ÉTICA E MORAL 
Componentes: Davi, Franciele, Evelyn, Giorgia, 
Guilherme, Julia, 1 
Mariane
O QUE É ÉTICA 
A ética é o conjunto de costumes que possibilita 
o convívio em sociedade. 
Esses costumes são como regras ...
O QUE É ÉTICA PROFISSIONAL 
Ser ético é agir dentro dos padrões convencionais, é fazer bem, 
é não afetar o próximo. Ser é...
MORAL 
Moral é o conjunto de regras 
adquiridas através da cultura, 
da educação, da tradição e do cotidiano, 
e que orien...
As normas definidas pela moral são formadas pelo 
modo de agir das pessoas. Está associada costumes 
estabelecidos em grup...
MORAL NA FILOSOFIA 
Na filosofia, moral tem uma significação 
mais envolvente do que a ética, e que define 
as "ciências d...
HEGEL 
Hegel fez a diferenciação entre a moral objetiva, que 
encaminha para a obediência das leis morais, estabelecidas 
...
MORAL DA HISTÓRIA 
Esta locução é normalmente utilizada 
depois de uma história que indica a lição que é 
possível aprende...
O QUE É ETICIDADE 
A ética tem o objetivo de dar um fundamento às 
exigências morais (ética pura e normativa), compondo as...
HEGEL E ETICIDADE 
De acordo com Hegel, a eticidade também pode 
ser introduzida como "moralidade objetiva" ou 
"vida étic...
ÉTICA E CIDADANIA 
A ética e cidadania estão relacionadas com as atitudes e a forma 
como estes interagem uns com os outro...
CIDADANIA FORMAL 
A cidadania formal é referente à 
nacionalidade de um indivíduo e ao fato de 
pertencer a uma determinad...
CIDADANIA SUBSTANTIVA 
A cidadania substantiva é de um 
caráter mais amplo, estando 
relacionada com direitos sociais, 
po...
ÉTICA NA FILOSOFIA 
O estudo dos assuntos morais, do 
modo de ser e agir dos seres humanos. 
procura descobrir o que motiv...
FILOSOFIA CLÁSSICA 
Para a filosofia clássica, a ética estudava a maneira 
de buscar a harmonia entre todos os indivíduos,...
FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA 
Com o crescimento mundial e o início da 
Revolução Industrial, surgiu a ética na filosofia 
conte...
ÉTICA 
Na filosofia clássica, a ética não se resumia à moral 
(entendida como "costume", ou "hábito", mas buscava a 
funda...
A ética também não deve ser confundida 
com a lei, embora com certa frequência a lei 
tenha como base princípios éticos. A...
ÉTICA E MORAL 
No contexto filosófico ética e moral possuem 
diferentes significados. Ética, está relacionada aos 
estudos...
ÉTICA E POLÍTICA 
Ética sempre teve uma íntima ligação com a política, 
chegando mesmo a uma quase identificação na 
antig...
1. RELAÇÕES DE CONFLITOS 
Ligadas ao ambiente organizacional segundo o qual as relações se 
desenvolvem, assim, não se pod...
2. RELAÇÕES DE REENCONTRO 
Momentos de descontinuidade no processo histórico das nações, 
momentos potencial ou efetivamen...
Ética e política se completam nos momentos críticos. Esta 
conclusão se explicita com clareza e se verifica então que é 
p...
3. DIALÉTICA DE ILUMINAÇÃO 
Nos dias de hoje, o confronto entre diferentes 
sistemas políticos e econômicos continua a ser...
VALORES 
São características de uma determinada pessoa, que 
determinam a forma como a pessoa se comporta e se 
relaciona ...
VALORES DE UMA EMPRESA 
Uma empresa sustentável está alicerçada em valores como 
honestidade, responsabilidade social, int...
FILOSOFIA DOS VALORES 
A filosofia dos valores consiste em uma teoria 
dos valores desenvolvida, entre outros, por H. 
Lot...
H. LOTZE 
Lotze procurou fundir o naturalismo positivista com o 
idealismo crítico diante um novo conceito dos valores, 
c...
CONDUTAS DE ÉTICA 
1. Colocar os recipientes no qual o estudante recebeu a refeição nos 
locais apropriados os quais a dir...
6. Manter-se informado sobre as decisões e modificações tomadas pelo 
CPM escolar, assim apoiando em organizações e promoç...
12. Em caso de comportamentos inadequados, o aluno deve repensar 
atitudes e atos cometidos; 
13. É dever de o aluno mante...
17. É regra e dever de extrema importância o aluno manter pontualidade, 
o mesmo é uma questão de respeito à coletividade ...
MÚSICAS 
Cazuza – O tempo não para 
Gabriel Pensador – Pega Ladrão 
Gabriel Pensador – Mentiras do Brasil 
33
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ética e Moral - Grupo 01 (Davi, Franciele, Evelyn, Giorgia, Guilherme, Julia e Mariane.

779 visualizações

Publicada em

Trabalho Filosofia e Sociologia - 2º trimestre - Bom Retiro

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
779
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
65
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ética e Moral - Grupo 01 (Davi, Franciele, Evelyn, Giorgia, Guilherme, Julia e Mariane.

  1. 1. ÉTICA E MORAL Componentes: Davi, Franciele, Evelyn, Giorgia, Guilherme, Julia, 1 Mariane
  2. 2. O QUE É ÉTICA A ética é o conjunto de costumes que possibilita o convívio em sociedade. Esses costumes são como regras que guiam nossas ações. Como tudo que é tradição, a ética e a moral vão se modificando ao longo do tempo. Hoje aceitamos o que antigamente não era aceitado. 2
  3. 3. O QUE É ÉTICA PROFISSIONAL Ser ético é agir dentro dos padrões convencionais, é fazer bem, é não afetar o próximo. Ser ético é cumprir os valores postos pela sociedade em que se vive. Ter ética profissional é o indivíduo cumprir com todas as atividades de sua profissão, seguindo os conceitos determinados pela sociedade e pelo seu local de trabalho Cada profissão tem o seu próprio código de ética, que pode mudar em um instante, graças a diferentes profissões. No entanto, há componentes da ética profissional que são universais e por isso posta a qualquer atividade profissional, como a honestidade, responsabilidade, competência, etc.. 3
  4. 4. MORAL Moral é o conjunto de regras adquiridas através da cultura, da educação, da tradição e do cotidiano, e que orientam o comportamento humano dentro de uma sociedade. 4
  5. 5. As normas definidas pela moral são formadas pelo modo de agir das pessoas. Está associada costumes estabelecidos em grupo por cada cultura ou por cada sociedade a partir da consciência individual, que distingue o bem do mal, ou a violência dos atos de paz e harmonia. A moral ajuda no comportamento do homem diante das leis instituídas pela sociedade ou por determinado grupo social. 5
  6. 6. MORAL NA FILOSOFIA Na filosofia, moral tem uma significação mais envolvente do que a ética, e que define as "ciências do espírito", que admiram todas as manifestações que não são expressamente físicas no ser humano. 6
  7. 7. HEGEL Hegel fez a diferenciação entre a moral objetiva, que encaminha para a obediência das leis morais, estabelecidas pelos padrões, leis e tradições da sociedade. E a moral subjetiva, que aborda o desempenho de um dever pelo ato da sua própria vontade. 7
  8. 8. MORAL DA HISTÓRIA Esta locução é normalmente utilizada depois de uma história que indica a lição que é possível aprender com essa história. Na literatura infantil, a moral se resume em uma conclusão da história onde objetivo é conduzir os valores morais (certo e errado, bom e mau, bem ou mal, etc.) 8
  9. 9. O QUE É ETICIDADE A ética tem o objetivo de dar um fundamento às exigências morais (ética pura e normativa), compondo assim por si mesma as leis que terão de determinar a conduta moral da vida pessoal e coletiva. Neste sentido, o seu papel é muitas vezes certificar de que maneira é possível superar o relativismo ético. 9
  10. 10. HEGEL E ETICIDADE De acordo com Hegel, a eticidade também pode ser introduzida como "moralidade objetiva" ou "vida ética" que expressa à verdade de dois conceitos abstratos - o direito e a moralidade. 10
  11. 11. ÉTICA E CIDADANIA A ética e cidadania estão relacionadas com as atitudes e a forma como estes interagem uns com os outros na sociedade. Ética é o nome dado ao ramo da filosofia dedicado aos assuntos morais. Cidadania significa os direitos e deveres pelo qual o cidadão está sujeito no seu relacionamento com a sociedade. A cidadania se divide em cidadania formal e cidadania substantiva: 11
  12. 12. CIDADANIA FORMAL A cidadania formal é referente à nacionalidade de um indivíduo e ao fato de pertencer a uma determinada nação. 12
  13. 13. CIDADANIA SUBSTANTIVA A cidadania substantiva é de um caráter mais amplo, estando relacionada com direitos sociais, políticos e civis. 13
  14. 14. ÉTICA NA FILOSOFIA O estudo dos assuntos morais, do modo de ser e agir dos seres humanos. procura descobrir o que motiva cada indivíduo a agir de um determinado jeito, diferencia o que significa o bom e o mau, e o mal e o bem. 14
  15. 15. FILOSOFIA CLÁSSICA Para a filosofia clássica, a ética estudava a maneira de buscar a harmonia entre todos os indivíduos, uma forma de conviver e viver com outras pessoas, de modo que cada um buscasse seus interesses e todos ficassem satisfeitos. 15
  16. 16. FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA Com o crescimento mundial e o início da Revolução Industrial, surgiu a ética na filosofia contemporânea. Diversos filósofos como Sócrates, Aristóteles, Epicuro e outros, procuraram estudar a ética como uma área da filosofia que estudava as normas da sociedade, a conduta dos indivíduos e o que os faz escolher entre o bem e o mal. 16
  17. 17. ÉTICA Na filosofia clássica, a ética não se resumia à moral (entendida como "costume", ou "hábito", mas buscava a fundamentação teórica para encontrar o melhor modo de viver e conviver, isto é, a busca do melhor estilo de vida, tanto na vida privada quanto em público. Se baseia nas ações morais exclusivamente pela razão. Ética pode ser definida como a ciência que estuda a conduta humana e a moral é a qualidade desta conduta, quando julga-se do ponto de vista do Bem e do Mal. 17
  18. 18. A ética também não deve ser confundida com a lei, embora com certa frequência a lei tenha como base princípios éticos. Ao contrário do que ocorre com a lei, nenhum indivíduo pode ser forçado, pelo Estado ou por outros indivíduos, a cumprir as normas éticas. 18
  19. 19. ÉTICA E MORAL No contexto filosófico ética e moral possuem diferentes significados. Ética, está relacionada aos estudos fundamentais dos valores morais que ajudam no comportamento humano em uma sociedade e também tenta explicar as regras morais de formas racionais, fundamentais, científicas ou teóricas. Moral são as regras empregadas na sociedade. Essas regras orientam cada indivíduo, norteando as suas ações e os seus julgamentos sobre o que é moral ou imoral, certo ou errado, bom ou mau. 19
  20. 20. ÉTICA E POLÍTICA Ética sempre teve uma íntima ligação com a política, chegando mesmo a uma quase identificação na antiguidade. O conceito de ética é também vinculado ao sentimento dos povos, ao seu modo de viver e aos seus costumes. As éticas de hoje são em vários aspectos diferentes das antigas. As relações da ética com a política se dão principalmente em três divisões: 20
  21. 21. 1. RELAÇÕES DE CONFLITOS Ligadas ao ambiente organizacional segundo o qual as relações se desenvolvem, assim, não se pode afirmar que o conflito surge acidentalmente pois, é produto de uma rede de relações. É a partir da divergência de atitudes, ideias, interesses, tendências incompatíveis, competição pelo poder que o clima de conflito surge. Muzaferd Sheri dividiu num campo de férias dois grupos de pessoas, as “águias” e as “serpentes”. Estes depois de passarem por uma primeira fase de cooperação foram sujeitos a jogos e atividade de competitividade. O que se verificou é que existia grande conflito entre as pessoas pertencentes a diferentes grupos. 21
  22. 22. 2. RELAÇÕES DE REENCONTRO Momentos de descontinuidade no processo histórico das nações, momentos potencial ou efetivamente revolucionários que produzem transformações profundas, radicais, definindo um novo rumo político ao país. O Brasil já teve na sua história esses "momentos éticos" no século passado, do meio da década dos 70 até o final dos 80, com a abolição da escravatura que resultou na República; no século atual, o período que se iniciou em 1922, que produziu a Revolução de 30 e desdobrou-se no desenvolvimentismo dos 50. 22
  23. 23. Ética e política se completam nos momentos críticos. Esta conclusão se explicita com clareza e se verifica então que é pela política que se pode e se deve empreender a reconstrução da ética desestruturada. O conceito de ética obrigatoriamente abrange o interesse de cada um e de todos pelo destino nacional, e este interesse, os sentimentos e aspirações referidos, se define sob a forma de consensos, sob pena de tornar-se inviável a manutenção da fidelidade e por conseguinte da unidade nacional. 23
  24. 24. 3. DIALÉTICA DE ILUMINAÇÃO Nos dias de hoje, o confronto entre diferentes sistemas políticos e econômicos continua a ser colocado em termos da opção pelo socialismo ou pelo capitalismo. Há uma diferença nítida entre os valores que fundam uma e outra das éticas em confronto: a do socialismo sobre a justiça, a igualdade e a fraternidade, a do capitalismo sobre a utilidade dos resultados em termos de bem-estar material. 24
  25. 25. VALORES São características de uma determinada pessoa, que determinam a forma como a pessoa se comporta e se relaciona com as outras pessoas e coisas ao seu redor. Podemos afirmar que os valores humanos são valores morais, também considerados valores sociais e éticos, e constituem um conjunto de regras estabelecidas para uma convivência saudável dentro de uma sociedade. 25
  26. 26. VALORES DE UMA EMPRESA Uma empresa sustentável está alicerçada em valores como honestidade, responsabilidade social, integridade, inovação, sustentabilidade, transparência, inteligência, inspiração, flexibilidade. É muito importante que essas normas e princípios sejam passados dos superiores para os trabalhadores da empresa, de modo a que possam junto alcançar padrões mais elevados de sucesso e destaque. 26
  27. 27. FILOSOFIA DOS VALORES A filosofia dos valores consiste em uma teoria dos valores desenvolvida, entre outros, por H. Lotze, F. Brentano, A. von Meinong e H. Rickert no final do século XIX e princípio do século XX. 27
  28. 28. H. LOTZE Lotze procurou fundir o naturalismo positivista com o idealismo crítico diante um novo conceito dos valores, cuja característica essencial é ser válido. 28
  29. 29. CONDUTAS DE ÉTICA 1. Colocar os recipientes no qual o estudante recebeu a refeição nos locais apropriados os quais a diretoria informou aos alunos; 2. Tornar o ambiente escolar apropriado e incentivador, livre de discriminações, constrangimentos ou intolerâncias, assim usufruindo bem do local de aprendizagem; 3. Prestar atenção no que acontece em sala de aula e desenvolver atividades propostas; 4. Alunos devem também, manter um contato com a aula mesmo não estando presentes nas datas específicas, assim mantendo-se antenado e informado sobre a mesma; 5. Alunos tem como dever manter-se informado sobre o Boletim Escolar e demais informações sobre o seu processo educativo, bem como participar de avaliações periódicas, de maneira informal ou por 29 instrumentos oficiais de avaliação de rendimento;
  30. 30. 6. Manter-se informado sobre as decisões e modificações tomadas pelo CPM escolar, assim apoiando em organizações e promoções; 7. O aluno deve ser responsável por seus utensílios pessoais; 8. É dever de o estudante manter o patrimônio escolar (classes, cadeiras, livros, quadro, computadores em geral) preservado; 9. Não deve ser permitido que o aluno tenha acesso, circular ou permanecer em locais restritos do prédio escolas; 10. Não é permitido que os alunos fumem cigarros, charutos ou cachimbos dentro da escola; 11. Não deve ser permitido que o aluno exiba na internet conteúdos inadequados da escola, que violem as normas ou políticas oficialmente definidas pela Secretaria Estadual da Educação ou pela escola; 30
  31. 31. 12. Em caso de comportamentos inadequados, o aluno deve repensar atitudes e atos cometidos; 13. É dever de o aluno manter os pais informados sobre suas atividades escolares, da mesma maneira que deve manter a diretoria da escola informada sobra as decisões escolares toadas pela família; 14. É dever de o aluno manter o patrimônio escolar limpo para melhor aproveitamento e organização pessoal; 15. A escola deve possuir um contato virtual com os seus alunos, assim possuindo uma conta em alguma rede social ou algo similar do caso; 16. É obrigação de o aluno respeitar a Agenda Escolar determinada pelo grupo de funcionários, assim para os estudantes anotarem datas comemorativas e importantes (como provas), de forma repassando para as famílias, para as mesmas se fazerem 31 ativas na caminhada estudantil dos alunos;
  32. 32. 17. É regra e dever de extrema importância o aluno manter pontualidade, o mesmo é uma questão de respeito à coletividade e condição essencial para a organização e funcionamento de qualquer instituição. O (a) aluno (a) deverá cumprir o horário estipulado; 18. É de dever de o aluno demostrar interesse e dar sugestões em viagens e aulas práticas, sendo elas estudantis; 19. Os alunos devem cumprir um horário específico para um intervalo, assim o mesmo deve ser usufruído para que o(a) aluno(a) possa encontrar um momento de descontração, para se alimentar e utilizar os banheiro; 20. É dever de o aluno manter-se a par dos horários de funcionamento da Biblioteca, assim para que os estudantes mantenham-se informados no mundo Literários, não só como de livros educacionais, mas sim de livros aleatórios como românticos, poéticos, dramáticos, etc.; 32
  33. 33. MÚSICAS Cazuza – O tempo não para Gabriel Pensador – Pega Ladrão Gabriel Pensador – Mentiras do Brasil 33

×