Geração de idéias

896 visualizações

Publicada em

Geração de idéias

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
896
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geração de idéias

  1. 1. Inovação através da Co-criação de Experiência
  2. 2. Que haja luz! <ul><li>A Symnetics é uma empresa brasileira que tem se mantido na “crista da onda” desde sua fundação (final dos anos 80). </li></ul><ul><li>Desde 1989 para cá a empresa tem conseguido surpreender o mundo empresarial com novas idéias. </li></ul><ul><li>E ser reconhecida por isso! </li></ul><ul><li>TOP OF MIND (Brasil) - Consultoria de gestão e implementação da estratégia. </li></ul><ul><li>Segundo pesquisa realizada pela H2R – 2005 </li></ul>1994 Método de Re-engenharia desenvolvido pelo alemão Dr. Scheer ; 1997 Método ROI – Return on Investment; 1999 A Symnetics fecha parceria com a Bscol/Palladium e traz a América Latina o famoso BSC (Balanced ScoreCard) 2002 Cria o primeiro grande evento sobre gestão da Estratégia (Summit); 2006 Entra de vez no mundo da inovação e fecha parceria com a ECCP (Experience Co-Creation Partnership). 2005 Traz ao Brasil o conceito da Estratégia do Oceano azul
  3. 3. Onde você pode tomar um café conosco? São Paulo Salvador * Fortaleza * Buenos Aires Santiago Bogotá México - DF * Atuação através de parceiros Lima Munique Basel Poznan Luanda
  4. 4. Referências pelo mundo +650 13 setores Clientes
  5. 5. Parceiros no globo
  6. 6. Oceano Azul
  7. 7. A Oportunidade <ul><li>95% dos executivos acreditam que a inova ção será utilizada em suas empresas para alavancar o crescimento. </li></ul><ul><li>34% afirmam que suas empresas est ão preparadas para inovar. </li></ul>Fonte: Economist Intelligence Unit, 2007 Fonte: Economist Intelligence Unit, 2007
  8. 8. Audiência do Cirque du Soleil Audiência (millions) Quidam 1984 1985 1986 1987 1988 1989 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 1 2 3 4 5 6 Dralion La Nouba O Mystère Alegria Saltimbanco
  9. 9. O Cirque du Soleil <ul><li>É um circo mesmo…? </li></ul><ul><ul><li>Elementos de ó pera, do teatro, da música, da dan ça </li></ul></ul><ul><li>Foca nos adultos </li></ul><ul><li>Custa caro </li></ul><ul><li>É moderno </li></ul><ul><li>Ambiente multi- sensorial </li></ul>
  10. 10. Proposta de Valor do Cirque du Soleil Nível de Oferta do Valor para o cliente Elementos de Valor para o Cliente CDS Feld Animais Vários espetáculos Rock / música moderna Preço Histórias / temas Coreografia N ível artístico “ Grandiosidade” (vários picadeiros) Concessões para pipoca e refrrigerantes Astros cricenses Redução de custos Salto de valor para os clientes Palhaços e acrobatas
  11. 11. Desde 1984, Cirque du Soleil se tornou um caso de sucesso <ul><li>Cirque du Soleil fez mais que 250 shows em 100 cidades do mundo </li></ul><ul><li>50 milhões pessoas assistirem os espetáculos </li></ul><ul><li>7 milhões assistirem os shows do Cirque du Soleil em 2006 </li></ul><ul><li>Em 2006, Cirque du Soleil ofereceu mais que 13 espetáculo diferentes </li></ul>
  12. 12. O resultado das propostas gen éricas de valor… o OCEANO VERMELHO
  13. 13. Da Estrat égia Competitiva para a Estratégia do Oceano Azul.... Adaptado de W. Chan Kim e Renée Mauborge, “A Estratégia do Oceano Azul”, editora Campus, 2005 L ó gica convencional de se pensar estrat é gia (estrat é gia competitiva) Nova l ó gica de pensar Estrat é gia (oceano azul) Competi ção A id é ia é “ competir ” no mercado. As condi ç ões da ind ú stria podem ser modeladas. A id é ia é tornar a concorrência “ irrelevante ” . Clientes Aumentar a “ participa ç ão ” de mercado. A id é ia é ampliar a base de clientes, criando inclusive novos espa ç os de mercado . Ativos e Competências Promover ativos e competências existentes Uma empresa não deve restringir-se pelo que ela j á possui. Ela deve perguntar-se: O que dever í amos fazer se come çá ssemos novamente? Ofertas de Produtos e Servi ç os Maximizar o valor dos produtos e servi ç os que uma empresa oferece. Uma empresa inovadora pensa em termos da solu ç ão total que o cliente procura ; mesmo que essa solu ç ão transcenda as ofertas tradicionais de sua ind ú stria.
  14. 14. Ponto de Partida - a Experi ência <ul><li>Envolvem todos os nossos sentidos </li></ul><ul><li>Alteram nossa percepção </li></ul><ul><li>Somos tocados emocionalmente </li></ul><ul><li>O processo é único para cada indivíduo </li></ul><ul><li>Entramos em contato com matéria bruta </li></ul><ul><li>Fazemos e tomamos parte </li></ul><ul><li>Há uma sensação de diversão </li></ul><ul><li>Nos sentimos no controle da situação </li></ul><ul><li>Há uma adequação entre o nível de desafio e as nossas capacidades </li></ul><ul><li>Há um objetivo claro </li></ul>Experiências significativas ocorrem em processos de INTERA ÇÃO entre o indiv í duo e um outra parte, que pode ser inclusive uma parte econômica
  15. 15. Exercício prático “ imagine how much”
  16. 16. Exercício: geração de idéias, Mapa de Interações: Empresa de Brinquedos
  17. 20. A Co-Cria ção de Experiências A criação de valor está se deslocando da empresa (e de sua cadeia de valor) na direção dos INDIV ÍDUOS, suas INTERA ÇÕES em qualquer lugar do sistema e que proporcionem EXPERI ÊNCIAS significativas .
  18. 21. Inovação através da Co-criação de Experiência com Clientes & Parceiros “ imagine how much”
  19. 22. Onde está nossa mágica! se você pudesse imaginar a sua empresa inovando , como seria ? visita o futuro e conecta mundos? conhece a sua energia para inovação? tem abertura para novas experiências? envolve as pessoas na busca de novas idéias? dá vida as idéias? reinventa seu negócio? i yes we can i i
  20. 23. Caso: SENAI
  21. 25. Obrigado! “ imagine how much” [email_address] [email_address] [email_address] [email_address]

×