Empreendedorismo no mundo:Será a UE diferente dos outrosPlayers Mundiais?                                 „Think...‟ nº 4–...
O que é o empreendedorismo? Será um conceito económico? Um valor? Ou mesmo uma forma devida? E será o incentivo a mais emp...
Jovens Europeus: interesse limitado em iniciar um negócio?                                                           Q14. ...
Empreendedorismo: ajudar a UE a tornar-se numa economia inteligente, sustentável einclusiva.                              ...
Planos precisos para o CrescimentoEmpresas                                                      Governos   A participação...
Insights precisos para o crescimento europeuSobre o Eurobarómetro                                     Mais informaçõesEstu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Empreedorismo no mundo. A UE é diferente do resto do mundo

353 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
353
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Empreedorismo no mundo. A UE é diferente do resto do mundo

  1. 1. Empreendedorismo no mundo:Será a UE diferente dos outrosPlayers Mundiais? „Think...‟ nº 4– Novembro 2012 © TNS 2012 1
  2. 2. O que é o empreendedorismo? Será um conceito económico? Um valor? Ou mesmo uma forma devida? E será o incentivo a mais empreendedorismo, mais inovação e a mais pessoas criarem os seusnegócios, uma solução para a crise económica na Europa?Growth Insight Para cada um destes valores, por favor diga se estão melhor incorporadosQuando dada a opção de escolher de uma pela UE, por outros países (ou grupos de países) no mundo ou por ambos?lista de diferentes valores (como apresentadono gráfico), os Europeus afirmam que o„empreendedorismo‟ é o valor menosincorporado nas pessoas da UE, comparando Liberdade de opiniãocom outros países no mundo. Parece claroque o empreendedorismo não é percebidocomo uma característica típica dos cidadãos Pazda UE. União EuropeiaEsta perceção está em crescimento: Outros paísesenquanto que a proporção de Europeus que no mundo Tolerância e Abertura ao próximopensa que o „empreendedorismo‟ é mais Ambosincorporado pela UE aumentou ligeiramentedesde 2007 (de 28% para 32%), aqueles que Não sabe Empreendedorismopensam que está mais incorporado pelosoutros países no mundo aumentousurpreendentemente (de 18% para 30%). „Think ...‟ lições para as empresas:Enquanto que a UE é claramente considerada Os Europeus não acreditam que os cidadãos e os negócioscomo estando à frente de outros países no da UE sejam suficientemente empreendedores ouque respeita à representação de valores inovadores . Publicitar o seu „empreendedorismo‟, „inovação‟como: a „liberdade de opinião‟, „paz‟, ou e credenciais „R&D‟ irão tornar a sua empresa ou marca„tolerância „ e „abertura ao próximo”, os mais atrativas do que as de economias concorrentes e podeEuropeus acreditam que a UE fica para trás ajudar ao crescimento.quando se trata de empreendedorismo. „Think...‟ nº 4– Novembro 2012 Fonte: Eurobarómetro Especial (EB), Futuro da Europa, para a Comissão Europeia, EB76.4, Dezembro de 2011, conduzido pela TNS. © TNS 2012 2
  3. 3. Jovens Europeus: interesse limitado em iniciar um negócio? Q14. O que espera alcançar nos próximos 15 anos? Resposta: Começar uma empresa própriaGrowth InsightQuando perguntámos aos jovens Europeusquais as três coisas que gostariam dealcançar nos próximos 15 anos, os Europeus,com idades compreendidas entre os 15 e os29 anos, demonstraram apenas um pequenointeresse em formar uma empresa própria:apenas 8% respondeu desta forma naAlemanha; 13% em França, 17% na Suécia,Finlândia e Reino Unido, e 18% em Itália.Curiosamente, nas „antigas‟ potênciaseconómicas, a situação parece similar: criarum negócio próprio não é uma prioridadepara os jovens nos EUA (14%) – para ondefoi o sonho Americano? E na Austrália (18%)ou no Japão (9%).No entanto, em Espanha, onde a taxa dedesemprego é a mais elevada na Europa,verifica-se um interesse um pouco mais fortena criação de um novo negócio por parte dos „Think ...‟ lições para os governos:jovens (em 22%). Isto poderá ser percebido Os governos Europeus devem concentrar-se em tentar alterar as atitudes epelos jovens Espanhóis como a única forma crenças dos jovens relativamente a iniciar um negócio. Economias emergentes ede garantir um emprego, tendo em conta o desenvolvidas têm, sem qualquer dúvida, beneficiado de um crescimento rápido,nível de desemprego dos jovens. uma vez que os seus jovens estão mais dispostos a iniciar um negócio. A educação é aqui um fator chave. Contar histórias em torno de modelos bem sucedidos de negócio poderá ajudar a convencer os jovens Europeus a serem mais empreendedores. „Think...‟ nº 4– Novembro 2012 Fonte: Inquérito ScenaRio: Juventude e desenvolvimento sustentável, para Fondapol, Fevereiro-Abril 2012, conduzido pela TNS. © TNS 2012 3
  4. 4. Empreendedorismo: ajudar a UE a tornar-se numa economia inteligente, sustentável einclusiva. QB1.5. Para cada uma das seguintes iniciativas, diga-me por favor o quão importante pensa que são para a UE sair da atual crise económica e financeira e se preparar para a próxima década. Por favor utilize uma escala de 1 a 10, em que “1” significa que pensa que aGrowth Insight iniciativa “não é assim tão importante” e “10” que significa que “é muito importante”A união Europeia decidiu enfrentar as lacunas deempreendedorismo entre a UE e outros países.“Ajudar a base industrial da UE a ser maiscompetitiva através da promoção doempreendedorismo e pelo desenvolvimento de novascompetências‟” é uma das sete iniciativasemblemáticas da „Estratégia Europa 2020‟ promovidapela UE, que visa ajudar a promover o crescimento ea enfrentar os desafios do „novo mundo‟.Esta iniciativa tem um esmagador apoio da opiniãopública, que tem aumentado: 70% dos Europeusagora dizem que é “importante”, e 20%“razoavelmente importante”. Os Europeus estão bemcientes da lacuna de empreendedorismo entre a UE eos seus concorrentes. Como se pode ver no gráfico,„promover o empreendedorismo‟ é visto como umaimportante forma de sair da atual crise financeira. Total Total „Importante‟ Total „Não é importante‟ Não Sabe „Razoavelmente importante‟ (7-10) (1-4) (5-6)„Think ...‟ lições para as empresas: As medidas tomadas para incentivar os empreendedoresPromover o empreendedorismo não é apenas um dentro de uma organização irão ganhar um grande apoio dopapel dos governos. As empresas Europeias devem público. As empresas também irão beneficiar, sendo que ostambém fazer parte deste processo. colaboradores com um sentido de empreendedorismo mais desenvolvido poderão trazer uma maior competitividade para o negócio. „Think...‟ nº 4– Novembro 2012 Fonte: Eurobarómetro Standart (EB), para a Comissão Europeia, EB77.3, Primavera 2012, conduzida pela TNS. © TNS 2012 4
  5. 5. Planos precisos para o CrescimentoEmpresas Governos A participação das empresas em ações que  Os governos Europeus devem tomar medidas de encorajem o empreendedorismo irão beneficiar de promoção do empreendedorismo na UE. Talvez uma associação, na visão do público, a desenvolver a ideia do “sonho Europeu” em que empreendedoras e inovadoras, que são atributos de todos possam ter sucesso. Isto pode ter um impacto marca aos quais é positivo estar associado. positivo na confiança do consumidor, especialmente naqueles que se possam sentir deixados para trás e consequentemente, no crescimento Europeu. Proporcionar formação em empreendedorismo aos colaboradores poderá beneficiar os programas de inovação das empresas, uma vez que os  Os jovens deverão ser ensinados sobre os benefícios colaboradores se tornam menos adversos ao risco. da inovação, e de como iniciar a sua própria empresa. A criação de novos negócios terá um impacto positivo no desenvolvimento. Apoiar os colaboradores que queiram sair para começar uma empresa própria poderá ter consequências positivas: o surgimento de novos  Deveria haver mais comunicação sobre a „Estratégia negócios, liderados por pessoas experientes, poderá Europa 2020‟ e sobre a „Lei das pequenas originar oportunidades de parcerias. Isto é empresas‟ da UE, com especial referência à obviamente melhor do que tornar os colaboradores promoção do empreendedorismo e do redundantes, o que tem enormes custos económicos desenvolvimento de novas competências. Os e humanos. cidadão Europeus atribuem uma grande importância ao empreendedorismo e isto irá também ajudar a combater a perceção de que a UE está a ficar para trás de outras economias mundiais. „Think...‟ nº 4– Novembro 2012 © TNS 2012 5
  6. 6. Insights precisos para o crescimento europeuSobre o Eurobarómetro Mais informaçõesEstudo da Comissão Europeia que acompanha a Teresa Velosoevolução da opinião pública nos Estados-Membros da Client Service DirectorUnião Europeia, com o objetivo de fornecer informações e: teresa.veloso@tnsglobal.comrelevantes para tomar decisões e avaliar a perceção dos t: +351 21 843 7050cidadãos em temas como: situação social, situação Ou o seu contacto habitual na TNSeconómica, saúde, cultura, tecnologias de informação, www.tns.ptmeio ambiente, etc. A TNS é a empresa que coordena erealiza o Eurobarómetro em todos os países da União Siga-nos!Europeia, incluindo Portugal.Sobre a TNSCom presença em mais de 80 países, a TNS aconselhaos seus clientes em estratégias específicas decrescimento nas áreas de inovação e desenvolvimentode novos conceitos, produtos e/ou serviços,desenvolvimento de marca e comunicação, gestão destakeholders e entrada em novos mercados. Aviso legal Relatório propriedade da TNS. Não é permitida a reprodução, comunicação pública ou qualquer outro ato sem autorização expressa da TNS. © TNS 2012 6

×