As Reformas educacionais no Brasil

1.592 visualizações

Publicada em

Reformas educacionais.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.592
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As Reformas educacionais no Brasil

  1. 1. Título: Reformas Disciplina: História da profissão docente Professora: Mariza Gama Texto: Reflexões sobre a formação de professores do Ensino secundário nos anos 1920-30 no Brasil. Alunas: Alessandra da Rocha Cenira Lima Graziene Sousa Vanessa Rodrigues
  2. 2. Nas sucessivas gestões de Francisco de Azevedo (1927-1930) e Anísio Teixeira (1931-1935). Desempenharam papel importante nas mudanças curriculares
  3. 3.  Francisco Venâncio Filho – Apontou que as disciplinas deveriam ter caráter científico, dizendo que a verdadeira reforma do ensino secundário é a dos processos de ensino.  Isaias Alves, diretor do Ginásio Ipiranga na Bahia, acentuou a necessidade de criação de uma instituição para a formação dos professores do ensino secundário.
  4. 4.  Carlos Werneck  Carneiro Leão  Mello Leitão  Pessoas que criticaram o autodidatismo e a falta de formação pedagógica dos professores e incentivaram a criação de uma escola Normal Superior.
  5. 5. SANTOS, M.C.F. Reflexões sobre a formação de professores do ensino secundário nos anos 1920 – 1930 no Brasil. CONGRESSO BRASILEIRO DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO, 7, 2013, Cuiabá. In: Anais do VII CBHE. Cuiabá: UFMT, 2013, p. 1 - 13. Disponível em: http://sbhe.org.br/novo/congressos/cbhe7/pd f/05- %20HISTORIA%20DA%20PROFISSAO%20DOCENTE /REFLEXOES%20SOBRE%20A%20FORMACAO%20D E%20PROFESSORES%20DO%20ENSINO.pdf

×