R5 ago 2015_ok

239 visualizações

Publicada em

evoluçao

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
239
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

R5 ago 2015_ok

  1. 1. TRANSFORMAÇÕES DA PIRÂMIDE ETÁRIA PAULISTA O processo de envelhecimento vem modificando a forma da pirâmide que representa a distribuição etária da população paulista. O Censo de 2010 (IBGE) revelou forte estreitamento da base da pirâmide, que corresponde à população mais jovem, e alargamento da parte superior, com as faixas etárias mais avançadas. A projeção para 2030, realizada pela Fundação Seade, confirma a continuidade dessas transformações. A queda da fecundidade no Estado vem tendo impacto contundente na redução da proporção de jovens na população. Simultaneamente, o aumento da longevidade faz com que um número crescente de pessoas, de gerações mais antigas, chegue ao topo da pirâmide. A idade mediana, que era de 31,5 anos em 2010, passará para 39,3 anos em 2030. Isso significa que, em duas décadas, metade da população paulista terá mais de 40 anos. Tal panorama interfere em todas as dimensões da vida, impactando a definição da agenda de políticas públicas em áreas como educação, saúde, previdência social e habitação. Fonte:IBGE;FundaçãoSeade SEADEadar No 5setembro2015 UMA VISÃO DAS ESTATÍSTICAS DE SÃO PAULO EM ALGUNS SEGUNDOS http://produtos.seade.gov.br/produtos/projpop/noSite 2010 012345 00-04 05-09 10-14 15-19 20-24 25-29 30-34 35-39 40-44 45-49 50-54 55-59 60-64 65-69 70-74 75 + Homens 0 1 2 3 4 5 Mulheres 2030 012345 00-04 05-09 10-14 15-19 20-24 25-29 30-34 35-39 40-44 45-49 50-54 55-59 60-64 65-69 70-74 75 + Homens 0 1 2 3 4 5 Mulheres %%
  2. 2. PIB Serviços Indústria Agropecuária 100% 78% 20% 2% INDÚSTRIADETRANSFORMAÇÃOCOMÉRCIO Produção Olhar setorial PIB PAULISTA Fonte:IBGEFonte:FundaçãoSeade participação no total http://www.seade.gov.br/pibmensal/noSite junho -3,5% -2,2% -7,3% -1,9% Veículos automotores Máquinas e equipamentos Produtos químicos Combustíveis e derivados de petróleo Produtos alimentícios Total -10,7% 1,2% -8,2% -13,8% -17,0% -25,0 -20,0 -15,0 -10,0 -5,0 0,0 5,0 10,0 -8,1% Veículos, motos e peças Tecidos, vestuário e calçados Móveis e eletrodomésticos Hiper e supermercados -8,1% -1,7% -4,8% -9,6% -23,5% -6,9% -25,0 -30,0 -20,0 -15,0 -10,0 -5,0 0,0 5,0 Total Material de construção Variação acumulada em 12 meses
  3. 3. Variação anual Número de empregados Total -2,3 12.676.808 Agropecuária -5,0 371.649 Indústria de transformação -6,6 2.522.784 Construção -7,8 768.840 Comércio; reparação de veículos -0,7 2.726.998 Serviços -0,3 6.149.883 Taxas de desemprego totalRendimento médio real Valores a preços de maio de 2015, corrigidos pelo ICV – Dieese Emprego EMPREGO FORMAL NO ESTADO DE SÃO PAULO julho Fonte:FundaçãoSeade;Dieese MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Fonte:MinistériodoTrabalhoeEmprego http://produtos.seade.gov.br/produtos/ped/noSite 12,4% 12,9% 13,2% 11,4% 13,7% 11,4% 11,3% 10,6% 10,1% 9,8% 9,9% 9,8% 10,5% Jan. Fev. Mar. Abr. Maio Jun. Jul.Jul. Ago. Set. Out. Nov. Dez. 2014 2015 Junho Junho 2014 Maio 2015 -1,5% -6,0% R$2.050 R$1.957 R$1.928 Variação mensal Jun.-2015/Maio-2015 Variação anual Jun.-2015/Jun.-2014
  4. 4. PRODUÇÃO DE CANA-DE-AÇÚCAR NO ESTADO DE SÃO PAULO A produção de cana-de-açúcar no Estado de São Paulo mais do que duplicou entre 1995 e 2012, passando de 175 milhões para 406 milhões de toneladas – depois de ter chegado a 427 milhões de toneladas em 2011. Durante esse período a produção, que se concentrava no centro e na região leste do Estado, se intensificou em outras áreas, como a região oeste, conforme pode ser verificado nos mapas. Regional Fonte:IBGE.ProduçãoAgrícolaMunicipal–PAM http://www.imp.seade.gov.br/frontend/noSite 1995 2012 Produção em toneladas sem produção menos de 100 de 100 a menos de 1.500 de 1.500 a menos de 120.000 de 120.000 a menos de 550.000 550.000 e mais Morro Agudo Principal município produtor do Estado 8 milhões de toneladas

×