Formação do povo brasileiro                              1
Antes da colonização, a populaçãodo atual território brasileiro era,segundo estimativas, de dois a cincomilhões de índios ...
A imigração para o Brasil iniciou-seem 1530 com a expedição de MartimAfonso de Sousa.                                    3
Com a criação das capitaniashereditárias e o início da lavoura dacana-de-açúcar, houve a fixação deportugueses e escravos ...
CAPITANIAS HEREDITÁRIAS   5
A partir da abertura dos portos(1808) foi permitida a entrada deimigrantes de outras nacionalidadesno Brasil.Até então ape...
7
DESMUND                     OEm 1570, chega ao Brasil um grupo deórfãs de Portugal para desposarem osprimeiros colonizador...
Fatores que influenciaram avinda de imigrantes para o Brasil:• Proibição do tráfico negreiro;• Maior desenvolvimento das a...
Na sua opinião, qualdestes fatores maisimpulsionou o processode imigração no Brasil?                          10
Política migratóriaO maior volume de entradas deestrangeiros após a abolição reavivou odebate     sobre    assimilação    ...
Os principais contingentes deimigrantes que vieram para oBrasil eram constituídos deportugueses, africanos,espanhóis      ...
GRUPOS DE IMIGRANTES• Os africanos*;                   • Os portugueses;• Os alemães;      • Os espanhóis;                ...
PORTUGUESES         CRIANÇAS PORTUGUESAS                            14
PORTUGUESES Como "descobridores" do Brasil, osportugueses vieram para a colôniadesde seus primeiros tempos deexistência. D...
PORTUGUESES A partir da metade do século XIX, aimigração portuguesa no Brasil tomoucaráter quase que exclusivamenteurbano ...
PORTUGUESES ... os portugueses passaram a rumarpara dois destinos preferenciais: acidade do Rio de Janeiro e São Paulo.A p...
PORTUGUESES              18
PORTUGUESES  BARREADO    VINHO                      19
AFRICANOS            20
Mais de quatro milhões de negros foramtrazidos da África para se tornaremescravos nas lavouras da cana-de-açúcar. Etnias i...
Origem e destino dos africanos     22
Ampliação das rotas da              escravidãoGuinée     Africa     Bantu                                  23
Os negros não aceitarampacificamente o cativeiro;a história está cheia deepisódios     onde     osescravos se rebelaramcon...
AFRICANOS  A situação dos imigrantes africanosatuais sofre os reflexos do racismo aque são expostos na sociedadebrasileira...
AFRICANOS• Os refugiados mais recentes vieram  em grande parte por causa da fase  extremamente violenta da guerra civil  e...
AFRICANOS                     ACARAJÉ            CARURU   VATAPÁ                      27
AFRICANOS              CANDOMBLÉ   CAPOEIRA                          28
Quais elementossão indicativos da   presença dacultura africana no      Brasil?         29
ESPANHÓIS            CASTANHOLAS 30
ESPANHÓISA presença espanhola acontece desde oinício da colonização do Brasil. Todavia,uma efetiva imigração espanhola par...
ESPANHÓISOs primeiros espanhóis chegaram aoBrasil na década de 1880. Até o finaldo século XIX, a grande maioria erade    g...
ESPANHÓISNo começo do século XX passaram apredominar os andaluzes. Com adecadência da imigração italiana noBrasil, os espa...
ESPANHÓIS       PAELLA                      SANGRIA      JAMÓN SERRANO                            34
ALEMÃES          35
ALEMÃES No ano de 1824 os alemães chegaramao Vale do Rio dos Sinos eestabeleceram sua economia agrícola naárea.           ...
ALEMÃES São Leopoldo (RS) Berço da colonização alemã no Brasil              Pintura de Ernst Zeuner   37
ALEMÃESTiveram primazia na formação de umaestrutura agrária baseada na pequenapropriedade familiar cuja característicamais...
ALEMÃES          39
ALEMÃESDiversas “colônias alemães" surgiramnos três estados do sul no século XIX,concentradas em algumas regiões doRio Gra...
ALEMÃESNo Vale do Itajaí e a região noroestede Santa Catarina, cujos centrosmais importantes são Blumenau eJoinville.Como ...
ALEMÃESJOINVILLEMARECHAL CÂNDIDO RONDON            NOVO HAMBURGO                        42
ALEMÃES  A imigração alemã foi interrompidaem 1830, com a promulgação de umalei proibindo despesas com acolonização      e...
ALEMÃES                      FILME - A PAIXÃO                      DE JACOBINALITERATURA -VIDEIRAS DE CRISTAL             ...
ALEMÃESBOLO DE MAÇÃ          JOELHO SUÍNO                         SALSICHAS   45
ALEMÃES             OKTOBERFEST     CHOPP            46
ITALIANOS            47
ITALIANOS   Somente a partir de 1870 é quecomeçaram a chegar ao Brasil ositalianos. A Itália vivia naquela épocaum forte f...
ITALIANOS A revolução industrial deixou umagrande leva de desempregados noSul da Itália, que procuravamdesesperadamente a ...
ITALIANOS            50
ITALIANOSEstabeleceram-se em SP, onde vieram asubstituir, na condição de assalariados,            o trabalho escravo.     ...
ITALIANOS Os italianos se constituíram no maiorgrupo de imigrantes que chegou aoBrasil de uma única vez, porém acondição s...
ITALIANOS   A migração italiana deu origem acidades como Duque de Caxias, BentoGonçalves, Garibaldi, onde os italianospass...
54
ITALIANOSTelenovelas:• Terra Nostra• EsperançaFilme:• O Quatrilho                 55
ITALIANOSO enraizamento do catolicismo noBrasil, trouxe elementos italianos para areligião brasileira.                    ...
ITALIANOS            FESTAS TÍPICAS57
ITALIANOS             PIZZA                     MACARRÃO      PÃES                                58
ITALIANOS  AZEITE DE OLIVA                    CARPACCIO AZEITONAS                           59
JAPONESES            60
JAPONESES  O ano de 1908 assinala o início daimigração    japonesa   quando    osprimeiros colonos desembarcaram emSão Pau...
JAPONESES    A vinda dos japoneses foiimpulsionada      pela    RevoluçãoIndustrial no Japão que desorganizoua    sociedad...
JAPONESES            63
Embarque em 1962Estátua comemorativa - Imigração Japonesa               Santos - SP                  64
JAPONESESA viagem de navio que durava emmédia 55 dias era tão árdua quanto odesembarque em terra firme. Aenorme diversidad...
JAPONESESEm São Paulo, os japoneses tiveram aprincípio um tratamento semelhanteaquele dado aos italianos, tendovivido, pra...
JAPONESES  A legislação estabelecida pelo EstadoNovo era contrária aos emigrantes noBrasil, principalmente oriundos do Jap...
JAPONESESForam fechadas escolas japonesas, foivetada a publicação de revistas e jornaisestrangeiros, foram proibidas ativi...
JAPONESES   Em 1950 a imigração japonesa éretomada com destino à Amazônia.Atualmente o Brasil é o país que tem amaior comu...
JAPONESES       Na Amazônia os japonesesconseguiram terras com mais facilidade eintroduziram a cultura da juta e dapimenta...
71
JAPONESES  Com o aumento de desemprego noBrasil e a necessidade de mão-de-obranas fábricas japonesas, em meados dadécada d...
73
ABACOORIGAMI             TAMAGOTCHI                      74
SASHIMI          IKEBANA   75
KARATÊ          KENDÔ         JUDÔ      76
Imigração libanesaFILME                             77
JUDEUSA comunidade judaica, constituídapelos imigrantes que vieram daEuropa Oriental e Central, bemcomo pelos vindos dos p...
JUDEUS         79
JUDEUS                     ARTE: CARLOS SCLIARARTE: LASAR SEGALL                     80
JUDEUS GRUPO SAFRA               CLARICE LISPECTOR                               81
Apesar de ser significativa em termosabsolutos, a participação percentual daimigração no crescimento populacionalfoi reduz...
Considerações sobre a imigração:   Elementos fundamentais das práticas relativas à imigração: os subsídios e a condição de...
Considerações sobre a imigração:• o colono representado como imigrante  ideal - embora não houvesse  impedimento real para...
Fonte: Brasil: 500 anos de povoamento. Rio de Janeiro:IBGE, 2000.                                                    85
Atualmente, porém, a emigraçãosupera numericamente a imigração,já que a economia não ofereceemprego em número suficiente e...
Referências BibliográficasMORITZ, Lilia. O espetáculo dasraças: cientistas, instituições equestão racial no Brasil, 1870-1...
ReferênciasFilmes:A Paixão de Jacobina – Fábio BarretoGaijin 2 – Tizuka YamasakiLavoura Arcaica –Luiz F. CarvalhoO Quatril...
OBRIGADA!suelysc@gmail.com                    89
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Formação do povo brasileiro_7ano

4.660 visualizações

Publicada em

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.660
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.694
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
156
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Os grupos mais numerosos e que ocupavam as maiores extensões territoriais, eram o jês e o tupi-guaranis .
  • TESE DO BRANQUEAMENTO O maior volume de entradas de estrangeiros após a abolição reavivou o debate sobre assimilação dos imigrantes (presente desde meados do século XIX), no contexto de afirmação da tese do "branqueamento", e que, na prática, culminou com a campanha de nacionalização no Estado Novo. O postulado assimilacionista tinha dois aspectos: por um lado, a tese do branqueamento da população vislumbrava os europeus como parte de um processo de caldeamento racial e, por outro lado, estes europeus deviam integrar-se ao "melting-pot" também na forma de abrasileiramento cultural (o que significava a condenação das etnicidades produzidas pelo processo imigratório). O imaginário nacionalista obcessivamente apegado a um sentido étnico de formação nacional ajudou a criar não só outras formas de exclusão por graus de assimilabilidade (privilegiando imigrantes de comprovada latinidade) como reafirmou os preceitos racialistas de desqualificação dos "nativos da Ásia e da África" que, no início da república, estavam consignados em lei, depois revogada. A construção simbólica da individualidade nacional, portanto, ajudou a produzir os preceitos de exclusão que marcaram a política imigratória no Brasil.
  • O Brasil precisava de trabalhadores brancos e sadios, agricultores exemplares oriundos do meio rural europeu, com todas as "boas qualidades" do camponês e do artífice, obedientes à lei e dóceis. Por outro lado, ser europeu não bastava: os "piores elementos colonizadores" segundo diretores de colônia, eram comunistas, condenados, ex-soldados e a "escória das cidades" que os governos europeus "expeliam" e que o Brasil devia mandar de volta. Refugiados, deficientes físicos, ciganos, ativistas políticos, velhos, também estavam arrolados, inclusive na legislação, como "indesejáveis".
  • Outros grupos foram numericamente menos expressivos - caso dos russos , austríacos , sírio-libaneses e poloneses (Seyferth, 1990).
  • 1Guinée- sociedade da foz do rio Senegal e outro na foz do 3 Níger
  • Entre essas pessoas podemos identificar dois grupos principais: estudantes universitários e refugiados políticos . A grande maioria dos estudantes africanos vem com bolsa paga pelo países de origem ou por organismos internacionais.
  • Com relação aos demais grupos europeus, caracterizaram-se por serem os que, em maior grau, chegaram como grupo familiar e os que trouxeram crianças em maior proporção. Devido à grande semelhança entre galegos e portugueses , aqueles eram muitas vezes confundidos com estes.
  • Outros grupos importantes foram os catalães , bascos e valencianos . Com relação aos demais grupos europeus, caracterizaram-se por serem os que, em maior grau, chegaram como grupo familiar e os que trouxeram crianças em maior proporção. Devido à grande semelhança entre galegos e portugueses , aqueles eram muitas vezes confundidos com estes.
  • A paella é o prato típico espanhol confeccionado com arroz , mariscos , galinha e vegetais. Como tempero é usado o açafrão e cozinhado numa frigideira de fundo ligeiramente abaulado, chamado paella . Os ingredientes variam conforme a região de Espanha paellera. El jamón serrano es un alimento en conserva obtenido a partir de la salazón y secado al aire de las patas traseras del cerdo . Este mismo producto recibe también el nombre de paleta o paletilla cuando se obtiene de las patas delanteras. También recibe los nombres de jamón ibérico y jamón de bellota .
  • FUTURA SÃO LEOPOLDO
  • O governo imperial interessado em promover o povoamento e colonização , sobretudo na região sul, subsidiou os colonos e pagou a agenciadores para trazê-los ao país.
  • E tão propagada é também a impecável fama da cerveja alemã. Pois, um território com cerca de 1270 cervejarias e mais de 5000 marcas de cerveja já pode ser considerado um recorde mundial. Mas nenhum país tem um “Dia da Cerveja” (como a Alemanha há dez anos), ou melhor, um “Dia da Cerveja Alemã”, o 23 de abril.
  • Naquela época, a expansão da lavoura de café e o surgimento da lei “Eusébio de Queiroz” em 1950, que proibia o tráfico de escravos para o Brasil, provocaram uma necessidade de mão-de-obra para a lavoura cafeeira .
  • Foto 3 – Bento Gonçalves - RS
  • e precisava de mão-de-obra por causa da redução da imigração italiana.
  • Estranhamento tanto por parte dos japoneses que aqui chegavam como daqueles que aqui estavam
  • Desse período até 1988 o país recebeu 53.555 imigrantes.
  • Após terem saído das fazendas de café, os japoneses fixaram-se nas redondezas da capital, onde fundaram os “ cinturões verdes ” (pequenas propriedades dedicados a cultivo de hortaliças, frutas e pequenas criações, cujo objetivo era abastecer os grandes centros urbanos).
  • O maior volume de entradas de estrangeiros após a abolição reavivou o debate sobre assimilação dos imigrantes (presente desde meados do século XIX), no contexto de afirmação da tese do "branqueamento", e que, na prática, culminou com a campanha de nacionalização no Estado Novo. O postulado assimilacionista tinha dois aspectos: por um lado, a tese do branqueamento da população vislumbrava os europeus como parte de um processo de caldeamento racial e, por outro lado, estes europeus deviam integrar-se ao "melting-pot" também na forma de abrasileiramento cultural (o que significava a condenação das etnicidades produzidas pelo processo imigratório). O imaginário nacionalista obcessivamente apegado a um sentido étnico de formação nacional ajudou a criar não só outras formas de exclusão por graus de assimilabilidade (privilegiando imigrantes de comprovada latinidade) como reafirmou os preceitos racialistas de desqualificação dos "nativos da Ásia e da África" que, no início da república, estavam consignados em lei, depois revogada. A construção simbólica da individualidade nacional, portanto, ajudou a produzir os preceitos de exclusão que marcaram a política imigratória no Brasil.
  • O maior volume de entradas de estrangeiros após a abolição reavivou o debate sobre assimilação dos imigrantes (presente desde meados do século XIX), no contexto de afirmação da tese do "branqueamento", e que, na prática, culminou com a campanha de nacionalização no Estado Novo. O postulado assimilacionista tinha dois aspectos: por um lado, a tese do branqueamento da população vislumbrava os europeus como parte de um processo de caldeamento racial e, por outro lado, estes europeus deviam integrar-se ao "melting-pot" também na forma de abrasileiramento cultural (o que significava a condenação das etnicidades produzidas pelo processo imigratório). O imaginário nacionalista obcessivamente apegado a um sentido étnico de formação nacional ajudou a criar não só outras formas de exclusão por graus de assimilabilidade (privilegiando imigrantes de comprovada latinidade) como reafirmou os preceitos racialistas de desqualificação dos "nativos da Ásia e da África" que, no início da república, estavam consignados em lei, depois revogada. A construção simbólica da individualidade nacional, portanto, ajudou a produzir os preceitos de exclusão que marcaram a política imigratória no Brasil.
  • Os brasileiros que vão para o Japão, por exemplo, saem principalmente dos Estados de São Paulo e Paraná, pois é lá que se encontra a maior colônia de descendentes de japoneses, condição suficiente para poder viver e trabalhar no Japão. O fluxo que leva ao Paraguai, por outro lado, está restrito ao entorno da fronteira com esse país, e está relacionado aos incentivos presentes na política de desenvolvimento agrícola do governo paraguaio (Sales, 1999).
  • Formação do povo brasileiro_7ano

    1. 1. Formação do povo brasileiro 1
    2. 2. Antes da colonização, a populaçãodo atual território brasileiro era,segundo estimativas, de dois a cincomilhões de índios pertencentes avárias nações. 2
    3. 3. A imigração para o Brasil iniciou-seem 1530 com a expedição de MartimAfonso de Sousa. 3
    4. 4. Com a criação das capitaniashereditárias e o início da lavoura dacana-de-açúcar, houve a fixação deportugueses e escravos negros nopaís, sobretudo no litoral da BA, RJ,SP e PE. 4
    5. 5. CAPITANIAS HEREDITÁRIAS 5
    6. 6. A partir da abertura dos portos(1808) foi permitida a entrada deimigrantes de outras nacionalidadesno Brasil.Até então apenas os portuguesespodiam se fixar no Brasil, estesexerciam as atividades urbanasenquanto as agrárias eram exercidaspelos escravos. 6
    7. 7. 7
    8. 8. DESMUND OEm 1570, chega ao Brasil um grupo deórfãs de Portugal para desposarem osprimeiros colonizadores. 8
    9. 9. Fatores que influenciaram avinda de imigrantes para o Brasil:• Proibição do tráfico negreiro;• Maior desenvolvimento das atividades cafeeiras e urbano-industriais;• Facilidade de acesso à posse da terra na região Sul;• Subsídios oferecidos pelo Brasil para atrair os imigrantes. 9
    10. 10. Na sua opinião, qualdestes fatores maisimpulsionou o processode imigração no Brasil? 10
    11. 11. Política migratóriaO maior volume de entradas deestrangeiros após a abolição reavivou odebate sobre assimilação dosimigrantes no contexto de afirmação datese do "branqueamento”. 11
    12. 12. Os principais contingentes deimigrantes que vieram para oBrasil eram constituídos deportugueses, africanos,espanhóis e italianosseguidos pelos alemães ejaponeses. 12
    13. 13. GRUPOS DE IMIGRANTES• Os africanos*; • Os portugueses;• Os alemães; • Os espanhóis; • Os judeus.• Os italianos;• Os japoneses; 13
    14. 14. PORTUGUESES CRIANÇAS PORTUGUESAS 14
    15. 15. PORTUGUESES Como "descobridores" do Brasil, osportugueses vieram para a colôniadesde seus primeiros tempos deexistência. Dedicaram-se tanto aatividades rurais como urbanas e,mais do que qualquer outra etnia,espalharam-se por várias regiões doBrasil. 15
    16. 16. PORTUGUESES A partir da metade do século XIX, aimigração portuguesa no Brasil tomoucaráter quase que exclusivamenteurbano e, ao contrário dos imigrantesalemães e italianos que estavam sendomandados para trabalharem naagricultura ... CONTINUA 16
    17. 17. PORTUGUESES ... os portugueses passaram a rumarpara dois destinos preferenciais: acidade do Rio de Janeiro e São Paulo.A princípio como caixeiros e emseguida, como proprietários depequenos armazéns de secos emolhados espalhados pelo país. 17
    18. 18. PORTUGUESES 18
    19. 19. PORTUGUESES BARREADO VINHO 19
    20. 20. AFRICANOS 20
    21. 21. Mais de quatro milhões de negros foramtrazidos da África para se tornaremescravos nas lavouras da cana-de-açúcar. Etnias inteiras foram subjugadase obrigadas a cruzar o oceano nosnavios negreiros. 21
    22. 22. Origem e destino dos africanos 22
    23. 23. Ampliação das rotas da escravidãoGuinée Africa Bantu 23
    24. 24. Os negros não aceitarampacificamente o cativeiro;a história está cheia deepisódios onde osescravos se rebelaramcontra a humilhantesituação em que seencontravam. ZUMBI: líder do Quilombo dos Palmares 24
    25. 25. AFRICANOS A situação dos imigrantes africanosatuais sofre os reflexos do racismo aque são expostos na sociedadebrasileira. 25
    26. 26. AFRICANOS• Os refugiados mais recentes vieram em grande parte por causa da fase extremamente violenta da guerra civil em Angola em 1992 e 1993, período no qual estima-se 500 mil mortes. 26
    27. 27. AFRICANOS ACARAJÉ CARURU VATAPÁ 27
    28. 28. AFRICANOS CANDOMBLÉ CAPOEIRA 28
    29. 29. Quais elementossão indicativos da presença dacultura africana no Brasil? 29
    30. 30. ESPANHÓIS CASTANHOLAS 30
    31. 31. ESPANHÓISA presença espanhola acontece desde oinício da colonização do Brasil. Todavia,uma efetiva imigração espanhola para oBrasil ocorre a partir do final do séculoXIX. Passaporte espanhol 31
    32. 32. ESPANHÓISOs primeiros espanhóis chegaram aoBrasil na década de 1880. Até o finaldo século XIX, a grande maioria erade galegos, que se fixaramprincipalmente em centros urbanosbrasileiros de São Paulo, Rio deJaneiro, Minas Gerais e Bahia. 32
    33. 33. ESPANHÓISNo começo do século XX passaram apredominar os andaluzes. Com adecadência da imigração italiana noBrasil, os espanhóis foram atraídos aosmilhares para o Brasil afim de substituira mão-de-obra italiana no café. 33
    34. 34. ESPANHÓIS PAELLA SANGRIA JAMÓN SERRANO 34
    35. 35. ALEMÃES 35
    36. 36. ALEMÃES No ano de 1824 os alemães chegaramao Vale do Rio dos Sinos eestabeleceram sua economia agrícola naárea. Casa da Feitoria do Linho-Cânhamo (1788), primeiro abrigo dos imigrantes alemães. 36
    37. 37. ALEMÃES São Leopoldo (RS) Berço da colonização alemã no Brasil Pintura de Ernst Zeuner 37
    38. 38. ALEMÃESTiveram primazia na formação de umaestrutura agrária baseada na pequenapropriedade familiar cuja característicamais marcante foi a fixação obrigatóriano lote colonial - sua unidade econômicabásica. Primeiras casas de imigrantes no Vale doRio dos Sinos no século XIX 38
    39. 39. ALEMÃES 39
    40. 40. ALEMÃESDiversas “colônias alemães" surgiramnos três estados do sul no século XIX,concentradas em algumas regiões doRio Grande do Sul como os vales dosRios dos Sinos, Taquari e Caí e noAlto Uruguai. 40
    41. 41. ALEMÃESNo Vale do Itajaí e a região noroestede Santa Catarina, cujos centrosmais importantes são Blumenau eJoinville.Como também a região dePonta Grossa no Paraná. 41
    42. 42. ALEMÃESJOINVILLEMARECHAL CÂNDIDO RONDON NOVO HAMBURGO 42
    43. 43. ALEMÃES A imigração alemã foi interrompidaem 1830, com a promulgação de umalei proibindo despesas com acolonização estrangeira, sendoretomada quase quinze anos depoiscom a fundação de colônias alemãsno sul, no Rio de Janeiro (Petrópolis)e nas terras altas do Espírito Santo. 43
    44. 44. ALEMÃES FILME - A PAIXÃO DE JACOBINALITERATURA -VIDEIRAS DE CRISTAL 44
    45. 45. ALEMÃESBOLO DE MAÇÃ JOELHO SUÍNO SALSICHAS 45
    46. 46. ALEMÃES OKTOBERFEST CHOPP 46
    47. 47. ITALIANOS 47
    48. 48. ITALIANOS Somente a partir de 1870 é quecomeçaram a chegar ao Brasil ositalianos. A Itália vivia naquela épocaum forte fator de repulsão marcadopelas desigualdades entre o Norteindustrializado e desenvolvido e o Sul,agrário e pobre. 48
    49. 49. ITALIANOS A revolução industrial deixou umagrande leva de desempregados noSul da Itália, que procuravamdesesperadamente a solução dosseus problemas nas migrações paraas Américas. 49
    50. 50. ITALIANOS 50
    51. 51. ITALIANOSEstabeleceram-se em SP, onde vieram asubstituir, na condição de assalariados, o trabalho escravo. 51
    52. 52. ITALIANOS Os italianos se constituíram no maiorgrupo de imigrantes que chegou aoBrasil de uma única vez, porém acondição subumana em que eles viviamnas fazendas de café fizeram com queo número de imigrantes italianos quechegavam ao Brasil diminuísserapidamente no início do século XX. 52
    53. 53. ITALIANOS A migração italiana deu origem acidades como Duque de Caxias, BentoGonçalves, Garibaldi, onde os italianospassaram a desenvolver a cultura da uvae do vinho. 53
    54. 54. 54
    55. 55. ITALIANOSTelenovelas:• Terra Nostra• EsperançaFilme:• O Quatrilho 55
    56. 56. ITALIANOSO enraizamento do catolicismo noBrasil, trouxe elementos italianos para areligião brasileira. VATICANO 56
    57. 57. ITALIANOS FESTAS TÍPICAS57
    58. 58. ITALIANOS PIZZA MACARRÃO PÃES 58
    59. 59. ITALIANOS AZEITE DE OLIVA CARPACCIO AZEITONAS 59
    60. 60. JAPONESES 60
    61. 61. JAPONESES O ano de 1908 assinala o início daimigração japonesa quando osprimeiros colonos desembarcaram emSão Paulo. Os japoneses vieramtambém trabalhar na lavoura de café,que continuava em expansão. 61
    62. 62. JAPONESES A vinda dos japoneses foiimpulsionada pela RevoluçãoIndustrial no Japão que desorganizoua sociedade naquele país,provocando desemprego, fome econsequentemente um fator forte derepulsão. 62
    63. 63. JAPONESES 63
    64. 64. Embarque em 1962Estátua comemorativa - Imigração Japonesa Santos - SP 64
    65. 65. JAPONESESA viagem de navio que durava emmédia 55 dias era tão árdua quanto odesembarque em terra firme. Aenorme diversidade entre as culturasoriental e ocidental proporcionava umgrande estranhamento. 65
    66. 66. JAPONESESEm São Paulo, os japoneses tiveram aprincípio um tratamento semelhanteaquele dado aos italianos, tendovivido, praticamente como “escravos”nas fazendas de café nos primeirosmomentos da imigração. 66
    67. 67. JAPONESES A legislação estabelecida pelo EstadoNovo era contrária aos emigrantes noBrasil, principalmente oriundos do Japão,Itália e Alemanha. 67
    68. 68. JAPONESESForam fechadas escolas japonesas, foivetada a publicação de revistas e jornaisestrangeiros, foram proibidas atividadespolíticas e as relações diplomáticasentre Brasil e Japão foram rompidas. 68
    69. 69. JAPONESES Em 1950 a imigração japonesa éretomada com destino à Amazônia.Atualmente o Brasil é o país que tem amaior comunidade japonesa no exteriorcom 1.500.000 pessoas entrejaponeses e seus descendentes. 69
    70. 70. JAPONESES Na Amazônia os japonesesconseguiram terras com mais facilidade eintroduziram a cultura da juta e dapimenta-do-reino. JUTA PIMENTA- DO- REINO 70
    71. 71. 71
    72. 72. JAPONESES Com o aumento de desemprego noBrasil e a necessidade de mão-de-obranas fábricas japonesas, em meados dadécada de 80 ocorreu um movimento“dekassegui” inverso, com a ida dosnipo-brasileiros para o Japãoimpulsionados por empregos com altossalários. 72
    73. 73. 73
    74. 74. ABACOORIGAMI TAMAGOTCHI 74
    75. 75. SASHIMI IKEBANA 75
    76. 76. KARATÊ KENDÔ JUDÔ 76
    77. 77. Imigração libanesaFILME 77
    78. 78. JUDEUSA comunidade judaica, constituídapelos imigrantes que vieram daEuropa Oriental e Central, bemcomo pelos vindos dos países doOriente Médio e do Norte da Áfricacomeçou a se estruturar em SãoPaulo no início do século XX. 78
    79. 79. JUDEUS 79
    80. 80. JUDEUS ARTE: CARLOS SCLIARARTE: LASAR SEGALL 80
    81. 81. JUDEUS GRUPO SAFRA CLARICE LISPECTOR 81
    82. 82. Apesar de ser significativa em termosabsolutos, a participação percentual daimigração no crescimento populacionalfoi reduzida, atingindo apenas 2,4% nadécada de 1950. 82
    83. 83. Considerações sobre a imigração: Elementos fundamentais das práticas relativas à imigração: os subsídios e a condição de colonos.• A imigração subsidiada devia atender ao princípio geopolítico de consolidação do território; 83
    84. 84. Considerações sobre a imigração:• o colono representado como imigrante ideal - embora não houvesse impedimento real para imigrantes de inserção urbana. 84
    85. 85. Fonte: Brasil: 500 anos de povoamento. Rio de Janeiro:IBGE, 2000. 85
    86. 86. Atualmente, porém, a emigraçãosupera numericamente a imigração,já que a economia não ofereceemprego em número suficiente e ossalários brasileiros situam-se entre osmais baixos do planeta. 86
    87. 87. Referências BibliográficasMORITZ, Lilia. O espetáculo dasraças: cientistas, instituições equestão racial no Brasil, 1870-1930.São Paulo, Cia. das Letras, 1993. SEYFERTH, G. “Os paradoxos damiscigenação". In: Estudos Afro-Asiáticos, 20._____. G. 1990. Imigração e Culturano Brasil. Brasília, Editora daUniversidade de Brasília,1998. 87
    88. 88. ReferênciasFilmes:A Paixão de Jacobina – Fábio BarretoGaijin 2 – Tizuka YamasakiLavoura Arcaica –Luiz F. CarvalhoO Quatrilho – Fábio Barreto 88
    89. 89. OBRIGADA!suelysc@gmail.com 89

    ×