Relatório semanal 11 10 10b

340 visualizações

Publicada em

Relatórios Semanal elaborado por Clodoir Vieira - CNPI - Economista da Corretora Souza Barros.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
340
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório semanal 11 10 10b

  1. 1. Relatório Semanal 11 Outubro 2010 Cenário Econômico A semana foi de publicação de índices importantes que deu o tom da semana. Entre eles, as vendas de casas pendentes nos Estados Unidos cresceram 4,3% em agosto. Outro indicador importante, os pedidos às fábricas no país caíram 0,5%, de acordo com informações do Departamento de Comércio do país. Já a atividade do setor de serviços nos Estados Unidos em setembro avançou para 53,2 pontos, contra 51,5 pontos de agosto. As informações foram divulgadas pelo Institute for Supply Management e vieram acima do esperado, de 52,3 pontos. Além disso, os negócios do atacado norte-americano aumentaram em 0,8% em agosto, após alta revisada de 1,5% registrada em julho, informou o Departamento de Comércio do país. O indicador, que mede a proporção de cada dólar vendido em relação aos estoques do atacado, veio acima do esperado. O crédito ao consumidor norte-americano caiu US$ 3,3 bilhões em agosto, pelo sétimo mês consecutivo, informou o Federal Reserve. O resultado representa queda de 1,7% em relação ao mês anterior, e diminuiu a oferta de crédito no período para US$ 2,414 trilhões. O Dow Jones acumulou ganhos de 1,63%, Nasdaq 1,31% na semana. 1/3
  2. 2. Relatório Semanal 11 Outubro 2010 Destaque de alta na semana Copel PNB – 10,5% A Copel esta localizada no Paraná estado que PSDB venceu as eleições, isso demonstra que o mercado não é neutro em relação ao processo político. Agora fica a expectativa de uma melhoria significativa de governança corporativa. Eletrobrás PNB – 7,0% No caso específico dessa empresa, não atribuímos a alta ao fator política, como a imprensa chegou a mencionar durante essa semana. Acreditamos que suas ações ficaram muito defasadas em relação ao próprio setor elétrico e ao mercado como um todo. Lojas Americ PN – 9,9% e Lojas Renner ON – 7,8% Na semana, foi divulgado nos meios de comunicação que o comércio varejista deve encerrar o ano de 2010 com crescimento de 10% no faturamento, acima da estimativa anterior que era de incremento de 7%. Motivos para o otimismo não faltam: o desempenho já registrado nos primeiros oito meses de 2010, a disponibilidade de crédito para o consumo, a queda dos indicadores de desemprego e inadimplência, a demanda ainda reprimida por diversos bens de consumo e o crescimento do número de consumidores incluídos na classe C, que inclui indivíduos com renda na faixa entre R$650 e R$2.100. Este conjunto de fatores devem contribuir para que a demanda por bens de consumo, principalmente, alimentos, aparelhos eletrônicos, produtos para o lar, vestuário e materiais de construção sigam com tendência ascendente. Esta perspectiva fica reforçada com a proximidade das vendas por conta do Dia das Crianças que é festejado em 12 de outubro, principalmente pelas vendas de Natal. Destaque de queda na semana Usiminas PNA – (4,5%) Relatórios divulgados durante a semana de diversas Instituições rebaixando recomendação para a Usiminas de “Compra” para “Neutra”, a fim de refletir o impacto negativo da queda dos preços do aço no mercado local nos resultados no terceiro trimestre, podem explicar a desvalorização das ações da empresa. Produtores de aços planos como a Companhia adotaram uma política de descontos no Brasil para competir com o aço importado, que aumentou drasticamente neste ano. No caso particular do aço plano, as importações chegaram a 28% do consumo de aço em agosto. 2/3
  3. 3. Relatório Semanal 11 Outubro 2010 Petrobras PN – (5,5%) Após um processo de capitalização visto pelo mercado como bem- sucedido, as ações da estatal vêm sofrendo seguidos rebaixamento de preços e, em alguns casos, de recomendações. Múltiplos altos, diluição da base acionária após a oferta de ações, a eventual necessidade de nova oferta de ações num futuro próximo e a orientação política da empresa estão entre os principais motivos citados por alguns analistas como justificativas. O movimento negativo ainda foi potencializado por boatos sobre irregularidades na companhia. Disclaimer i Atendimento Souza Barros São Paulo (11) 32492-6900 - 0800 77 123 00 www.souzabarros.com.br – www.investtrader.com.br Analista CNPI: Clodoir Vieira Trainee: Larissa Gatti Nappo i Disclaimer - Sua(s) recomendação(ões), aqui expressa(s), refletem única e exclusivamente sua(s) opinião(ões) pessoal(is) e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Corretora Souza Barros Câmbio e títulos S.A - (Souza Barros), a quem estão vinculados; 2- Não mantém vínculo com pessoa(s) natural(is) que atuem no âmbito da(s) companhia(s) analisada(s); 3- A Souza Barros, para a qual trabalha(m), não possui participação acionária igual ou superior a 1% do capital social da(s) companhia(s) analisada(s); 4- Não possui(em) valores mobiliários da(s) companhia(s) analisada(s) que ultrapassem 5% de seu patrimônio pessoal, nem estão envolvidos na negociação de seus valores mobiliários; 5- ele(s) e a Souza Barros não recebem remuneração por serviços prestados, ou apresenta(m) relações comerciais com a(s) companhia(s) analisada(s), ou com pessoas naturais, ou jurídicas, fundos, ou universalidade de direitos que atuem representando o mesmo interesse desta(s); 6- não possui(em) remuneração, ou esquema de compensação atrelados à precificação de quaisquer valores mobiliários emitidos pela(s) companhia(s) analisada(s), ou à receitas provenientes nos negócios e operações financeiras realizadas pela Souza Barros. 3/3

×