1
Frederico Costa Guedes Pereira © 2000
Java: Sintaxe
Estrutura de uma aplicação
Tipos, variáveis, operadores e comandos
M...
2
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 7
Estrutura de uma aplicação
uContinuação da classe Cliente...
public String informeNome(){
...
3
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 13
Estrutura de uma aplicação
uClasses de aplicação:
ðSão aquelas por onde a execução do sis...
4
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 19
Palavras reservadas
abstract
boolean
break
byte
case
catch
char
class
const
continue
defa...
5
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 25
Conversão de tipos
uJava permite conversões entre inteiros (byte,
short, int, long), cara...
6
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 31
Operadores aritméticos
uSímbolos:
ðAdição: +
ðSubtração: -
ðMultiplicação: *
ðDivisão: /
...
7
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 37
Operador instanceof
uSintaxe:
ð(objeto ou array) instanceof nome_da_classe
ðRetorna true ...
8
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 43
Comando simples x bloco de comandos
uUm comando em Java pode ser um comando
simples ou um...
9
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 49
Comando while
uSintaxe: while ( expressão )
comando ou bloco;
uOnde:
ðexpressão: expressã...
10
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 55
Comando try-catch-finally
uSintaxe: try {
[comando;]1-n
} catch (Exceção e1) {
[comando;...
11
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 61
Comando continue
uExemplo:
...
for (int i=0; i<dados.length ;i++) {
if (dados[i] == VAZI...
12
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 67
Métodos
uExemplos de assinaturas de métodos:
ðpublic static void main(String[] args) {.....
13
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 73
Definição de pacotes
uA diretiva package define o pacote ao qual a
classe pertence
uDeve...
14
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 79
Definição de pacotes
uApenas diretórios que contêm diretórios base de
pacotes devem ser ...
15
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 85
Estrutura de um código fonte Java
uClasses de um mesmo pacote:
package figuras;
class Ci...
16
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 91
Arranjos
uArranjos literais:
ðNa declaração de uma referência:
int[] inteiros = {1, 2, 3...
17
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 97
Strings
uInterface da classe String
ðint indexOf(String s)
ðint indexOf(String s, int in...
18
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 103
String – Exemplo mais completo
public class NomeArquivo {
private String nomeCompleto;
...
19
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 109
Entrada e saída
uLendo da entrada padrão:
ðSystem.in.read()
uEscrevendo na saída padrão...
20
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 115
Classes da API de Java
ujava.util.Calendar
ðGuarda e manipula datas e horas
uAlguns mét...
21
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 121
Classes empacotadoras
uConversões tipos primitivos à String
De àà Para String
boolean S...
22
Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 127
Bibliografia
u Arnold, Ken e Gosling, James. Programando em
Java. Makron Books. 1997.
u...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Java sintaxe

241 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
241
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Java sintaxe

  1. 1. 1 Frederico Costa Guedes Pereira © 2000 Java: Sintaxe Estrutura de uma aplicação Tipos, variáveis, operadores e comandos Métodos e classes Arranjos, Strings e outras classes slides:jfsintaxe Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 2 Estrutura de uma aplicação uEm Java: ðDesenvolver uma aplicação consiste em escrever classes de objetos ðAs classes podem representar objetos reais do domínio da aplicação ou estruturas abstratas ðUma aplicação em execução consiste num conjunto de objetos, criados a partir das classes, trocando mensagens entre si ðSaber como fatorar a solução do problema em classes requer experiência e prática Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 3 Estrutura de uma aplicação uUma classe em Java é uma coleção identificada de variáveis (estado) e métodos (comportamento) que operam sobre essas variáveis. ðUnidade fundamental de programação em Java! uUma aplicação Java pode possuir dezenas, centenas ou até milhares de classes Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 4 Estrutura de uma aplicação uA classe é a menor unidade de código Java à não é possível escrever um programa Java sem construir uma classe! ðO compilador não reconhece fragmentos de código menores que uma classe ðA classe também é a unidade básica de execução de Java uA aplicação inicia a execução a partir de um método especial chamado main existente numa das classes (classe de aplicação) Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 5 Estrutura de uma aplicação u Estrutura de uma classe Java: class NomeDaClasse { declarações de variáveis membro; declarações de métodos() { declarações de variáveis locais; comandos; } } Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 6 Estrutura de uma aplicação uClasse que define um cliente num sistema de loja: public class Cliente { private String nome; private String endereco; private char sexo; public Cliente(String nome, String endereco) { this.nome = nome; this.endereco = endereco; } public void mudeNome(String novoNome) { this.nome = novoNome; } Variáveis membro estado comportamento Métodos Operadores
  2. 2. 2 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 7 Estrutura de uma aplicação uContinuação da classe Cliente... public String informeNome(){ return nome; } public String imprima() { String c = "Cliente "; c += "n - Nome: " + nome; c += "n - Endereco: " + endereco; c += "n - Sexo: " + sexo; System.out.println(c); } } Métodos Variável local a um método Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 8 Estrutura de uma aplicação uA classe ClienteCliente é salva no arquivo Cliente.java uA classe é compilada para produzir o arquivo de bytecodes chamado Cliente.class ðC: javac Cliente.java (à Cliente.class) uEm geral, cada arquivo .java contém a definição de uma classe pública uComo podemos usar a classe Cliente (isto é, onde podemos criar objetos desta classe)? Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 9 public class AplicacaoCliente { public static void main (String[] args){ Cliente a, b; a = new Cliente("Bart", "Springfield"); b = new Cliente("Cartman", "South Park"); System.out.println("Nome do cliente a ="+ a.informeNome()); b.imprima(); } } Estrutura de uma aplicação uClasse de aplicação: variáveis locais ao métodomain Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 10 Estrutura de uma aplicação uA classe AplicacaoClienteAplicacaoCliente é salva no arquivo AplicacaoCliente.java uA classe é compilada para produzir o arquivo de bytecodes chamado AplicacaoCliente.class ðC: javac AplicacaoCliente.java uA classe é executada com o interpretador Java: ðC: java AplicacaoCliente Nome da classe, sem a extensão .class! Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 11 uExemplo de execução em linha de comando: Estrutura de uma aplicação Y:projetos> javac AplicacaoCliente.java Y:projetos> java AplicacaoCliente Nome do cliente a =Bart Cliente - Nome: Cartman - Endereço: South Park -Sexo: • Y:projetos> _ Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 12 uExemplo de execução no BlueJ: Estrutura de uma aplicação Terminal
  3. 3. 3 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 13 Estrutura de uma aplicação uClasses de aplicação: ðSão aquelas por onde a execução do sistema inicia ðPossuem um método main com a seguinte assinatura: public static void main(String[] args) ðO interpretador Java só aceita executar classes que possuam o método main definido conforme acima uQualquer classe pode possuir um método main e ser classe de aplicação (embora não seja usual) ðEm geral, o main destas classes serve para testes Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 14 Estrutura de uma aplicação uElementos da linguagem, em ordem crescente de complexidade: ðCaracteres ðTipos de dados, valores literais, identificadores ðOperadores e expressões ðComandos ðMétodos ðClasses ðPacotes COMPLEXIDADE Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 15 Caracteres uUso do padrão Unicode: conjunto de caracteres de 16 bits ð65536 caracteres distintos! uCaracteres Unicode são gravados em arquivos usando um formato chamado UTF-8 uInserção de caracteres Unicode no código fonte: uxxxx ðu3c00 = π Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 16 Comentários uTrês tipos de comentários: ð// comentário de linha ð/* comentário de bloco */ ð/** Classe <b>Cliente</b> Comentário de bloco para o <i>javadoc</i> @author Frederico Costa */ Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 17 Identificadores uIdentificadores nomeiam variáveis (membro, locais, parâmetros, etc), métodos e classes uApenas os caracteres especiais "_" e "$" são permitidos, além de letras e números unicode uDevem iniciar por uma letra ou pelos símbolos _ ou $ (evite-os, pois o compilador os utiliza) ðMAIÚSCULAS ≠ minúsculas Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 18 Identificadores (estilo a ser adotado) uClasses: ðPrimeira letra de cada palavra maiúscula Ex: MinhaClasse, Pilha uMembros de uma classe e variáveis locais: ðPrimeira letra minúscula Ex: idade, marcaModelo, getCor(), getSalarioFinal(), i, cont, somaTotal uConstantes de classe (static final): ðTodas as letras maiúsculas Ex: PI, MAX_ALUNOS, MEDIA
  4. 4. 4 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 19 Palavras reservadas abstract boolean break byte case catch char class const continue default do double else extends false final finally float for goto assert if implements import instanceof int interface long native new null package private protected public return short static strictfp super switch synchronized this throw throws transient true try void volatile while Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 20 Tipos de Dados em Java uJava possui duas categorias de tipos de dados: uTipos primitivos: possuem representações definidas em termos de bytes ðAs variáveis destes tipos guardam valores dentro da faixa definida pelo tipo uTipos referenciáveis: contêm uma referência para os dados na memória, cujas representações são definidas pela classe do objeto ðAs variáveis destes tipos contém um ponteiro p/ objeto Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 21 Tipos primitivos Tipo Default Tamanho Domínio boolean false 1bit NA char u0000 16bits u0000 a uFFFF byte 0 8bits -128 a 127 short 0 16bits -32768 a 32767 int 0 32bits -2147483648a 2147483647 long 0 64bits -9223372036854775808 a 9223372036854775807 float 0.0f 32bits ±1.4E-45 a ±3.4028235E+38 double 0.0 64bits ± 4.9E-324 a ±1.797693134862E+308 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 22 Tipos primitivos uTipo boolean ðDois valores: true e false uTipo char ðValores delimitados por apóstrofos: char c = 'c' ðUso de literais unicode: char c = u0041 ðCaracteres especiais: b (backspace) t (tabulação) n (nova linha) r (return) ' (apóstrofos) " (aspas) Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 23 Tipos primitivos uTipos inteiros (byte, short, int, long) ðLiterais na base decimal: • 0, 1, 123, -23456 ðLiterais nas bases hexadecimal e octal: • 0xcafe //51966 em hexa • 0377 //255 em octal ðInteiros(32 bits) x inteiros longos (64bits) • 1234 • 1234L //long • 0xF34L //long em hexa Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 24 Tipos primitivos uTipos de ponto flutuante (float e double) ðLiterais: • 0.0, 1.0, .01, -3.5 ðNotação científica: • 1.2345E02 //1.2345 x 102 • 1e-6 //1 x 10-6 ðLiterais ponto-flutuante são sempre double! • 12.34 //double • 12.34f //float • 6.02e23F //float
  5. 5. 5 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 25 Conversão de tipos uJava permite conversões entre inteiros (byte, short, int, long), caractere (char) e pontos flutuantes (float e double) uO tipo boolean é o único primitivo que não é convertido em nenhum outro uTipos de conversão ðConversões ampliadoras (widening conversions) ðConversões redutoras (narrowing conversions) Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 26 Conversões ampliadoras uUm valor de um tipo é convertido para um tipo maior, isto é, um representado por mais bits uSão realizadas automaticamente uExemplos: int i = 20; float f = i; //20 convertido para float int i = ´A´; //65 convertido para int Math.sqrt(4); //4 convertido para double Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 27 Conversões redutoras uUm valor é convertido para um tipo com menos bits uNão são realizadas automaticamente uO programador deve confirmar a redução com um cast, do contrário o código não é compilado uExemplos: int i = 13; byte b = i; //Erro de compilação! b = (byte) i; //Ok! i = (int) 32.601; //i recebe 32 cast Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 28 Tipos de referência uAs variáveis são referências para objetos em memória uUma classe define um tipo referenciado uOs arranjos também são tipos referenciados Referência (variável) Objeto em memória Tipos referenciados serão abordados mais adiante Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 29 Operadores uOperadores aritméticos ðResultam num valor numérico (inteiro ou ponto flutuante) u Operadores de incremento e decremento ðResultam num valor numérico (inteiro ou ponto flutuante) uOperadores relacionais: comparam expressões ðResultam num valor booleano (true ou false) uOPeradores lógicos: compõem expressões lógicas ðProduzem um valor booleano Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 30 Operadores uOperadores de atribuição ðExecutam uma operação seguida de uma atribuição u Operador condicional ðCondiciona seu valor de retorno a uma expressão lógica uOperador instaceof: verifica se um objeto é instância de uma classe ðResulta num valor boolean uOperador new: instancia uma classe ðProduz um objeto da classe
  6. 6. 6 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 31 Operadores aritméticos uSímbolos: ðAdição: + ðSubtração: - ðMultiplicação: * ðDivisão: / ðResto da divisão inteira: % uExemplos: c = 7 % 3; //c receberá 1 x = 5 + 10 / 2; //x receberá 10 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 32 Operadores incremento/decremento uSímbolos: ðIncremento: ++ ðDecremento: -- ðO comportamento deste operador depende da posição relativa ao operando uExemplos: y=1; x=0; z=0; x = y++; //xßß 1 e yßß2 z = ++x; //zßß 2 e xßß2 c = 10; c++; //cßß 11 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 33 Operadores relacionais uSímbolos: ðMaior que, maior ou igual a: >, >= ðMenor que, menor ou igual a: <, <= ðIgual a: == ðDiferente de: != uExemplos: if ( c == 10 ) ... return x != null; Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 34 Operadores lógicos ou booleanos uSímbolos: ðAND: && (curto circuito) ou & ðOR: || (curto circuito) ou | ðNOT: ! ðXOR: ^ uExemplos: (c != 0) && (a > (x/c)) //ok (c != 0) & (a > (x/c)) //erro se c==0 !(a > b) Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 35 Operadores de atribuição uSímbolos: ðAritméticos+atribuição: +=, -=, *-, /= e %= ðEquivalem a uma soma entre o operando da direita e o operando da esquerda seguida por uma atribuição ðForma geral: var op= valor ↔ var = var op valor uExemplos: c += 5; //c = c + 5 a -= b; //a = a – b f %= (c+a); //f = f % (c+a) e += 1; // e++ ou e = e + 1 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 36 Operador condicional uSímbolo: ðOperador ternário: ?: ðEquivale a um comando de decisão que resulta num valor ðSintaxe: expr_booleana ? expressaoV : expressãoF uExemplos: j = (a>b)?a:b; a = (a != null) ? a : "<vazio>"; v = r>0 ? 10 : 10.5; //erro! a = (x<y)&&(z<y) ? y : ((x<z) ? z : x);
  7. 7. 7 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 37 Operador instanceof uSintaxe: ð(objeto ou array) instanceof nome_da_classe ðRetorna true se o objeto for instância da classe uExemplos: "string" instanceof String //true "" instanceof Object //true (H) null instanceof Object //false Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 38 Operador new uSintaxe: ðnew construtor_da_classe ðCria um objeto da classe especificada no construtor uExemplos: c = new Cliente("Bart", "Springfield"); linguagem = new String("Java"); venda.adicioneProduto(new Produto()); faixa = new int[] {1,2,3,4,5}; Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 39 Operadores u(P)recedência e (A)ssociatividade E E E E D D E A < <= > >= instanceof9 << >> <<<10 + - + (concatenação de strings)11 * / %12 new ( tipo )13 + - !14 . [ ] ( params ) ++ --15 OperadorP Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 40 Operadores p == p p != p r == r r != r (p=primitivo, r=referência)E8 D D E E E E E A = *= /= %= += -= <<= >>= >>>= &= ^= |=1 ?:2 ||3 &&4 | (bitwise) | (lógico)5 ^ (bitwise) ^ (lógico)6 & (bitwise) & (lógico)7 OperadorP Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 41 Estrutura de uma aplicação uElementos da linguagem, em ordem crescente de complexidade: ðCaracteres ðTipos de dados, valores literais, identificadores ðOperadores e expressões ðComandos ðMétodos ðClasses ðPacotes COMPLEXIDADE Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 42 Comandos uEstruturas de decisão: ðif-else e switch-case uEstruturas de repetição: ðfor, while e do-while uTratamento de exceções: ðthrow e try-catch-finally uDesvio de fluxo: ðbreak, continue e return
  8. 8. 8 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 43 Comando simples x bloco de comandos uUm comando em Java pode ser um comando simples ou um bloco de comandos uUm comando simples pode ser: uma expressão, um dos comandos anteriores ou uma ativação de método; uUm bloco de comandos é um conjunto de um ou mais comandos simples delimitados por "{" e "}" e separados entre si por ";". Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 44 Comando if-else uSintaxe: if ( expr_booleana ) comando simples ou bloco; else comando simples ou bloco; uExemplo: if (a>b) maior = a; else maior = b; if (n != 0){ c += n; n = 0; } else c++; Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 45 Comando switch-case uSintaxe: switch ( var_inteira ) { [case val: comando ou bloco; break;]1-n [default: comando ou bloco; break;]0-1 } uExemplo: switch (mes) { case 1: nome = "Janeiro"; break; case 2: nome = "Fevereiro"; break; case 3: nome = "Março"; break; case 4: nome = "Abril"; break; default: nome = "Mês inválido"; break; } (char | byte | short | int) Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 46 Comando for uSintaxe: for ( inic; teste; inc ) comando simples ou bloco; uOnde: ðinic: inicialização da variável contadora. A variável também pode ser declarada aqui. ðteste: expressão booleana que determina a parada ou continuação do laço ðinc: incremento da variável contadora ðInteressante à todas as três cláusulas são opcionais! Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 47 Comando for uExemplos: int i; for (i=0 ; i<10 ; i++) x += 5; //outra forma for (int i=0 ; i<10 ; i++) x += a[i]; //laço infinito for( ;; ) { if (x != null) break; else { ... } } i só pode ser usada no corpo do laço for Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 48 Comando for uExemplos: //mais de uma variável declaradas for (int i=0, j=10 ; i<10 ; i++, j--) soma += i*j; //não precisa ser uma contagem for (Node n = cabeca ; n!=null ; n=n.next()) System.out.println(n); //laço vazio (e possível erro de compilação) for (int i=0 ; i<10 ; i++); soma += i; ;
  9. 9. 9 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 49 Comando while uSintaxe: while ( expressão ) comando ou bloco; uOnde: ðexpressão: expressão que retorne um booleano • Se o valor fortrue, o corpo do laço é executado • Se for false, o laço é encerrado ðPode ser análogo a um for, desde que se acrescente uma operação de inicialização antes do comando Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 50 Comando while uExemplos: int c=0; while (c < 10) { System.out.println(c); c++; } //equivale a for (int c=0; c<10 ;c++) System.out.println(c); i só pode ser usada no corpo do laço for Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 51 Comando do-while uSintaxe: do comando ou bloco; while (expressão); uOnde: ðexpressão: expressão que retorne um booleano ðO laço do-while é executado pelo menos uma vez ðSó pára se a expressão for false (cuidado para não confundi-lo como repeat-until do Pascal) Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 52 Comando do-while uExemplos: //equivalente ao laço while do exemplo int c=0; do { System.out.println(c); c++; } while (c < 10); Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 53 Comando throw uSintaxe: throw exceção; uObservações: ðLançar uma exceção que indique um erro ou condição que impossibilite o prosseguimento da execução ðO método que possui este comando deve indicar na sua assinatura que pode lançar tal exceção, isto é feito com a cláusula throws ðUma exceção é um objeto cuja classe herda de Throwable Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 54 Comando throw uExemplo: /** Método que adiciona um produto à venda atualmente aberta de um caixa */ public void adicioneProduto(Produto item) throws VendaNaoAbertaException { //há venda aberta no caixa? if (vendaAtual == null) throw new VendaNaoAbertaException(this); vendaAtual.insereItem(item); }
  10. 10. 10 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 55 Comando try-catch-finally uSintaxe: try { [comando;]1-n } catch (Exceção e1) { [comando;]1-n } catch (OutraExceção e2) { [comando;]1-n } finally { [comando;]1-n } zero ou mais um ou zero Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 56 Comando try-catch-finally uMecanismo de tratamento de exceções de Java uA cláusula try define o trecho de código protegido uA cláusula catch (0 ou mais) trata um determinado tipo de exceção que possa ocorrer no try ðOs comandos só serão executados se a exceção ocorrer ðApenas um catch, dentre todos, é executado uA cláusula finally é opcional e é sempre executada uO uso de chaves faz parte do comando e não é opcional Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 57 Comando try-catch-finally uExemplo: public static void main(String[] args) { Caixa c = new Caixa(); Produto p; try { p = = new Produto("Celular", 600); c.adicioneProduto(p); } catch (VendaNaoAbertaException e) { //trata erro aqui... } } Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 58 Comando break uSintaxe: break; uObjetivo: ðFaz a execução saltar para o final de um dos comandos: while, do-while, for ou switch- case ðNo comando switch-case seu uso é necessário para evitar que a execução de uma cláusula case continue na seguinte Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 59 Comando break uExemplo: ... for (int i=0; i<dados.length ;i++) { if (dados[i] == procurado) { posicao = i; break; } } //a execução continua daqui ... Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 60 Comando continue uSintaxe: continue; uObjetivo: ðInterrompe a iteração atual do laço e inicia a próxima ðSó pode ser usado dentro de laços while, do- while e for • while: volta para o início do laço e testa a condição de parada para decidir se entra no laço ou não • do-while: vai para o final do laço, onde a condição de parada é testada para decidir se entra no laço ou não • for: volta para o início, executa o incremento e depois o teste
  11. 11. 11 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 61 Comando continue uExemplo: ... for (int i=0; i<dados.length ;i++) { if (dados[i] == VAZIO) continue; processe(dados[i]); } ... Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 62 Comando return uSintaxe: return; ou return expressão; uObjetivo: ðPára a execução do método corrente ðMétodos com tipo de retorno void pedem a primeira sintaxe do return ðMétodos que retornam dados pedem a segunda Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 63 Comando return uExemplos: String informeNome() { return this.nome; } public void insereProduto(Produto item) { if (item == null) return; itens.add(item); } Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 64 Métodos uColeção de comandos Java encapsulados por um nome: ðEm linguagens imperativas: funções, subrotinas e procedimentos uMétodos podem possuir zero ou mais parâmetros e podem conter declarações locais de variáveis uA invocação de um método é uma expressão Java ðExceção: métodos com retorno void não são expressões Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 65 Métodos uAssinatura de um método: ðNome do método ðTipo e nome de cada parâmetro ðTipo do valor retornado ðLista de exceções ðModificadores uSintaticamente: modif tipo nome (params)[throws exceções]{ corpo_do_método } Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 66 Métodos uNome do método: mesmas regras dos identificadores de variáveis uTipo de retorno: um tipo primitivo, um tipo referenciável, um array ou void. uParâmetros são separados por vírgulas e, quando não existirem, o nome do método vem seguido por '()' uA cláusula throws informa as exceções (erros) que o método pode lançar.
  12. 12. 12 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 67 Métodos uExemplos de assinaturas de métodos: ðpublic static void main(String[] args) {...} ðpublic final int indexOf(Object e, int s) {...} ðdouble distanciaDaOrigem() {...} ðstatic double raiz(double e) throws IllegalArgumentException {...} ðprotected abstract String readText(File f) throws FileNotFoundException, UnsupportedEncondingException{...} Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 68 Pacotes uColeção de classes e interfaces relacionadas com um espaço de proteção e de nomes comuns. ðIdentificar classes com características comuns. ðFacilidade para encontrar classes desejadas. ðNomes de classes num pacote não entram em conflito com nomes de classes de outros pacotes. ðFacilitar o acesso entre classes no mesmo pacote. Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 69 Pacotes uPacotes em Java possuem nomes compostos separados por "." (ponto) ðNomes de pacotes da plataforma começam por java, javax ou sun uExemplos de pacotes: ðjava.lang: pacote com várias classes fundamentais da linguagem Java, tais como, String, Math, etc. ðjava.util: pacote com classes utilitárias e estruturas de dados Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 70 Importação de pacotes e classes uDentro de um pacote pacote1 , uma classe A pode se referir a uma outra classe B apenas por seu nome simples uClasses de outro pacote pacote2 devem adicionar o nome do pacote pacote1 para utilizarem as classes A e B ðExemplo: pacote1.A a = new pacote1.A(); ðExemplo: java.io.File f; f = new java.io.File("abc.txt"); Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 71 Importação de pacotes e classes uA diretiva import dispensa o uso do nome qualificado de uma classe de outro pacote uDeve ser colocada depois da diretiva package uPode ser usada mais de uma vez uDisponível em duas formas: ðImportação de uma classe de um pacote ðImportação de todas as classes de um pacote O pacote java.lang é sempre importado automaticamente! Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 72 Importação de pacotes e classes uExemplos: import java.util.ArrayList; import java.util.Iterator; import java.io.*; //importa tudo import java.lang.*; //dispensável public class Cliente { ... }
  13. 13. 13 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 73 Definição de pacotes uA diretiva package define o pacote ao qual a classe pertence uDeve ser a primeira palavra reservada Java a aparecer em um arquivo uSintaxe: package nome_do_pacote; uPacotes devem ser rotulados com o nome de domínio invertido, para garantir unicidade global uExemplo: package br.nti.ufpb.contacad; Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 74 Definição de pacotes uCada arquivo fonte deve estar num diretório que reflita o nome do pacote package v3; public class Cliente { ... } v3 Cliente.java package v3; public class Produto { ... } v3.Produto v3Produto.java Produto.java Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 75 Definição de pacotes uOs bytecodes também exigem a mesma hierarquia: v3 Compilador Javapackage v3; public class Cliente { ... } package v3; public class Produto { ... } Cliente.class Produto.class Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 76 Definição de pacotes uO diretório base do pacote pode estar em qualquer ponto do sistema de arquivos. uExemplo: package v3; public class Produto { ... } loja Produto.java v3 C: pacote Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 77 Definição de pacotes uSugestão para organização do código: v3v3 fontes classes loja Cliente.class Produto.class Cliente.java Produto.java C: Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 78 Definição de pacotes uO compilador e o interpretador devem estar informados onde encontrar os arquivos fontes e de classes. uDefinindo um CLASSPATH: ðConjunto de diretórios que contêm pacotes onde o compilador e o interpretador devem procurar por arquivos fontes e bytecodes
  14. 14. 14 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 79 Definição de pacotes uApenas diretórios que contêm diretórios base de pacotes devem ser listados. uExemplo: ðc:lojafontes deve estar no classpath ðc:lojafontesv3 não deve! uDefinindo um classpath: ðSET CLASSPATH=c:lojafontes;c:lojaclasses • Inserido no arquivo AUTOEXEC.BAT ðDiretiva -classpath do compilador/interpretador Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 80 Definição de pacotes uExemplos: ðCompilando o código em linha de comando: ðExecutando uma classe: C:> javac –classpath c:lojafontes Cliente.java C:> _ C:> java –classpath c:lojaclasses Cliente C:> _ Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 81 Estrutura de um código fonte Java uArquivo: menor unidade compilável de Java uEstrutura: ð Uma diretiva package (opcional) ð Zero ou mais diretivas import ð Uma ou mais definições de classe uTodo comando Java deve estar contido dentro dos métodos das classes uTodo método deve aparecer dentro de alguma classe. Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 82 Estrutura de um código fonte Java uTodo arquivo Java deve conter no máximo uma classe com acesso public. uO nome do arquivo deve ser o mesmo de sua classe public com a extensão .java. uÉ boa prática de programação declarar apenas uma classe por arquivo, mesmo quando estas pertencerem a um mesmo pacote. Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 83 Estrutura de um código fonte Java CLASSE MÉTODOARQUIVO PACOTE COMANDO Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 84 Estrutura de um código fonte Java uSintaticamente: [package NomeDoPacote] {[import * ou Classe]} public class NomeDaClasse [extends Superclasse]{ Corpo da classe } class OutraClasse [extends Superclasse]{ Corpo da classe }
  15. 15. 15 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 85 Estrutura de um código fonte Java uClasses de um mesmo pacote: package figuras; class Circulo { corpo da classe... } package figuras; class Retangulo { corpo da classe... } package figuras; class Poligono { corpo da classe... } Circulo.java Retangulo.java Poligono.java Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 86 Arranjos e Strings Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 87 Arranjos uArranjos são objetos em Java! uArranjos devem ser declarados e depois instanciados. uExemplo: int[] inteiros; //declaração inteiros = new int[20]; //instanciação Ou: int[] inteiros = new int[20]; //2 em 1 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 88 Arranjos uSintaxe geral: tipo[ ] referência = new tipo[tamanho] uO tipo base de um arranjo pode ser primitivo ou de referência (objetos) uUma vez criados, não podem mudar de tamanho uSão indexados a partir do índice 0 (zero) uPossuem uma propriedade pública length que contém o tamanho do arranjo Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 89 Arranjos uTipo primitivo: int[] arrayDeInteiros = new int[10]; int arrayDeInteiros[] = new int[10]; uTipo referência: String[][] nomes = new String[2][3]; Produto[] vendas = new Produto[3]; Object coisas[] = new Object[10]; uA declaração acima só cria os arranjos, os objetos devem ser criados depois! Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 90 Arranjos vendas = null Cada caixinha é uma referência para um objeto Produto a ser criado!
  16. 16. 16 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 91 Arranjos uArranjos literais: ðNa declaração de uma referência: int[] inteiros = {1, 2, 3, 4, 5}; ðNa passagem de um valor literal: String r = abrirDialogo("Deseja sair?", new String[] {"Sim", "Não"}); uA inicialização é feita em tempo de execução! Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 92 Arranjos uPovoando um arranjo de referências: Produto[] vendas = new Produto[3]; vendas[0] = new Produto("Celular", 600); vendas[1] = new Produto("DVD", 700); vendas[2] = new Produto("Mesa", 100); System.out.println(vendas.length); uCada posição do arranjo é uma referência para um objeto da classe Produto Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 93 Arranjos vendas "Celular" 600.0 "DVD" 700.0 "Mesa" 100.0 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 94 Strings uStrings também são objetos em Java. uDevem ser declarados e instanciados. uExemplos: String linguagem; //declara... linguagem = new String(“Java”); //...instancia linguagem = “Java”; //mais prático! uConcatenação: “Java ” + “é a melhor” “2+2=” + 4 “Produto = ” + p //p é um Produto Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 95 Strings uInterface da classe String ðchar charAt(int pos) ðint compareTo(String s) ðint compareToIgnoreCase(String s) ðboolean endsWith(String s) ðboolean equals(String s) ðboolean equalsIgnoreCase(String s) ðint length() ðString substring(int ini) ðString substring(int ini, int fim) Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 96 Strings String s = new String("Java é a melhor"); s.charAt(3); // 'a' s.compareTo("Java é"); // 9 "Java é".compareTo(s); // –9 s.compareToIgnoreCase("java é a melhor"); // 0 s.equalsIgnoreCase("jAvA É a meLhoR"); // true s.length(); // 15 "Isto é um string".length(); // 16 s.substring(7); // "a melhor" s.substring(0,4); // "Java"
  17. 17. 17 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 97 Strings uInterface da classe String ðint indexOf(String s) ðint indexOf(String s, int ini) ðint indexOf(int ch) ðint indexOf(int ch, int ini) ðint lastIndexOf(String s) ðint lastIndexOf(String s, int ini) ðint lastIndexOf(int ch) ðint lastIndexOf(int ch, int ini) Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 98 Strings String s = new String("Java é a melhor"); s.indexOf("a "); // 3 s.indexOf("a ", 4); // 7 s.indexOf('e'); // 10 s.indexOf('é', 2); // 5 s.lastIndexOf("a "); // 7 s.lastIndexOf("a ", 6); // 3 "Nabucodonosor".lastIndexOf('o'); // 11 "Nabucodonosor".lastIndexOf('o', 7); // 7 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 99 Strings uInterface da classe String ðString toLowerCase() ðString toUpperCase() ðString trim() ðString replace(char c1, char c2) ðboolean startsWith(String s) ðboolean startsWith(String s, int desloc) ðchar[ ] toCharArray() ðboolean regionMatches(int d1, String s, int d2, int tam) Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 100 Strings String s = new String("Java é a melhor"); s.toLowerCase(); // "java é a melhor" s.toUpperCase(); // "JAVA É A MELHOR" " Joao Pessoa ".trim(); // "Joao Pessoa" s.replace('a','o'); // "Jovo é o melhor" s.startsWith("java"); // false s.startsWith("Java", 2); // false s.toCharArray(); // {'J'','a','v',..} s.regionMatches(9,"melhor",0,6); // true Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 101 String – Exemplo mais completo uConstruir uma classe que facilite a manipulação de nomes de arquivos no Windows/DOS ou Unix ðA classe deve guardar um nome completo de arquivo e permitir o acesso a cada uma de suas partes: • nome • caminho • extensão do arquivo Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 102 String – Exemplo mais completo uEsquematicamente: nomeCompleto separador nome() ? extensão() ? caminho() ? nome!
  18. 18. 18 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 103 String – Exemplo mais completo public class NomeArquivo { private String nomeCompleto; private char separador; // construtor da classe public NomeArquivo(String nome, char sep) { nomeCompleto = nome; separador = sep; } // método para retornar a extensão do arquivo public String extensao () { int ponto = nomeCompleto.lastIndexOf(‘.’); return nomeCompleto.substring(ponto + 1); } Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 104 String – Exemplo mais completo //Retorna o nome do arquivo public String nome() { int ponto = nomeCompleto.lastIndexOf(‘.’); int sep = nomeCompleto.lastIndexOf(separador); return nomeCompleto.substring(sep + 1, ponto); } // Retorna o caminho (path) do arquivo public String caminho() { int sep = nomeCompleto.lastIndexOf(separador); return nomeCompleto.substring(0, sep); } } // fim da classe NomeArquivo Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 105 String – Exemplo mais completo public class AplicacaoNomes { public static void main(String[] args) { NomeArquivo arq; arq = new NomeArquivo("c:tempteste.doc", ''); System.out.println("Extensao: " + arq.extensao()); System.out.println("Caminho:" + arq.caminho()); System.out.println("Nome:" + arq.nome()); } } // fim da classe AplicacaoNomes Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 106 Operações de entrada e saída Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 107 Entrada e saída uEncontram-se na classe System (java.lang) ðSystem.in e System.out uin é uma variável de classe do tipo InputStream ðEla referencia um objeto InputStream que representa a entrada padrão do sistema uout é uma variável de classe do tipo PrintStream ðEla referencia um objeto PrintStream que representa a saída padrão do sistema Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 108 Entrada e saída in out System um objeto PrintStreamum objeto InputStream
  19. 19. 19 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 109 Entrada e saída uLendo da entrada padrão: ðSystem.in.read() uEscrevendo na saída padrão: ðSystem.out.println(...) uAmbos são métodos enviados para os objetos referenciados por in e out. As classes InputStream e PrintStream implementam estes métodos. Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 110 Entrada e saída System.in ßß read() System.out ßß println("...") in out System Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 111 Entrada e saída uComo Java não foi projetada para produzir aplicações com interfaces baseadas em texto, a entrada (principalmente) e saída de dados é muito pouco prática (para não dizer inexistente!) uUtilizaremos uma classe não padrão chamada EasyIn para facilitar a entrada de dados das primeiras aplicações Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 112 Entrada e saída uInterface da classe EasyIn ðboolean readBoolean() ðbyte readByte() ðshort readShort() ðint readInt() ðboolean readLong() ðfloat readFloat() ðdouble readDouble() ðchar readChar() ðString readString() Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 113 Exemplo uExemplo de uso de EasyIn: public static void main(String args[]){ NomeArquivo meuArquivo; EasyIn in = new EasyIn (); PrintStream out = System .out; String nome; char sep; out.print ("Forneca um nome de arquivo completo:"); nome = in.readString(); out.print ("Forneca o separador utilizado:" ); sep = in. readChar (); nomeArquivo = new NomeArquivo(nome, sep); } Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 114 Classes da API de Java ujava.lang.StringBuffer ðStrings que podem ser alterados dinamicamente (mais eficientes que String) uAlguns métodos ðStringBuffer append(tipo dado) ðStringBuffer insert(int por, tipo dado) ðString toString() ðvoid setCharAt(int pos, char c)
  20. 20. 20 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 115 Classes da API de Java ujava.util.Calendar ðGuarda e manipula datas e horas uAlguns métodos ðCalendar getInstance() ðboolean after(Object data) ðboolean before(Object data) ðint add(int campo, int qtde) ðvoid get(int campo) ðvoid set(int campo, int valor) Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 116 Classes da API de Java ujava.util.Calendar ðGuarda e manipula datas e horas uConstantes (para usar em campo) ðCalendar.DAY_OF_MONTH ðCalendar.DAY_OF_WEEK ðCalendar.HOUR ðCalendar.MINUTE ðCalendar.MONTH ðetc. (veja API da classe Calendar) Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 117 Calendar uExemplo import java.util.Calendar; public class UsandoCalendar { public static void main(String[] args) { Calendar cal = Calendar.getInstance(); //data atual cal.add (Calendar.DAY_OF_WEEK, 2); System.out. println("Dia da semana: " + cal.get(Calendar .DAY_OF_WEEK)); System.out. println("Dia do mes : " + cal.get(Calendar .DAY_OF_MONTH)); System.out. println("Hora: " + cal.get(Calendar .HOUR)); } } Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 118 Classes encapsuladoras uClasses encapsuladoras ðByte, Integer, Long, Float, Double e Boolean ðPacote java.lang uPrincipais utilidades: ðEncapsular um valor primitivo na forma de um objeto ðUtilização de tipos primitivos em escopos exclusivos de tipos de referência ðConversões: String ó tipos primitivos Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 119 Classes empacotadoras uUtilização de tipos primitivos em escopos exclusivos de tipos de referência Object[] coisas = new Object[3]; coisas[0] = new NomeArquivo("teste.doc", ''); coisas[1] = new String("java"); coisas[2] = 3; NÃO PODE!!! 3 é um literal do tipo primitivo int ð Os elementos do arranjo só podem ser objetos da classe Object ou de quaisquer subclasses desta. Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 120 Classes empacotadoras uUtilização de tipos primitivos em escopos exclusivos de tipos de referência Object[] coisas = new Object[3]; coisas[0] = new NomeArquivo("teste.doc", ''); coisas[1] = new String("java"); coisas[2] = new Integer(3); //Ok! 3 3 Literal primitivo ANTES DEPOIS Objeto de Integer
  21. 21. 21 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 121 Classes empacotadoras uConversões tipos primitivos à String De àà Para String boolean String. valueOf(boolean) int String. valueOf(int), Integer .toString(int) long String. valueOf(long), Long.toString(long) float String. valueOf(float), Float.toString(float) double String. valueOf(double ),Double.toString (double) uConversões String à tipos primitivos De String para: boolean new Boolean (String s).booleanValue () int Integer .parseInt(String s, int base) long Long.parseLong(String s, int base) float Float.parseFloat(String s) double Double.parseDouble(String s) GERAM UMA EXCEÇÃO Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 122 Classes empacotadoras uClasse Integer ðConstantes • static final int MIN_VALUE, MAX_VALUE ðPrincipais métodos • Integer(String s) throws NumberFormatException • static int parseInt(String s) idem • static String toBinaryString(int i) • int intValue() • long longValue() • float floatValue() Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 123 Classes empacotadoras uClasse Boolean ðConstantes • static final Boolean FALSE; • static final Boolean TRUE; ðPrincipais métodos • Boolean (boolean b) • Boolean (String s) • boolean booleanValue() • static Boolean valueOf(String s) Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 124 Classes empacotadoras uClasse Float ðConstantes • static final float MIN_VALUE, MAX_VALUE • static final float NEGATIVE_INFINITY ðPrincipais métodos • Float (String s) throws NumberFormatException • Float (float f) • static float parseFloat(String s) throws NumberFormatException • static Float valueOf(String s) throws NumberFormatException • float floatValue() • static String toString(float f) Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 125 Classes empacotadoras uClasse Double ðConstantes • static final double MIN_VALUE, MAX_VALUE • static final double NEGATIVE_INFINITY ðPrincipais métodos • Double (String s) throws NumberFormatException • Double (double f) • static double parseDouble(String s) throws NumberFormatException • static Double valueOf(String s) throws NumberFormatException • double doubleValue() • static String toString(double f) Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 126 Classes empacotadoras uExemplos: class Conversao { public static void main(String[] args) { String numero; int inteiro; numero = new EasyIn().readString(); try { inteiro = Integer.parseInt(numero, 10); } catch (NumberFormatException nfe) { inteiro = 0; } for(int i=0; i<inteiro; i++) { //processa } } }
  22. 22. 22 Fred (C) 2003 Java: Sintaxe 127 Bibliografia u Arnold, Ken e Gosling, James. Programando em Java. Makron Books. 1997. u Campione, Mary e Walrath, Kathy. The Java Tutorial - Object Oriented Programming for the Internet. Addyson Wesley. 1996. u Deitel, H. M. e Deitel, P. J. Java - How To Program. Prentice Hall. 1997. u Flanagan, David. Java in a Nutshell. O’Reilly. 1999. u Ramon, Fábio. Java – Guia de Consulta Rápida. Novatec 1999.

×