O não e o empreendedor

575 visualizações

Publicada em

Apresentada no NOSQL (2 de Junho, 2012), faz um paralelo entre a habilidade de dizer não com o empreendedorismo. Provoca a platéia com idéias sobre o tema de startups e promove um feedback, e em grupo, do sistema de gerenciamento de eventos da Apimenti, que foi utilizada no próprio evento. Duração: 20min.

Publicada em: Negócios
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
575
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Uma das primeiras coisas que um bebe aprende a dizer é não.Em um momento, ela aprende a dizer sim. Para ser amada, ser querida, negociar.. E isto vai lhe causar um transtorno, se for brasileira.Se ela for chinesa, receber um não será algo humilhante.Mas se for americana, este não pode vir muito simples.Durante minha vida eu sempre tiverPq não é um tabu para uns povos e para outros nãoNOSQL = NotOnly
  • Situaçãonão =rejeição? Aíestá o problemaNósbrasileirostemosumadificuldade de dizer NÃO de maneiraexplícia=> PROBLEMA!! PROVOCA DESPERDÍCIO DE ENERGIA!Sim INSINCERO e talvez IMPROVÁVEL. Deixa o outro penduradonossodesejoQuandovocêdiz NÃO, podeser o caminhopara um simem outro lugar.Sabiaquerealmenteétabu?WillianUry, especialista de Harvard, defende a positividade do nãoNÃO éumaetapa do sim
  • DistinçãoPorexemplo: os EUA tem umacultura de baixocontexto.Lingugem verbal acomodatodo o sentido. Poristo, eles tem fama de seremdiretos, bruscos etc.Mas o NÃO foimuitoútilporlá. Na campanha contra as drogas e contra estruproemcampi de universidades, onde o sexoforçado entre conhecidosdesafiava a definiçãolegaldo crimeA china ouíndia, porexemplo, alto contexto o queéditopodesermUITOmenoimportante do que o conextohierarquicoou cultural queenvolve as palavrasBrasileiro, somoumaculturasinuosa, curvas das mulheres, niermayer, drilbes, jogo de sintura etc. Tudoistofaz a genteresistir a linhareta.Freud dizque o insconcienteéincapaz de reconhecer um não.
  • DistinçãoPorexemplo: os EUA tem umacultura de baixocontexto.Lingugem verbal acomodatodo o sentido. Poristo, eles tem fama de seremdiretos, bruscos etc.Mas o NÃO foimuitoútilporlá. Na campanha contra as drogas e contra estruproemcampi de universidades, onde o sexoforçado entre conhecidosdesafiava a definiçãolegaldo crimeA china ouíndia, porexemplo, alto contexto o queéditopodesermUITOmenoimportante do que o conextohierarquicoou cultural queenvolve as palavrasBrasileiro, somoumaculturasinuosa, curvas das mulheres, niermayer, drilbes, jogo de sintura etc. Tudoistofaz a genteresistir a linhareta.Freud dizque o insconcienteéincapaz de reconhecer um não.
  • Estáatrelada a um conhecimentoespecífico?Vocêajudaránaexecução?Entãopoucomais de ZERO!É parte pequena de um projetoDepois da execução, vcvêfazpoucadiferençaSucessooufracasso: ligado a comovcdesenvolveE naexperiênciaquevcofereceaousuárioO importanteéfazer. A idéiamudará.Inovaçãoétranspiração.Nãodeixesuasidéiasmorrer,Mas saiba se adaptar
  • Explicarboostrap: empresacomeçar a rodar com poucoounenhumdinheiroMetáfora: se levandarpelaalça da botaComece com algopequeno, mas gerealgum valor paraalguém (maisfácil de for paravc)Nãofaçapesquisa de mercado, coloca o produtomínimo no arÉmaisfácil de mudar de direção, aprender
  • <<TELA PRETA>>Qual o preço de um investidor?Para ondevai o dinheir? Para vc? Investiropagarcoisasaoredor, nemsemprepagapra VC.VcpodeficarpresoaocaraInvestidoresnãodãosódinheiro,TambémFazempoupar tempoAumentam networkPassamconhecimentosAngels, Venture Capital: vcsabequando e quemprocurar? E praquê? Principaisdiferenças
  • Tenha feedback de usuários DE VERDADESaia do laboratório, váfalar com as pessoasMomento de interação com platéia: ouvir feedback sobre o sistema de inscrição
  • O não e o empreendedor

    1. 1. Thiago ColaresNoSQL BA, Junho de 2012
    2. 2. Não. É assim que tudo começa.
    3. 3. Para os chineses, ouvir um não em público é humilhante
    4. 4. Contexto ≠ Conteúdo  Esta é a chave.
    5. 5. Empreender  É dizer muitos nãos.
    6. 6. 1: Qual o valor de uma idéia? Zero (ou bem próximo disso)
    7. 7. 2: Comece.Mas não tente ferver o oceano.
    8. 8. 3: Qual o preço de um investimento? E tem o momento certo.
    9. 9. 4: Ouça. Converse. Aprenda. Comece com menos (mas comece).
    10. 10. www.salvadorstartups.com.br
    11. 11. http://www.facebook.com/SWSalvador
    12. 12. http://www.slideshare.net/ThiagoChaves/ Obrigado! Thiago Colares, @thicolares, @apimenti

    ×