Ciliophora 
ALUNOS: JORGE VINÍCIUS 
JOÃO PEDRO 
SUSANNY ARAUJO SILVA
Filo ciliophora 
 É composto por organismos celulares que se 
locomovem através da movimentação de cílios 
 Possuem apen...
Filo ciliophora 
 A maioria dos ciliados é solitária e móvel, mas 
existem algumas espécies que formam colônias e são 
se...
CARACTERÍSTICAS 
 Cílios simples e compostos; ciliatura oral e somática. 
 Sistema infraciliar. 
 Aparelho bucal com ci...
Há dois tipos de cílios: motilidade e 
não-móveis ou cílios. 
CÍLIOS NÃO-MÓVEIS OU PRIMÁRIOS SÃO ENCONTRADOS 
EM QUASE TOD...
Forma dos cílios 
 Cada célula ciliada é provida de cerca de 200 cílios, 
com um comprimento de cerca de 5 mícrons e uma ...
Cílios 
 Estrutura ciliar e cinetossomos. 
 Tipos: simples e compostos (cirros, membranelas 
adorais, membrana ondulante...
Nutrição 
 Holozóicos, com citóstoma e citofaringe com triquitos. 
 Obtenção de alimento: podem ser predadores 
cupensív...
Nutrição 
 Os ciliados de vida livre podem ser detritívoros, 
bacterívoros, herbívoros ou predadores. Estes últimos 
pode...
Reprodução 
 Pode ser assexuada ou sexuada. 
 A reprodução assexuada ocorre através da divisão 
binária transversal. 
 ...
Reprodução 
Sexuada Clonal ou Vegetativa 
 ocorre através de uma troca direta de 
genes, sem que estejam primeiro 
acondi...
Locomoção 
 Os ciliados são os protozoários mais rápidos que os flagelados por 
conta dos inúmeros cílios presentes em su...
Excreção 
Geralmente, a excreção nos ciliados é uma questão de 
regulação de volume. Os vacúolos contráteis estão 
present...
Ciliophora
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ciliophora

948 visualizações

Publicada em

Ciliophora - Filo ciliophora
Conclusão
•O filo ciliophora compõe os ciliados, organismos celulares que possuem cílios para se locomoverem e em alguns casos para se alimentarem. (Ciliatura oral e somática.)
• Os cílios podem cobrir todo o ciliado formando o sistema cinético que são fileiras onde ficam organizados os cílios, e podem aparecer em apenas algumas partes do ciliado.
•Possuem dois tipos de núcleos os: Macronúcleos e os micronúcleos.
•Todos são seres heterotróficos, mas existem os que são ectocomensais, os endocomensais e os parasitas.
•Os ciliados podem ser tanto solitários e moveis quanto viver em colônias e serem sedentários.
•Possuem cerca de 50 e 900 micrômetros, podendo ter mais ou menos 200 cílios por ciliado.
•Se locomovem através das “ondas metacrônicas”.
•Podem ser detritívoros, bacterívoros, herbívoros ou predadores, no qual os predadores se alimentam de outros protozoários inclusive dos ciliados.
•Se alimentam de algas, bactérias e leveduras.
•Os ciliados podem ser tanto solitários e moveis quanto viver em colônias e serem sedentários.
•Possuem cerca de 50 e 900 micrômetros, podendo ter mais ou menos 200 cílios por ciliado.
•Se locomovem através das “ondas metacrônicas”.
•Podem ser detritívoros, bacterívoros, herbívoros ou predadores, no qual os predadores se alimentam de outros protozoários inclusive dos ciliados.
•Se alimentam de algas, bactérias e leveduras.
•A excreção ocorre mais para que haja uma regulação no volume da célula.
•Nos vacúolos ficam os decretos do organismos que são esvaziados por poros.
•Possui dois tipos de reprodução: a clonal ou vegetativa que ocorre por fissão binária transversal que atravessa todos os sistemas cinéticos do organismo; e sexuada que necessita de dois ciliados sexualmente compatíveis, que se unem para que ocorra a troca direta dos genes. Esse processo é chamado de conjugação e os ciliados de conjugantes, e pode demorar horas. Os macronúcleos somem e os micronúcleos não.

Mais informações:http://seligandocomomundo.blogspot.com.br/2014/06/filo-ciliophora.html

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
948
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ciliophora

  1. 1. Ciliophora ALUNOS: JORGE VINÍCIUS JOÃO PEDRO SUSANNY ARAUJO SILVA
  2. 2. Filo ciliophora  É composto por organismos celulares que se locomovem através da movimentação de cílios  Possuem apenas a Classe Ciliata, que compreende os ciliados, protozoários dotados de estruturas locomotoras filamentosas geralmente mais curtas e mais numerosas que os flagelos, os cílios.  A maioria possui vida livre.  Em algumas espécies de ciliados, os cílios também são usados para a ingestão de alimentos. Eles podem viver na água ou como parasitas na parte interior do corpo dos animais.  Todos os ciliados são heterotróficos, porém mais ou menos um terço deles são ecto ou endocomensais ou ainda parasitas.
  3. 3. Filo ciliophora  A maioria dos ciliados é solitária e móvel, mas existem algumas espécies que formam colônias e são sedentárias
  4. 4. CARACTERÍSTICAS  Cílios simples e compostos; ciliatura oral e somática.  Sistema infraciliar.  Aparelho bucal com citóstoma e película diferenciados. Tem dois tipos de núcleos: macronúcleo vegetativo atua no metabolismo das células e micronúcleo reprodutivo, atua no processo de reprodução.  Bipartição transversal e conjugação.  Habitat e hábitos: aquáticos, livres; há coloniais, sésseis, parasitas, comensais. A classificação se baseia na ciliatura, especialmente a bucal.
  5. 5. Há dois tipos de cílios: motilidade e não-móveis ou cílios. CÍLIOS NÃO-MÓVEIS OU PRIMÁRIOS SÃO ENCONTRADOS EM QUASE TODAS AS CÉLULAS DE TODOS OS MAMÍFEROS E, COMO O NOME SUGERE ESTES NÃO BATER. ELAS PODEM SER ENCONTRADAS EM ÓRGÃOS SENSORIAIS HUMANOS, TAIS COMO O OLHO E NO NARIZ. CÍLIOS MOTILE SÃO ENCONTRADOS NA SUPERFÍCIE DAS CÉLULAS E QUE BATER DE UM MODO RÍTMICO. ELES PODEM SER ENCONTRADOS NO FORRO DA TRAQUÉIA (TRAQUÉIA) , ONDE O MUCO E VARRER SUJIDADE PARA FORA DOS PULMÕES. NOS MAMÍFEROS DO SEXO FEMININO, O BATER DE CÍLIOS NAS TROMPAS DE FALÓPIO MOVE O ÓVULO DO OVÁRIO AO ÚTERO.
  6. 6. Forma dos cílios  Cada célula ciliada é provida de cerca de 200 cílios, com um comprimento de cerca de 5 mícrons e uma espessura de 0,25-0,5 mícrons. Nas células de dimensões normais encontram-se ocasionalmente cílios mais curtos, em via de regeneração ou de substituição. A raiz dos cílios está ligada a um corpúsculo basal que tem sede no citoplasma e que produz o movimento ciliar e o coordena de forma que todos os cílios se movam em maneira homogénea.
  7. 7. Cílios  Estrutura ciliar e cinetossomos.  Tipos: simples e compostos (cirros, membranelas adorais, membrana ondulante).  Ciliatura corporal: em fileiras longitudinais; ou agrupados (especialização).  Ciliatura oral com cílios compostos, em muitos.
  8. 8. Nutrição  Holozóicos, com citóstoma e citofaringe com triquitos.  Obtenção de alimento: podem ser predadores cupensívoros (citóstoma deslocado posteriormente em vários graus, precedido por câmara pré-oral do tipo vestíbulo, se tiver ciliatura simples semelhante a somática, ou do tipo cavidade oral, se tiver cílios comportos), ecto ou endossimbiontes.  Digestão: dentro da vacúolos digestivos. Os vacúolos realizam um trajeto dentro do corpo do protozoário enquanto ocorre assimilação e por fim ocorre a dejeção (citopígio).
  9. 9. Nutrição  Os ciliados de vida livre podem ser detritívoros, bacterívoros, herbívoros ou predadores. Estes últimos podem ser raptoriais, perseguindo ativamente suas presas ou ainda atuar como predadores de emboscada. Estes predadores se alimentam de outros protozoários, incluindo ciliados. Isto ocorre porque muitos ciliados pequenos se movimentam a procura de alimento (bactérias, diatomáceas, detritos) se tornando alvos fáceis.  Nestes organismos a estrutura oral pode ser constituída apenas por um citóstoma e por uma citofaringe, mas o alimento é ingerido por fagocitose e a citofaringe leva o vacúolo alimentar para dentro.
  10. 10. Reprodução  Pode ser assexuada ou sexuada.  A reprodução assexuada ocorre através da divisão binária transversal.  A reprodução sexuada é chamada de conjugação, pois ocorre a união entre dois ciliados. Neste processo, sem a formação de gametas, os seres originários (filhos) possuem as mesmas características dos ciliados iniciais.
  11. 11. Reprodução Sexuada Clonal ou Vegetativa  ocorre através de uma troca direta de genes, sem que estejam primeiro acondicionados em óvulos ou células espermáticas. Para que isto ocorra é necessário que dois ciliados sexualmente compatíveis se unam ao longo de uma superfície compartilhada, então a membrana desaparece e há uma troca mútua de genes.  Esse processo é conhecido como conjugação e os dois ciliados fusionados são denominados conjugantes. Esta fusão pode durar horas e somente os micronúcleos funcionam na conjugação, já que o macronúcleo se desintegra durante o processo sexuado.  Este tipo de reprodução acontece por fissão binária transversal, com o plano de divisão atravessando todos os sistemas cinéticos, como mostra a figura abaixo que faz oposição à fissão binária dos flagelados que é longitudinal.
  12. 12. Locomoção  Os ciliados são os protozoários mais rápidos que os flagelados por conta dos inúmeros cílios presentes em sua superfície. Acredita-se que a locomoção ciliar se dê da seguinte maneira: o movimento de um cílio provoca a movimentação da água, que por sua vez incentiva a movimentação do cílio seguinte. E assim sucessivamente, e à esse movimento chamamos de “ondas metacronais”.  Alguns ciliados que vivem entre grãos de areia ou as espécies de Vorticella ou Stentor são muito contráteis e fogem rapidamente de predadores em potencial. A concentração ocorre porque há o encurtamento das fibras protéicas estriadas denominadas mionemas.  Batimento ciliar: golpe efetivo e golpe de recuperação.  Ondas metacrônicas.  Padrões de locomoção: variam conforme a direção dos golpes efetivos e das ondas metacrônicas.  Contração por mionemas: Stentor, Vorticella.  Movimento "ambulatório“ por cirros em hipotríquios como Euplotes.
  13. 13. Excreção Geralmente, a excreção nos ciliados é uma questão de regulação de volume. Os vacúolos contráteis estão presentes tanto nas espécies de água doce quanto nas marinhas. Em algumas espécies há apenas um único vacúolo que fica próximo à porção posterior, porém existem muitas espécies que tem mais de um vacúolo. As estruturas vacuolares estão sempre associadas à região mais interna do ectoplasma e esvaziam-se através de um ou dois poros permanentes. O espongioma é composto por uma rede de túbulos irregulares que podem esvaziar diretamente no interior do vacúolo ou através dos túbulos coletores.

×