Fisiologia do exercício aplicada à estética

11.837 visualizações

Publicada em

0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.837
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
598
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fisiologia do exercício aplicada à estética

  1. 1. FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO APLICADA À ESTÉTICA Prof. Ms. Guilherme Gularte de Agostini
  2. 2. Combatendo o Excesso de Gordura Corporal <ul><li>Fisiologia do Consumo Máximo de O 2 </li></ul><ul><li>Relação do VO 2 x Gasto de Energia </li></ul><ul><li>Fisiologia da Obesidade e do Emagrec. </li></ul><ul><li>Metabolismo Lipídico no Exercício </li></ul><ul><li>Prescrição do Exercício p/ Emagrec. </li></ul>
  3. 3. Melhorando Nossos Músculos <ul><li>Fisiologia do Tônus Muscular </li></ul><ul><li>Fisiologia da Micro-Lesão-Muscular </li></ul><ul><li>Fisiologia da Hipertrofia Muscular </li></ul><ul><li>Fisiologia do Recrutamento Muscular </li></ul><ul><li>Prescrição do Exercício p/ Hipertrofia </li></ul>
  4. 4. Recursos Hormonais e Nutricionais <ul><li>Suplementação e o Emagrecimento </li></ul><ul><li>Hormônios e o Emagrecimento </li></ul><ul><li>Suplementação e a Massa Muscular </li></ul><ul><li>Hormônios e o Emagrecimento </li></ul>
  5. 5. Fisiologia do VO2
  6. 6. Fisiologia do VO 2
  7. 7. Fisiologia do VO 2
  8. 8. Fisiologia do VO 2
  9. 9. Fisiologia do VO 2
  10. 10. Cinética do VO2 – Exercício Leve
  11. 11. Cinética do VO2 – Exercício Moderado
  12. 12. Cinética do VO2 – Exercício Intenso
  13. 13. Detectando o VO 2máx.
  14. 14. Déficit de O2 <ul><li>Conceito </li></ul><ul><li>É a fase do exercício onde a demanda energética (gasto calórico da contração muscular) esta maior que o consumo de oxigênio pelo corpo. </li></ul>
  15. 15. Déficit de O2 <ul><li>Metabolismo Predominante </li></ul><ul><li>> Sistema do ATP-CP </li></ul><ul><li>> Sistema do Ácido Lático </li></ul><ul><li>Tempo de Duração </li></ul><ul><li>> Intensidade do Exercício </li></ul><ul><li>> Aquecimento Prévio </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de Fadiga </li></ul><ul><li>> Mecanismo Neural </li></ul><ul><li>> Acidose </li></ul>
  16. 16. Sistema do ATP-CP <ul><li>Fonte Imediata de Energia p/ Contração Muscular </li></ul>Adenosina~PO4~PO4~PO4 ATPase Adenosina~PO4~PO4 + PO4 + E Contração Muscular
  17. 17. Sistema ATP-CP Adenosina~PO4~PO4~PO4 MK Adenosina~PO4~PO4 + PO4 + E Contração Muscular Adenosina~PO4~PO4 + PO4 + E ATPase Creatina~PO4 + PO4 + Creatina CK
  18. 18. Sistema do ATP-CP <ul><li>Fonte Imediata </li></ul><ul><li>Não requer O2 </li></ul><ul><li>[ATP e CP] é celular </li></ul><ul><li>Reações simples </li></ul><ul><li>Tempo de Predominância no Exercício </li></ul><ul><li> 10 segundos </li></ul>
  19. 19. Sistema do Ácido Lático Glicose NADH+H+ ATP Lactato Piruvato Contração Muscular FADIGA
  20. 20. Sistema do Ácido Lático <ul><li>Produto Final do metabolismo Anaeróbio dos carboidratos. </li></ul><ul><li>Em concentrações elevadas gera uma sensação de ardência muscular. </li></ul><ul><li>Em altas concentrações gera um tipo de fadiga muscular </li></ul><ul><li>Predomina em exercícios intensos de 10” a 30”. </li></ul>
  21. 21. Estudando a Fase Estável <ul><li>Conceito </li></ul><ul><li>É a fase do exercício onde a necessidade energética para a contração muscular é igual à disponibilidade de oxigênio para o músculo. </li></ul>
  22. 22. Estudando a Fase Estável <ul><li>Metabolismo Predominante </li></ul><ul><li>CHO </li></ul><ul><li>Gorduras e Proteínas </li></ul><ul><li>Tempo de Permanência </li></ul><ul><li>Intensidade e Duração do Exercício </li></ul><ul><li>Desenvolvimento da Fadiga </li></ul><ul><li>Hipoglicemia </li></ul><ul><li>Desidratação e Hipertermia </li></ul><ul><li>Neural </li></ul>
  23. 23. Relação CHO e Gorduras no Exercício
  24. 24. CHO e Gorduras durante o Exercício
  25. 25. Estudando o EPOC <ul><li>Conceito </li></ul><ul><li>É a fase do pós exercício onde a taxa metabólica permanece elevada acima dos níveis do repouso do pré exercício, e assim o VO2 permanece acima dos valores basais. </li></ul>
  26. 26. Estudando o EPOC <ul><li>Metabolismo Predominante </li></ul><ul><li>Gorduras </li></ul><ul><li>Tempo de Permanência </li></ul><ul><li>Intensidade do Exercício </li></ul><ul><li>Duração do Exercício </li></ul><ul><li>Tipo de Exercício </li></ul><ul><li>Outros </li></ul>
  27. 27. EPOC
  28. 28. Causas do EPOC
  29. 29. VO2 e Gasto Calórico
  30. 30. Relação do VO2 com kcal no Exercício <ul><li>P/ cada 1 litro de O2 consumido  4,8 kcal gastas. (para uma dieta mista normal). </li></ul><ul><li>VO2 = 0,2 x Vel.(m/min) + 3.5 {corrida} </li></ul><ul><li>VO2 = 0,1 x Vel. (m/min) + 3.5 {caminhada} </li></ul><ul><li>VO2 = Carga Watts x 12 + 300 / Kg {bike} </li></ul>
  31. 31. Componentes do gasto Energético diário
  32. 32. Relação TMB e Massa Corporal
  33. 33. Como se calcula a TMB
  34. 34. Como se calcula a TMB
  35. 35. Fisiologia da Obesidade e do Emagrecimento
  36. 36. Fisiologia da Obesidade
  37. 37. Fisiologia da Obesidade
  38. 38. Fisiologia da Obesidade e do Emagrecimento
  39. 39. Fisiologia da Obesidade e do Emagrecimento
  40. 40. Fisiologia da Obesidade e do Emagrecimento
  41. 41. Fisiologia da Obesidade e do Emagrecimento
  42. 42. Metabolismo das Gorduras no Exercício
  43. 43. Metabolismo Lipídico no Repouso
  44. 44. Sistema CPT-1 e CPT-2
  45. 45. Esquema do Metabolismo Lípídico AGL+ALBUMINA AGL + Glicerol TG LHS Acyl-CoA CPT-1 BO2 K CTE ATP
  46. 46. Lipólise e Exercício
  47. 47. Lipólise e Exercício
  48. 48. Lipólise de Exercício
  49. 49. Lipídios e Exercício
  50. 50. Lipólise e Exercício FATMAX
  51. 51. Prescrição de Exercícios para Emagrecimento <ul><li>Tipo de Exercício </li></ul><ul><li>Intensidade </li></ul><ul><li>Duração </li></ul><ul><li>Freqüência </li></ul>
  52. 52. Tipo de Exercício - Aeróbios <ul><li>Corrida </li></ul><ul><li>Bicicleta </li></ul><ul><li>Caminhada </li></ul><ul><li>Natação Hidroginástica </li></ul>
  53. 53. Tipos de Exercícios - Anaeróbios <ul><li>Musculação </li></ul><ul><li>Ginástica Localizada </li></ul>
  54. 54. Tipos de Exercícios - Padronizados <ul><li>RPM e Spinning </li></ul><ul><li>Body Pump </li></ul><ul><li>Body Combat </li></ul><ul><li>Lift Training </li></ul>
  55. 55. Intensidade do Exercício <ul><li>Baixa Intensidade e Longa Duração </li></ul><ul><li>Intensidade do FATMÁX. </li></ul><ul><li>Maior Intensidade Possível </li></ul>
  56. 56. Baixa Intensidade e Longa Duração
  57. 57. Intensidade do FATMÁX.
  58. 58. Maior Intensidade Possível
  59. 59. Duração e Freqüência Semanal <ul><li>No Mínimo o Máximo </li></ul>
  60. 60. Tipos de Prescrições <ul><li>Caso 1 – Baixa intensidade longa duração; </li></ul><ul><li>Caso 2 – Intensidade do FATMÁX. </li></ul><ul><li>Caso 3 – Maior Intensidade Possível </li></ul>
  61. 61. Melhorando Nossos Músculos
  62. 62. Extensores do cotovelo
  63. 63. Flexores do cotovelo
  64. 64. Extensores do joelho
  65. 65. Flexores do Joelho
  66. 66. Flexores do Quadril
  67. 67. Reto Abdominal
  68. 68. Extensores do Quadril
  69. 69. Adutores
  70. 70. Extensores do Ombro
  71. 71. Abdutores e Adutores Horizontais do Ombro
  72. 72. Abdutores do Ombro
  73. 73. Flexores do Ombro
  74. 74. Excêntrico x Concêntrico
  75. 77. Fisiologia da Micro-Lesão-Muscular
  76. 78. Fisiologia da Micro-Lesão-Muscular
  77. 79. Fisiologia da Micro-Lesão-Muscular
  78. 80. Fatores que influenciam a HIPERTROFIA
  79. 88. Melhorando a Massa Muscular Prescrição de Exercícios
  80. 89. Prescrição de Exercícios de Musculação <ul><li>Escolhendo os Melhores Exercícios </li></ul><ul><li>Número de Exercícios (Iniciantes – Intermediários e Avançados) </li></ul><ul><li>Número de Séries </li></ul><ul><li>Número de Repetições </li></ul><ul><li>Intervalo </li></ul><ul><li>Freqüência Semanal </li></ul>
  81. 90. Bíceps
  82. 91. Bíceps
  83. 92. Bíceps
  84. 93. Tríceps
  85. 94. Tríceps
  86. 95. Peitoral
  87. 96. Peitoral
  88. 97. Dorsal
  89. 98. Dorsal
  90. 99. Ombro
  91. 100. Ombro
  92. 101. Coxa
  93. 102. Coxa e perna
  94. 103. Coxa e Glúteo
  95. 104. Coxa e Glúteo
  96. 105. Glúteo
  97. 106. Glúteo
  98. 107. Recursos Ergogênicos
  99. 108. Suplementos Alimentares <ul><li>Creatina </li></ul><ul><li>Amino-Ácidos </li></ul><ul><li>L-Carnitina </li></ul><ul><li>Glutamina </li></ul><ul><li>Arginina e Ornitina </li></ul>
  100. 109. Hormônios e Termogênicos <ul><li>Esteróides </li></ul><ul><li>GH </li></ul><ul><li>Insulina </li></ul><ul><li>Xenadrine </li></ul>

×