Pesquisa em bases de dados online e indicadores bibliométricos (fator de impacto, indice h, qualis)

4.538 visualizações

Publicada em

Ténicas de pesquisa utilizando busca booleana e apresentação de fontes para pesquisa como metabuscadores e bases de dados de acesso livre e restrito; indicadores bibliométricos como fator de impacto, índica h e qualis; DOI

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.538
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
139
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pesquisa em bases de dados online e indicadores bibliométricos (fator de impacto, indice h, qualis)

  1. 1. Universidade Estadual Paulista Câmpus de Rio Claro BibliotecaBases de dados online e indicadores bibliométricos Rio Claro 2012
  2. 2. SumárioIntrodução Base de dados Busca BooleanaAlgumas fontes de pesquisaPortal de periódicos Capes Science Direct E-books/ Mapas Fator de impacto/ JCR Indice H Qualis periódicos DOI Referências
  3. 3. O que são bases de dados?As bases de dados são constituídas por umconjunto de publicações científicas on-line.Há pelo menos dois tipos:• Bases de dados referenciais (resumos);• Bases de Fontes (Factuais e texto completo)
  4. 4. Como selecionar uma base? Diante do grande número de bases disponíveis, o grande desafio é saber qual é a base de dados mais relevante para sua pesquisa, considerando o tipo de base, a área do conhecimento, idioma e período de disponibilidade das publicações.
  5. 5. Ferramentas comuns em bases de dados on-line Busca simples/ Search- palavras-chave, título,autor...- mais rápida e com menos precisão; Avançada/ Advanced- mais aprofundada e comprecisão; Limit to/Exclude - filtrar a informação;
  6. 6. Ferramentas comuns em bases de dados on-line (cont.) Ordenar/Sort results- organizar os resultados; Salvar, imprimir, exportar/ Save, Print, Export- opção de exportar para um gerenciador de referências; Serviços de alerta/ Alert- serviço de alerta para algumas bases- avisa por e-mail quando uma pesquisa armazenada recupera novos resultados. (o uso desse recurso varia para cada base de dados).
  7. 7. Dica Ter nosso perfil de interesse por escrito.Passos: Escolha do tema; Ter claro o objetivo da pesquisa; Prazo para encerrar a pesquisa; Nível de conhecimento prévio do assunto; Delimitadores (tempo, espaço e idioma)
  8. 8. Dica (cont.) Criação de uma estratégia de busca: Listar um conjunto de palavras-chave representativas do assunto buscado, incluindo palavras sinônimas, similares, em português, inglês e outros idiomas, termos científicos, etc.
  9. 9. Pesquisa BooleanaSão operadores lógicos de pesquisa, utilizados para relacionar termos na construção de expressões de buscas para pesquisa em bases de dados. Permite a combinação de operadores para junção dedois ou mais termos de busca.
  10. 10. Operadores BooleanosAND/E – restringe a busca recuperandodocumentos que usem todos os termos listados. Geografia AND Filosofia Pecuária E Economia• Muitas bases funcionam automaticamente com o recurso and/eimplícito.• Por enquanto, no Parthenon, os operadores devem ser usadosem MAIÚSCULO.
  11. 11. Operadores Booleanos (cont.)OR/OU – recupera maior quantidade dedocumentos a partir do uso de termos sinônimos,relacionados ou similares. Geografia AND (ecologia OR ecológica OR ambiental OR “meio ambiente”)• O uso do parênteses indica um conjunto de termos.
  12. 12. Operadores Booleanos (cont.)NOT/NÃO- utilizado quando necessita excluiralgum(s) termo(s), pois não diz respeito àpesquisa ou porque não há interesse nomomento. microorganismo E NÃO patogênico microorganismo E NÃO fermentação• Em algumas bases esse recurso não é compatível.
  13. 13. Operadores Booleanos (cont.)AspasUtilizada para pesquisar termos exatos depesquisa. “Plantas venenosas” OU “Plantas tóxicas” “Biologia do desenvolvimento”• Torna a pesquisa mais precisa que o AND/E
  14. 14. Operadores Booleanos (cont.)TruncagemRecupera termos diferentes que possuem o mesmoradical. É usado para buscar palavras no singular eplural.Utiliza-se asterisco (*) no final e ponto deinterrogação (?) no meio da palavra. Geogr*: geografia, geográfico, geographic, geographical... M?n: Man ou Men• Verificar em cada base quais conectores são utilizados paratruncagem.
  15. 15. Onde encontro as bases?Mapa da mina da biblioteca
  16. 16. BRCDigit@l Portal de Periódicos – Campus Unesp Rio ClaroDisponibiliza, em ordem alfabética, os títulos das publicações dainstituição;Acesso ao texto integral dos artigos gratuitamente em html epdf; Permite procurar no conteúdo da revista por Edição, Autor, eTítulo.Para acessar: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/ oupelo site da biblioteca e mapa da mina.
  17. 17. P@rthenon Interface que oferece acesso a materiais disponibilizados na rede de bibliotecas da Unesp, bem como de coleções digitais. Fontes disponíveis: Coleção bibliográfica das bibliotecas; Artigos de bases de dados e periódicos de acesso aberto e assinados pela Unesp; Cathedra e Capelo.
  18. 18. P@rthenon (cont.)Funcionalidades: Pesquisa simples e avançada (em toda a rede ou selecionando o catálogo por unidade); Renovações e reservas; Pedidos de EEB; Opções de filtro para pesquisa; Preferências do usuário – salvar e organizar buscas e artigos científicos em pastas e serviços de alerta; Criação de tags visando a descrição do assunto da publicação; Aplicativo para iPhone; Ordenação de resultados.
  19. 19. Scientific Electronic Library Online Scielo Brasil É uma biblioteca eletrônica de acesso livre que abrange uma coleção selecionada de periódicos científicos brasileiros multidisciplinares
  20. 20. Scirus Metabuscador que possui mais de 400 milhões de itens científicos indexadosPesquisa em sites da internet, repositórios e revistas de acesso acerto e restrito Acesso livre
  21. 21. Portal de Periódicos Capes
  22. 22. Portal de Periódicos Capes (cont.) Acesso na Unesp ou por VPNConteúdoPossui mais de 29 mil títulos de periódicos, com textocompleto;130 bases de dados referenciais;10 bases dedicadas exclusivamente a patentes; e-books, enciclopédias, obras de referência, normastécnicas, estatísticas e conteúdo audiovisual.
  23. 23. Portal de Periódicos Capes (cont.)Formas de Busca:Busca por Assunto- Simples e Avançada que permite o usode operadores booleanos. Possibilita ao usuário escolher quaisbases pretende buscar ou pode utilizar a busca nas bases pré-determinadas;Busca por Periódico- a partir da inserção dos dados doperiódico ou em Busca por referência cruzando dados dapublicação. Também permite selecionar por área deconhecimento;Busca por Base- digitar no nome da base de dados oupesquisar por área de conhecimento.
  24. 24. Como pesquisar uma base... Digitar o nome da Base no campo correspondente ou pesquisar por Área de conhecimento.
  25. 25. Science DirectBase multidisciplinar que oferece cobertura nas áreas deCiências Biológicas, Ciências da Saúde, Ciências Agrárias,Ciências Exatas e da Terra, Engenharias, Ciências SociaisAplicadas, Ciências Humanas e Letras e Artes;Disponibilidade de texto completo para a maioria daspublicações;Estão disponíveis publicações da Elsevier e de outraseditoras científicas;Mais de 2.500 revistas; cerca de 11.000 livros, eaproximadamente 2.300 artigos disponíveis pelo Portal;
  26. 26. Science Direct (cont.)Acesso eletrônico a artigos aprovados à espera de serempublicados na versão impressa (Articles in Press); Possui base de e-books que inclui livros (desde 1995),monografias, enciclopédias e anais de conferênciaspublicadas; Possui base de imagens e arquivos multimídia incluídosnos artigos (vídeos, áudio, planilhas de cálculo, arquivoscomplementares);
  27. 27. Science Direct- RecursosPersonalizar o site definindo suas preferências pessoais,exibição dos resultados de pesquisa bem como dealertas;Link Rápido (QuickLinks))e criação de lista de títulosfavoritos;Ações recentes: visualização das últimas 100 ações;Envio de artigo por e-mail;Salvar estratégias de busca no histórico;Download das citações bibliográficas para programas degerenciamento de referências.
  28. 28. Science Direct- Recursos (cont.) Alerta de pesquisa: receber um e-mail quando umapesquisa armazenada recupera novos resultados;Alerta de publicações: receber um e-mail quando um novovolume de uma série de livros ou uma nova edição darevista torna-se disponível no ScienceDirect; RSS Feeds: descobrir imediatamente se houver alteraçõesno ScienceDirect, escolhendo entre diversos feeds RSS;TOP25 Hottest Articles: acompanhar quais são os 25 artigosmais acessados.por tema.
  29. 29. Página inicial
  30. 30. E-books
  31. 31. Mapas
  32. 32. Indicadores Bibliométricos Aspectos quantitativos da produção intelectual Auxiliam na seleção de informação científica, porém bons indicadores não é certeza de qualidade.
  33. 33. Fator de impacto É um índice elaborado pela Thomson Reuters que representa o impacto que um artigo publicado em determinado periódico pode exercer na comunidade científica da área do conhecimento abrangida pelo periódico; (UNIVERSIDADE...[20--]a) É a relação entre as citações obtidas e os artigos publicados em determinado periódico; Métrica de desempenho de uma revista.
  34. 34. Como é calculado? (UNIVERSIDADE...[20--]a)
  35. 35. Nº publicaçõesCitações recebidas nos nos 2 últimos 2 anos anteriores anos Relação gera o FI Dados Journal Citation Reports
  36. 36. Journal Citation Reports (JCR) Apresenta dados quantitativos e seu impacto e influência na comunidade global de pesquisa; Permite avaliar quais são as publicações mais relevantes em determinada área; Resume citações de periódicos indexados na base de dados Web of Science; Importância para autores, editores, bibliotecários, agências de fomento; Depende da densidade dos artigos e obsolescência da literatura.
  37. 37. JCR (cont.)Alguns dados: Mais de 10 mil periódicos indexados em mais de 60 países; Métrica dos periódicos é atualizada a cada 6 meses; Periódicos indexados nas áreas de Ciências e Ciências Sociais; Permite visualização dos dados em formato de gráficos; Citações variam conforme as disciplinas; 1 revista pode ser classificada em uma ou mais disciplinas; Mudanças na revista como formatos, periodicidade e qualidade pode alterar o fator de impacto.
  38. 38. Onde acessar?
  39. 39. Como pesquisar no JCR? Escolha a forma de pesquisaEscolha adisciplina
  40. 40. ALGUMAS FUNÇÕES JCR Journal Information: oferece um resumo de informações do periódico; Journal Rank in Categories: desempenho da revista em todas as categorias ao qual ela é classificada; Quartile in Category: interpretação gráfica baseada no cálculo matemático Box Plot (é diferente da classificação qualis); Journal Impact Fator: a 1ª coluna contém o nº de citações; 2ª coluna contém o nº de artigos publicados e abaixo o cálculo do fator de impacto (média de citações);
  41. 41. ALGUMAS FUNÇÕES JCR (cont.) 5-Year Journal Impact Factor: considera citações de artigos nos últimos 5 anos, pois dependendo da revista é mais apropriado utilizar essa relação tendo em vista que ela pode demorar para atingir seu ponto máximo de citações; Journal Self Cites: recalcula o fator de impacto com base na exclusão de auto-citações (quando o autor cita ele próprio); Immediacy Index: frequência com que os artigos de uma revista são citados pelas outras revistas no ano de sua publicação.
  42. 42. ALGUMAS FUNÇÕES JCR (cont.)EigenfactorTM Metrics: duas últimas colunas nãosão dados da Thomson pois são do departamentode biologia da Universidade de Washington queadotam dados da Thomson para formular suasmétricas;Avalia a influência de periódicos acadêmicos epossibilita o mapeamento da estrutura de pesquisaacadêmica. Para mais informações acesse: http://www.eigenfactor.org/methods.pdf
  43. 43. Índice H É a quantificação do impacto e relevância da produção científica individual; (UNIVERSIDADE..., [20--]b); Importante para a avaliação de pesquisadores e comparação de propósitos. Pode-se destacar: fomento, recrutamento e seleção, premiação etc; Contextualiza a carreira do autor, tendências das pesquisas e definição de políticas.
  44. 44. Como ele é calculado?A partir dos seguintes dados:nº de artigos publicados em n anosnº de citações de cada artigo (UNIVERSIDADE..., [20--]b)
  45. 45. A 1ª coluna representa a quantidade de trabalhos publicados pelo autor (ordem crescente); A 2ª coluna representa o número de citações que seus trabalhos receberam (ordem decrescente)Índice h=32- o autor possui pelo menos32 trabalhos publicados os quais foramcitados 32 vezes ou mais cada.
  46. 46. Considerações Tem sido usado também para avaliar produtividade de instituições, países etc; É importante que o pesquisador mantenha uma única forma de citação de seu nome; Evite utilizar o tracejamento para substituir o nome do autor na lista de referências, pois essa citação não será contada para o cálculo do Índice h do autor.
  47. 47. Como acessar o Índice H?
  48. 48. Organizados em “Times Cited”
  49. 49. Dados necessários para o cálculo do indice h Em 2011, 2 trabalhos publicados receberam pelo menos 2 citações Dados Web of Science
  50. 50. Scopus
  51. 51. Ordenados em “Cited By”
  52. 52. Qualis periódicosQualis é o conjunto de procedimentos utilizados pelaCapes para estratificação da qualidade da produçãointelectual dos programas de pós-graduação.(UNIVERSIDADE..., [20--]c)Classificações:A1; A2; B1; B2; B3; B4; B5; C (peso zero).
  53. 53. Critérios Qualis Possuir corpo editorial reconhecido, com avaliação pelos pares e dotados de ISSN; Cada periódico é classificado na área correspondente aprovada pelo Conselho Técnico Científico da Educação Superior.
  54. 54. Considerações Qualis1 periódico pode ter classificações diferentes em duas ou mais áreas; Formas de consulta: • Pesquisa pelos dados do periódico (ISSN, título e área de avaliação) • Lista de títulos por ordem alfabética (após selecionar a área)
  55. 55. Acesso ao Qualishttp://qualis.capes.gov.br/
  56. 56. Digital Object Identifier Identificador de um conteúdo da internet representado por um endereço único. Identificação de propriedade intelectual de livros, artigos, periódicos e imagens encontrados na Internet; Adotado pela plataforma Lattes.
  57. 57. Número DOIComposição: letras e númerosPrefixo+Título+Volume/Número+OJS Ex: DOI: 10.1016/j.actaastro.2011.07.004Feasibility of a single port Hybrid Propulsion systemfor a Mars Ascent Vehicle.Acta Astronautica Volume 69, Issues 11-12, Dec2011.
  58. 58. Como acessar pelo DOI? http://dx.doi.org/Digitar o endereço DOI na seguintebarra de endereço
  59. 59. BibliografiaBRUNO, I. P. Fator de impacto índice h. [2009?]. Disponível em: <http://www.slideshare.net/esalq/fator-de-impacto-e-ndice-h-presentation>. Acesso em: 18out. 2011.COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR (CAPES). Qualisperiódicos. c2006. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/avaliacao/qualis/>. Acessoem: 19 out. 2011.COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR (CAPES). WebQualis. [2011?]. Disponível em: <http://qualis.capes.gov.br/webqualis/>. Acesso em: 19 out.2011.DAMÁSIO, E. DOI: digital objetct identifier: introdução (CrossRef). 2011. Disponível em:<http://www.slideshare.net/edamasio/doidigital-object-identifier-introduo-crossref>. Acessoem: 18 out. 2011.DOI SYSTEM. [20--?]. Disponível em: <http://dx.doi.org/>. Acesso em: 20 out. 2011.ISI WEB OF KNOWLEDGE. c2011. Disponível em: <http://apps.webofknowledge.com>. Acessoem: 20 out. 2011.
  60. 60. BibliografiaISI WEB OF KNOWLEDGE. Journal Citation Reports. c2011. Disponível em: <http://admin-apps.webofknowledge.com/JCR/JCR?SID=2FDc@2Df75eANmdDnL2&locale=pt_BR.> Acesso em: 18 out.2011.PERIÓDICOS CAPES. c2010. Disponível em:http://www.periodicos.capes.gov.br.ez87.periodicos.capes.gov.br/index.php?option=com_phome. Acessoem: 20 out. 2011.SCOPUS. c2011. Disponível em: http://www.scopus.com/home.url. Acesso em: 20 out. 2011.SOARES, S. de B. C. Indicadores da produção científica: fator de impacto e indice h, 2009.Disponível em: <http://www.slideshare.net/suelybcs/impacto2009>. Acesso em: 18 out. 2011.STREHL, L. O fator de impacto do ISI e a avaliação da produção científica: aspectos conceituais emetodológicos. [2008?]. Disponível em: <http://www.slideshare.net/leticia.strehl/fiocruz>. Acesso em:17 out. 2011.UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP). Coordenadoria Geral de Bibliotecas. Indicadorescientíficos. Fator de impacto. [20--]a. Disponível em:http://www.biblioteca.unesp.br/portal/arquivos/Fator%20Impacto.pdf. Acesso em: 17 out. 2011.UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP). Coordenadoria Geral de Bibliotecas. Indicadorescientíficos. Qualis: CAPES. [20--]c. Disponível em:http://www.biblioteca.unesp.br/portal/arquivos/Qualis%20CAPES.pdf. Acesso em: 17 out. 2011.
  61. 61. Email: straud@rc.unesp.br(19) 3526-4134 (19)/ 3526-9660/ 9661/ 9662

×