriamente na forma escrita. e distribuir água na A fiança, ainda, se subdivide em: convencional, contra- região. Para isso, fa- ída pela vontade dos envolvidos; judicial, que é imposta lamos o diretor do In- pelo juiz; e, por fim, a legal, que é aquela autorizada pela cra Serra Talhada PE, própria lei. Nesse breve comentário, vamos nos concentrar Fernando Nogueira. apenas na fiança convencional, que é prestada de forma Nogueira garan- comezinha nos contratos em geral. tiu que o órgão está Para que possa ser prestada fiança faz-se imprescindí- trabalhando forte- vel que o fiador preencha alguns requisitos jurídicos pré- mente para que os vios, como por exemplo, ser maior, ou emancipado, com poços fiquem aptos posse de todas as suas faculdades mentais e de livre dispo- a distribuir água. Ele sição de seus bens. explicou que o pro- Além disso, acaso o fiador seja casado, a fiança somen- cesso de conclusão de Incra promete perfurar mais 40 poços em Serra Talhada um poço é demorado te terá validade jurídica se houver o consentimento do e não depende só do institu- disponíveis para prestar ser- das outras etapas. Além disso, respectivo cônjuge – exceto no regime da separação total to. Cada poço leva, em média, viços e o reduzido número de o Incra está trabalhando na de bens, que se faz desnecessário – sob pena de nulidade cinco dias para ser perfura- carros pipa. “Devido à seca, reinstalação de outros poços. absoluta – e não somente anulabilidade – da totalidade do. Depois de perfurados, são muitas empresas estão sen- “Sabemos que a população fiança prestada, conforme dicção legal pura e simples do “visitados” por geólogos, são do solicitadas e por isso estão está sofrendo muito com esse inciso, do artigo 1647 que determina taxativamente: realizados testes de vazão e em falta no mercado”, diz No- momento de seca, mas quere- Não raras vezes, vemos os nossos pretórios desalijarem análises química, física e bac- gueira. mos deixar claro que o Incra os fiadores das obrigações contratualmente por ele assu- teriológica da água. Se der Mas as expectativas são depende e outros fatores para midas em nosso cotidiano, face à inexistência da outorga algum problema, as amostras animadoras. Fernando No- concluir esse trabalho. Mas do respectivo cônjuge, seja marital (por parte do marido) seguem para a USP – Uni- gueira diz que 80 poços já fo- estamos bastante empenhado ou uxória (por parte da esposa), já que o nosso legislador versidade de São Paulo e são ram perfurados nos distritos para suprir as necessidades pátrio não admite que o credor venha a aceitar um fiador estudadas. Liberada a água, é de Bernardo Vieira, Pajeú, do povo sertanejo”, conclui sem a comprovação de seu verdadeiro estado civil, sendo, feito o dimensionamento dos Tauapiranga, Caiçarinha da Nogueira. seu o ônus de colher as assinaturas do fiador e de seu côn- juge, na sua presença e das testemunhas contratualmente arroladas. Humor Assim, o credor deverá, sempre, estar muito a este re- quisito da Lei, pois a aposição de assinatura falsa, ou, ainda, uma assinatura faltante no contrato, lhe traz gravíssimas implicações contratuais, fazendo-o passar pelos rigores e dissabores a que livre e imprudentemente se expôs, su- portando as conseqüências naturais da sua negligência, da sua omissão ou da sua incúria. Estamos à disposição para sugestões, comentários, o esclarecimento mais aprofundado de dúvidas acerca des- ta matéria, ou outras que necessite, bem como quaisquer outros contatos que se fizerem necessários, que poderão ser feitos através do nosso site: www.antoniofaria.com.br, ou por e-mail. Consultem-nos.
  10. 10. 10 Jornal do Sertão - Novembro de 2012 / Edição 81 SociaisAniversariantes de Dezembro Anderson Oliveira Anderson Oliveira PARABÉNS!Iara Lima (02/12Saullo Paes (07/12))Jussara Siqueira (10/12)Rafael Roa (15/12Gilzeane Padilha (15/12Andrea Marquim (18/12)Julião Guerra (22/12)Arnoldo Vasconcelosde Alencar (23/12) ACA 54 ANOS Jaime Espósito Filho e Sérgio Franklin mos- TRIO As irmãs Georgia, Jucineide e Jucinete Araújo no abre da trando a nova edição da Revista da ACA onde a Prefeita Madale- Gardem AcessóriosEverton Goes (23/12) na Brito é destaqueAnderson Oliveira (26/12) Dárcio Rabêlo Anderson OliveiraAgustinho Macedo (28/12)Viviane Lacerda (29/12)Eduardo Geovanede Freitas Leite (30/12)Teófila Valença (31/12) PODEROSA Socorro Pacheco sempre bela Divulgação VITÓRIA César Macedo e Flaviana Pacheco eleitos com 70% dos votos para presidir a OAB/Arcoverde FEIJOADA VIP Meninos da banda Faringes da Paixão a gran- de atração da mais animada festa de final de ano em Arcoverde
  11. 11. Jornal do Sertão - Novembro de 2012 / Edição 81 11 “Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças”. Charles Darwin Dárcio Rabêlo darciorabelo@hotmail.com 87 9159.3661 Festival Gastronômico ADEUS A JAIRO FLIS no Espaço Difusora em Caruaru. Este Este ano o Natal Triunfo, no Ser- A população de Arcoverde se des- Sertânia recebe entre os dias 29/11 ano, a ação trouxe como tema “Em- tão traz uma inovação, a realização de pediu do atuante vereador Jairo Frei- à 02/12 a 5ª edição dos FLIS - Fes- preender hoje: Ferramenta do Desen- uma feira popular da gastronomia lo- re. Autoridades, amigos e políticos tival Literário de Sertânia. Esse ano volvimento Econômico Futuro. cal, que colocará na vitrine pequenos lotaram o plenário da Câmara de Ve- com uma programação será para a produtores do Litoral ao Sertão. Du- readores, onde ocorreu o velório, para “Exaltação à poesia sertaneja” (Título FEIJOADA VIP rante a feira, em uma cozinha show, prestar a última homenagem ao parla- do discurso de posse de Ulysses Lins Os nomes mais badalados da so- chefs de cozinha convidados de todo o mentar. O caixão estava coberto com na Academia Pernambucana de Le- ciedade já estão com camisas reserva- Brasil utilizarão ingredientes de cada as bandeiras do PSB e a de Arcoverde. tras), homenageando o centenário do das para a “Feijoada VIP 2012”, maior região pernambucana para desenvol- O corpo seguiu em cortejo até a sede mestre Luiz Gonzaga e a genialidade evento social de Arcoverde neste final ver e criar novas receitas, explorando da Fundação Terra, onde aconteceu do repentista da terra, parceiro mais de ano, neste domingo dia 02 de de- a utilização de cada produto na cozi- a missa de corpo presente celebrada constante de Pinto do Monteiro, An- zembro, à partir do meio-dia, no Per- nha. Tudo ali aos olhos dos visitantes pelo irmão do vereador, o Pe. Airton tônio Samuel (Gato Velho). O evento é sone Recepções. A festa terá sorteio de da feira. Essa mostra gastronômica Freire, a celebração de despedida foi uma realização da ACORDES – Asso- um final de semana totalmente grátis será a culminância do projeto e terá cheia de muita emoção. Com a igreja ciação Cultural de Sertânia. e com direito a acompanhante para o o intuito de apoiar a cadeia produtiva completamente lotada muitos popu- Ritz Lagoa da Anta, o mais reconheci- local no segmento da alimentação. lares procuraram homenagear Jairo COCO NO ESTÚDIO do hotel em Maceió, aliás, o melhor 5 Freire com cartazes e faixas com a foto O Grupo Samba de Coco Trupé de estrelas da capital alagoana. O sorteio OAB/ARCOVERDE do vereador. Bastante emocionado o Arcoverde está em estúdio preparan- é um oferecimento da Conectour Tu- O advogado César Macedo é o Padre Airton cantou várias canções do seu Primeiro CD em parceria com o rismo, maior vendedora de passgens novo presidente da Ordem dos Ad- durante a missa. Antes do caixão sair Instituto das Artes e Desenvolvimento àereas, hospedagem, cruzeiro, planos vogados do Brasil, Subsecção Ar- da igreja, um gesto emblemático, Pe. Humano – IADHUM. Com lançamen- de viagem e passagem em Arcoverde e coverde. A eleição terminou às 17h Airton beijou o caixão num ato de úl- to previsto para o mês de dezembro de região. O empresário Marcos Andriola desta segunda-feira (19). Apurados tima despedida ao irmão. O vereador 2012, o grupo se organiza para mais é só animação para a festa. 100% dos votos, o candidato da opo- Jairo foi sepultado no final da tarde uma grande festa e por em evidencia Só mesmo uma feijoada categori- sição, César Macedo e a vice Flavia- em Sertânia. a força do Samba de Coco do Mestre zada poderia oferecer aos convidados na Pacheco conseguiram se eleger Ciço Gomes. Em primeira mão divul- essa oportunidade de se hospedar no com 53 votos (70%). FINAL DE ANO gamos o nome do mais esperado disco luxuoso Ritz Lagoa da Anta. A Associação Comercial de Arco- da cultura popular de Arcoverde. “Va- A Feijoada VIP acontece domin- verde - ACA lançou du- mos pra lá/ Vamos pra cá/Não deixe o go, dia 02 de dezembro, a partir dasAnderson Oliveira rante evento festiva que coco parar” 12h00 no Persone Recepções reunin- marcou os 54 anos de do os nomes mais importantes de Ar- atividades da entidade FACEP coverde e região. no Buffet Arte de Fazer A Federação das Associações Co- Reserve agora sua camisa pelo a 10º edição do Festi- merciais de Pernambuco - FACEP fone (87) 9159-3661. val Arcoverde, Cultura elegeu a empresária de Arcoverde, Arte, mais conhecida Jussara Pereira Barbosa para liderar NUPCIAL como Festa do Comér- a entidade para o biênio 2013/1014. Neste sábado, dia 01 de dezembro cio. Desta vez a festa Essa será a primeira vez em 76 anos acontece o prestigiado nupcial de Re- será realizada na Praça que uma mulher comandará a Facep. natha e Adriano, filhos dos casais Ge- da Bandeira de 21 a 31 A nova presidente comandará os tra- nivaldo Henrique de Araújo e Maria de dezembro, com sho- balhos em cerca de 70 associações do Socorro Sousa de Araújo, Caetano ws artísticos e culturais, comerciais do Estado, vinculadas à José Freire e Rosário de Fátima Vieira parque de diversão, gas- Facep. A apresentação oficial da líder de Carvalho. A cerimônia vai aconte- tronomia típica e muito associativista aconteceu durante o 13º cer na Capela do Colégio Imaculada e, CASAL Aroldo Bentinho e Elaine sempre esbanjando mais. O show de abertu- Congresso das Associações Comer- em seguida, os cumprimentos no Per- elegância nos eventos sociais da cidade ra é da banda Calypso. ciais e Empresariais de Pernambuco, sone Recepções em Arcoverde.
  12. 12. 14 Jornal do Sertão - Novembro de 2012 / Edição 81 Cultura Embaixador do Forró Por Helena Conserva E-mail hconserva@gd.com.br blog: http://escrevehelena.blogspot.com recebe homenagem Carlos Silva em: Carlitos, U m nome consagrado da cordéis sobre personagens im- nageou e a todas as pessoas música regional nordes- portantes da cultura nordesti- que admiram e valorizam o tina, um sertanejo que repre- na e também tem feito cordéis meu trabalho em defesa da o adorável vagabundo senta e prega a sua cultura e sobre as cidades pernambuca- nossa riqueza cultural”, disse os valores da região Nordeste nas. Desta vez, a escolha das Ivan, emocionado. Foi uma Viva a ousadia e a inventabilidade. Um rompimento de através da música. Natural do cidades se justifica pela im- tarde de cultura popular e um relacionamento, uma caixa de chocolates e flores oferta- município de Floresta, Ivan portância que Floresta e Serra muito forró pé-de-serra, com das a ela num dia muito especial e por um vagabundo mais Ferraz foi homenageado no Talhada têm na vida artística a presença do poeta Ivaldo que especial. Não poderia ter outro desfecho. mês de no- “Se tivesse acreditado na minha brincadeira, de dizer ver- vembro pelo Divulgação dades, terias ouvido verdades que teimo em dizer brincando. escritor e Falei muitas vezes como um palhaço, mas jamais duvidei da cordelista, sinceridade da platéia que sorria.” Charles Chaplin Ivaldo Batis- ta, em even- Essa coluna deseja a você Carlos Silva, um Feliz Aniver- to celebrado sário! na Cidade do Recife, na Associação dos Servido- res da Sude- ne-Engenho do Meio. As ho- menagens a Ivan Ferraz acontece- ram através da literatura de cordel. “IVAN FER- RAZ, embai- xador do for- Ivan Ferraz foi homenageado com o cordel “embaixador do forró e padrinho dos artistas” ró e padrinho dos artistas”. Titulando assim do homenageado, Ivan Ferraz, Batista e de forrozeiros au- seu mais novo cordel foi que pois foram nessas duas cida- tênticos, como Reginaldo Si- Ivaldo Batista apresentou um des que o cantador passou por queira e seu Grupo Musical tributo ao Embaixador do For- momentos marcantes na sua com o sanfoneiro Luizinho, ró. Aproveitando o momento, trajetória de comunicador ser- Israel Filho, Walkíria Men- o cordelista homenageou duas tanejo. Os cordéis das cidades des, Ilana Ventura, Ronal- cidades importantes do Sertão foram nomeados “Floresta do do Aboiador, Juinior Vieira, do Pajeú, também através da navio e terra dos tamarindos” Rouxinó do Nordeste, Bus- literatura de cordel: Floresta e e “Serra Talhada, Capital do capé, Genildo Sousa, Bruno Serra Talhada. Xaxado e Berço de Lampião”. Flor de Lótus, Antonio Pau- * elena Conserva é Professora e Jornalista H O escritor e cordelista ex- “Quero dizer obrigado a lino, Jó Silva, Adriano José, plicou que já vem fazendo Ivaldo Batista que me home- Bar do Acordeon.

×