Behaviorismo clássico e teóricos

6.082 visualizações

Publicada em

behaviorismo clássico

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.082
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
271
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Behaviorismo clássico e teóricos

  1. 1. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM 3º PERÍODO BEHAVIORISMO FUNESO 2014
  2. 2. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  3. 3. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM ● ● O termo Behaviorismo foi utilizado inicialmente em 1913 em um artigo denominado “Psicologia: como os behavioristas a vêem” por John Broadus Watson. "Behavior" significa "comportamento", e ele definiu como: "Um ramo experimental e puramente objetivo da ciência natural. A sua meta é a previsão e controle do comportamento...". Ele postulava o comportamento como objeto da Psicologia. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  4. 4. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM “O behaviorismo é uma doutrina que entende a psicologia como ciência do comportamento e não da mente. Nessa perspectiva, o comportamento é explicado sem referência a eventos mentais, pois estes podem ser traduzidos em conceitos comportamentais.” (Graham) BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  5. 5. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM John Broadus Watson (1878-1958) é considerado o pai do behaviorismo, mas é necessário que se diga que antes dele, dois pesquisadores deram os primeiros passos dessa abordagem: primeiro o americano Edward Lee Thorndike (1874-1949) e depois o russo Ivan Petrovich Pavlov (1849-1936). BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  6. 6. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Thorndike Pavlov Watson BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  7. 7. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM O Behaviorismo Clássico apresenta a Psicologia como um ramo puramente objetivo e experimental das ciências naturais. A finalidade da Psicologia seria, então, prever e controlar o comportamento de todo e qualquer indivíduo. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  8. 8. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM O Behaviorismo Clássico partia do princípio de que o comportamento era modelado pelo paradigma de estímulo e resposta conhecido como condicionamento clássico. Em outras palavras, para o Behaviorista Clássico, um comportamento é sempre uma resposta a um estímulo específico. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  9. 9. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM John Broadus Watson BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  10. 10. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Watson tinha como propósito a objetividade científica e o estudo dos comportamentos observáveis e que pudessem ser descritos através do conceito de estímulo e resposta, o que indica a semelhança com os experimentos da psicologia animal, ramo em que ele preferia fazer seus experimentos. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  11. 11. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Watson afirmou que não há limite para o efeito do ambiente sobre a natureza humana. Sob a influência do positivismo, rejeita a consciência e o subjetivismo e considera que a matéria de interesse da psicologia é o comportamento humano, defendendo, a pesquisa experimental. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  12. 12. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Watson considera ilógica qualquer tipo de introspecção e propõe, por analogia com a medicina, a química e a física, a abolição do vocabulário científico de termos; tais como “sensação, percepção, imagem, desejo, propósito, e até pensamento e emoção conquanto definidos de forma subjetiva”. O behaviorismo, na concepção de Watson, se limita a formular leis sobre os fenômenos observáveis – os comportamentos. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  13. 13. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  14. 14. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Trecho de publicação realizada por Watson no “Psychological Review”, número 20, pág. 158177, 1913, sob o título “Psychology as the behaviorist views it” (Psicologia através da ótica comportamentista). BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  15. 15. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM “A psicologia, tal como a interpreta o comportamentista, é um ramo puramente objetivo e experimental da ciência natural. Seu objetivo teórico é a predição e o controle do comportamento. A introspecção não é parte essencial de seus métodos, nem o valor científico de seus dados depende da facilidade com que podem ser interpretados através da consciência.” BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  16. 16. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM “O comportamentismo, em seu esforço para conseguir um esquema unitário da resposta animal, não reconhece linha divisória entre o homem e os animais irracionais. O comportamento do homem, com todo o seu refinamento e toda a sua complexidade, constitui apenas uma parte do esquema total de pesquisa do comportamentista.” BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  17. 17. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Experimento do Pequeno Albert BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  18. 18. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM O Experimento do Pequeno Albert foi um controverso experimento conduzido por John B. Watson e sua aluna de doutorado, Rosalie Rayner, em 1920, na Universidade Johns Hopkins, para demonstrar o funcionamento do condicionamento clássico em seres humanos. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  19. 19. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM No experimento de Watson, ele implanta uma fobia em um bebê, associando um estímulo inicialmente neutro (animais peludos) a um estímulo aversivo (som alto). A apresentação simultânea dos dois estímulos, por diversas vezes, fez com que o bebê desenvolvesse o medo de animais peludos. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  20. 20. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM O Experimento do Pequeno Albert Vídeo BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  21. 21. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM “Fundamentalmente, meu desejo em todo esse trabalho é obter conhecimento preciso dos ajustamentos e dos estímulos que os provocam. Minha razão geral para isso é conhecer os métodos gerais e particulares pelos quais se possa controlar o comportamento.” BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  22. 22. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Ivan Petrovich Pavlov BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  23. 23. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM A teoria behaviorista também é chamada de comportamentalismo ou condutismo. A postulação de Watson decorreu em função dos estudos experimentais sobre o comportamento de reflexo efetuados por Ivan Pavlov e dava à psicologia a consistência que os psicólogos da época vinham buscando, ou seja, a Psicologia tinha um objeto mensurável e observável para estudar e os experimentos poderiam ser reproduzidos em diferentes sujeitos e condições. Tais possibilidades foram importantes para que a Psicologia alcançasse o status de ciência. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  24. 24. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Pavlov formulou sua teoria do reflexo no início do século XX. Sua hipótese fundamental tem três aspectos indissociáveis: 1 - A espécie animal responde aos estímulos do ambiente de forma incondicionada; 2 - É possível condicionar a resposta a partir de estímulos neutros, modificando o comportamento incondicionado; 3 - Os estímulos neutros passam a ser estímulos condicionados. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  25. 25. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM A idéia básica do condicionamento clássico consiste em que algumas respostas comportamentais são reflexos incondicionados, ou seja, são inatas em vez de aprendidas, enquanto que outras são reflexos condicionados, aprendidos através do emparelhamento com situações agradáveis ou aversivas simultâneas ou imediatamente posteriores. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  26. 26. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Através da repetição consistente desses emparelhamentos é possível criar ou remover respostas fisiológicas e psicológicas em seres humanos e animais. Essa descoberta abriu caminho para o desenvolvimento da reflexologia e psicologia comportamental e mostrou ter ampla aplicação prática, inclusive no tratamento de fobias e nos anúncios publicitários entre outras aplicações da medicina e ciências cognitivas. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  27. 27. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM O Experimento do Cão de Pavlov BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  28. 28. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM O experimento que elucidou a existência do condicionamento clássico envolveu a salivação condicionada de cães. Estudando a ação de enzimas no estômago dos animais, interessou-se pela salivação que surgia nos cães sem a presença da comida. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  29. 29. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Pavlov queria elucidar como os reflexos condicionados eram adquiridos. Cachorros naturalmente salivam por comida; assim, Pavlov chamou a correlação entre o estímulo nãocondicionado (comida) e a resposta nãocondicionada (salivação) de reflexo nãocondicionado. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  30. 30. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Todavia, ele previu que se um estímulo particular sonoro estivesse presente para os cães quando estes fossem apresentados à comida, então esse estímulo pode se tornar associado com a comida, causando a salivação. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  31. 31. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Anteriormente o estímulo sonoro era um estímulo neutro, visto que não estava associado com a apresentação da comida. A partir do momento em que há o pareamento de estimulações (entre som e comida), o estímulo deixa de ser neutro e passa a ser condicionado. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  32. 32. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Os animais do experimento estavam imobilizados a única resposta possível e observável era a salivação. No decorrer de uma experiência sobre os reflexos digestivos, Pavlov descobriu que para além dos reflexos inatos, se podem desenvolver nos animais e nos seres humanos reflexos aprendidos. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  33. 33. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Pavlov verifica que o cão salivava não só quando via o alimento (reflexo inato), mas também perante outros sinais a ele associados, como os passos do tratador ou o som de uma campainha (reflexos aprendidos ou Condicionados, como no exemplo do cão, toda vez que tocasse a campainha, o cão receberia um pedaço de carne, daí a associação). BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  34. 34. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  35. 35. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM O Experimento do Cão de Pavlov VÍDEO BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  36. 36. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Pavlov considerou que a Psicologia deveria tomar a designação de Reflexologia pois, segundo a sua perspectiva, os reflexos, inatos e condicionados, seriam o fundamento das respostas dos indivíduos aos estímulos provenientes do meio. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  37. 37. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Seus trabalhos representaram um grande passo na constituição da psicologia experimental objectiva. É também com Pavlov que a Psicologia se direciona decisivamente para o estudo do comportamento humano e animal. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  38. 38. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Ele foi premiado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1904, por suas descobertas sobre os processos digestivos de animais. BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  39. 39. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Fontes: ● http://pt.wikipedia.org ● http://www.ufrgs.br/psicoeduc/behaviorismo BEHAVIORISMO CLÁSSICO
  40. 40. PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM THALES ROCHA LULA PEREIRA GINALDO FÁTIMA SELMA BEHAVIORISMO CLÁSSICO

×