Livro Oração, a Chave para Uma Vida de Poder - Hernandes Dias Lopes

1.770 visualizações

Publicada em

A vida de Jesus é retratada por diversos pontos de vista pelos quatro evangelistas, Mateus, Marcos, Lucas e João.

Mas é Lucas quem retrata, de maneira particular, a vida de oração de Jesus e a partir desses relatos, Hernandes Dias Lopes apresenta, neste livreto, oito princípios sobre oração.

Precisamos aprender com Jesus para que tenhamos, também, uma vida abundante de oração.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.770
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
248
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
164
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Livro Oração, a Chave para Uma Vida de Poder - Hernandes Dias Lopes

  1. 1. PARAVOCÊ MENSAGENS SERIE HERNANDES DIAS LOPES ORAÇÃO, A CHAVE PARA UMA VIDA DE PODER
  2. 2. ISBN 978-85-63563-21-7 © 2011 Hernandes Dias Lopes Preparação Rosa Maria Ferreira Revisão Raquel Fleishner João Guimarães Capa Maquinaria Studio Diagramação Sandra Oliveira Editor Juan Carlos Martinez 1a edição - Julho - 2011 2a edição - Outubro - 2013 Coordenador de produção Mauro W. Terrengui Impressão e acabamento Imprensa da fé Todos os direitos desta edição reservados para: Editora Hagnos Av. Jacinto Júlio, 27 04815-160 - São Paulo - SP Tel/Fax: (11) 5668-5668 hagnos@hagnos.com.br www.hagnos.com.br
  3. 3. Oração, a chave para uma vida de poder E aconteceu que, ao ser todo o povo batizado, também o foi Jesus; e, estando ele a orar, o céu se abriu, e o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea como pomba; e ouviu-se uma voz do céu: Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo (Lc 3.21,22). Oração, a chave para uma vida de poder l 3
  4. 4. 4 l Oração, a chave para uma vida de poder A igreja aprende a orar com Jesus Vamos falar sobre oração, a chave para uma vida de poder, olhando a vida de oração de Jesus. O evangelista Lucas, dentre os evangelhos sinópticos, distingue-se dos outros autores. E por algumas razões muito claras. Primeiro, porque Lucas é o único escritor gentio do Novo Testamento. Homem de formação superior, ele era médico e historiador. Os livros que escreveu, tanto o evangelho de Lucas quanto Atos, ele mesmo diz, foram fruto de uma pesquisa
  5. 5. exaustiva sobre a vida de Jesus e a vida da igreja. Além de tudo, Lucas era também um viajante, o que é facilmente perceptível na leitura de Atos. Vemos que ele acompa- nha Paulo em suas viagens à Europa, à Ásia Menor e também a Roma. Dos evangelistas, o que mais enfatiza a obra do Espírito Santo no Novo Testamento é Lucas. Ele mostra que tudo na vida de Jesus, desde sua concepção, batismo, preparação para a tentação e início do seu ministério, realizou-se na força e na unção do Espírito Santo. No A igreja aprende a orar com Jesus l 5
  6. 6. 6 l Oração, a chave para uma vida de poder livro de Atos, ele diz que Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo para andar por toda parte fazendo o bem e libertando os oprimidos do diabo. Ao mesmo tempo, Lucas é o evangelista que mais fala da vida de oração de Jesus. Por que será que as duas coisas andam juntas? Vida de domínio e direção do Espírito Santo e também vida de oração? Porque percebemos que, para que haja manifestação do Espírito, é necessário que haja vida de oração. Ora, por que Lucas, exatamente Lucas, é quem vai dar ênfase ao ministério
  7. 7. de oração de Jesus? Em Marcos e Mateus encontramos Jesus orando apenas quatro vezes. E por que exatamente um gentio, que não se relacionou nem conviveu com Jesus, é quem dá essa ênfase ao ministério de oração dele? Por quê? Como historiador que era, Lucas olhou para a igreja apos- tólica, para a igreja primitiva, e descobriu que ela orava intensa- mente. A vida da igreja era uma vida de oração. Ela vivia intensa- mente na presença de Deus. Pos- sivelmente, em certo momento, chegou ao coração de Lucas uma A igreja aprende a orar com Jesus l 7
  8. 8. 8 l Oração, a chave para uma vida de poder interrogação: com quem essa igreja aprendeu a orar? Por que essa igreja ora com tanta inten- sidade? Será que ela orou mais que o seu Senhor, o seu Salvador, Jesus Cristo? Foi essa interrogação presente no coração de Lucas que o levou a fazer uma pesquisa exaustiva sobre o ministério de oração de Jesus. Então, ele descobre que Jesus Cristo teve uma vida intensa e profunda de oração. Se você fizer uma contagem do número de vezes em que Jesus aparece orando no livro de Lucas, vai encontrar lá nada menos do
  9. 9. que onze ocasiões. Ele orou no batismo, orou quando a multidão o procurou, orou a noite inteira para escolher os apóstolos, orou para que seus discípulos o conhecessem como Filho de Deus, orou também no monte da Transfiguração, orou quando seus discípulos foram pedir que ele os ensinasse a orar e outra vez orou em agonia intensa no jardim do Getsêmani, inclusive por Pedro, instando seus discípulos a também orar para não cairem em tentação. A igreja aprende a orar com Jesus l 9

×