Mateo Sobradelo. O crepúsculo

545 visualizações

Publicada em

tarefa de lectura

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
545
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
215
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mateo Sobradelo. O crepúsculo

  1. 1. Mateo Sobradelo 1ºBach B
  2. 2. O Pitutas diulles mil pesetas e estreitoulles a mao.
  3. 3. -É o Xaquín? Ela respondeu e eu quedei parvo. -Aínda non naceu.
  4. 4. O rapaz afogado tiña ollos de animal de baixoterra. Tiña os ollos do Suso. Tiña a ademirada cara do Suso. O rapaz afogado era o Suso.
  5. 5. -Eu lévolle auga de selz a iste home e despois déitome coiste home. Xa o sabes, Eire.
  6. 6. O meu pai é un cabrón. Ao millor é il o meu medo.
  7. 7. Saín do bar por non facer unha barbaridade. E seguía a chover. Metinme nos soportais da Rúa do Vilar.
  8. 8. -Ti xa sei que che gostaría non ir, e quedarmos como porcos, dispensando, cos da Casa Azul.
  9. 9. -Nunca debiches facerme aquilo, Ramil. Nunca debiches facerme a min aquilo, en Madrid.
  10. 10. E sentouse ao pé do corpo de Mari.
  11. 11. Aquil adolescente de face verde, estrábico, de maos enormes e roibas, era o noso fillo. Unha pantasía...

×