Tentação

1.140 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.140
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
243
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tentação

  1. 1. Tentação Mt 4.1 - 11
  2. 2. Algumas referências bíblicas sobre tentação Mt 6.13: “E não nos deixeis cair em tentação; mas livra – nos do mal, pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém”.
  3. 3. Mt 26.40, 41: “E, voltando para os discípulos, achou – os dormindo; e disse a Pedro: Então, nem uma hora pudestes vós vigiar comigo? Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca”.
  4. 4. Lc 11.4: “Perdoa – nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a todo o que nos deve. E não nos deixes cair em tentação”. Lc 22.28: “Vós sois os que tendes permanecido comigo nas minhas tentações”.
  5. 5. Lc 22.40, 46: “Chegado ao lugar escolhido, Jesus lhes disse: Orai, para que não entreis em tentação. E disse – lhes: porque estais dormindo? Levantai – vos, e orai, para que não entreis em tentação”.
  6. 6. 1 Co 10.13: “Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel, e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar”.
  7. 7. Gl 4.14: “E, posto que a minha enfermidade na carne vos foi uma tentação, contudo não me revelastes desprezo nem desgosto; antes me recebestes como anjo de Deus, como o próprio Cristo Jesus”.
  8. 8. 1 Tm 6.9: “Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição”.
  9. 9. Hb 3.8: “Não endureçais os vossos corações como foi na provocação no deserto”.(Êx 17.1, 2; Dt 6.16; Sl 95.9 – 11). Sl 78.18: “Tentaram a Deus nos corações, pedindo alimento que lhes fosse do gosto”.
  10. 10. Hb 4.15,16: “Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer – se das nossas fraquezas, antes foi ele tentado em todas, à nossa semelhança, mas sem pecado. Acheguemo – nos, portanto, confiantemente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna”.
  11. 11. 1 Ts 3.5: “Foi por isso que, já não me sendo possível continuar esperando, mandei indagar o estado da vossa fé, temendo que o tentador vos provasse, e se tornasse inútil o nosso labor”.
  12. 12. Tg 1.13, 14: “Ninguém ao ser tentado, diga: sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e Ele mesmo a ninguém tenta. Ao contrário, cada um é tentado pela própria cobiça, quando esta o atrai e seduz”
  13. 13. O significado da palavra Tentação O sentido positivo: Provação Eirasmon – É usada para descrever várias situações de acordo com o contexto. Pode significar: Prova , tribulação, teste ou experiência para conduzir o crente ao crescimento espiritual, e uma maior intimidade com Deus – Gn 22.1; 2 Cr 32.31; 1 Pe 1.5 – 7
  14. 14. O sentido negativo da palavra Tentação: Mt 26.36 – 41 Peirosmon – É a tentação no sentido de sedução para cometer pecado. Denota um poder, argumento, operação ou sedução para com o pecar. Neste sentido, Deus não prova ninguém.
  15. 15. O que é tentação? “Tentação, então, em geral é qualquer coisa – estado, caminho ou condição – que sob certa circunstância, tem a força e eficácia de seduzir, apartar a mente e o coração de um homem de sua obediência, que Deus requer dele, para qualquer pecado, em qualquer grau dele” (Brian
  16. 16. E a provação? A provação vem do Senhor e tem um propósito específico a cumprir – 2 Co 3.18 – Cristo em nós! A provação é uma situação permitida por Deus. Faz parte da Pedagogia de Deus. As provações são usadas pelo Espírito Santo para extrair o que há de melhor em nós – Jó 1.20 – 22; 19.25 – 27; 42.1 – 6; Fl 4.10 – 14
  17. 17. TEMA Algumas Características da Tentação
  18. 18. 1 – O Tempo da Tentação v.1 “A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito, ao deserto...” Antes de Jesus iniciar seu ministério público Depois do batismo de João Batista
  19. 19. Depois da unção do Espírito Santo Depois de Jesus deixar sua casa e amigos Depois de Jesus ter desenvolvido uma idade e caráter maduros
  20. 20. 2 – O Nível da Tentação v. 1 “A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito, ao deserto, para ser tentado pelo diabo” “A noite escura da alma”. R. N. Champlin. Satanás não só tentou Jesus para ele cair, mas tentou levar Jesus a cumprir sua missão de uma maneira mais fácil – tentou ditar as normas!
  21. 21. Foi uma luta interna e externa Foi uma luta entre a luz e as trevas Foi o próprio diabo quem o tentou
  22. 22. Os três aspectos da fraqueza humana: 1 Jo 2.16 A – Desejo da carne v.2 – 4 B – Desejo dos olhos v.5 – 7 C – Orgulho da vida v.8 - 11
  23. 23. 3 – O Lugar da Tentação v.1 “A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito... para ser tentado pelo diabo” Qual foi a geografia da tentação de Cristo? O deserto v.1 A cidade santa v.5 Um monte muito alto v.8
  24. 24. 4 – O Agente da Tentação v.1 A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito, ao deserto, para ser tentado pelo diabo”  Conhecendo o inimigo: Nomes do diabo: Satanás – Jó 1.7; 1 Cr 21.1; Zc 3.1; Mt4.10 Belzebu – Mt 10.25; 12.25; Lc 11.15
  25. 25. Serpente – Gn 3.1; 2 Co 11.3; Ap 12.9 Príncipe da potestade do ar – Ef 2.2 Príncipe deste mundo – Jo 12.31; 14.30 Maligno – Mt 13.19; 1 Jo 2.13
  26. 26. A origem do diabo: “Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniquidade em ti” Ez 28.15 A origem do diabo: “Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniquidade em ti” Ez 28.15
  27. 27. →A queda do diabo: Soberba – “Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estreles de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei...” Is 14.13; 1 Tm 3.6 Inveja – “Subirei acima das mais altas nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo” Is 14.14
  28. 28. Mentira – “...diabo... Ele foi homicida desde o princípio... É mentiroso e pai da mentira” Jo 8.44 Queda – “Serás precipitado para o reino dos mortos, no mais profundo do abismo” Is 14.15
  29. 29. →O poder do diabo: Príncipe inteligente e organizado Ef 2.2; 1 Jo 5.19 Conhecedor, mas não onisciente Mt 4.1- 11
  30. 30. Enganador e astuto – 2 Co 4.4 Homicida – Jo 8.44 Ladrão e destruidor – Jo 10.10
  31. 31. Conclusão V.11 “Com isto o deixou o diabo, e eis que vieram anjos, e o serviam”.

×