Globalização na áfrica1

784 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
784
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Globalização na áfrica1

  1. 3. <ul><li>A África apesar do processo de independência ocorrido após a Segunda Guerra, ainda apresenta uma série de problemas crônicos que vão desde a falta de indústrias aos piores indicadores sociais do planeta.  Características que colocam o continente como um dos mais miseráveis. </li></ul>
  2. 6. <ul><li>Conseqüentemente para reverter esse quadro, o continente é obrigado a comprar tecnologias (defasadas do Primeiro Mundo) com preços altíssimos, alimentando ainda mais a ciranda do endividamento externo e dificultando os investimentos nas áreas sociais.  </li></ul><ul><li>    Devemos ressaltar que as elites africanas colaboram com esse mecanismo, pois são “compradas” através da cooptação político-econômica, onde sempre contarão com a ajuda das antigas metrópoles, bastando para isso, não mudar as relações econômicas favoráveis a elas. </li></ul>
  3. 9. <ul><li>A projeção de um futuro melhor para a África está cada vez mais distante, a situação piorou ainda mais em função do fim do bloco soviético. Pois sem ele, a ameaça de uma “África comunista” acabou e os EUA não têm mais preocupação alguma em reverter essa situação. </li></ul><ul><li>Enquanto isso a África continua sendo um continente onde se predomina a miséria, a fome, e a desigualdade entre os povos . </li></ul>
  4. 14. Enquanto isso a África vai vivendo a globalização da fome que é cada vez mais intensa.  
  5. 15. <ul><li>RAYANNE </li></ul><ul><li>ADRIANA </li></ul><ul><li>KÉZIA </li></ul>

×