CARTOGRAFIACARTOGRAFIA
SUELY TAKAHASHI
3
 Conceito: Ciência, técnica e a arte de representar a
superfície terrestre
 Mapa: Representação no plano, em escala pequ...
ESCALAS
2
2
Escala Cartográfica
Indica a proporção entre o
objeto real (o mundo ou uma
parte dele) e sua representação
cartográfica, o...
Um mapa na escala 1:100.000
indica que o espaço representado
foi reduzido de forma que...
1 centímetro, no mapa,
correspon...
A escala deste Mapa Topográfico indica
que cada 1 centímetro da área nele
representada equivale 5km de distância
real.
Categorias
de escala e sua finalidade
Grande
Segundo IBGE
1:50 / 1:100
Plantas
arquitetônicas e
de engenharia
1:500 / 1:20...
Categorias
de escala e sua finalidade
Média Pequena
Segundo IBGE
1:25.000 a
1:250.000
Acima de
1:250.000
Mapas
topográfico...
Segundo Cêurio de Oliveira (1993)...
• Escala pequena – 1:600.000 ou
menores
• Escala Mediana – 1:100.000 até
1:600.000
• ...
Tipos de representação de escalas
Escala Gráfica
• É a representação gráfica de várias
distâncias do terreno sobre uma
lin...
Exemplo de escala gráfica
km
m
cm
Escala Numérica
• É representada por uma fração,
onde o numerador corresponde à
distância no mapa (1 cm) , e o
denominador...
Escala Numérica
• Lê-se a escala da seguinte forma:
um por ou para trezentos mil
(1:300.000), significando que a
distância...
Cálculo de Escala
Sendo:
E = escala
d = distância medida na carta
D = distância real (no terreno).
Múltiplos e submúltiplos do metro
submúltiplosdometro metro múltiplosdometro
mm-
milímetro
cm-
centímetro
dm-
decímetro
me...
Conversão de km para cm...
• Para transformar centímetro (cm)
em quilômetro (km), a vírgula
deverá deslocar-se por 5 ( cin...
Conversão
de medidas de Comprimento
• 1km = 1000m
• 1m = 100cm
• 1cm = 10mm
Km m + 3 zeros cm + 5
zeros
1km1000m100.00...
Conversão
de medidas de Comprimento
• 1:300.000 1 cm no mapa
equivale 300.000 cm na realidade
ou 3(três) km.
• 1:100 1 cm ...
Exemplo prático...
• Qual a distância
real entre Sobral
e Fortaleza sa-
bendo que a
escala do mapa
é 1:500.000 e
sua distâ...
Resolvendo a questão...
Utilizando a equação: E = d
D
1 = 20 , D = 500.000 x 20,
500.000 D
D = 10.000.000 cm, Convertendo
...
Exemplo de escala cartográfica
Escala
de
m
enor
detalhe
1:150.000 1:25.000
Escala
de
m
aior
detalhe
Projeções Cartográficas
• Todos os mapas são representações
aproximadas da superfície terrestre;
• É impossível representa...
Projeções Cartográficas
• É a representação de uma
superfície esférica (a Terra)
num plano (o mapa).
"sistema plano de mer...
Projeções Cartográficas
• O grande problema da cartografia é
ter de representar uma superfície
esférica num plano, pois, a...
Exemplo de deformação
Projeções Cartográficas
• Portanto todas as projeções
apresentam deformações, que podem
ser em relação as distâncias, as á...
Tipos de projeções
• A maior parte das projeções hoje
existentes deriva dos três tipos ou
métodos originais:
1. Cilíndrica...
Projeção Cilíndrica - o
mapa é construído
imaginando-o
desenhado num
cilindro tangente ou
secante à superfície da
Terra, q...
Projeção Cilíndrica
• Resulta da projeção dos
paralelos e meridianos sobre um
cilindro envolvente, que é
posteriormente de...
Características
da projeção Cilíndrica
• Apresenta os paralelos retos e
horizontais e os meridianos retos e
verticais;
• A...
Projeção Cilíndrica
Compare as proporções Projeção de Mercator
Projeção Cônica - o
mapa é construído
imaginando-o
desenhado num cone
que envolve a esfera
terrestre, que é em
seguida des...
Projeções Cônicas
• Resulta da projeção do globo
terrestre sobre um cone, que
posteriormente é planificado.
Características
da projeção Cônica
• Apresenta paralelos circulares e
meridianos radiais, isto é, retas que se
originam de...
Projeção Cônica
Projeção Plana ou
Azimutal - o mapa é
construído
imaginando-o situado
num plano tangente ou
secante a um ponto na
superfíc...
Projeção Azimutal
• Resulta da projeção da superfície
terrestre sobre um plano a partir de
um determinado ponto (ponto de
...
Características
da projeção Azimutal
• Também chamadas planas ou
zenitais, têm um ponto de vista
central.
• Deformam áreas...
Projeção Azimutal
Projeção Azimutal
Projeção Azimutal
Observem o Símbolo da ONU
Porque a escolha desta projeção?
Quanto ao grau de deformação...
As projeções podem ser
classificadas em:
1. Conformes ou isogonais;
2. equivalentes ou iso...
Projeções
conformes ou isogonais
• São as projeções que mantêm os
ângulos ou as formas de pequenas
feições.
• Convém lembr...
1- Projeções Conformes
- Preserva os ângulos.
- Paralelos e os meridianos se
cruzam em ângulos retos
- Distorce-se a forma...
Projeção de Mercator
• A projeção de Mercator é muito
usada em navegação porque
representa as linhas de azimute
constante ...
Áreas
deformadas
Projeção de Mercator
Projeções
equivalentes ou isométricas
• São projeções que conservam as
áreas (não há deformação de
área).
• Os ângulos sof...
Projeções
equivalentes ou isométricas
• Muitos consideram que estas são
as projeções mais adequadas
para uso em SIG.
• Com...
Projeção
Cônica de Albers
Projeção
Azimutal de Lambert
Projeções eqüidistantes
• As projeções equidistantes
conservam a proporção entre as
distâncias, em determinadas
direções, ...
Projeções eqüidistantes
• Convém reforçar a idéia de que a
equidistância, ao contrário da
conformidade ou da equivalência,...
Projeção
cilíndrica eqüidistante
Exemplo de escala cartográfica
Escala
de
m
enor
detalhe
1:150.000 1:25.000
Escala
de
m
aior
detalhe
Exercícios
1) No traçado de certos mapas geográficos, faz-se necessário representa a Terra
- que é aproximadamente esférica - como um...
2) Existem diferentes formas de representação plana da superfície da
Terra (planisfério).
Os planisférios de Mercator e de...
3) Considerando a idéia de que os mapas são concebidos
como instrumentos utilizados para representar o planeta
Terra, é co...
4) Com relação ao mapa a seguir:
a) o erro está no fato dele ser apresentado de modo invertido, pois a Antártida está
colo...
5) Observe os planisférios, construídos a partir de projeções diferentes.
A partir da análise e da interpretação dos plani...
OBRIGADA!OBRIGADA!
suelysc@gmail.com
Aula 3 cartografia escala
Aula 3 cartografia escala
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 3 cartografia escala

1.826 visualizações

Publicada em

Cartografia: escalas

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.826
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
596
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
57
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Slide de abertura 2
  • Slide de abertura 2
  • Slide de abertura 2
  • Aula 3 cartografia escala

    1. 1. CARTOGRAFIACARTOGRAFIA SUELY TAKAHASHI 3
    2. 2.  Conceito: Ciência, técnica e a arte de representar a superfície terrestre  Mapa: Representação no plano, em escala pequena, dos aspectos geográficos, naturais, culturais e artificiais de determinada área destinada aos mais variados usos;  Carta: Representação no plano, em escala média ou grande, dos aspectos artificiais e naturais de determinada área, subdividida em folhas articuladas de maneira sistemática. Cartografia
    3. 3. ESCALAS 2 2
    4. 4. Escala Cartográfica Indica a proporção entre o objeto real (o mundo ou uma parte dele) e sua representação cartográfica, ou seja, quantas vezes o tamanho real teve de ser reduzido para poder ser representado.
    5. 5. Um mapa na escala 1:100.000 indica que o espaço representado foi reduzido de forma que... 1 centímetro, no mapa, corresponde a 100 mil centímetros ou 1 quilômetro do tamanho real.
    6. 6. A escala deste Mapa Topográfico indica que cada 1 centímetro da área nele representada equivale 5km de distância real.
    7. 7. Categorias de escala e sua finalidade Grande Segundo IBGE 1:50 / 1:100 Plantas arquitetônicas e de engenharia 1:500 / 1:20.000 Plantas urbanas e de engenharia
    8. 8. Categorias de escala e sua finalidade Média Pequena Segundo IBGE 1:25.000 a 1:250.000 Acima de 1:250.000 Mapas topográficos Atlas geográficos e globos
    9. 9. Segundo Cêurio de Oliveira (1993)... • Escala pequena – 1:600.000 ou menores • Escala Mediana – 1:100.000 até 1:600.000 • Escala Grande – 1:100.000 ou maiores. Categorias de escala
    10. 10. Tipos de representação de escalas Escala Gráfica • É a representação gráfica de várias distâncias do terreno sobre uma linha reta graduada. • A primeira parte (chamada de talão ou escala fracionária) é seccionada de tal modo a permitir uma avaliação mais precisa das distâncias ou tamanhos no mapa.
    11. 11. Exemplo de escala gráfica km m cm
    12. 12. Escala Numérica • É representada por uma fração, onde o numerador corresponde à distância no mapa (1 cm) , e o denominador à distância real, no terreno. Pode ser escrita das seguintes maneiras: ex.: ____1___ e 1:300.000 300.000
    13. 13. Escala Numérica • Lê-se a escala da seguinte forma: um por ou para trezentos mil (1:300.000), significando que a distância real sofreu uma redução de 300 mil vezes.
    14. 14. Cálculo de Escala Sendo: E = escala d = distância medida na carta D = distância real (no terreno).
    15. 15. Múltiplos e submúltiplos do metro submúltiplosdometro metro múltiplosdometro mm- milímetro cm- centímetro dm- decímetro metro dam- decâmetro hm- hectômetro km- quilômetro
    16. 16. Conversão de km para cm... • Para transformar centímetro (cm) em quilômetro (km), a vírgula deverá deslocar-se por 5 ( cinco ) casas decimais para a esquerda.
    17. 17. Conversão de medidas de Comprimento • 1km = 1000m • 1m = 100cm • 1cm = 10mm Km m + 3 zeros cm + 5 zeros 1km1000m100.000cm Km m - 3 zeros cm - 5 zeros
    18. 18. Conversão de medidas de Comprimento • 1:300.000 1 cm no mapa equivale 300.000 cm na realidade ou 3(três) km. • 1:100 1 cm no mapa equivale a 100 cm na realidade ou 0,001 km.
    19. 19. Exemplo prático... • Qual a distância real entre Sobral e Fortaleza sa- bendo que a escala do mapa é 1:500.000 e sua distância no mesmo é de 20cm? Sobral Fortaleza 20 cm Escala 1:500.000
    20. 20. Resolvendo a questão... Utilizando a equação: E = d D 1 = 20 , D = 500.000 x 20, 500.000 D D = 10.000.000 cm, Convertendo para km D = 100 km
    21. 21. Exemplo de escala cartográfica Escala de m enor detalhe 1:150.000 1:25.000 Escala de m aior detalhe
    22. 22. Projeções Cartográficas • Todos os mapas são representações aproximadas da superfície terrestre; • É impossível representar uma superfície curva em uma superfície plana sem que haja deformações; • Por isso os mapas preservam certas características ao mesmo tempo em que alteram outras;
    23. 23. Projeções Cartográficas • É a representação de uma superfície esférica (a Terra) num plano (o mapa). "sistema plano de meridianos e paralelos sobre os quais pode ser desenhado um mapa"
    24. 24. Projeções Cartográficas • O grande problema da cartografia é ter de representar uma superfície esférica num plano, pois, a esfera é um sólido não planificável. • Ao achatarmos uma esfera, necessariamente ela sofrerá alterações ou deformações.
    25. 25. Exemplo de deformação
    26. 26. Projeções Cartográficas • Portanto todas as projeções apresentam deformações, que podem ser em relação as distâncias, as áreas ou aos ângulos. • Assim, cabe ao cartógrafo escolher o tipo de projeção que melhor atenda aos objetivos do mapa.
    27. 27. Tipos de projeções • A maior parte das projeções hoje existentes deriva dos três tipos ou métodos originais: 1. Cilíndricas 2. Cônicas 3. planas ou azimutais
    28. 28. Projeção Cilíndrica - o mapa é construído imaginando-o desenhado num cilindro tangente ou secante à superfície da Terra, que é depois desenrolado. Projeção Cilíndrica
    29. 29. Projeção Cilíndrica • Resulta da projeção dos paralelos e meridianos sobre um cilindro envolvente, que é posteriormente desenvolvido (planificado).
    30. 30. Características da projeção Cilíndrica • Apresenta os paralelos retos e horizontais e os meridianos retos e verticais; • Acarreta um crescimento (defor- mação) exagerado das regiões de elevadas latitudes; • É o mais utilizado para a repre- sentação do mapa-múndi.
    31. 31. Projeção Cilíndrica Compare as proporções Projeção de Mercator
    32. 32. Projeção Cônica - o mapa é construído imaginando-o desenhado num cone que envolve a esfera terrestre, que é em seguida desenrolado. Projeções Cônicas
    33. 33. Projeções Cônicas • Resulta da projeção do globo terrestre sobre um cone, que posteriormente é planificado.
    34. 34. Características da projeção Cônica • Apresenta paralelos circulares e meridianos radiais, isto é, retas que se originam de um único ponto. • É usado principalmente para a representação de países ou regiões de latitudes intermediárias, embora possa ser utilizado para outras latitudes.
    35. 35. Projeção Cônica
    36. 36. Projeção Plana ou Azimutal - o mapa é construído imaginando-o situado num plano tangente ou secante a um ponto na superfície da Terra. Ex. Projeção Esterográfica Polar. Projeção Azimutal
    37. 37. Projeção Azimutal • Resulta da projeção da superfície terrestre sobre um plano a partir de um determinado ponto (ponto de vista). • Elas são utilizadas para confeccionar mapas especiais, principalmente os náuticos e aeronáuticos.
    38. 38. Características da projeção Azimutal • Também chamadas planas ou zenitais, têm um ponto de vista central. • Deformam áreas distantes desse ponto. • São as preferidas para representar as áreas polares.
    39. 39. Projeção Azimutal
    40. 40. Projeção Azimutal
    41. 41. Projeção Azimutal Observem o Símbolo da ONU Porque a escolha desta projeção?
    42. 42. Quanto ao grau de deformação... As projeções podem ser classificadas em: 1. Conformes ou isogonais; 2. equivalentes ou isométricas; 3. equidistantes.
    43. 43. Projeções conformes ou isogonais • São as projeções que mantêm os ângulos ou as formas de pequenas feições. • Convém lembrar que a manutenção dos ângulos acarreta uma distorção no tamanho dos objetos no mapa.
    44. 44. 1- Projeções Conformes - Preserva os ângulos. - Paralelos e os meridianos se cruzam em ângulos retos - Distorce-se a forma dos objetos no mapa
    45. 45. Projeção de Mercator • A projeção de Mercator é muito usada em navegação porque representa as linhas de azimute constante como linhas retas. • Entretanto, distorce bastante o tamanho dos objetos situados nas proximidades das regiões polares.
    46. 46. Áreas deformadas Projeção de Mercator
    47. 47. Projeções equivalentes ou isométricas • São projeções que conservam as áreas (não há deformação de área). • Os ângulos sofrem deformações.
    48. 48. Projeções equivalentes ou isométricas • Muitos consideram que estas são as projeções mais adequadas para uso em SIG. • Como exemplos pode-se citar as projeções Cônica de Albers e Azimutal de Lambert.
    49. 49. Projeção Cônica de Albers
    50. 50. Projeção Azimutal de Lambert
    51. 51. Projeções eqüidistantes • As projeções equidistantes conservam a proporção entre as distâncias, em determinadas direções, na superfície representada.
    52. 52. Projeções eqüidistantes • Convém reforçar a idéia de que a equidistância, ao contrário da conformidade ou da equivalência, não é uma característica global de toda a área mapeada. • Exemplo: projeção Cilíndrica Eqüidistante.
    53. 53. Projeção cilíndrica eqüidistante
    54. 54. Exemplo de escala cartográfica Escala de m enor detalhe 1:150.000 1:25.000 Escala de m aior detalhe
    55. 55. Exercícios
    56. 56. 1) No traçado de certos mapas geográficos, faz-se necessário representa a Terra - que é aproximadamente esférica - como uma região plana, o que é feito por intermédio de projeções. Com relação a essas projeções, julgue os itens abaixo [V/F]. ( ) O objetivo na projeção que originou o mapa da figura I é destacar a distribuição global dos continentes, omitindo-se parte de alguns oceanos e procurando diminuir as distorções das formas e das distâncias. ( ) Há projeções que eliminam distorções que ocorreriam se a transposição de paralelos e meridianos fosse feita diretamente para uma superfície plana. ( ) Alterações na área ou na forma dos países podem ser objeto de manipulações cartográficas com fins diferentes, inclusive o ideológico.
    57. 57. 2) Existem diferentes formas de representação plana da superfície da Terra (planisfério). Os planisférios de Mercator e de Peters são atualmente os mais utilizados. Apesar de usarem projeções, respectivamente, conforme e equivalente, ambas utilizam como base da projeção o modelo:
    58. 58. 3) Considerando a idéia de que os mapas são concebidos como instrumentos utilizados para representar o planeta Terra, é correto afirmar que: a) os mapas do século XII, feitos pelos europeus, já representavam a Cordilheira dos Andes. b) o primeiro mapa a considerar a Terra redonda foi feito por Ptolomeu. c) o mapa-múndi feito por Mercator privilegia a representação do continente europeu por exagerar sua extensão territorial. d) a última porção do território mundial a ser representada pelos cartógrafos europeus foi a da África.
    59. 59. 4) Com relação ao mapa a seguir: a) o erro está no fato dele ser apresentado de modo invertido, pois a Antártida está colocada ao norte, e a Europa e Ásia, ao sul da Terra, fato que invalida a Projeção de Peters. b) nenhum dado está correto, pois, com a Projeção de Peters, a Europa aparece proporcionalmente menor do que realmente é em relação aos demais continentes. c) a forma do traçado dos continentes está mantida, mas o erro está no fato do mapa ser apresentado de modo invertido, resultado da Projeção de Peters. d) a proporção entre as áreas dos continentes corresponde à da realidade, apesar de comprometer as suas formas, resultado da Projeção de Peters.
    60. 60. 5) Observe os planisférios, construídos a partir de projeções diferentes. A partir da análise e da interpretação dos planisférios, todas as alternativas estão corretas, EXCETO: a) A representação correspondente ao Planisfério 1 expressa as reais proporções entre os diferentes continentes que compõem a superfície terrestre. b) A representação correspondente ao Planisfério 2 mostra deformações de áreas que são tanto maiores quanto mais elevadas as latitudes. c) A representação correspondente ao Planisfério 1 possibilita a percepção correta do contorno das massas continentais, principalmente nas regiões e entre os trópicos. d) A representação correspondente ao Planisfério 2 é utilizada intensamente, na navegação aérea e marítima, pela viabilidade de se traçarem nela, com precisão, os rumos de uma rota. e) A cartografia das áreas situadas nas latitudes superiores a 80°N e S é inviável, nas duas representações, devido ao excesso de deformação decorrente do processo de projeção.
    61. 61. OBRIGADA!OBRIGADA! suelysc@gmail.com

    ×