A família protestante vivendo na dinâmica do espírito

1.565 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.565
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
386
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A família protestante vivendo na dinâmica do espírito

  1. 1. A Família Protestante Vivendo na Dinâmica do Espírito Santo Casamento Texto: Ef 5.18 – 33; 6.1 -4
  2. 2. Conceitos e visões sobre casamento O casamento é apenas a legalização da atração física O casamento é uma conveniência humana e necessidade social
  3. 3. O casamento é uma fuga da solidão O casamento é divisão de despesas ou mesmo liberdade financeira através de um cônjuge rico financeiramente
  4. 4. Qual o conceito bíblico de casamento? Augustus Nicodemos Lopes: “ O casamento é uma instituição divina, algo criado e ordenado por Deus para a raça humana”.
  5. 5. Confissão de Fé de Westminster: “O matrimônio foi ordenado por Deus, por isso ele é uma instituição divina, envolvendo um contrato de caráter tanto religioso quanto civil.” Ef 5.31: “Eis por que deixará o homem seu pai e a sua mãe, e se unirá à sua mulher, e se tornarão os dois uma só carne”.
  6. 6. Qual o propósito bíblico para o casamento? O primeiro e maior propósito do casamento é a glória de Deus. 1 Co 10.31: “Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus.”
  7. 7. Rm 11.36: “Porque dele e por meio dele e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém.”
  8. 8. Outros propósitos do casamento William L. Coleman: “A maioria das pessoas busca o casamento, compelida pela necessidade de amar, de ter a companhia de outro ser humano, de se satisfazer sexualmente, bem como pelo instinto de reprodução.”
  9. 9. Casamento é Conto de Fadas? Não! A Bíblia requer maturidade entre os nubentes antes do pacto matrimonial. Ef 5.31: “Eis por que deixará o homem seu pai e a sua mãe, e se unirá à sua mulher, e se tornarão os dois uma só carne”.
  10. 10. Ml 3.14: “Porque o Senhor foi testemunha da aliança entre ti e a mulher da tua mocidade, com a qual tu foste desleal, sendo ela a tua companheira e a mulher da tua aliança.”
  11. 11. Algumas Dificuldades que Militam Contra a Instituição Casamento O aumento na média de idade em que as pessoas estão se casando O sexo antes do casamento entre os jovens e a depreciação e vulgarização da virgindade feminina A busca moderna da mulher pela liberdade profissional deixando os filhos, marido e lar em segundo plano
  12. 12. Frouxidão e facilitação de leis em favor do divórcio A inversão dos tradicionais papéis do homem e mulher O aumento do custo de vida familiar em nossos dias
  13. 13. O Casamento na Dinâmica do Espírito Santo 1 – É um casamento em que há louvor na vida dos cônjuges v.19 “Falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor, com hinos e cânticos espirituais.”
  14. 14. Louvar a Deus: Ef 4.30 – 31 Em tempos de crises econômicas Em tempos de crises familiares Em tempos de crises religiosas Em tempos de crises sociais
  15. 15. O Casamento na Dinâmica do Espírito Santo 2 – É um casamento em que há ações de graça na vida dos cônjuges v.20 “Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo.”
  16. 16. 1 Ts 5.18: “Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” Rm 8.28: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.”
  17. 17. Dando graças a Deus: Em meio as perseguições e investidas de Satanás contra o casamento – 6.10 – 12 Em meio as tentações e provações no casamento – Jó 2.8 - 10
  18. 18. O Casamento na Dinâmica do Espírito Santo 3 – É um casamento em que há humildade na vida dos cônjuges v.21 “Sujeitando – vos uns aos outros no temor de Cristo.”
  19. 19. Em que consiste a sujeição? Do casal ao Espírito e a Cristo – v.18, 33 Da esposa ao marido – v.22 -24, 33 Do esposo a mulher – v.25 – 29
  20. 20. Conclusão Hb 13.4: “Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e adúlteros.”

×