Novo Acordo Ortográfico

15.625 visualizações

Publicada em

Superprovas disponibiliza resumo sobre novo acordo ortográfico

Publicada em: Educação
2 comentários
14 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.625
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11.131
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
177
Comentários
2
Gostaram
14
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Novo Acordo Ortográfico

  1. 1. RESUMO DE LINGUA PORTUGUESA NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO VIGENTE NO ANO DE 2012 www.superprovas.com www.twitter.com/superprovaswww.facebook.com/superprovas www.slideshare.net/superprovas
  2. 2. OS MOTIVOSQUE LEVARAMAO ACORDO
  3. 3. As razões da criação do acordo ortográfico:A língua portuguesa tem dois sistemas ortográficos: o português (adotado também pelospaíses africanos e pelo Timor) e o brasileiro. Esta dupla ortografia dificulta a difusãointernacional da língua (por exemplo, os testes de proficiência têm de ser duplicados), alémde aumentar os custos editoriais, na medida em que o mesmo livro, para circular em todosos territórios de Língua Portuguesa, precisa normalmente ter duas impressões diferentesdevido a ortografia diferente. O Dicionário Houaiss, por exemplo, foi editado em duasversões ortográficas para poder circular também em Portugal e nos outros países que falama Língua Portuguesa.O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, assinado em Lisboa, em 16 de dezembro de1990, por Portugal, Brasil, Angola, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Guiné-Bissau,Moçambique e, posteriormente, por Timor Leste criou regras para que haja a convergênciaortográfica entre os sistemas ortográficos. No Brasil, o Acordo foi aprovado pelo DecretoLegislativo no 54, de 18 de abril de 1995. Esse Acordo é meramente ortográfico; portanto,restringe-se à língua escrita, não afetando nenhum aspecto da língua falada.
  4. 4. Novas regras gramaticais
  5. 5. NOVAS LETRAS NO ALFABETO www.superprovas.com www.twitter.com/superprovaswww.facebook.com/superprovas www.slideshare.net/superprovas
  6. 6. Nova Regra: O alfabeto é agora formado por 26 letrasRegra Antiga: O "k", "w" e "y" não eram consideradas letrasdo nosso alfabeto.Como fica: O alfabeto é agora formado por 26 letras. O "k","w" e "y" não eram consideradas letras do nosso alfabeto.Essas letras serão usadas em siglas, símbolos, nomespróprios, palavras estrangeiras e seus derivados. Exemplos:Km, Watts, Yakisoba.
  7. 7. A SUPRESSÃODO TREMA
  8. 8. Nova Regra: o trema desaparece também no Brasil.Regra Antiga: palavras tranqüilo, lingüeta, cinqüenta,qüinqüênio, eqüino levavam trema.Como ficam: estes nomes não levam mais trema. Haveráexceção aos nomes estrangeiros e seus derivados como:“Müller”, “Hübneriano”.
  9. 9. MUDANÇAS NA ACENTUAÇÃO www.superprovas.com www.twitter.com/superprovaswww.facebook.com/superprovas www.slideshare.net/superprovas
  10. 10. Nova regra de acentuação 1Nova Regra: ditongos abertos (ei, oi) não são mais acentuadosem palavras paroxítonas.Regra Antiga: levavam trema: assembléia, platéia, idéia,colméia, boléia, panacéia, Coréia, hebréia, bóia, paranóia, jibóia,apóio, heróico, paranóico.Como ficam: assembleia, plateia, ideia, colmeia, boleia,panaceia, Coreia, hebreia, boia, paranoia, jiboia, apoio, heroico,paranoico.
  11. 11. Observação:Obs1: nos ditongos abertos de palavras oxítonas emonossílabas o acento continua: herói, constrói, dói, anéis,papéis.Obs 2: o acento no ditongo aberto "eu" continua: chapéu,véu, céu, ilhéu.Esta regra se refere aos ditongos éi, ói para palavrasparoxítonas somente!!.
  12. 12. Nova regra de acentuação 2Nova regra: some o acento no “i” e no “u” fortes depois deditongos (junção de duas vogais), em palavras paroxítonas.Regra antiga: Baiúca, bocaiúva, feiúra.Como ficam: Baiuca, bocaiuva, feiura.Note: se o “i” e o “u” estiverem na última sílaba, o acentocontinua como em: tuiuiú ou Piauí.
  13. 13. Nova regra de acentuação 3Nova regra: Não se usa mais o acento das palavras terminadasem êem e ôo(s).Regra antiga: lêem, crêem, magôo, enjôo, vôo.Como ficam: leem, creem, magoo, enjoo, voo.
  14. 14. Nova regra de acentuação 4Nova regra: regra geral não se usará acento diferencial.Regra antiga: Pára, péla, pêlo, pólo, pêra, côa eramacentuados conforme a pronúncia.Como ficam: Para, pela, pelo, polo, pera, coa não são maisacentuados.Nota: há exceções (ver na sequência).
  15. 15. Observações:Permanece o acento diferencial nas seguintes palavras(exceções à regra):Pôde/pode. Pôde (pret. Perf. do ind). Pode (pres. Ind.)Pôr/por. Pôr é verbo. Por é preposição.Ter e vir (3ª pessoa do plural) assim como de seus derivados(manter, entreter, reter, conter, convir, intervir, advir etc.).Exemplos: ele tem / eles têm; ele vem / eles vêm; elemantém/eles mantêm; ele entretém /eles entretêm.
  16. 16. Nova regra de acentuação 5Nova regra: some o acento agudo no u forte nos grupos gue,gui, que, qui, de verbos como averiguar, apaziguar, arguir,redarguir, enxaguar.Regra antiga: averigúe, apazigúe, ele argúi, enxagúe.Como ficam: averigue, apazigue, ele argui, enxague.Observação: as demais regras de acentuação permanecem asmesmas.
  17. 17. O HÍFEN www.superprovas.com www.twitter.com/superprovaswww.facebook.com/superprovas www.slideshare.net/superprovas
  18. 18. Nova regra para uso do hífen 1:Usa-se o hífen se o segundo elemento começa por “h”(exemplo: giga-hertz, bio-histórico, super-herói, anti-herói,macro-história, mini-hotel, super-homem).Note: não se usa hífen nos demais casos (exemplo: autorretrato,autossustentável, autoanálise, autocontrole, antirracista,antissocial, antivírus, minidicionário, minissaia).Atenção: Esta regra não se aplica às palavras em que se unemum prefixo terminado em vogal e um palavra começada por ‘r’ou ‘s’. Quando isso acontece, dobra-se o ‘r’ ou ‘s’: microssonda(micro + sonda), contrarregra, motosserra.
  19. 19. Nova regra para uso do hífen 2:Usa-se o hífen quando houver prefixos “pan” ou “circum”,seguidos de palavras que começam por, “h”, “m”, “n” ou vogal.Exemplo: pan-negritude, pan-hispânico, circum-murados, pan-americano.Nota: Não se usa hífen nos demais casos com este prefixo (ex:pansexual, circuncisão).
  20. 20. Nova regra para uso do hífen 3:Usa-se o hífen quando houver prefixo sub + palavra seguintecomeçar com b, h ou r: (ex: sub-base, sub-reino, sub-humano).Nota: não seu usa hífen nos demais casos. exemplo: subdiretor,subgerente.
  21. 21. Nova regra para uso do hífen 4:Usa-se o hífen quando houver quando houver os prefixos “pós”,“pré”, “pró”, “vice”.Exemplo: pós-graduado, pré-operatório, vice-presidente, vice-diretor.
  22. 22. www.superprovas.com www.twitter.com/superprovaswww.facebook.com/superprovas www.slideshare.net/superprovas

×