AS EMOÇÕES

65.040 visualizações

Publicada em

Powerpoint de Psicolgia B
Escola Secundária D. Dinis
2010/2011

4 comentários
17 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
65.040
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12.103
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.211
Comentários
4
Gostaram
17
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

AS EMOÇÕES

  1. 1. AS EMOÇÕES
  2. 3. EMOÇÃO <ul><li>EMOÇÃO : uma reacção complexa a estímulos externos (mais frequentemente) e também a estímulos internos, que se traduz em reacções fisiológicas, comportamentais, cognitivas, afectivas, sentimentais e em expressões faciais </li></ul>
  3. 4. EMOÇÕES, AFECTOS E SENTIMENTOS <ul><li>ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DAS EMOÇÕES : </li></ul><ul><li>Tempo : a emoção tem um princípio e um fim. </li></ul><ul><li>Intensidade : cada emoção tem um tipo de intensidade. </li></ul><ul><li>Alterações corporais : traduzem-se em várias manifestações corporais. </li></ul><ul><li>Causas e Objectos : as emoções têm sempre uma causa e direccionam-se sempre para um objecto. </li></ul><ul><li>Versatilidade : aparecem e desaparecem com rapidez. </li></ul><ul><li>Polaridade : podem ser positivas ou negativas. </li></ul><ul><li>Reacções : são sempre uma reacção a algo. </li></ul><ul><li>Interpretação : traduz uma interpretação dos factos. </li></ul>
  4. 5. TIPOS DE EMOÇÕES <ul><li>EMOÇÕES PRIMÁRIAS ou universais – alegria, tristeza, medo, cólera… Estão presentes em todas as culturas e aparecem muito cedo na vida do ser humano. Assentam numa base inata e o seu aparecimento não depende da aprendizagem. </li></ul><ul><li>EMOÇÕES SECUNDÁRIAS ou sociais – vergonha, ciúme, culpa ou orgulho. Foram construídas sobre as emoções iniciais e implicam o recurso a aprendizagens feitas. </li></ul><ul><li>EMOÇÕES DE FUNDO – bem-estar, mal-estar, calma ou tensão. </li></ul>
  5. 7. AFECTOS E SENTIMENTOS <ul><li>Os afectos têm a ver com aquilo que nos afecta, são algo de que somos dotados. São tendências para responder positiva ou negativamente a experiências emocionais relacionadas com objectos ou pessoas. Exprimem-se através das emoções e têm uma ligação especial com o passado, com experiências e vivências (as emoções estão ligadas sobretudo com situações presentes). </li></ul>
  6. 8. AFECTOS E SENTIMENTOS <ul><li>Os sentimentos são, em geral, experiências privadas que, ao contrário das emoções, não podem ser observados por outras pessoas. As emoções estão na base dos sentimentos. As emoções acontecem e passam, podendo voltar desde que um estímulo as desencadeie; os sentimentos ficam e acompanham-nos ao longo do tempo com maior ou menor intensidade. </li></ul>
  7. 10. FASES DOS SENTIMENTOS (segundo António Damásio) <ul><li>O ESTADO DA EMOÇÃO : a emoção pode ser desencadeada e experimentada de forma inconsciente. </li></ul><ul><li>O ESTADO DO SENTIMENTO : pode ser representado de forma não consciente. </li></ul><ul><li>O ESTADO DE SENTIMENTO TORNADO CONSCIENTE : conhecido pelo organismo que experimenta a emoção e o sentimento. </li></ul>
  8. 11. COMPONENTES DAS EMOÇÕES <ul><li>COMPONENTE COGNITIVA : o conhecimento dos factos que estão na base do acontecimento que despoletou a emoção. </li></ul><ul><li>COMPONENTE AVALIATIVA : a reacção à situação é feita em função de interesses e valores pessoais. </li></ul><ul><li>COMPONENTE FISIOLÓGICA : a emoção apresenta manifestações orgânicas </li></ul><ul><li>COMPONENTE EXPRESSIVA : a emoção traduz-se num conjunto de expressões corporais. </li></ul><ul><li>COMPONENTE COMPORTAMENTAL : o estado emocional desencadeia um conjunto de comportamentos. </li></ul><ul><li>COMPONENTE SUBJECTIVA : a emoção está sempre associada a um estado afectivo. </li></ul>
  9. 12. PERSPECTIVAS SOBRE AS EMOÇÕES <ul><li>PERSPECTIVA EVOLUTIVA – Darwin </li></ul><ul><li>Darwin distingue seis emoções primárias ou universais: a alegria, a tristeza, a surpresa, a cólera, o desgosto e o medo. Todas esta emoções apresentam manifestações fisiológicas : a postura corporal, as expressões faciais, os movimentos… </li></ul><ul><li>Darwin considera que as emoções desempenham um papel adaptativo fundamental na história da espécie humana, sendo determinantes na nossa capacidade e sobrevivência. </li></ul>
  10. 13. PERSPECTIVAS SOBRE AS EMOÇÕES <ul><li>PERSPECTIVA FISIOLÓGICA – William James </li></ul><ul><li>As emoções resultam das percepções dos estados corporais e das mudanças orgânicas provocadas por estímulos particulares.. Os estímulos produzem alterações orgânicas que, por sua vez, geram emoções. Esta teoria tem como suporte uma relação entre o corpo e a mente. </li></ul>
  11. 14. PERSPECTIVAS SOBRE AS EMOÇÕES <ul><li>PERSPECTIVA COGNITIVISTA </li></ul><ul><li>A emoção é determinada pelo modo como representamos a situação e pela avaliação pessoal que lhe damos. Esta interpretação depende dos nossos quadros cognitivos e da nossa história pessoal, que nos conduzem numa interpretação da situação. </li></ul>
  12. 15. PERSPECTIVAS SOBRE AS EMOÇÕES <ul><li>PERSPECTIVA CULTURALISTA </li></ul><ul><li>A cada cultura correspondem diferentes emoções e diferentes formas de as expressar. Cada cultura tem o seu conjunto de regras que especificam o tipo de emoções que se podem manifestar nas diferentes situações, e os comportamentos adequados para exprimirem as diferentes emoções. Todos os que pertencem à mesma cultura partilham uma linguagem da emoção. </li></ul>
  13. 19. A RAZÃO E A EMOÇÃO <ul><li>Para Damásio , a tomada de decisão implica duas vias complementares: </li></ul><ul><li>A representação das consequências de uma opção é disponibilizada pelo raciocínio: avaliação da situação, levantamento das opções, comparações lógicas… </li></ul><ul><li>A percepção da situação provoca a activação de experiências emocionais experimentadas anteriormente em situações semelhantes. </li></ul><ul><li>As emoções são, portanto, processos indispensáveis no acto de decidir </li></ul>
  14. 20. A RAZÃO E A EMOÇÃO <ul><li>MARCADOR SOMÁTICO </li></ul><ul><li>Marcador somático é um mecanismo automatizado que suporta as nossas decisões, apesar de não tomarem as decisões por nós. Por mais simples que a decisão seja, existe sempre uma emoção associada à escolha feita. Assim, Damásio estabelece uma ligação entre o tipo de situação e o estado somático, isto é, o estado do corpo.. Os marcadores somáticos informam o cérebro sobre as decisões a tomar. O nosso pensamento tem portanto necessidade das emoções para ser eficaz. </li></ul>

×