Tics

218 visualizações

Publicada em

INTERNET NA ESCOLA ELA PODE SOBREVIVER.

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
218
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tics

  1. 1. Internet e escola<br />LIDIANE SIMÃO<br />VANESSA RAQUEL CORRÊA DÃUN<br />UNICENTRO, 25 DE MAIO DE 2011.<br />
  2. 2. ESPAÇOS INFORMATIZADOS NO MEIO ESCOLAR...<br />
  3. 3. Breve histórico da introdução das tics em instituições de ensino<br /><ul><li>Origem da internet: EUA;
  4. 4. Chega ao Brasil em 1995;
  5. 5. Dois aspectos da implantação das tics em ambientes escolares:
  6. 6. 1º conhecimento;
  7. 7. 2º correta utilização das ferramentas pelo educador.</li></li></ul><li>Programas:<br /><ul><li>Bate papo;
  8. 8. Correio eletrônico;
  9. 9. Sites;
  10. 10. Blogs.</li></li></ul><li>Ferramentas digitais:<br /><ul><li>Software educacional: transmissor de conhecimento;
  11. 11. Web 2.0: interatividade e rapidez (uma ferramenta ágil e de expressão interativa do sujeito – internauta – com o seu objeto – as páginas da internet). </li></li></ul><li>ÉTICA NA INTERNET<br /><ul><li>Problemas:
  12. 12. Distinção das classes sociais;
  13. 13. Mudança da cultura (negativa);
  14. 14. Divisão social, que evolui para a divisão digital ;
  15. 15. Discriminação dos “ricos em informação” sobre os “pobres em informação”;
  16. 16. Mudança de valores culturais (individualismo);
  17. 17. O único controle dos materiais disponíveis na rede, pertence ao provedor;
  18. 18. O direito ao acesso irrestrito (sem qualquer censura);</li></li></ul><li>ÉTICA NA INTERNET<br /><ul><li>Possíveis soluções:
  19. 19. Uso ético das tecnologias;
  20. 20. Atitudes e decisões éticas na seleção dos conteúdos da web;
  21. 21. Seleção dos conteúdos da web dentro e fora de unidades educacionais.(seleção esta, que deve ser isenta de qualquer exigência do sistema vigente – capitalismo).</li></li></ul><li> LINGUAGEM VIRTUAL<br /><ul><li>Um novo método de construção textual;
  22. 22. Para o aluno/jovem uma forma de identidade (maneira inovadora de se encontrar como sujeito ativo de seu tempo e história);
  23. 23. Frequentemente utilizada nas redes sociais; </li></li></ul><li>LINGUAGEM VIRTUAL<br /><ul><li>Atrai o aluno porque:
  24. 24. Leem e escrevem todos os dias com prazer;
  25. 25. Escrevem sobre o que lhes é interessante,de seu cotidiano;
  26. 26. Sem repressão, “sem regras”;
  27. 27. Diferente da escrita e leitura impostas nas escolas (preocupação com a gramática e assuntos distantes). </li></li></ul><li>Exige do educador:<br /><ul><li>Reciprocidade aluno-professor ;
  28. 28. Domínio da ferramenta e da sua linguagem;
  29. 29. Correta seleção dos materiais apresentados aos alunos;</li></ul>INFORMÁTICA ESCOLAR:MÉTODO TRANSFORMADOR DAS RELAÇÕES SOCIAIS.<br />
  30. 30. Concepção dialética:<br /><ul><li>Superar o modelo estático autoritário;
  31. 31. Realizar aulas interativas (conteúdos próximos à realidade do aluno);
  32. 32. Evoluir à uma instituição educativa dinâmica e liberal.</li></li></ul><li>
  33. 33.
  34. 34.
  35. 35. A TECNOLOGIA É UM ELEMENTO TRANSFORMADOR DO PROCESSO EDUCATIVO.<br />
  36. 36. Bibliografia<br />Referências:<br />MASEIRO, P. C. Ética em computação. São Paulo: EDUS, 200.<br /> <br />VESCE, G. P. Softwares educacionais, 2008. Disponível em: <br /><http://www.infoescola.com/informatica/softwares-educacionais>.Acesso em 07 de Maio de 2011.<br />Artigo de: PINEL, MARINHO, B. N.Internet: uso responsável.Possibilidades e aplicações.<br /> <br />

×