Criatividade inovação em_tempos_de_incerteza

582 visualizações

Publicada em

Palestra ministrada por André Coutinho, sócio-diretor da Symnetics no evento da SCIP sobre criatividade e inovação em momentos de incerteza.

Publicada em: Negócios
1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
582
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Criatividade inovação em_tempos_de_incerteza

  1. 1. CONTEXTO  PARA   CRIATIVIDADE  E  INOVAÇÃO  EM     TEMPOS  DE  INCERTEZA     30  DE  SETEMBRO  DE  2015  
  2. 2. Criatividade e Inovação Empreender com design e tecnologias emergentes Criar e adaptar continuamente modelos de negócio Expandir pensamento estratégico Orientar-se por um propósito Novas formas de trabalho, educação e carreira Buscar territórios inexplorados
  3. 3. Criatividad e Inovação Orientar-se por um propósito
  4. 4. - Empresas elegem propósitos, causas ou missões de impacto social e se apropriam destes propósitos, ocupando espaço no share of mind das pessoas. - Influenciam e mobilizarm as partes interessadas (fornecedores/parceiros, distribuidores, comunidades, governos na direção deste propósito. - Propósito é também fator de atração de pessoas para trabalharem nas empresas. COMPETIÇÃO POR PROPÓSITO
  5. 5. Criatividade e Inovação Expandir pensamento estratégico
  6. 6. ADAPTAÇÃO “Não consigo prever nem mudar.” EFICIÊNCIA “Consigo prever mas não consigo mudar.” CRIAÇÃO “Não posso prever mas posso mudar.” VISÃO “Posso prever e mudar.” RENOVAÇÃO “Meus recursos são extremamente limitados.” MALEABILIDADE baixa alta baixa alta INCERTEZA baixa alta Fonte: adaptado de BCG ESTRATÉGIA DA ESTRATÉGIA
  7. 7. ADAPTAÇÃO SEJA RÁPIDO! EFICIÊNCIA SEJA GRANDE! CRIAÇÃO SEJA O ORQUESTRADOR! VISÃO SEJA O PRIMEIRO! RENOVAÇÃO SEJA VIÁVEL! MALEABILIDADE baixa alta baixa alta INCERTEZA baixa alta Fonte: adaptado de BCG ESTRATÉGIA DA ESTRATÉGIA
  8. 8. ADAPTAÇÃO EFICIÊNCIA CRIAÇÃO VISÃO RENOVAÇÃO MALEABILIDADE baixa alta baixa alta INCERTEZA baixa alta Fonte: adaptado de BCG
  9. 9. Criatividade e Inovação Buscar territórios inexplorados
  10. 10. valor Curto prazo Médio prazo Longo prazo Melhorias no que já existe (business as usual) Busca de novos espaços de oportunidade Fonte:  Symne7c COMO CRIAR VALOR A LONGO PRAZO?
  11. 11. https://www.youtube.com/watch?v=iR7wx132REQ 2012 2015 https://www.youtube.com/watch?v=Oxz2H9x79SY
  12. 12. http://www.youtube.com/watch?v=_LwqYxnWXJIv 2012 2015
  13. 13. 01/10/15   15   CONCEITO  /   VISÃO   PROTÓTIPO   EMPREENDIMENTO   + ABSTRATO + CONCRETO     BM  –  Cidades  Inteligentes   Siemens  –  Pictures  of  the   Future   Stora  Enso  +  Monocle   John  Deere  -­‐  Farmsight   Fundação  Telefonica  Vivo  –   Visões  de  Futuro  +  15     Fu   ExemplosEstágio Comunica,   sensibiliza,   mobiliza   e   influencia   s t a k e h o l d e r s   e   especialistas.     Antecipa   tendências   e   movimentos;   Apropria-­‐ s e   d e   c o n c e i t o s   emegentes.   Objetivo   Corning  –  A  Day  Made   of  Glass   Google  X  Lab     Experimentação  com   futuros  usuários;  Gera   amplos  debates  e   controvérsias  na  sociedade   sobre  sua  per7nência.   Origem  dos  negócios   promissores  de  futuro.     Proto7pa,    testa  e  valida   conceitos  com  a   sociedade;  Projetos  são   incubados  por  isn7tuições   como  universidades,   empresas,  governos  e   organiações  sociais     3M  New  Ventures   Marcopolo  Innova7on   Center     Startups  incubados  e   aclerados  por   ins7tuicções  como   universdades,   empresas,  governos,,   organizações  sociais     Iniciativas Resultado Prova  o  conceito.       Comprova  o  conceito.     Aprova  o  conceito   Atinge os primeiros clientes (early adopters); Em um 2o momento ganha escala comercial..
  14. 14. Como surge uma startup no Vale do Silício?
  15. 15. Criatividade e Inovação Empreender com design e tecnologias emergentes
  16. 16. 01/10/15   18  
  17. 17. 01/10/15   19   CARACTERÍSTICAS DO NOVO EMPREENDEDORISMO TECNOLOGIAS EMERGENTES -  Digital -  Biotec -  Nanotec -  Inteligencia artificial -  Robótica -  Energia -  Social MODELO DE NEGÓCIO -  Exponencial -  Local -> Global -  Múltiplos canais -  Produto + serviço = plataforma -  Modelos comerciais alternativos DESIGN -  Solução de necessidades, problemas ou aspiração das pessoas e do mundo. -  Geração de experiências de valor para os staekeholders. + +
  18. 18. Google  x  LAB   01/10/15 20
  19. 19. 01/10/15   22  
  20. 20. Criatividade e Inovação Criar e adaptar continuamente modelos de negócio
  21. 21. X X X X
  22. 22. Plano  de  negócio   Ideias  definidos,   perfeitas   Começar  com  um  “Produto  Mínimo   Viável”  e  ir  aperfeiçoando.   Modelo  de  negócio  em  evolução.   Melhoria  conQnua   Modo  beta  com  iteração  (modificações   sucessivas)  no  modelo.   Desenvolvimento  para     o  cliente   Desenvolvimento  no  cliente   de para
  23. 23. Criatividade e InovaçãoNovas formas de trabalho, educação e carreira
  24. 24. 32 NOVAS FORMAS DE TRABALHO E CARREIRA Mudanças no estilo e ambiente de trabalho (+ flexível, virtual, fragmentado e orientado a múltiplas carreiras) e relacionamento entre profissionais e as instituições que os contratam (pessoas trabalhando com as empresas e não mais para as empresas). O advento do movimento Maker, bem como de plataformas para comercialização de serviços profissionais, torna viável o empreendedorismo como carreira. Empreendedores corporativos Jovens querem trabalhar COM as empresas e não mais PARA as empresas (intraempreendedorismo). CONTROVÉRSIAS Restrições das leis trabalhistas. Trabalho com carteira assinada Incompatibilidade dos profissionais versus empresas Validez do diploma
  25. 25. 33 NOVAS FORMAS DE TRABALHO E CARREIRA guru employer O Guru Employer é uma plataforma que permite procurar e oferecer trabalho a partir de suas habilidades e necessidades. A plataforma faz a intermediação entre os resultados a serem entregues, processo de trabalho e o pagamento entre ambas as partes.
  26. 26. AUTOFORMAÇÃO E NOVAS FORMAS DE APRENDIZAGEM Novos modelos educacionais e tecnologias que valorizam o desenvolvimento transdisciplinar, prático/experimental, dinâmico, virtual, gamificado, informal (não curriculuar), não hierárquico: de professor->aluno para horizontal (entre pares) ou reverso (dos menos experientes para os mais experientes), continuado, acessando conteúdo ilimitado e multicultural. CONTROVÉRSIAS Gerações mais novas acessam conhecimento exponencial e desafiam gerações mais velhas. Mercantilização da educação. edX Plataforma de cursos pela internet de Harvard e do MIT oferece cursos de diversas disciplinas gratuitamente, em parcerias com as melhores universidades do mundo. Já reuniu 850 mil alunos de 192 países e agora se prepara para seu próximo passo: liberar gratuitamente o código da plataforma para que qualquer instituição, empresa, grupo ou indivíduo possa usar a estrutura e oferecer seus próprios cursos pela internet. https://www.edx.org/ https://www.youtube.com/watch?v=B-EFayAA5_0
  27. 27. 35 AUTOFORMAÇÃO & NOVAS FORMAS DE APRENDIZAGEM plataforma de mentores Lifetramp é um site polonês destinado a pessoas que buscam uma mudança de vida. O site permite aos usuários navegar nos perfis de mentores registrados - com base no interesse ou local - e, em seguida, marcar um encontro com essa pessoa. Depois do aconselhamento, o mentor recebe um almoço ou um jantar, como “pagamento”. Em novembro de 2014, Lifetramp estava disponível em 99 cidades do mundo. http://lifetramp.com/
  28. 28. 36 PRODUÇÃO DESCENTRALIZADA Democratização do acesso a tecnologias que permitem o design, prototipagem rápida e produção de experimentos em menor escala para diferentes fins tais como manufatura, construção civil, medicina regenerativa e biogenética. Fab Lab Maker space idealizado pelo MIT, permite a prototipagem fácil e rápida. Garoa Hacker Club Hacker space fundado em 2010. Infraestrutura disponível para entusiastas de tecnologia tais como biotech (biohacking) e robótica.
  29. 29. 37 COLABORAÇÃO E COMPARTILHAMENTO Novos modelos econômicos: moedas (sociais, digitais); compartilhamento do acesso à propriedade (ex: carro, casam tempo das pessoas); acesso (a produtos/serviços (“streaming”, “everything as a service”), crowdfunding e crowdsourcing. banco de tempo bliive Em um ano, a plataforma reuniu 60  000 usuários em 100 países. O site criado por uma brasileira de 24 anos, estimula que as pessoas usem suas experiências e seu tempo livre para ensinar e aprender. https://vimeo.com/66603309 catarse Plataforma de crowdfunding. A CVM deve lançar uma nova regulamentação que possibilita o cofinanciamento e coinvestimento de startups por meio de plataformas como esta. CONTROVÉRSIAS   Controle fiscal, monetário e cambial dos governos   Redução do consumo e do crescimento (econômico)
  30. 30. Empreender com design e tecnologias emergentes Expandir pensamento estratégico Orientar-se por um propósito Novas formas de trabalho, educação e carreira Criatividade e Inovação Buscar territórios inexplorados Criar e adaptar continuamente modelos de negócio
  31. 31. ANDRÉ COUTINHO acoutinho@symnetics.com.br http://br.linkedin.com/in/andrercoutinho CONTEXTO  PARA   CRIATIVIDADE  E  INOVAÇÃO  EM     TEMPOS  DE  INCERTEZA     30  DE  SETEMBRO  DE  2015  

×