Jane Evelyn Atwood- Por Taini Ribeiro

226 visualizações

Publicada em

O trabalho é sobre um pouco da vida de Jane Evelyn Atwood, uma fotografa de Nova York que vive em Paris desde 1971.

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
226
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jane Evelyn Atwood- Por Taini Ribeiro

  1. 1. Jane Evelyn Atwood Nome: Taini Ribeiro Prof. : Fernando Pires Iluminação 2014/2 Fotografia/ Ulbra
  2. 2. • Jane Evelyn Atwood nasceu em 1947 em Nova York mas vive em paris desde 1971. • Atwood se define mais como um fotógrafa de projetos, em vez de uma fotojornalista. • Atwood teve acesso a mais de 40 prisões, incluindo as prisões mais difíceis na Europa Ocidental e Oriental e nos Estados Unidos e também o corredor da morte. • É autora de dez livros: entre eles seu primeiro livro Nächtlicher Alltag, sobre prostitutas parisienses lançado em 1980. • Outros temas incluem prostitutas em Paris ("Rue des lombardos", seu primeiro projeto), crianças cegas, Darfur e Haiti. Ela também fez um estudo de vítimas de minas terrestres no Camboja, Angola, Kosovo, Moçambique e no Afeganistão de quatro anos.
  3. 3. Algumas Premiações • 1980 - Primeiro W. Eugene Smith Grant. • 1997 - Oskar Barnack Award, Leica Camera. • 2000 - France Info Prêmio Radio para o livro, "Trop de Peines, femmes en prisão." • 2003 - Erna e Victor Hasselblad Foundation Grant. • 2013 - Trophée d'Honneur apresentado pela SAIF (Society of Visuel Artes e Autores imagem estática), França.t Alguns Livros • 1980 - Nächtlicher Alltag (Diário Noite) - Mahnert Lueg Verlag, Munique, Alemanha • 2000 - Muito tempo, mulheres na prisão - Phaidon Press, Ltd., Londres, Inglaterra. Trop de Peines, Femmes en Prisão - Éditions Albin Michel, Paris, França. • 2008 - Haiti - Actes Sud, Arles, França. Badate - Silvana Editoriale, Milão, Itália. • 2011 - Rue des lombardos - Éditions Xavier Barral, Paris, França.
  4. 4. ”As cicatrizes não são o resultado de tentativas de suicídio genuínos, mas de automutilação regulares”
  5. 5. Auto Retrato
  6. 6. Referencias • http://le-parisien-libere. blogs.nouvelobs.com/archive/2011/09/ 30/jane-evelyn-atwood-revient-rue-des-lombards. html • http://www.janeevelynatwood.com/bio/fram es/bioFS.html

×