Plano de aula

21.715 visualizações

Publicada em

Para desenvolver com os alunos do ensino médio a prática da Matematica Financeira.
Um estudo sobre as capitalizações: simples e composta.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
21.715
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
146
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
321
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de aula

  1. 1. Plano de aula Thassiana Carvalho de Paula
  2. 2. <ul><li>Ensino Médio – 3º ano </li></ul><ul><li>Matemática Financeira </li></ul><ul><li>Tempo previsto: 50 min </li></ul><ul><li>Tema da aula: </li></ul><ul><li>Capitalização simples e composta </li></ul>
  3. 3. Objetivos operacionais <ul><li>Objetivo Geral: </li></ul><ul><li>Capacitar os alunos a desenvolver raciocínios adequados nas análises das transações financeiras e compreender suas aplicações no cotidiano, apresentando-lhes técnicas financeiras de avaliação que levam em conta o valor do dinheiro no tempo. </li></ul><ul><li>Objetivos Específicos: </li></ul><ul><li>Identificar e desenvolver problemas envolvendo os regimes de capitalização simples e composta; Diferenciar e interpretar a taxa efetiva de juros simples e composto. </li></ul>
  4. 4. Estrutura do conteúdo a ser trabalhado <ul><li>Conceitos básicos: Introdução - O valor do dinheiro no tempo, conceitos de capital, Juros e de Taxa de juros, capitalização, montante. </li></ul><ul><li>Regimes de Capitalização – Dedução de Fórmulas: </li></ul><ul><li>1. O Sistema de Capitalização Simples: Montante, Juros. </li></ul><ul><li>2. O Sistema de Capitalização Composta: Montante, Juros. </li></ul>
  5. 5. Metodologia <ul><li>Aula expositiva com dinâmica. </li></ul><ul><li>Lista de exercícios. </li></ul><ul><li>Trabalho utilizando o computador </li></ul><ul><li>As serão ministradas de maneira a levar o aluno a uma ação reflexiva para atingir os objetivos definidos para a disciplina. </li></ul>
  6. 6. Recursos didáticos <ul><li>Quadro, pincel, data show, laboratório de informática. </li></ul>
  7. 7. Procedimentos de fixação/avaliação <ul><li>Lista de exercícios </li></ul><ul><li>Aplicação do programa de computador </li></ul>
  8. 8. Referencias bibliográficas <ul><li>VIEIRA SOBRINHO, José Dutra. Matemática Financeira: Juros, Capital, Desconto. Ed. Atlas – São Paulo – 2000 </li></ul>
  9. 9. Entendendo um pouco sobre matemática financeira... <ul><li>A Matemática Financeira possui diversas aplicações no atual sistema econômico, algumas situações estão presentes no cotidiano das pessoas , como financiamentos de casa e carros, realizações de empréstimos, compras a crediário ou com cartão de crédito, aplicações financeiras, investimentos em bolsas de valores, entre outras situações. </li></ul><ul><li>Todas as movimentações financeiras são baseadas na estipulação prévia de taxas de juros. Ao realizarmos um empréstimo a forma de pagamento é feita através de prestações mensais acrescidas de juros, isto é, o valor de quitação do empréstimo é superior ao valor inicial do empréstimo, a essa diferença damos o nome de juros. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>O conceito de juros surgiu no momento em que o homem percebeu a existência de uma afinidade entre o dinheiro e o tempo. As situações de acúmulo de capital e desvalorização monetária davam a idéia de juros, pois isso acontecia devido ao valor momentâneo do dinheiro. </li></ul>
  11. 11. Conceitos <ul><li>CAPITAL: </li></ul><ul><li>Que originou a transação ou qualquer valor expresso em moeda que uma pessoa concorda em ceder a outro, temporariamente, geralmente cobrando juros . </li></ul><ul><li>O Capital é o valor aplicado através de alguma operação financeira . Também conhecido como: Principal, Valor Atual, Valor Presente ou Valor Aplicado . </li></ul>
  12. 12. <ul><li>PERÍODO DE TEMPO </li></ul><ul><li>Toda transação financeira deve necessariamente prever quando (datas de início e do término da operação) e por quanto tempo (duração da operação) se dará a cessão (o empréstimo ) do capital . Este prazo deve estar expresso em determinada unidade de tempo (que pode ser: dia , mês , bimestre , trimestre , semestre , ano , etc.). </li></ul><ul><li>Exemplo: O investidor emprestou durante 3 anos o capital ao tomador. </li></ul><ul><li>TAXA DE JUROS: </li></ul><ul><li>Taxa de juro é o valor do juro expresso como percentagem de determinado capital. A taxa de juro pode ser representada de duas formas: </li></ul><ul><li>Forma Percentual: 5%; 1,25%; 0,04%. </li></ul>
  13. 13. <ul><ul><li>MONTANTE: </li></ul></ul><ul><ul><li>Montante é o valor emprestado ao tomador acrescido dos juros cobrados. Dessa forma, se é emprestado R$ 1.000,00 com juros de R$ 300,00, o montante é de R$1.300,00 </li></ul></ul>
  14. 14. <ul><li>JUROS </li></ul><ul><li>Juro é uma remuneração ou taxa cobrada sobre algum recurso emprestado. Ele pode ser cobrado de duas formas: simples e composto. </li></ul><ul><li>JURO SIMPLES </li></ul><ul><li>Os juros são sempre calculados sobre o valor inicial da transação, não importando o montante final e o período. </li></ul><ul><li>A formula para juros simples é: J = C x i x t </li></ul>
  15. 15. <ul><li>JURO COMPOSTO </li></ul><ul><li>Os juros de cada período de tempo é calculado sobre o saldo no início do período anterior. Ou seja:os juros de cada intervalo de tempo é incorporado ao capital inicial e passa a render juros também. </li></ul>

×