Pedagogia de Jesus

380 visualizações

Publicada em

Jesus foi o maior padagogo e suas lições ainfa estão sempre bem vivas.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
380
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pedagogia de Jesus

  1. 1. Victor Passos
  2. 2. A Pedagogia de Jesus Pedagogo da Humanidade, o Cristo nos trouxe os princípios eternos da educação com amor.
  3. 3. Princípios de aprendizagem : 1. Deve - se alicerçar no valor da pessoa humana. “Vós sois a luz do mundo.” (Mt, 5:14)
  4. 4. 2- Toda aprendizagem se dá no tempo e é cumulativa. “Primeiro a erva, depois a espiga e por último o grão cheio na espiga.” (Mc. 4:28)
  5. 5. 3- O processo ensino e aprendizagem tem como fonte o indivíduo e sua situação histórico-cultural. “A que assemelharemos o Reino de Deus? Ou com que parábola o apresentaremos? (Mc. 4:30)
  6. 6. 4- A aprendizagem deve basear-se na descoberta pessoal, concreta, a partir da reflexão em profundidade. “Quem foi o próximo daquele que caiu nas mãos dos salteadores?” (Lc. 10:36)
  7. 7. 5- A aprendizagem se mostra na vivência, na demonstração, no comportamento que denota a transformação interior.“ Porquanto cada árvore é reconhecida pelos seus frutos.” (Lc. 6:44)
  8. 8. 6- Toda aprendizagem conduz o homem à harmonia consigo próprio, com o próximo e com Deus. “Quem pratica a verdade aproxima-se da Luz.” (Jo. 3:21)
  9. 9. É no próprio aprendiz que encontramos o resposta sobre sua aprendizagem. Diálogo de Jesus com o moço rico. (Lc. 18:18-23)
  10. 10. 8-Toda aprendizagem necessariamente possui momentos de avaliação. “Aquele dentre vós que estiver sem pecado, atire a primeira pedra”. (Jo. 8:7)
  11. 11. 9- O erro é uma parte do processo de aprendizagem e deve ser transformado em estímulo de crescimento. “Vai e não tornes a pecar.” (Jo. 8:11)
  12. 12. 10- O ambiente de confiança e respeito é fundamental para a aprendizagem. Por que lhes falas por parábolas? “Por que a vós é dado conhecer os mistérios do Reino dos Céus, mas a eles não lhes é
  13. 13. 11- A aprendizagem verdadeira conduz à liberdade e à autonomia. “Conhecereis a verdade e ela vos libertará.” (Jo. 8:32)
  14. 14. 12- A coerência e o modo de ser do Mestre são igualmente elementos favorecedores da aprendizagem. “As minhas ovelhas ouvem a minha voz: eu as conheço e elas me seguem.” (Jo. 10:27)
  15. 15. 13- O mestre é um aprendiz completo e o aprendiz é um Mestre em potencial. “O discípulo não está acima do seu mestre; todo aquele,porém, que for perfeito será como o seu mestre.” (Lc.6:40)
  16. 16. 14-Toda aprendizagem significativa é aquisição para o espírito imortal. (…) “e então retribuirá a cada um segundo as suas obras.” (Mt. 16:27)
  17. 17. Princípios norteadores da Pedagogia de Jesus
  18. 18. O crescimento pessoal: Jesus identificou e estimulou em cada criatura a oportunidade de encontrar seus próprios valores de crescimento no rumo da perfeição.
  19. 19. •Valorização do contato pessoal: Jesus é o mestre que convive, que participa, que se preocupa com a aprendizagem de seus aprendizes.
  20. 20. •Relação teoria e prática: “Nisso todos reconhecerão que vós sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros.” (Jo.13:35)
  21. 21. •Sentido imanente e transcendente da experiência humana: Todos os nossos atos do cotidiano são contabilizados perante a Justiça Divina.
  22. 22. “Em verdade vos afirmo que tudo que o fizestes a um destes pequeninos, a mim o fizestes.” (Mt.25:40)
  23. 23. A construção da felicidade na vida eterna inicia-se na construção do Reino de Deus na vida terrena, através do cumprimento da Lei de Amor, Justiça e Caridade. “Se queres, porém entrar na vida, guarda os mandamentos.” (Mt.19:17)
  24. 24. A ação pedagógica de Jesus é uma proposta de educação:
  25. 25. a) Comprometida com a transformação: O reino de Deus deverá ser construído entre os homens, com os homens, pelos homens e apesar dos homens.
  26. 26. b) Baseada na participação de cada um: Cada pessoa é um sol, é luz, é sal, é herdeiro de Deus e está fadado a perfeição e a felicidade.
  27. 27. c) Alicerçada na visão do homem integral: Aliando razão e emoção a serviço da busca da perfeição.
  28. 28. d) Dialógica: Centrada na interrelação pessoal, na construção coletiva dos ideais de fraternidade.
  29. 29. e) Libertadora: Pela grande finalidade de auxiliar os homens a deflagrarem o grande vôo da descoberta de sua condição de co-criadores: “Vós sois deuses.” (Jo.10:34)
  30. 30. “Que a racionalidade de Kardec, com o amor de Jesus, sejam as forças fundamentais de nossos trabalhos espíritas-cristãos.” Victor Passos

×