2010 assembléia geral

290 visualizações

Publicada em

Assembléia Geral 2010
Presidente - Denilson Silva Reis
Gestora - Mariana Resende

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
290
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2010 assembléia geral

  1. 1. Assembléia de Encerramento Atividades 2010 <ul><li>Relatório de Ações 2010 </li></ul><ul><li>Aprovação Planejamento Estratégico 2011 _ 2014 </li></ul><ul><li>Aumento de Contribuição dos Municípios Filiados </li></ul><ul><li>Encaminhamentos Gerais </li></ul>
  2. 2. Relatório Ações 2010
  3. 3. Linhas de Ação Estratégicas <ul><li>ORGANIZAÇÃO E GESTÃO </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>ARTICULAÇÃO </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>GESTÃO DE PROJETOS </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>COMUNICAÇÃO E PROMOÇÃO </li></ul>
  4. 4. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ATI NÃO Grupos de trabalho criados e atuantes na gestão dos planos de ação Laptop / Pen drive / Multifuncional Telefone sem fio / fax / Tela com tripé Cadeira / Armário / Arquivo / Mesa Sede do Circuito estruturada (computadores, mobiliário e outros equipamentos adquiridos) Rua Marechal Bittencourt, 15 - Centro Sede do Circuito transferida para local de maior visibilidade Turismo - Mariana e Amélia Comunicação - Ruzza e Luciana Eventos – Adriana e Daniela Equipe de trabalho estruturada (pelo menos mais 02 profissionais contratados)
  5. 5. ARTICULAÇÃO SIM Instituições parceiras participando efetivamente das ações da ATI SIM Representações dos 20 municípios participando efetivamente das ações da ATI NÃO Número de associados da iniciativa privada aumentado NÃO Visita técnica com os gestores municipais ao Circuito do Ouro – Caso de Sucesso, realizada
  6. 6. GESTAO DE PROJETOS 80% Pelo menos 01 gestor capacitado em cada município para elaboração de relatórios técnicos de captação de ICMS – Ecológico, Ambiental e Turístico 80% Projeto Cinema na Trilha em 100% dos municípios do Circuito realizado 80% FUMTURs criados em todos os municípios do Circuito 80% COMTURs criados e em funcionamento em todos os municípios do Circuito 80% Planos municipais de turismo dos municípios formatados em todos os municípios do Circuito
  7. 7. COMUNICAÇÃO E PROMOÇÃO Aguardando posição da PETROBRÀS, a ser executado para 2011 Kit “Ser Nobre é Ter Identidade” editado (agenda, calendário de mesa, cartazes, exposições itinerantes) Salão Mineiro Salão Nacional Projeto Escadaria Participação da ATI em pelo menos 03 Feiras de Turismo Nacionais e 01 Internacional Já elaborado, a ser lançado em 2011, com patrocínio da FCA Material promocional de todo o Circuito elaborado Aguardando liberação de verba Dep. Federal Reginaldo Lopes/MTur Visita virtual bilíngüe no Circuito, com áudio didático e cenas em 360°, realizada
  8. 8. Cinema na Praça Cinearte Sarau <ul><li>16 municípios atendidos; </li></ul><ul><li>Atrativo voltado à comunidade; </li></ul><ul><li>Intercâmbio cultural; </li></ul><ul><li>Continuidade de parceria </li></ul><ul><li>com Petrobrás, através da </li></ul><ul><li>empresa ARTE Brasil </li></ul><ul><li>Produção. </li></ul>
  9. 9. Curso – Gestão de Projetos Culturais <ul><li>Maior número de gestores capacitados para elaboração de projetos culturais. </li></ul><ul><li>Maior entendimento sobre patrocínios na área da cultura. </li></ul>
  10. 10. Encontro de COMTURs <ul><li>Troca de experiências e de ações que vem sendo aplicadas nos municípios; </li></ul><ul><li>Fortalecimento do turismo na região; </li></ul><ul><li>Elaboração de Planejamento Estratégico Participativo. </li></ul>
  11. 11. Inverno Cultural da UFSJ <ul><li>Processo educativo diferenciado; </li></ul><ul><li>Ampliação da formação cultural da região das vertentes </li></ul><ul><li>Vários públicos atingidos. </li></ul>
  12. 12. Palestra Turismo e Meio Ambiente <ul><li>Promoção da educação ambiental e acompanhamento das questões e propostas em prol do meio ambiente; </li></ul><ul><li>Mobilização e atuação de todos os órgãos envolvidos; </li></ul><ul><li>Sensibilização para o turismo sustentável </li></ul>
  13. 13. Planejamento Estratégico 2011/2014 <ul><li>Possibilidade de tornar o destino turístico mais estruturado; </li></ul><ul><li>Instrumento para nortear a execução dos projetos propostos; </li></ul><ul><li>Aumento da competitividade da região; </li></ul>
  14. 14. Projeto Escadaria <ul><li>Divulgação dos municípios e seus atrativos; </li></ul><ul><li>Contato com público final; </li></ul><ul><li>Geração de renda para artesãos e produtores. </li></ul>
  15. 15. Mtur - Projeto Aprovado “Receptivos da Trilha” <ul><li>Integração do trade local; </li></ul><ul><li>Aumento do tempo de permanência do turista na região, envolvendo um maior número de municípios e atrativos; </li></ul><ul><li>Capacitação, profissionalização e integração do serviço prestado. </li></ul>
  16. 16. Salão Mineiro de Turismo 2010 <ul><li>Mostra e comercialização de artesanato; </li></ul><ul><li>Promoção do destino; </li></ul><ul><li>Contato com agências e operadoras de turismo. </li></ul>
  17. 17. O Turismo e o Legislativo <ul><li>Sensibilização de 33 vereadores; </li></ul><ul><li>Exposição da função do Circuito Turístico; </li></ul><ul><li>Melhora da imagem do Circuito. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Relatório impresso </li></ul><ul><li>Jornal </li></ul><ul><li>Site </li></ul><ul><li>Blog </li></ul><ul><li>Twitter </li></ul><ul><li>Orkut </li></ul><ul><li>Facebook </li></ul><ul><li>Boletins Informativos </li></ul>
  19. 19. Planejamento Estratégico 2010 - 2014
  20. 20. Linhas de Ação Estratégicas <ul><li>Gestão e Relações Institucionais </li></ul><ul><li>Fomento </li></ul><ul><li>Infra-estrutura </li></ul><ul><li>Estruturação e Diversificação de Produtos Turísticos </li></ul><ul><li>Qualificação e Capacitação </li></ul><ul><li>Promoção e Comercialização </li></ul><ul><li>Informações Turísticas </li></ul>
  21. 21. Objetivo Geral <ul><li>Promover o desenvolvimento do Turismo Sustentável na região do Circuito através de projetos de estruturação, capacitação e qualificação e da articulação entre os atores governamentais, empresariais e sociedade civil para a criação de Leis específicas, melhoria na infra-estrutura e estruturação dos atrativos e produtos. </li></ul>
  22. 22. Objetivos Específicos <ul><li>1 - Incremento e organização da infra-estrutura turística nos municípios </li></ul><ul><li>2 – Implantação e estruturação de equipamentos e serviços básicos de apoio ao turista </li></ul><ul><li>3 – Exploração de segmentos turísticos ainda não explorados e aumento dos roteiros ofertados </li></ul><ul><li>4 – Fortalecimento dos Gestores Municipais, Conselhos Municipais de Turismo e da IGR </li></ul><ul><li>5 – Qualificação e Capacitação da prestação de serviços </li></ul><ul><li>6 – Gestão sustentável e eficiente dos atrativos naturais e culturais </li></ul><ul><li>7 – Aumento do fluxo turístico no Circuito e melhoria da promoção e MKT direcionados </li></ul><ul><li>8 – Criação de Sistema de informações eficiente na região </li></ul><ul><li>9 – Fortalecimento das parcerias e aumento da participação nas ações da IGR </li></ul>
  23. 23. 1 - Incremento e organização da infra-estrutura turística nos municípios <ul><li>Incentivar investimentos da iniciativa pública e privada nos municípios </li></ul><ul><li>Estruturar postos de informação turística nos municípios </li></ul><ul><li>Implementar “entrepostos” para comercialização da produção associada ao turismo </li></ul><ul><li>Definir identidade dos municípios </li></ul>
  24. 24. 2 – Implantação e estruturação de equipamentos e serviços básicos de apoio ao turista <ul><li>Implantar casa de câmbio </li></ul><ul><li>Aumentar o número de vôos regionais que atendem a região </li></ul><ul><li>Construir rodoviárias nos municípios </li></ul>
  25. 25. 3 – Exploração de segmentos turísticos ainda não explorados e aumento dos roteiros ofertados <ul><li>Estruturar fazendas para turismo rural </li></ul><ul><li>Criar produto turístico diferenciado nos municípios </li></ul><ul><li>Aumentar tempo de permanência </li></ul><ul><li>Ampliar atuação das Agências de Receptivo aos produtos dos demais municípios </li></ul>
  26. 26. 4 – Fortalecimento dos Gestores Municipais, Conselhos Municipais de Turismo e da IGR <ul><li>Capacitar de gestores municipais </li></ul><ul><li>Benchmarking em “case” de sucesso </li></ul><ul><li>Realizar Encontros de Conselhos Municipais de Turismo </li></ul><ul><li>Sensibilizar Câmaras de Vereadores </li></ul>
  27. 27. 5 – Qualificação e Capacitação da prestação de serviços <ul><li>Qualificar prestadores de serviços turísticos </li></ul>
  28. 28. 6 – Gestão sustentável e eficiente dos atrativos naturais e culturais <ul><li>Sinalizar atrativos naturais dos municípios </li></ul><ul><li>Estruturar parcerias para gestão dos atrativos culturais </li></ul><ul><li>Criar oficinas de artes e ofícios </li></ul>
  29. 29. 7 – Aumento do fluxo turístico no Circuito e melhoria da promoção e MKT direcionados <ul><li>Implementar Plano de Marketing do Circuito </li></ul><ul><li>Melhorar a imagem interna do turismo no Circuito </li></ul>
  30. 30. 8 – Criação de Sistema de informações eficiente na região <ul><li>Integrar a comercialização dos produtos turísticos “online” </li></ul><ul><li>Realizar pesquisa de demanda </li></ul><ul><li>Sistematizar a divulgação da oferta </li></ul>
  31. 31. 9 – Fortalecimento das parcerias e aumento da participação nas ações da IGR <ul><li>Apoiar ações de ONGs e OSCIPs da região </li></ul><ul><li>Elaborar e implementar Plano de Empresa do Circuito </li></ul><ul><li>Executar programa de integração das Agências de Receptivo </li></ul>
  32. 32. Aumento de Contribuição
  33. 33. <ul><li>Fundação </li></ul><ul><li>25.08.2000 </li></ul><ul><li>Contribuição </li></ul><ul><li>R$400,00 </li></ul><ul><li>2010 R$400,00 </li></ul>
  34. 34. <ul><li>04 servidores </li></ul><ul><li>CAT – Centro de Atendimento ao Turista </li></ul><ul><li>Material Informativo </li></ul><ul><li>Participação em Eventos e Feiras </li></ul><ul><li>Filiação à FECITUR </li></ul><ul><li>Assessoria aos Municípios </li></ul><ul><li>Convênios com Estado, Ministério e outros </li></ul><ul><li>Projetos em Editais de incentivo </li></ul>
  35. 35. Encaminhamentos Gerais <ul><li>Casa Minas Gerais – São Paulo </li></ul><ul><li>Projeto Escadaria </li></ul><ul><li>Produção Associada / Turismo Rural </li></ul><ul><li>Cinema na Trilha </li></ul><ul><li>Inverno Cultural </li></ul><ul><li>Salão Mineiro </li></ul><ul><li>Salão Nacional </li></ul>
  36. 36. <ul><li>Presidente – Denilson Silva Reis </li></ul><ul><li>Gestora – Mariana Resende </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>Turismóloga – Amélia Mc’Donald Hall </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>Assessora de Comunicação – Ruzza Lage </li></ul><ul><li>Estagiária de Comunicação – Luciana Arruda </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>www.trilhadosinconfidentes.tur.br </li></ul><ul><li>32.3372-8011 </li></ul>

×