Correio Eletrônico

29.632 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre o Surgimento do Correio Eletrônico

Publicada em: Tecnologia, Espiritual
2 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
29.632
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
98
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
536
Comentários
2
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Correio Eletrônico

  1. 1. Sistema de Correio Eletrônico Aluno: Ricardo Amaral de Andrade Prof.: Roberto Néia Amaral Curso: Ciência da Computação – 3º ano
  2. 2. Correio Eletrônico <ul><ul><li>O Correio Eletrônico é uma das aplicações da Internet mais difundidas devido à sua facilidade de uso e ao amplo poder de troca de informações que permite através de uma simples troca de mensagens, enviar textos, transferir programas, fotos, planilhas, ou qualquer outro arquivo. </li></ul></ul>
  3. 3. História <ul><li>1844 - Samuel B. Morse (Código Morse) </li></ul><ul><li>1876 - Alexander Graham Bell (Telefone) </li></ul><ul><li>1895 - Guglielmo Marconi (Transmissão sem fio) </li></ul><ul><li>1971 - Ray Tomlinson ( E-mail ) </li></ul>
  4. 4. Como Tudo Aconteceu... Ray Tomlinson trabalhava na BBN, empresa contratada pelo DoD para construir a ARPANET. Ele escreveu um programa chamado SNDMSG para deixar recados aos colegas de trabalho, que usavam um Digital PDP-10. O SNDMSG trabalhava apenas localmente, onde os usuários criavam um arquivo de texto e o programa colocava os recados sempre no final do arquivo. Era apenas um arquivo com um nome particular. Tomlinson estava trabalhando num protocolo experimental de transferência de arquivos chamado CYPNET, para transferir arquivos entre máquinas. Na época, a ARPANET consistia de 15 nós.
  5. 5. Rascunho original da ARPANET – 1969 (2 nós) 1992 1988 1987 1971 1975 1973 1969
  6. 6. Então, Tomlinson modificou o protocolo de modo que ele pudesse usar o arquivo do SNDMSG e enviar mensagens a usuários que não fossem apenas do micro local. Escolheu então o símbolo “ @ ” para indicar que o usuário que enviou a mensagem não era da máquina local. Ele enviou a mensagem a si mesmo entre dois PDP-10 que estavam na mesma sala mas só tinham conexão entre si através da ARPANET. Visto que funcionou, ele enviou a notícia da novidade aos colegas com as instruções necessárias. O primeiro e-mail de rede foi para anunciar a sua própria existência. Dois anos depois, um estudo mostrou que 75% de todo o tráfego na ARPANET era de e-mail . Como Tudo Aconteceu... QWERTYUIOP
  7. 7. Formato de Comunicação <ul><li>Conceito: No serviço de correio eletrônico, os usuários não trocam mensagens diretamente entre si, mas as enviam a servidores de correio eletrônico, que se encarregam de entregá-las ao destinatário final. </li></ul>Cada servidor de correio eletrônico presta serviços para um conjunto de usuários situados na mesma rede física. Internet Comunicação na mesma rede física (Intranet) Comunicação entre usuários conectados a redes físicas diferentes. Rede física A Cliente Cliente Servidor de correio eletrônico Rede física B Cliente Cliente Servidor de correio eletrônico
  8. 8. Mensagens
  9. 9. Formato das Mensagens
  10. 10. Formato das Mensagens
  11. 11. Formato de Comunicação Síncrona <ul><li>Conceito: Numa comunicação síncrona, a mensagem é enviada através de uma conexão estabelecida diretamente entre o emissor e o receptor. Para isso, os computadores dos dois usuários precisam estar com os programas de correio eletrônicos ativos ao mesmo tempo. </li></ul>USUÁRIO A USUÁRIO B Mensagem
  12. 12. Dois computadores sempre on-line Computador “B” em destino.dom Computador “A” em origem.dom Remetente Editor de Mensagem Agente de Transporte Agente de Distribuição Local Caixa Postal Destinatário Notificador Visualizador de Mensagem SMTP Agente de Transporte De: [email_address] Para: [email_address]
  13. 13. Formato de Comunicação Assíncrona <ul><li>A comunicação assíncrona é sempre intermediada por um servidor. Nesse modelo: </li></ul><ul><ul><li>O servidor precisa permanecer permanentemente ativo. </li></ul></ul><ul><ul><li>O cliente permanece ativo apenas durante o período de transmissão ou recepção de mensagens. </li></ul></ul>CLIENTE DE CORREIO SERVIDOR DE CORREIO CLIENTE DE CORREIO USUÁRIO A Servidor USUÁRIO B 1 2 4 3
  14. 14. Dois computadores via ISP Computador “B” ISP ISP Computador “A” Remetente Editor de Mensagem Agente de Transporte Agente de Distribuição Local Caixa Postal Destinatário Visualizador de Mensagem SMTP Agente de Transporte Agente de Transporte SMTP Caixa Postal . . . . . POP ou IMAP Agente de Transporte Agente de Transporte De: [email_address] Para: [email_address]
  15. 15. Mail Relay empresa.dom dep1.empresa.dom dep2.empresa.dom Remetente “A” Editor de Mensagem SMTP Agente de Transporte Agente de Distribuição Local Remetente “B” Editor de Mensagem Agente de Transporte Agente de Distribuição Local Caixa Postal Caixa Postal . . . . . . . . Caixa Postal Caixa Postal . . . . SMTP De: [email_address] Para: xxxxxxxxxxxxx De: [email_address] Para: xxxxxxxxxxxxx
  16. 16. SPAM Spammer Editor de Mensagem Agente de Transporte Agente de Transporte Agente de Transporte . . . . . . . . . . . . . . . relay1.dom relay9.dom De: [email_address] Para: xxxxxxxxxxxxxx De: [email_address] Para: xxxxxxxxxxxxxx De: [email_address] Para: xxxxxxxxxxxxxx
  17. 17. Protocolos de Mensagens <ul><li>SMTP (Simple Mail Transfer Protocol) </li></ul><ul><ul><li>Transmissão imediata entre agentes de transporte; </li></ul></ul><ul><ul><li>Não autentica usuários; </li></ul></ul><ul><ul><li>Não faz uso de caixa postal. </li></ul></ul><ul><li>POP (Post Office Protocol) </li></ul><ul><ul><li>Transmite mensagens apenas da caixa postal do servidor para a do cliente. </li></ul></ul><ul><li>IMAP (Internet Mail Agent Protocol) </li></ul><ul><ul><li>Sincroniza as caixas postais do servidor e do cliente. </li></ul></ul>
  18. 18. Relação dos Protocolos Relação dos protocolos com o estágio da transferência da mensagem A) Transmissão da mensagem pelo cliente: SMTP . B) Transferência da mensagem entre servidores: SMTP . C) Recebimento da mensagem pelo cliente: POP3 ou IMAP4 . servidor B A servidor INTERNET
  19. 19. Agentes de Transporte Sim Alta Alto Alta qMail Não Média Alto Baixa Exim Sim Alta Médio Alta Postfix Não Baixa Alto Média Smail Não Baixa Alto Baixa Sendmail Modular Performance Nº de funções Segurança Agente
  20. 20. Agente de Distribuição Local <ul><li>Responsável por arquivar a mensagem na caixa postal correta </li></ul><ul><li>Pode filtrar mensagens </li></ul><ul><li>Agentes mais conhecidos: </li></ul><ul><li>Procmail </li></ul><ul><li>Binmail </li></ul><ul><li>Maildrop </li></ul><ul><li>Safecat </li></ul>
  21. 21. S imple M ail T ransfer P rotocol
  22. 22. SMTP
  23. 23. Comandos Típicos
  24. 24. SMTP <ul><li>SMTP: protocolo da camada de aplicação da arquitetura TCP/IP que define como uma mensagem de correio eletrônico é transmitida entre dois computadores. </li></ul><ul><li>Transmissor SMTP: cliente ou outro servidor retransmitindo a mensagem de um cliente. </li></ul><ul><li>Receptor SMTP: programa servidor de correio eletrônico esperando permanentemente conexões na porta 25. </li></ul>Porta 25 250 OK DATA Transmissor SMTP Receptor SMTP 354 Start mail input; end with ‘.’ Bla, bla, bla, bla, bla... . 250 OK MAIL FROM: ricardo@gerds.utp.br RCPT TO: amaral@gerds.utp.br Sistema de Transporte TCP/IP TCP/IP 250 OK
  25. 25. SMTP <ul><li>Na Internet, o envio e recepção de e-mail são feitos através de uma conexão na porta 25 da máquina destino. </li></ul><ul><li>O processo daemon que escuta essa porta deve implementar o protocolo SMTP ( Simple Mail Transfer Protocol ). </li></ul><ul><li>Esse processo daemon aceita as mensagens que chegam e tenta encaminhá-las à caixa postal destino, reportando eventuais erros à máquina origem. </li></ul>
  26. 26. SMTP <ul><li>O SMTP é inteiramente baseado em texto. </li></ul><ul><li>Tendo estabelecido uma conexão à porta 25 do servidor, a máquina cliente aguarda uma resposta do servidor. </li></ul><ul><li>O servidor envia uma linha texto indicando se está ou não preparado para receber email </li></ul><ul><li>Se o servidor está disposto a receber email, o cliente inicia o envio dos dados. </li></ul>
  27. 27. Simple Mail Transfer Protocol RFC821 SMTP Enhanced Mail Syustem Status Code RFC3463 SMTP Service Extension for Message Size Declaration RFC1653 Voice Profile for Internet Mail RFC1911 SMTP on X.25 RFC1090 SMTP 521 Reply Code RFC1846 Duplicate messages and SMTP RFC1047 SMTP Service Extensions RFC1425 SMTP Service for Authentication RFC2554 Deliver By SMTP Service Extension RFC2852 Mapping between X.400 (1984/1988) and Mail-11 (DECnet mail) RFC1405 Simple Mail Transfer Protocol (SMTP) Service Extension for Delivery Status Notifications (DSNs) RFC3461 SMTP Service Extensions for Transmission of Large and Binary MIME Messages RFC3030  Anti-Spam Recommendations for SMTP MTAs RFC 2505 SMTP Service Extension for Returning Enhanced Error Codes RFC2034
  28. 28. A “entrega final” <ul><li>Os mecanismos apresentados até aqui funcionam em máquinas capazes de enviar ou receber email. </li></ul><ul><li>A transferência do email numa caixa postal para o PC do usuário é feita através do protocolo POP3 ( Post Office Protocol ). </li></ul><ul><li>POP3 tem comandos para login-logout, “baixar” mensagens, enviar mensagens e apagar mensagens da caixa postal. </li></ul>
  29. 29. P ost O ffice P rotocol
  30. 30. Correio Eletrônico <ul><li>POP - Post Office Protocol </li></ul><ul><ul><li>Nem todo computador executa um servidor de email ou está ligado permanentemente à internet, como no caso de conexões dial-up. Nesses casos, é conveniente que a caixa de correio de um usuário seja mantida em outra máquina. </li></ul></ul><ul><ul><li>O POP é um protocolo que pode ser usado para acessar caixas de correio remotas. </li></ul></ul>
  31. 31. Email Gateway TCP connection TCP connection
  32. 32. Correio Eletrônico <ul><li>POP - Post Office Protocol </li></ul><ul><ul><li>Nem todo computador executa um servidor de email ou está ligado permanentemente à internet, como no caso de conexões dial-up. Nesses casos, é conveniente que a caixa de correio de um usuário seja mantida em outra máquina. </li></ul></ul><ul><ul><li>O POP é um protocolo que pode ser usado para acessar caixas de correio remotas. </li></ul></ul>
  33. 33. POP O cliente compatível com o protocolo POP3. As mensagens são copiadas para a máquina local do cliente, onde permanecem armazenadas A comunicação entre o cliente e o servidor é estabelecida através de uma conexão TCP/IP bidirecional. O servidor POP3 é um programa permanentemente ativo que escuta requisições na porta TCP 110. cliente servidor Servidor POP3 Cliente POP3 Sistema de Transporte TCP/IP Porta 110 Servidor SMTP Porta 25 Mensagens enviadas para redes externas Mensagens vindas de redes externas
  34. 34. POP Escuta a Porta 110 Client Server USER OK PASS OK RETR 1 MENSAGEM 1 STAT OK 10 (mensagens) 10K (tamanho)
  35. 35. Post Office Protocol: Version 2 RFC937 Post Office Protocol: Version 3 RFC1939 Taxonomy of Communica-tion Requirements for Large-scale Multicast Applications RFC2729   POP URL Scheme RFC2384 POP3 AUTHentication command RFC1734 The SYS and AUTH POP Response Codes RFC3206 Electronic Signature Formats for long term electronic signatures RFC3126 Common Name Resolution Protocol (CNRP) RFC3367 IMAP/POP AUTHorize Extension for Simple Challenge / Response RFC2195 Electronic Signature Policies RFC3125 Nortel Networks Multi-link Multi-node PPP Bundle Discovery Protocol RFC2701 Using TLS with IMAP, POP3 and ACAP RFC2595   Some Observations on Implementations of the Post Office Protocol (POP3) RFC1957 POP3 Extension Mechanism RFC2449
  36. 36. I nternet M ail A ccess P rotocol
  37. 37. IMAP <ul><li>Conceito : Protocolo que define mecanismos mais sofisticados que o POP3 para o cliente manipular as mensagens depositadas na sua caixa postal no servidor através da rede. </li></ul>
  38. 38. IMAP Cliente compatível com o protocolo IMAP4. Através desse protocolo, o cliente pode ler suas mensagens sem copiá-las para sua máquina local. O servidor IMAP4 é um programa permanentemente ativo que escuta requisições na porta TCP 143. A comunicação entre o cliente e o servidor é estabelecida através de uma conexão TCP/IP bidirecional. Mensagens enviadas para redes externas Mensagens vindas de redes externas Sistema de Transporte TCP/IP Servidor SMTP Porta 25 Servidor IMAP4 Porta 143 Cliente IMAP4 cliente servidor
  39. 39. IMAP Escuta a Porta 143 inbox folder1 folder2 Client Server OK UID fetch 1:* (FLAGS) LISTA DE EMAILS NÃO LIDOS UID copy 1 “pendencias” OK Select “inbox” CREATE “pendencias” OK OK LOGIN nome senha
  40. 40. Interactive Mail Access Protocol: Version 2 RFC1176 Interactive Mail Access Protocol: Version 3 RFC1203 Internet Mail Access Protocol: Version 4 RFC1730 Internet Mail Access Protocol: Version 4rev1 RFC2060 Internet Message Access Protocol (IMAP) - Multiappend Extension RFC3502 IMAP URL Scheme RFC2192 IMAP4 QUOTA extension RFC2087 IMAP4 ACL extension RFC2086 IMAP4 ID extension RFC2971 Imap4 Login Referrals RFC2221 IMAP4 Implementation Recommendations RFC2683 IMAP/POP AUTHorize Ext. for Simple Challenge / Response RFC2195 IMAP4 Authentication Mechanisms RFC1731 Distributed Electronic Mail Models in IMAP4 RFC1733 IMAP4 IDLE command RFC2177 Imap4 Mailbox Referrals RFC2193 IMAP4 Compatibility with IMAP2 and IMAP2bis RFC1732 Imap4 Implementation Recommendations RFC2683
  41. 41. M ultipurpose I nternet M ail E xtension
  42. 42. MIME <ul><li>Além de texto, pode ser necessário enviar e receber outros tipos de informação, como: </li></ul><ul><li>mensagens em linguagens que usam caracteres especiais </li></ul><ul><li>mensagens em outros alfabetos </li></ul><ul><li>mensagens em linguagens para as quais não existe um alfabeto (ex. chinês) </li></ul><ul><li>mensagens que não contém texto </li></ul>
  43. 43. MIME <ul><li>A idéia básica do MIME (Multipurpose Internet Mail Extension) é acrescentar ao padrão 822 regras de codificação para outros tipos de informação. </li></ul>
  44. 44. MIME
  45. 46. Demonstração Prática

×