• Compact Disc”, este é o nome dos nosso conhecido cd, que
foi dado, logicamente, em comparação com o grande e
desengonçad...
• AVI pode referir-se a:
• Audio Video Interleave — formato de arquivo de vídeo
• Automatic Vehicle Identification - siste...
• MP3-Um formato mp3 é um sistema de compressão para música.Este
formato ajuda a reduziro número de bytes em uma música co...
MIDI(musical Instrument Digital Interface)é uma forma de armazenar em
pequenos arquivos de computador,musicas instrumentai...
• o NºInterruptor DIPDescrição do toque básicoAmostra de
áudioFases 2Fases 3Fases 40nenhum toquenenhum
toque15415Sinal de ...
• Na natureza a maior parte dos eventos que
presenciamos é acompanhado de um som;
por isto devemos utilizá-lo como um pode...
• Este trabalho realiza uma análise de experiências que tiveram o propósito de
• explorar os recursos da Representação Grá...
• Muitas vezes nos deparamos com lerdezas em determinadas operações em
nosso computador. A causa principal pode ser a falt...
SABENDO MAIS SOBRE INFORMATICA
SABENDO MAIS SOBRE INFORMATICA
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

SABENDO MAIS SOBRE INFORMATICA

206 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
206
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
62
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SABENDO MAIS SOBRE INFORMATICA

  1. 1. • Compact Disc”, este é o nome dos nosso conhecido cd, que foi dado, logicamente, em comparação com o grande e desengonçado Vinil, que inesperadamente, nos 2 últimos anos voltou se popularizar, principalmente na Europa. • CD-RW (CD Rewritable): CD regravável. Também tem a capacidade de 700 MB. Porém, estes podem ser regravados • DVD+R e DVD+RW: Esses dois tipos são praticamente idênticos ao DVD-R e o DVD-RW, respectivamente. Basicamente a diferença está no desempenho. • DVD (abreviatura de Digital Versatile Disc1 , em português, Disco Digital Versátil). Contém dados no formato digital, tendo uma maior capacidade de armazenamento que o CD, devido a uma tecnologia óptica superior, além de padrões melhorados de compressão de dados. O DVD foi criado no ano de 1995.
  2. 2. • AVI pode referir-se a: • Audio Video Interleave — formato de arquivo de vídeo • Automatic Vehicle Identification - sistema de identificação automática de veículos • JPEG (ou JPG) é um método comum usado para comprimir imagens fotográficas. O grau de redução pode ser ajustado, o que permite a você escolher o tamanho de armazenamento e seu compromisso com a qualidade da imagem. Geralmente se obtém uma compressão com pouco perceptível perda na qualidade da imagem • GIF (Graphics Interchange Format, que se pode traduzir como "formato para intercâmbio de gráficos") é um formato de imagem de mapa de bitsmuito usado na world wide web, quer para imagens fixas, quer para animações.
  3. 3. • MP3-Um formato mp3 é um sistema de compressão para música.Este formato ajuda a reduziro número de bytes em uma música com qualidade de som. • WMV-É um arquivo de vídeo no formato proprietário Windows Media Video criado por Microssoft.Esse arquivo possui dados de audio e vídeo comprimidos . • MPG-4- • MPEG-4 é um padrão utilizado primeiramente para compressão de dados digitais de áudio e vídeo (AV). Introduzido no final de 1998, é a designação para um grupo de padrões de codificação de som e vídeo e tecnologia relacionada de acordo com a ISO/IEC Moving Picture Experts Group (MPEG) • MIDI-é um dos mais antigos formatos de som para computador e, ainda um dos mais utilizados hoje me dia.Pode ser facilmente editado-há diversos programas para ele do simples ao complexo- mas a qualidade do que é ouvio varia conforme a placa de som do micro.
  4. 4. MIDI(musical Instrument Digital Interface)é uma forma de armazenar em pequenos arquivos de computador,musicas instrumentais que podem ser executados por uma placa de som. Em áudio profissional, mixer, misturador ou mesa de som é um aparelho eletrônico de formato analógico ou digital, usado para combinar (ou "mixar") várias fontes de som, de forma a somá-las em um único sinal de saída. Mesas mais complexas podem "rotear" o sinal, formando várias mixagens simultâneas e independentes, além de alterar parâmetros do som como seu volume, timbre e faixa dinâmica. O som digital, ou áudio digital, consiste na representação digital de uma onda sonora por meio de código binário. O processo que envolve, na captação ou gravação, a conversão do som analógico para digital (ADC, Analog to digital converter) e, na reprodução, a conversão do som digital para analógico (DAC, Digital to analog converter) permite que o som seja armazenado e reproduzido por meio de um CD, MiniDisc ou DAT, de bandas sonoras de filmes digitais, de arquivos de áudio em diversos formatos, como WAV, AIFF, MP3, OGG, e de outros meios.
  5. 5. • o NºInterruptor DIPDescrição do toque básicoAmostra de áudioFases 2Fases 3Fases 40nenhum toquenenhum toque15415Sinal de emergência - DIN 33 404/T3 -32424Sinal de emergência para evacuação - ISO 8021 -14334, 5Toque alternado12443Toque contínuo13553, 5Toque intermitente14363, 4Sirene14973, 4, 5Alarme de incêndio francês - NFS32-001 - 310482Sinal de emergência sueco - SS 031711 -23492, 5Buzina134102, 4Toque contínuo27926112, 4, 5Toque contínuo -Bayer-1179122, 3Toque contínuo27926132, 3, 5Toque contínuo153142, 3, 4Toque contínuo1410152, 3, 4, 5Toque intermitente12412161Toque intermitente12415171, 5Toque intermitente -Bayer-1119181, 4Toque intermitente1974191, 4, 5Toque alternado271323201, 3Toque intermitente IMO SOLAS III/50 + SOLAS II/6 492126211, 3, 5Toque intermitente - Abandonar navio -20926221, 3, 4Dente de serra, crescente com intervalo19142231, 3, 4, 5Sirene27122241, 2Toque alternado11612251, 2, 5Toque alternado1145261, 2, 4Toque alternado4927271, 2, 4, 5Sirene132319281, 2, 3Sirene7104291, 2, 3, 5Sirene -Hoechst-1309301, 2, 3, 4Toque intermitente11426311, 2, 3, 4, 5Sirene - NF C 48-265 -3144
  6. 6. • Na natureza a maior parte dos eventos que presenciamos é acompanhado de um som; por isto devemos utilizá-lo como um poderoso aliado na obtenção da atenção do estudante. “Com a capacidade do som digital, nós teremos acesso não só aos poderosos manifestos da narração, mas também às influências subliminares dos efeitos da música”
  7. 7. • Este trabalho realiza uma análise de experiências que tiveram o propósito de • explorar os recursos da Representação Gráfica Digital para o desenvolvimento do • projeto arquitetônico. Partindo-se da compreensão da complexidade do processo • projetual, identificam-se as etapas de projeto e os tipos de recursos digitais que • cada experiência analisada faz referência. Observa-se que em conjunto, tais • experiências apontam potencialidades dos recursos digitais em acompanhar o • processo projetual como um todo, desde os estudos preliminares ao projeto • definitivo. Tendo-se um interesse didático, os resultados desta análise contribuem • para a sistematização dos processos de inserção de tecnologia em contextos • educativos de arquitetura
  8. 8. • Muitas vezes nos deparamos com lerdezas em determinadas operações em nosso computador. A causa principal pode ser a falta de memória RAM (Random Access Memory), memória de acesso aleatório; com função escrita e lida aleatoriamente, onde quanto mais eu tiver tarefas mais elas poderão ser realizada simultaneamente. • Quando a quantidade de memória RAM é pouca, o sistema procura por soluções virtuais, como armazenar dados nas pastas de arquivos temporários do HD (Disco Rígido), comprometendo assim a performance do computador. O HD é uma peça mecânica e lenta, que aumenta o tempo de acesso aos dados, causando uma lerdeza sem igual ao computador.

×