1302710679 liderança e_motivação

4.111 visualizações

Publicada em

PPS Liderança e Motivação

1 comentário
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.111
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
320
Comentários
1
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1302710679 liderança e_motivação

  1. 1. Liderança e MotivaçãoO que é Liderança Habilidades do Líder Características do Líder Estilos de LiderançaO Que é Motivação Teorias Exemplo de Motivação Julio Cesar - nov/2007
  2. 2. O que é Liderança Habilidade de influenciar pessoas. Liderança é o processo de influenciar pessoas no sentido de que ajam a favor dos objetivos da instituição. Algumas pessoas nascem com o dom da liderança. Outras aprendem a liderar. A liderança é um trabalho contínuo de comunicação e motivação de pessoas e, portanto, também pode ser aprendido
  3. 3. Habilidades e Características doLíder Discurso coerente com suas ações; Objetivos claros e estratégias adequadas para atingí-los; Entusiasmo pelo trabalho em equipe; Habilidade em inspirar confiança; Espírito democrático.Complementam o perfil do Líder: competência técnica; habilidade de delegação; controle emocional; autenticidade; respeito pelo ser humano; habilidade em propor e estimular idéias; habilidade em ensinar e despertar talentos.
  4. 4. Estilos de LiderançaAUTOCRÁTICA : O líder comunica aos colaboradores as metas e os objetivos; O líder organiza as equipes e determina a sua composição; O líder orienta as tarefas na sua perspectiva.Conseqüências:Desmotivação da equipe; Clima de desconfiança;Baixa qualidade nas tarefas.
  5. 5. Estilos de LiderançaLIBERAL: As metas não são claras; O trabalho é organizado livremente; O líder fomenta apenas a relação inter-pessoal; O líder dá feedback “afetivo” focado na satisfação; Os critérios de avaliação são ambíguos. Conseqüências: Pouco envolvimento da equipe; Competição entre os membros; Pouca responsabilização por erros; Tendência para “jogos de empurra”.
  6. 6. Estilos de LiderançaDEMOCRÁTICA: O líder fixa metas e discute os objetivos; Critérios de avaliação de desempenho são conhecidos; As tarefas planificadas em conjunto e de forma flexível; O trabalho é organizado com autonomia; O líder dá feedback e orientação ao grupo.Conseqüências :Equipe motivada; Membrosauto-valorizados; Trabalhorealizado em conjunto e comautonomia pelos membros;Maior qualidade nos resultados.
  7. 7. ResumoO Líder, em resumo .... Faz com que os subordinados tenham satisfação e se sintam realizados em executar o que ele quer. Tem seguidores, não subordinados. Todos cumprem suas determinações, sem encará-las como ordens. Não comanda pelo medo, transmite segurança, confiança, inspira lealdade, é confidente e deixa as pessoas à vontade para expor seus pontos de vista. Tem senso de justiça, e não toma decisões injustas. Seus atos são transparentes.
  8. 8. MotivaçãoÉ a força, ou impulso, que leva os indivíduos aagirem de uma forma específica.Enquanto para alguns amotivação pode ser o fatorfinanceiro, para outros é odesejo de ser saudável, de seramado, reconhecido, departicipar das decisões ourealizar tarefas desafiadoras.
  9. 9. Motivação: TeoriasExistem várias teorias sobre motivação e o que elaé. Três delas, em particular, se destacam, por criaruma apresentação concisa, porém completa, sobreo assunto: Teoria das necessidades humanas, mais conhecida como Pirâmide de Maslow*: Segundo Maslow, todos os indivíduos apresentam uma hierarquia de necessidades que precisavam ser satisfeitas *Abraham Maslow, psicólogo norte-americano, teórico motivacional.
  10. 10. Motivação: Teoriasb) Teoria dos dois fatores, de Herzberg*.Afirma existirem dois fatores para motivação de grupos: oshigiênicos e os motivadores. Os fatores higiênicos nãotrazem nem estimulam a motivação, mas podem causardesmotivação.Assim, um ambiente de trabalho seguro e agradável,sozinho, não motiva os funcionários, porém deixa-ossatisfeitos o suficiente para que outros fatores possammotivá-los. *Frederick Herzberg,
  11. 11. Motivação: Teoriasc) Teoria das Expectativas, de Vroom, Segundo essa teoria, a motivação é composta de duas partes: os desejos individuais, os quais Vroom denominou de “Valências”, e as expectativas de alcançá-los. Um alto nível de valência age como motivador, sendo necessário que o indivíduo sinta que este desejo pode ser satisfeito. Uma pessoa pode ter um forte desejo de adquirir um automóvel de luxo, em vez de um carro popular. Se ela acredita poder realizar esse desejo, certamente tomará as providências necessárias para tal.Vroom,
  12. 12. O gostinho bom da chegadaQuem acha que ir mal numa prova ou não passar numaseleção de emprego é um problema terrível deveriaconferir o espírito de luta dos participantes dos JogosParapan-Americanos, no Rio.A americana KATHRYN SULLIVAN, 27anos, por exemplo, acabou em últimolugar na prova feminina dos 100 metrosrasos. E comemorou: "Poucas pessoas naminha condição se tornam atletas. Estoufeliz por ter um objetivo e por terconcluído a prova".Única corredora sem as duas pernas,decorrência de problemas durante agestação, Kathryn corre há apenas umano e se diz bem acostumada àspróteses de fibra de carbono, que usa otempo todo. A foto fala mais do quetudo. Revista Veja, out/2007.

×