Abtcp Scheibe Presentation Proof Read

1.007 visualizações

Publicada em

Presentation at ABTCP Congress in Sao Paulo, 2008.

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.007
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Abtcp Scheibe Presentation Proof Read

  1. 1. Globalização da Indústria Brasileira de Celulose e Papel Stephen Scheibe All Abroad
  2. 2. Brasil: Mudanças Básicas 1985-2008 Democratização Abertura econômica/privatização Plano Real/estabilidade monetária FHC-Lula
  3. 3. Papel e Celulose:Crescimento Source: Brascelpa at www.bracelpa.org.br (statistics) In Thousand MetricTons 1950 1960 1970 1980 1990 2000 2007 Papel 253 505 1098 3361 4715 7200 8960 Celulose 95 286 777 3096 4351 7209 11900
  4. 4. Papel e Celulose Produção Histórica milhões de toneladas métricas
  5. 5. 348 mil toneladas em 1950 21 milhões de toneladas em 2007 Delta: 60 x
  6. 6. Nota-se então a expansão da produção de celulose e de papel mas o crescimento mais acelerado do primeiro comparado com o segundo
  7. 7. Cadê o Dinheiro? Papel x Celulose
  8. 8. Receita de Exportações de Papel e Celulose (U$Bi)
  9. 9. Mercado Externo x Consumo Interno
  10. 10. Celulose como Commodity x Papel com valor agregado
  11. 11. Indústria de Celulose-Brasil Fotografia: Chris Lang
  12. 12. Modelo de Valor Agregado Setor Florestal ↓ Celulose ↓ Papel Produtos de papel/Embalagem/Produtos Gráficos/Newsprint/Tissues/Sanitários/MédicosEspecialidades/etc.
  13. 13. Veracel e Plantação de Eucaliptos Fotografia: Chris Lang
  14. 14. Potencial e Dificuldades no Brasil e os Setores de Celulose e Papel
  15. 15. POLITICA ECONOMICA BRASILEIRA PONTOS POSITIVOS PONTOS NEGATIVOS Estabilidade Política Desconfiança Política Establilidade Econômica Carga Trib. Excessiva/ Juros altos Benificios PAC Implementação ? Bal. Comercial Favorável Falta de Competividade Invest. Estrangeiro Concorrencia com K local Criação de Empregos Falta MO qualificada Maior escolaridade Precaridade de Ensino Câmbio Favor. Bens de K Barreiras/Impostos/Buro-cracia
  16. 16. INDUSTRIA DE CELULOSE PONTOS POSITIVOS PONTOS NEGATIVOS Crescimento Investimento Pesados Lucratividade Retorno a Longo Prazo Base de Recursos Naturais Monocultura e “Blackout” Forestal Certificacao Ambiental Imagem Ambiental Negativa Exportações Positivas Câmbio desfavorável Mercados Asia/EUA/CE Distância/ Logística Criação de Empregos Desapropriação Exploração
  17. 17. Plantacao e Colheita de Vista por Criticos Fotografia: Chris Lang
  18. 18. INDUSTRIA DE PAPEL PONTOS POSITIVOS PONTOS NEGATIVOS Crescimento e Potencial Mercado Pequeno para Maquinas Modernas Ampliação da Cadeia Produtiva Concorrência com Produtos Importados Potencial Exportação Mercosul Concorrência Chilena Exportação para EUA/CE Custo Brasil/Logistica Consciencia Ambiental O Lado “Obscuro” da Produção de Papel
  19. 19. INDUSTRIA DE PAPEL (Cont.) PONTOS POSITIVOS PONTOS NEGATIVOS Bom Sistema de Distribuicao Infraestrutura Deficiente Investimentos Estrangeiros Atraves de Coligacoes Status de Parceiro “Junior” Capital Intensivo e Moderno Retorno Limitado pelo Mercado
  20. 20. Maquinas de papel, fonte www.tappi.org e Klabin
  21. 21. Perspectiva empresarial: problema de escala: Segundo Jose Luciano Penido de VCP: Mercado no Brasil 400 mil tonelada/ano para papel cortado-uma maquina moderna Coated paper menos de 500 mil toneladas/ano-produção de uma máquina moderna e de 700 a 800 mil toneladas/ano Os números não somam.
  22. 22. Finalmente: A Questão da Globalização, Dependência e a Crise de Capital

×