INTRODUÇÃO
À
SEMÂNTICA
Sinônimos
• São palavras de sentido aproximado:
• alfabeto - abecedário;
• brado, grito - clamor;
• extinguir, apagar - ab...
Antônimos
• São palavras de significação oposta:
• ordem - anarquia;
• soberba - humildade;
• louvar - censurar;
• mal - b...
Homônimos
• a) Homógrafos: são palavras iguais na escrita e diferentes na pronúncia:
• rego (subst.) e rego (verbo);
• col...
Parônimos
• São palavras parecidas na escrita e na pronúncia:
• coro e couro;
• cesta e sesta;
•  osso e ouço;
• sede e ce...
AMBIGUIDADE
Ocorre quando a colocação de uma palavra ou expressão impossibilita 
a interpretação clara de um enunciado.
Ex...
POLISSEMIA
• Utilização de uma palavra ou expressão que nos apresenta mais de
um significado. A diferença aqui é que, dife...
EXEMPLOS DE POLISSEMIA
EXEMPLOS DE POLISSEMIA
EXEMPLOS DE POLISSEMIA
Crie novas frases para acabar
com a ambiguidade.
a) Aquela velha senhora encontrou o garotinho em seu quarto.
O garotinho ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Introdução à semântica

1.217 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.217
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
36
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução à semântica

  1. 1. INTRODUÇÃO À SEMÂNTICA
  2. 2. Sinônimos • São palavras de sentido aproximado: • alfabeto - abecedário; • brado, grito - clamor; • extinguir, apagar - abolir. colóquio e diálogo; • transformação e metamorfose; • oposição e antítese.
  3. 3. Antônimos • São palavras de significação oposta: • ordem - anarquia; • soberba - humildade; • louvar - censurar; • mal - bem. • Observação: A antonímia pode originar-se de um prefixo de sentido oposto ou negativo: • bendizer e maldizer; • simpático e antipático; • progredir e regredir; • concórdia e discórdia; • ativo e inativo.
  4. 4. Homônimos • a) Homógrafos: são palavras iguais na escrita e diferentes na pronúncia: • rego (subst.) e rego (verbo); • colher (verbo) e colher (subst.); • jogo (subst.) e jogo (verbo); • apoio (subst.) e apóio (verbo); • denúncia (subst.) e denuncia (verbo); • providência (subst.) e providencia (verbo). • b) Homófonos: são palavras iguais na pronúncia e diferentes na escrita: • acender (atear) e ascender (subir); • concertar (harmonizar) e consertar (reparar); • cela (compartimento) e sela (arreio); • censo (recenseamento) e senso (juízo); • paço (palácio) e passo (andar). • c) Homógrafos e homófonos simultaneamente: São  palavras iguais na escrita e na  pronúncia: • caminho (subst.) e caminho (verbo); • cedo (verbo) e cedo (adv.); • livre (adj.) e livre (verbo).
  5. 5. Parônimos • São palavras parecidas na escrita e na pronúncia: • coro e couro; • cesta e sesta; •  osso e ouço; • sede e cede; • comprimento e cumprimento; •  autuar e atuar; • degradar e degredar; •  suar e soar.
  6. 6. AMBIGUIDADE Ocorre quando a colocação de uma palavra ou expressão impossibilita  a interpretação clara de um enunciado. Exemplos: a) Encontrei Mateus correndo na avenida. (Quem estava correndo? Eu  ou o Matheu?) b) Candidatos que estudam frequentemente passam nos concursos.  (Que estudam frequentemente ou frequentemente passam?) c) O Ricardão sai com sua namorada. ( De quem é a namorada?) Repare que as palavras “correndo” e “frequentemente” não possuem  duplo sentido nesses contextos. Tornam, isso sim, duplo o sentido da  oração. A famosa frase da famosa modelo Gisele Bündchen: “Sinto falta da galinha da minha mãe, do peixe do meu pai e da  energia do povo brasileiro.”
  7. 7. POLISSEMIA • Utilização de uma palavra ou expressão que nos apresenta mais de um significado. A diferença aqui é que, diferente da ambiguidade, a polissemia aponta múltiplos sentidos de uma palavra/expressão. A partir dela é que o contexto se torna múltiplo. É um recurso muito utilizado em propagandas, como modo de ressaltar a criatividade.
  8. 8. EXEMPLOS DE POLISSEMIA
  9. 9. EXEMPLOS DE POLISSEMIA
  10. 10. EXEMPLOS DE POLISSEMIA
  11. 11. Crie novas frases para acabar com a ambiguidade. a) Aquela velha senhora encontrou o garotinho em seu quarto. O garotinho estava no quarto dele ou da senhora? b) Gabriela pegou o estojo vazio da aliança de diamantes que estava sobre a cama. O que estava sobre a cama: o estojo vazio ou a aliança de diamantes? c) Crianças que recebem leite materno frequentemente são mais sadias. As crianças são mais sadias porque recebem leite frequentemente ou são frequentemente mais sadias porque recebem leite?

×