ArteSol - Institucional

273 visualizações

Publicada em

Apresentação institucional para mostrar as várias atuações da ArteSol como fomentadora do artesanato tradicional brasileiro.

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
273
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ArteSol - Institucional

  1. 1. Trabalhar em associações e cooperativas fortalecendo o coletivo e tornando o empreendimento autossustentavel.
  2. 2. O modelo de benefício social do ArteSol compreende produtos, técnicas e metodologias. Geração de Trabalho e Renda Sustentabilidade do Grupo Participação Cidadã Aumento da Autoestima Incentivo ao Comércio Justo
  3. 3. Valorização das identidades culturais e da autonomia dos grupos de artesãos Ações que ofereçam aos artesãos a possibilidade de se tornarem Açõesprotagonistas de aos artesãos a possibilidade de se que ofereçam seu tornaremdesenvolvimentode seu desenvolvimento protagonistas
  4. 4. Respeito às técnicas e saberes tradicionais Ações que ofereçam aos artesãos a possibilidade de se tornarem protagonistas de seu Ações que levem mestres artesãos a transmitirem seus desenvolvimento conhecimentos aos mais jovens, em um diálogo entre gerações
  5. 5. Responsabilidade Socioambiental Ações que ofereçam aos artesãos a possibilidade de se tornarem protagonistas de seu Ações que disseminem conceitos de sustentabilidade e promovam o manejo sustentado desenvolvimento da matéria-prima, utilizando técnicas tradicionais e científicas e articulando parcerias com institutos de pesquisas ambientais
  6. 6. Comércio ético e solidário Ações que ofereçam aos artesãos a possibilidade de se tornarem protagonistas de seu Ações que permitam a inserção dos produtos de artesanato de tradição cultural desenvolvimento em mercados de consumo sustentável
  7. 7. Desenvolvimento Sustentável Ações que rompam com práticas meramente assistencialistas e que efetivamente façam diferença nas arenas formuladoras de políticas públicas para geração de renda
  8. 8. Também objetiva fomentar o artesanato de tradição como patrimônio cultural e criar um calendário de exposições no espaço da galeria ArteSol.
  9. 9. O ArteSol aposta no modelo de desenvolvimento comunitário, que destaque a importância do trabalho coletivo a partir da formação de grupos sociais de convivência.
  10. 10. Identificação e diagnóstico Atividades para o fortalecimento Formação do grupo Capacitação sobre associativismo e trabalho coletivo Aprimoramento do produto Técnicas de relacionamento Ampliação dos canais de comercialização Capacitação dos artesãos Identidade cultura e cidadania Organização do trabalho e gestão associativa Produto aprimoramento e formação de preço 4 áreas temáticas Relacionamento com o mercado
  11. 11. Neste programa, o ArteSol conta com a parceria da empresa social Tekoha Showrooms Mídias Etiquetas Site Catálogos Eventos Comércio Solidário O foco é criar canais e plataformas comerciais solidárias, adotando estratégias para a ampliação de mercado das associações por meio da construção de redes, ferramentas de divulgação como sites, catálogos, etiquetas, mídias, showrooms e eventos.
  12. 12. A Tekoha realiza todos os serviços administrativos, logísticos e faz a mediação das negociações entre cliente e artesão, tudo de forma transparente garantindo as práticas do comércio ético e solidário.
  13. 13. Em 2006, o ArteSol foi a primeira organização do país ligada ao artesanato a receber o selo de comércio justo do World Fair Trade Organization (WFTO). Esses pontos destacados são os pilares de todos os projetos do ArteSol.
  14. 14. Suas premissas, as quais norteiam os projetos do ArteSol, são: 1. Criar oportunidades a pequenos produtores do Hemisfério Sul; 2. Transparência e confiabilidade em toda a cadeia de comercialização; 3. Desenvolvimento de capacidades de produtores; 4. Promoção do comércio justo; 5. Pagamento de um preço justo; 6. Igualdade de gênero; 7. Boas condições de trabalho; 8. Não à exploração do trabalho infantil; 9. Conservação do meio ambiente. Esses pontos destacados são os pilares de todos os projetos do ArteSol.
  15. 15. Em 2008, O ArteSol tornou-se um Pontão de Cultura, integrando-se à rede do programa Cultura Viva do Ministério da Cultura.
  16. 16. Conteúdo digital totalmente voltado para o artesanato brasileiro. Uma ferramenta mobilizadora, construtora de conhecimento e agora totalmente acessível no Portal ArteSol.
  17. 17. Você pode colaborar com o Artesanato de tradição brasileiro de muitas formas. Algumas delas nós vamos mostrar agora para você. •Projeto Histórias de Vida •Projeto Pontão de Cultura •Projeto Repasse do Saber •Projeto Central Artesol •Projeto Empreendedorismo e Comércio Justo •Projeto Ser consciente é conhecer o comercio justo •Projeto Ser artesão é ser cidadão •Diagnóstico e Mapeamento •Capacitação Solidária •Consultorias
  18. 18. Projeto Histórias de Vida Série de registros/documentários, em livros ou vídeos, sobre o patrimônio imaterial brasileiro. Educação patrimonial para a preservação da cultura brasileira expressa na linguagem artesanal.
  19. 19. Projeto Pontão de Cultura Desenvolvimento da rede de Pontos de Cultura em todo o Brasil para a valorização do artesanato brasileiro e das manifestações de cultura popular expressada em seus modos de fazer.
  20. 20. Projeto Repasse do saber Exposições e ações sócio educativas na galeria Artesol para a difusão de conhecimento sobre patrimônio imaterial.
  21. 21. Projeto Ser artesão é ser cidadão Formação de grupos de artesãos para geração de trabalho e renda.
  22. 22. Projeto Central ArteSol Apoio à abertura de canais de comercialização para os grupos produtivos por meio do showroom e prospecção de clientes nacionais e internacionais.
  23. 23. Projeto Empreendedorismo e Comércio Justo Fortalecimento da Rede Artesol de Comércio Justo e Solidário por meio do desenvolvimento institucional das associações de artesãos em todo o Brasil para aumento da autonomia e condições de sustentabilidade.
  24. 24. Projeto Ser consciente é conhecer o comércio justo Ações de fomento e fortalecimento do comercio justo no Brasil, por meio de ações estratégicas de: • Comunicação • Participação em fóruns de debate • Formulação de políticas públicas
  25. 25. Diagnóstico e Mapeamento Diagnóstico de comunidades para mapear saberes-fazeres e a possibilidade de desenvolver projetos de geração de trabalho e renda por meio do resgate e valorização da cultura local.

×