Apostila de conducao_da_meditacao_shinsokan

647 visualizações

Publicada em

Meditação Contemplativa

Publicada em: Internet
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
647
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apostila de conducao_da_meditacao_shinsokan

  1. 1. Condução da Meditação Shinsokan Básica e variações Material elaborado pela Superintendência das Atividades dos Preletores SEICHO-NO-IE DO BRASIL Março/2013
  2. 2. 2
  3. 3. 3 Introdução Reverências, muito obrigado! Constantemente somos convidados e/ou escalados para conduzir a Meditação Shinsokan nas atividades da Seicho-No-Ie. Esta é uma prática natural para nós que somos adeptos deste movimento. Mas o procedimento é o mesmo quando somos condutores de um grupo ou quando fazemos nossa prática diária? Certamente não! Por esta razão, a Superintendência das Atividades dos Preletores, com a colaboração dos membros da Associação dos Líderes da Iluminação da SEICHO- NO-IE DO BRASIL, elaborou esta apostila, contendo os roteiros da Meditação Shinsokan básica e suas variações, que constam no livro Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan. O objetivo é fazer com que a sequência da prática esteja sempre pronta a ser utilizada, sem o inconveniente de precisar desfazer a posição de oração para segurar o livro nas mãos. Com este formato, a sequência pode estar organizada em uma pasta, em material encadernado (espiral, por exemplo), colado em folhas de caderno etc., facilitando o manuseio e acompanhamento durante a prática. A Meditação Shinsokan, como consta no livreto “Shinsokan” e Outras Orações, “é uma meditação contemplativa através da qual o homem transcende o mundo do fenômeno (…) e entra num mundo de dimensão superior, o mundo da Imagem Verdadeira, o mundo absoluto e perfeito criado por Deus, onde o Eu verdadeiro (o filho de Deus) funde-se com Deus e onde se fita com os olhos espirituais a perfeição do Eu verdadeiro”. Naturalmente, não se trata de uma oração para “pedir”, mas apenas contemplar a totalidade e perfeição da Imagem Verdadeira. Fazer com que os praticantes realizem a meditação com este comportamento é de inteira responsabilidade daquele que a conduz.
  4. 4. 4 Este material é destinado exclusivamente ao condutor, porém a sua utilização não é obrigatória; aqueles que detêm toda a sequência na memória podem fazer a condução sem o uso deste material. De qualquer forma, para conduzir a prática adequadamente, solicitamos que os condutores leiam com atenção a sequência colocada neste material, e também que procurem a fonte da prática nos livros que versam sobre o assunto; para a condução das variações da Meditação Shinsokan, sugerimos que leiam com atenção os esclarecimentos do livro Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan. Muito obrigado! Superintendência das Atividades dos Preletores
  5. 5. 5 Índice Introdução..................................................................................................................3 Meditação Shinsokan em louvor a Deus...................................................................7 Meditação Shinsokan Renge Nippo Oji-kan............................................................12 Nyoihōju-kan ou Ryugu-kan ....................................................................................17 Meditação Shinsokan para contemplar a aura suave como a lua cheia.................25 Meditação Shinsokan Kan Fugen Bosatsu Gyōhō..................................................30 Meditação Shinsokan para realizar as quatro mentes imensuráveis......................38 Meditação Shinsokan de autorreverência ...............................................................42 Meditação Shinsokan de reconciliação ...................................................................48 Meditação Shinsokan de amor a Deus....................................................................52 Meditação Shinsokan Ryugu-Heiwa-Fugen-kan .....................................................56 Meditação Shinsokan para realizar a qualquer momento, ......................................65 em qualquer lugar....................................................................................................65 A mais simples e essencial Meditação Shinsokan..................................................66 Meditação Shinsokan para se unir ao Ser absoluto................................................67 Meditação Shinsokan (básica) ................................................................................68
  6. 6. 6
  7. 7. 7 Meditação Shinsokan em louvor a Deus Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. (Sentar-se voltado para o público) Queiram sentar-se, por favor. Vamos nos sentar na extremidade da cadeira e recolher os pés para trás, com os calcanhares juntos e a ponta dos pés tocando o solo. Juntamos levemente as mãos diante do rosto, de modo que caiba entre as palmas um ovo de codorna. A ponta dos polegares deve ficar na altura da extremidade do nariz, quase tocando-o. Os braços devem ficar relaxados. Primeiramente, vou entoar o “Canto Evocativo de Deus”; depois disso, mentalizem como eu disser. No final da prática, entoarei o “Canto da Grande Harmonia” e quando eu disser “Fim da Meditação Shinsokan”, abram os olhos. Até lá, vamos todos permanecer de olhos fechados, com as mãos justapostas e mentalizar como eu disser. Então, vamos começar. Fechamos os olhos e voltamos os globos oculares ligeiramente para cima para evitar a formação de rugas entre as sobrancelhas. Vamos manter uma fisionomia alegre, para captar as ondas de Deus. Concentremos a mente unicamente em Deus, a fim de conseguir a sensação de união total com Ele. Canto Evocativo de Deus Ó Deus-Pai, que dais vida a todos os seres viventes, abençoai-me com Vosso Espírito. Eu vivo, não pela minha própria força,
  8. 8. 8 mas pela Vida de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. As minhas obras, não sou eu quem as realiza, mas a força de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. Ó Deus, que Vos manifestastes através da Seicho-No-Ie para indicar o Caminho dos céus e da terra, protegei-me. Mentalização Neste momento, deixo o mundo dos cinco sentidos e entro no mundo da Imagem Verdadeira. Aqui onde estou é o mundo da Imagem Verdadeira. Aqui, onde estou, é o mundo da Imagem Verdadeira. Visualizemos com os globos oculares da mente todos os recantos do mundo da Imagem Verdadeira. Visualizando assim o mundo totalmente iluminado pela luz da Imagem Verdadeira, contemplemos essa luz considerando-a não uma luz material, mas a luz da Sabedoria, do Amor, da Vida, da Provisão, da Alegria e da Harmonia de Deus. Visualizando este resplandecente cenário, mentalizemos com profunda emoção: Oh, como é sublime o mundo da Imagem Verdadeira criado por Deus! Está preenchido da infinita Sabedoria de Deus! Está preenchido do infinito Amor de Deus! Está preenchido da infinita Vida de Deus! Está preenchido da infinita Provisão de Deus! Está preenchido da infinita Alegria de Deus! Está preenchido da infinita Harmonia de Deus! Nutrindo, assim, um real sentimento de louvor a Deus, mentalizemos:
  9. 9. 9 Neste mundo da Grande Harmonia, eu, como filho de Deus, estou recebendo de Deus a Sua infinita força vivificante. Desta forma, sentimos que estamos inspirando lentamente as seis virtudes de Deus, ou seja, a força vivificante de Deus. Inspiremos lentamente o ar pelas narinas, sem pensar que estamos inspirando o simples ar, mas a resplandecente força vivificante de Deus. Inspirando o ar o mais lentamente possível, visualizemos que algo luminoso flui do alto da cabeça para todo o corpo. Enquanto inspiramos, mentalizemos com sentimento de louvor: Oh, está fluindo em mim a força vivificante de Deus! Oh, está fluindo em mim a força vivificante de Deus! (várias vezes) Sentindo que o ar preencheu os pulmões, retraímos levemente a região da boca do estômago localizada pouco acima do umbigo e, como se estivéssemos engolindo a saliva, fazemos um movimento muscular como que preenchendo o abdome de ar. Impondo força na parte inferior do abdome, dilatando-o, temos a sensação de plenitude. Não devemos pensar que o abdome está preenchido de ar, mas “preenchido pela força vivificante de Deus”. Assim, mentalizemos: Oh, estou preenchido pela infinita força vivificante de Deus!! Oh, estou preenchido pela infinita força vivificante de Deus!! Já não sou eu quem vive, é a Vida de Deus que aqui vive!! Mentalizando desta forma, brotará do fundo da nossa alma a convicção inabalável de que Deus existe de fato e sentiremos uma grande alegria. Enquanto mentalizamos, o ar vai se esvaindo lentamente pelas narinas. Quando 70% do ar tiver esvaído, inspiremos novamente mentalizando: Oh, está fluindo em mim a força vivificante de Deus! Oh, está fluindo em mim a força vivificante de Deus! (várias vezes) Sentindo o abdome preenchido de ar, mentalizemos:
  10. 10. 10 Oh, estou preenchido pela infinita força vivificante de Deus!! Oh, estou preenchido pela infinita força vivificante de Deus!! Já não sou eu quem vive, é a Vida de Deus que aqui vive!! (várias vezes) Váriasvezes Inspirando: Oh, está fluindo em mim a força vivificante de Deus! Oh, está fluindo em mim a força vivificante de Deus! (várias vezes) Com o abdome preenchido: Oh, estou preenchido pela infinita força vivificante de Deus!! Oh, estou preenchido pela infinita força vivificante de Deus!! Já não sou eu quem vive, é a Vida de Deus que aqui vive!! (várias vezes) Oração pela manifestação da Imagem Verdadeira do Brasil (2 vezes) Neste momento, fluem do Mundo da Imagem Verdadeira a infinita Sabedoria e o infinito Amor de Deus. Através dessa infinita força, o Brasil se torna tão perfeito como já o é no Mundo da Imagem Verdadeira. Deus, muito obrigado. Oração pela Paz Mundial (2 vezes) O infinito Amor de Deus flui para o meu interior e em mim resplandece a luz espiritual de amor. Esta luz se intensifica, cobre toda a face da Terra e preenche o coração de todas as pessoas com o espírito de Amor, Paz, Ordem e Convergência para o Centro. Canto da Grande Harmonia (2 vezes) A harmoniosa Vida de Deus ilumina o Universo, e no mundo reina a paz.
  11. 11. 11 Fim da Meditação Shinsokan. Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. Fonte: Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan.
  12. 12. 12 Meditação Shinsokan Renge Nippo Oji-kan Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. (Sentar-se voltado para o público) Queiram sentar-se, por favor. Vamos nos sentar na extremidade da cadeira e recolher os pés para trás, com os calcanhares juntos e a ponta dos pés tocando o solo. Juntamos levemente as mãos diante do rosto, de modo que caiba entre as palmas um ovo de codorna. A ponta dos polegares deve ficar na altura da extremidade do nariz, quase tocando-o. Os braços devem ficar relaxados. Primeiramente, vou entoar o “Canto Evocativo de Deus”; depois disso, mentalizem como eu disser. No final da prática, entoarei o “Canto da Grande Harmonia” e quando eu disser “Fim da Meditação Shinsokan”, abram os olhos. Até lá, vamos todos permanecer de olhos fechados, com as mãos justapostas e mentalizar como eu disser. Então, vamos começar. Fechamos os olhos e voltamos os globos oculares ligeiramente para cima para evitar a formação de rugas entre as sobrancelhas. Vamos manter uma fisionomia alegre, para captar as ondas de Deus. Concentremos a mente unicamente em Deus, a fim de conseguir a sensação de união total com Ele. Canto Evocativo de Deus Ó Deus-Pai, que dais vida a todos os seres viventes, abençoai-me com Vosso Espírito. Eu vivo, não pela minha própria força,
  13. 13. 13 mas pela Vida de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. As minhas obras, não sou eu quem as realiza, mas a força de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. Ó Deus, que Vos manifestastes através da Seicho-No-Ie para indicar o Caminho dos céus e da terra, protegei-me. Mentalização Neste momento, deixo o mundo dos cinco sentidos e contemplo meu corpo que é o próprio Kanzeon Bosatsu (deusa da Misericórdia). Assim mentalizando, contemplamos que todo o corpo é Kanzeon Bosatsu. Não há inconveniência em mentalizar que é o próprio Kanzeon Bosatsu porque ele não é um deus de forma definida. Ele é o princípio da plena liberdade, ou seja, o princípio de que o mundo se manifesta exatamente como o contemplamos. É um princípio de que todas as pessoas já possuem em fartura. Sou Kanzeon Bosatsu, conscientizei-me que este mundo é o aspecto em que se sobrepõem de forma confusa a matéria, os cinco sentidos que captam a matéria, o pensamento, as ações geradas pela vontade e a consciência que unifica essas funções mentais; tudo isso é vazio, tudo isso é nada. Eu me libertei de todos os sofrimentos. Mentalizando desta forma, visualizamos que é o próprio Kanzeon Bosatsu que está praticando a Meditação Shinsokan. Assim procedendo, mentalizemos que nada existe, nem a matéria, nem a mente.
  14. 14. 14 Sou Kanzeon Bosatsu, conscientizei-me de que este mundo é vazio, que a matéria não existe, a matéria não existe, que o corpo não existe, o corpo não existe. A mente também não existe, a mente também não existe, a mente também não existe. (várias vezes) Assim mentalizando, provocamos a sensação de que a matéria, o corpo, a mente, nada existe. Sou Kanzeon Bosatsu, conscientizei-me de que este mundo é vazio, que a matéria não existe, a matéria não existe, que o corpo não existe, o corpo não existe. A mente também não existe, a mente também não existe, a mente também não existe. (várias vezes) Mentalizando essas palavras diversas vezes, anulamos radicalmente todo o mundo ilusório que emerge no pensamento. Penetramos, assim, no mundo totalmente livre da matéria, do corpo, da mente e também da própria mente que assim contempla. Surge no espaço um Sol do tamanho do Universo. Aqui é o resplandecente mundo da Imagem Verdadeira. Contemplemos, fixamente, a imagem de um Sol do tamanho do Universo suspenso no espaço. O Sol visto através dos olhos físicos é o Sol fenomênico, mas a Imagem Verdadeira dele é a Grande Vida que preenche o espaço. Contemplemos esse Sol. Visualizemos por trás das pálpebras a imagem de um Sol do tamanho do Universo preenchendo o espaço, em cujo centro flutua uma flor de lótus de mil pétalas. Observando a flor de lótus, notamos que as pétalas crescem para todos os lados e que, no centro, há um ovário semelhante a uma colmeia. Isso demonstra que na parte central há um “ninho” de onde saem as pétalas fenomênicas para todos os lados. Esse “ninho”, o mundo que ocupa o centro, é o diamantino tesouro solar que jamais será destruído, o mundo da Imagem Verdadeira. Kanzeon Bosatsu está sentado sobre essa flor. Visualizando fixamente, com os olhos da
  15. 15. 15 mente, a figura de Kanzeon Bosatsu sentada sobre a flor de lótus, criemos a sensação de que essa imagem se aproxima até fundirmo-nos com ela, sentindo que assim somos o próprio Kanzeon Bosatsu. Este Kanzeon Bosatsu sou eu próprio. Este Kanzeon Bosatsu sou eu próprio. Respirando lentamente, mentalizemos: Váriasvezes Flui em mim a Sabedoria do grande Sol, flui, flui, flui, flui... Flui em mim o Amor do grande Sol, flui, flui, flui, flui... Flui em mim a Vida do grande Sol, flui, flui, flui, flui... Eu sou a Sabedoria do grande Sol, o Amor do grande Sol, a Vida do grande Sol. Já possuo tudo. Tudo vem a mim segundo a minha vontade e se afasta espontaneamente ao terminar sua função. Oração pela manifestação da Imagem Verdadeira do Brasil (2 vezes) Neste momento, fluem do Mundo da Imagem Verdadeira a infinita Sabedoria e o infinito Amor de Deus. Através dessa infinita força, o Brasil se torna tão perfeito como já o é no Mundo da Imagem Verdadeira. Deus, muito obrigado. Oração pela Paz Mundial (2 vezes) O infinito Amor de Deus flui para o meu interior e em mim resplandece a luz espiritual de amor. Esta luz se intensifica, cobre toda a face da Terra e preenche o coração de todas as pessoas com o espírito de Amor, Paz, Ordem e Convergência para o Centro.
  16. 16. 16 Canto da Grande Harmonia (2 vezes) A harmoniosa Vida de Deus ilumina o Universo, e no mundo reina a paz. Fim da Meditação Shinsokan. Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. Fonte: Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan.
  17. 17. 17 Nyoihōju-kan ou Ryugu-kan Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. (Sentar-se voltado para o público) Queiram sentar-se, por favor. Vamos nos sentar na extremidade da cadeira e recolher os pés para trás, com os calcanhares juntos e a ponta dos pés tocando o solo. Juntamos levemente as mãos diante do rosto, de modo que caiba entre as palmas um ovo de codorna. A ponta dos polegares deve ficar na altura da extremidade do nariz, quase tocando-o. Os braços devem ficar relaxados. Primeiramente, vou entoar o “Canto Evocativo de Deus”; depois disso, mentalizem como eu disser. No final da prática, entoarei o “Canto da Grande Harmonia” e quando eu disser “Fim da Meditação Shinsokan”, abram os olhos. Até lá, vamos todos permanecer de olhos fechados, com as mãos justapostas e mentalizar como eu disser. Então, vamos começar. Fechamos os olhos e voltamos os globos oculares ligeiramente para cima para evitar a formação de rugas entre as sobrancelhas. Vamos manter uma fisionomia alegre, para captar as ondas de Deus. Concentremos a mente unicamente em Deus, a fim de conseguir a sensação de união total com Ele. Canto Evocativo de Deus Ó Deus-Pai, que dais vida a todos os seres viventes, abençoai-me com Vosso Espírito. Eu vivo, não pela minha própria força,
  18. 18. 18 mas pela Vida de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. As minhas obras, não sou eu quem as realiza, mas a força de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. Ó Deus, que Vos manifestastes através da Seicho-No-Ie para indicar o Caminho dos céus e da terra, protegei-me. Mentalização Neste momento, deixo o mundo dos cinco sentidos e entro no mundo da Imagem Verdadeira. Observo este mundo até onde o meu olhar alcança e vejo que tudo é Deus. Eu reverencio o mundo todo. Obrigado a todas as coisas do mundo, obrigado. Assim mentalizando, agradeçamos a todas as coisas do mundo e reconciliemos com tudo, preparando a mente para entrar em total sintonia com a vibração de Deus. Neste momento, deixo o mundo dos cinco sentidos e entro no mundo da Imagem Verdadeira. Observo este mundo até onde o meu olhar alcança e vejo que tudo é Deus. Eu reverencio o mundo todo. Obrigado a todas as coisas do mundo, obrigado. O mundo todo é Deus. É oceano de infinita Sabedoria de Deus. (várias vezes, em ritmo mais acelerado do que lento) Visualizemos mentalmente um mundo vasto, onde se estende o oceano de infinita Sabedoria de Deus. Contemple com os olhos da mente, que
  19. 19. 19 transcendem os carnais, sua própria imagem nesse vasto oceano de infinita Sabedoria de Deus. E mentalizemos: “Oceano de infinita Sabedoria de Deus, oceano de infinita Sabedoria de Deus...”. Do mesmo modo, mentalizemos: É oceano de infinito Amor de Deus. (várias vezes) É oceano de infinita Vida de Deus. (várias vezes) É oceano de infinita Provisão de Deus. (várias vezes) É oceano de infinita Alegria de Deus. (várias vezes) É oceano de infinita Harmonia de Deus. (várias vezes) Visualizemos assim, fixamente, com os olhos da mente, a imagem dos atributos de Deus – Sabedoria, Amor, Vida, Provisão, Alegria e Harmonia – brilhando resplandecentemente. Os olhos físicos estão fechados, mas, imaginando que por trás dos olhos carnais existem globos oculares da mente, visualizamos por meio deles o mundo que brilha resplandecentemente e mentalizemos: Neste imenso oceano harmonioso da Imagem Verdadeira, ergue-se uma majestosa construção. Aqui é o palácio Ryugu, o santuário do deus Wadatsumi, o santuário do deus Shiotsuchi. Está repleto de infinitos tesouros. Tudo é feito de metais nobres e pedras preciosas. Tudo é majestoso! Palácio Ryugu é o mundo da Imagem Verdadeira; Wadatsumi significa deus que rege o mar; e Shiotsuchi significa a origem da criação de todas as coisas. Neste imenso oceano harmonioso da Imagem Verdadeira, ergue-se uma majestosa construção. Aqui é o palácio Ryugu, o santuário do deus Wadatsumi, o santuário do deus Shiotsuchi. Está repleto de infinitos tesouros. Tudo é feito de metais nobres e pedras preciosas. Tudo é majestoso!
  20. 20. 20 Enquanto mentalizamos essas palavras, visualizemos fixamente o cenário do palácio Ryugu que brilha no seu esplendor, com seu magnífico telhado coberto de ouro, prata e pedras preciosas e sustentado por sólidos pilares. Aqui é o palácio Ryugu, o santuário do deus Wadatsumi, o santuário do deus Shiotsuchi. Está repleto de infinitos tesouros. Tudo é feito de metais nobres e pedras preciosas. Tudo é majestoso! Seus moradores são todos belos e saudáveis, de corpo e alma, e vivem com fisionomia alegre, dizendo palavras afetuosas e de elogio. Contemplando firmemente o cenário do esplendoroso palácio Ryugu, com seus altos telhados e sólidos pilares, a uma distância de aproximadamente três metros, imaginemos que ele vem se aproximando de nós até sentirmos que o palácio está completamente dentro de nós e que, ao mesmo tempo, estamos sentados dentro dele. Mentalizemos que este lugar onde estamos sentados é o palácio Ryugu. Por menor que seja o local onde estamos realizando esta meditação, devemos visualizar que é palácio Ryugu. Mesmo que aos olhos físicos estivéssemos em uma barraca, deveríamos mentalizar que estamos sentados nesse palácio porque o maravilhoso mundo da Imagem Verdadeira já existe aqui, neste momento. Aqui é o palácio Ryugu, o santuário do deus Wadatsumi, o santuário do deus Shiotsuchi. Está repleto de infinitos tesouros. Tudo é feito de metais nobres e pedras preciosas. Tudo é majestoso! Seus moradores são todos belos e saudáveis, de corpo e alma, e vivem com fisionomia alegre, dizendo palavras afetuosas e de elogio. Contemplemos fixamente nesse cenário todos os moradores vivendo com fisionomia alegre, usando palavras afetuosas e de elogio. Visualizemos cada membro da família da seguinte forma: Meu pai é belo e saudável, de corpo e alma, e vive com fisionomia alegre, usando palavras afetuosas e de elogio.
  21. 21. 21 Quando as palavras de oração são excessivamente formais e as mentalizamos sem sentir o significado delas, o seu efeito é menor. É preciso que haja união da mente com a palavra, desenhando na mente exatamente a imagem das palavras mentalizadas e sentindo exatamente o que elas dizem. É bom desenhar na mente a imagem bela, saudável e sorridente de cada um dos familiares, visto que desenhar na mente é uma ação semelhante à de soltar algo que segurava. Aquilo que foi desenhado na mente realiza-se infalivelmente. Meu pai é belo e saudável, de corpo e alma, e vive com fisionomia alegre, usando palavras afetuosas e de elogio. Minha mãe é bela e saudável, de corpo e alma, e vive com fisionomia alegre, usando palavras afetuosas e de elogio. Meu esposo ou minha esposa é belo(a) e saudável, de corpo e alma, e vive com fisionomia alegre, usando palavras afetuosas e de elogio. Meu filho ou minha filha é belo(a) e saudável, de corpo e alma, e vive com fisionomia alegre, usando palavras afetuosas e de elogio. Agora, cada um por si, mentalizará o aspecto belo e saudável de cada um dos familiares. Permanecer em silêncio por alguns instantes. Agora, cada um voltará o pensamento para si mesmo e repetirá mentalmente: Neste momento, eu estou agora, aqui, sentado no palácio Ryugu e recebo de deus Shiotsuchi o nyoihōju. “Eu, agora e aqui” são palavras de suma importância porque completam um todo. É preciso sentir que o palácio de Ryugu e a sua vida se uniram neste momento e que você recebeu de deus Shiotsuchi o nyoihōju. Nyoihōju é a alma da nossa vida, ou seja, a nossa alma que manifesta tudo conforme a nossa vontade. O nyoihōju não se encontra fora do nosso corpo carnal, nem
  22. 22. 22 dentro dele, nem no meio dele, mas está aqui e agora. Visualizemos que nosso corpo assumiu agora a forma do nyoihōju (esfera com ponta). Portanto, devemos sentir que a extremidade das mãos postas é a parte pontiaguda e que a região das nádegas é a parte arredondada da esfera, que nos facilita assentarmo-nos. Desse modo, visualizemos que nosso corpo tomou a forma da esfera e que brilha resplandecentemente. Neste momento, eu estou agora, aqui, sentado no palácio Ryugu e recebo de deus Shiotsuchi o nyoihōju. Meu corpo é o próprio nyoihōju que ilumina resplandecentemente todos os recantos do mundo. O mundo está resplandecente, meu corpo está resplandecente. O mundo está resplandecente, meu corpo está resplandecente... Visualizando fixamente essa imagem, mentalize: “O mundo está resplandecente, meu corpo está resplandecente. O mundo está resplandecente, meu corpo está resplandecente...” até conseguir ver mentalmente o cenário extremamente majestoso em que a luz emitida do seu corpo se irradia a todos os recantos do mundo e que seu reflexo retorna a você, formando um cruzamento esplendoroso de raios fulgurantes e dourados. A respiração deve ser mantida em ritmo o mais lento possível, impondo força no abdome. Sem nos preocuparmos com a respiração devemos visualizar fixamente o eu que brilha resplandecentemente. O mundo está resplandecente, meu corpo está resplandecente. O mundo está resplandecente, meu corpo está resplandecente... (várias vezes) Sentindo que essa convicção se tornou firme, mentalizemos: Meu corpo é nyoihōju, é shiomitsu-no-tama, shiohiru-no-tama. Tudo que eu desejo e tudo que é bom vem a mim naturalmente; tudo que é indesejável ou mau se afasta naturalmente.
  23. 23. 23 Shiomitsu-no-tama e shiohiru-no-tama significa “espírito da água e do fogo”, que existe dentro de nós e vivemos graças à harmonia dessas duas ações. Significa que deus Shiotsuchi está no interior de cada pessoa, tendo a chave da vida e da morte. Renascemos quando nos conscientizamos do fato de que aqui, dentro de nós, vive o deus Shiotsuchi. Meu corpo é nyoihōju, é shiomitsu-no-tama, shiohiru-no-tama. Tudo que eu desejo e tudo que é bom vem a mim naturalmente; tudo que é indesejável ou mau se afasta naturalmente. Meu corpo é nyoihōju, é shiomitsu-no-tama, shiohiru-no-tama. Tudo que eu desejo e tudo que é bom vem a mim naturalmente; tudo que é indesejável ou mau se afasta naturalmente. Muito obrigado, muito obrigado, muito obrigado... Agora, cada um por si, fará a mentalização desde o ponto: “Observo este mundo até onde o meu olhar alcança e vejo que tudo é Deus. O mundo todo é Deus. É oceano de infinita Sabedoria de Deus...”. Permanecer em silêncio neste processo, cuidando para não passar do tempo previsto e realizando também a meditação; pode terminar este período com o agradecimento final “Muito obrigado, muito obrigado, muito obrigado...”. Oração pela manifestação da Imagem Verdadeira do Brasil (2 vezes) Neste momento, fluem do Mundo da Imagem Verdadeira a infinita Sabedoria e o infinito Amor de Deus. Através dessa infinita força, o Brasil se torna tão perfeito como já o é no Mundo da Imagem Verdadeira. Deus, muito obrigado.
  24. 24. 24 Oração pela Paz Mundial (2 vezes) O infinito Amor de Deus flui para o meu interior e em mim resplandece a luz espiritual de amor. Esta luz se intensifica, cobre toda a face da Terra e preenche o coração de todas as pessoas com o espírito de Amor, Paz, Ordem e Convergência para o Centro. Canto da Grande Harmonia (2 vezes) A harmoniosa Vida de Deus ilumina o Universo, e no mundo reina a paz. Fim da Meditação Shinsokan. Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. Fonte: Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan.
  25. 25. 25 Meditação Shinsokan para contemplar a aura suave como a lua cheia Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. (Sentar-se voltado para o público) Queiram sentar-se, por favor. Vamos nos sentar na extremidade da cadeira e recolher os pés para trás, com os calcanhares juntos e a ponta dos pés tocando o solo. Juntamos levemente as mãos diante do rosto, de modo que caiba entre as palmas um ovo de codorna. A ponta dos polegares deve ficar na altura da extremidade do nariz, quase tocando-o. Os braços devem ficar relaxados. Primeiramente, vou entoar o “Canto Evocativo de Deus”; depois disso, mentalizem como eu disser. No final da prática, entoarei o “Canto da Grande Harmonia” e quando eu disser “Fim da Meditação Shinsokan”, abram os olhos. Até lá, vamos todos permanecer de olhos fechados, com as mãos justapostas e mentalizar como eu disser. Então, vamos começar. Fechamos os olhos e voltamos os globos oculares ligeiramente para cima para evitar a formação de rugas entre as sobrancelhas. Vamos manter uma fisionomia alegre, para captar as ondas de Deus. Concentremos a mente unicamente em Deus, a fim de conseguir a sensação de união total com Ele. Canto Evocativo de Deus Ó Deus-Pai, que dais vida a todos os seres viventes, abençoai-me com Vosso Espírito. Eu vivo, não pela minha própria força,
  26. 26. 26 mas pela Vida de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. As minhas obras, não sou eu quem as realiza, mas a força de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. Ó Deus, que Vos manifestastes através da Seicho-No-Ie para indicar o Caminho dos céus e da terra, protegei-me. Mentalização Ó Deus-Pai, Criador de todo o Universo, que dais existência a minha vida; fazei fluir para o meu interior o Vosso infinito amor e fazei resplandecer em mim a luz espiritual de amor. Perdoai os pecados de todas as pessoas e amai a todas elas. Às vezes, mesmo que tentemos perdoar o pecado do outro, não o conseguimos devido à raiva que sentimos em relação a ele. Isso ocorre porque tentamos perdoar na condição de ser humano. Não somos nós que perdoamos, mas o infinito amor de Deus que flui para o nosso interior; o amor de Deus, que está dentro de nós, e que perdoa as pessoas. Devemos perdoar e amar a todas as pessoas, criando em nós uma atmosfera afável que facilite a aproximação das pessoas. Ó Deus-Pai, Criador de todo o Universo, que dais existência a minha vida; fazei fluir para o meu interior o Vosso infinito amor e fazei resplandecer em mim a luz espiritual de amor. Perdoai os pecados de todas as pessoas e amai a todas elas. (várias vezes, com bastante fervor)
  27. 27. 27 Acreditando que esta oração já foi atendida, devemos inspirar o mais lentamente possível, imaginando que não estamos inspirando o ar, mas sim o amor resplandecente de Deus, que flui para dentro de nós. Ao mesmo tempo, mentalizemos: O infinito amor de Deus flui para o meu interior e em mim resplandece a luz espiritual de amor. Uma aura suave como a lua cheia envolve o meu ser. Uma aura suave como a lua cheia envolve o meu ser. Enquanto assim mentalizamos, devemos continuar inspirando lentamente. Mesmo depois de os pulmões ficarem repletos de ar, e não conseguirmos mais inspirar, devemos segurar a respiração, mantendo o pensamento de que ainda estamos inspirando. Enquanto mentalizamos “flui para o meu interior e em mim resplandece a luz espiritual de amor” devemos nos deixar envolver pela sensação de que algo resplandecente, fluindo para o nosso interior e sintonizando com as palavras mentalizadas, faz emanar de nós uma luz dourada, que forma em torno de nós uma aura dourada, etérea de cerca de 30cm. Então, visualizamos compenetradamente essa aura serena e pura como a da lua cheia. Em seguida, forçando gradativamente a região da boca do estômago e transferindo o ar para o baixo ventre, fitemos firmemente essa aura e mentalizemos: Minha aura é suave, calorosa, pura e afável. Transmito paz e alegria a todas as pessoas. Perdoo os pecados de todas as pessoas e amo a todas elas. Devemos reter o ar no baixo ventre enquanto mentalizamos: Minha aura é suave, calorosa, pura e afável. Transmito paz e alegria a todas as pessoas. Ao soltar o ar lentamente, mentalizemos: Perdoo os pecados de todas as pessoas e amo a todas elas.
  28. 28. 28 Voltamos a inspirar mentalizando: O infinito amor de Deus flui para o meu interior e em mim resplandece a luz espiritual de amor. Uma aura suave como a lua cheia envolve o meu ser. Uma aura suave como a lua cheia envolve o meu ser. Terminada a inspiração, transferimos o ar para o baixo ventre e mentalizamos: Minha aura é suave, calorosa, pura e afável. Transmito paz e alegria a todas as pessoas. Ao soltar o ar lentamente, mentalizemos: Perdoo os pecados de todas as pessoas e amo a todas elas. Inspirando...: O infinito amor de Deus flui para o meu interior e em mim resplandece a luz espiritual de amor. Uma aura suave como a lua cheia envolve o meu ser. Uma aura suave como a lua cheia envolve o meu ser. Transferindo para o baixo ventre: Minha aura é suave, calorosa, pura e afável. Transmito paz e alegria a todas as pessoas. Soltando o ar: Perdoo os pecados de todas as pessoas e amo a todas elas. Oração pela manifestação da Imagem Verdadeira do Brasil (2 vezes) Neste momento, fluem do Mundo da Imagem Verdadeira a infinita Sabedoria e o infinito Amor de Deus. Através dessa infinita força, o Brasil se torna tão perfeito como já o é no Mundo da Imagem Verdadeira. Deus, muito obrigado.
  29. 29. 29 Oração pela Paz Mundial (2 vezes) O infinito Amor de Deus flui para o meu interior e em mim resplandece a luz espiritual de amor. Esta luz se intensifica, cobre toda a face da Terra e preenche o coração de todas as pessoas com o espírito de Amor, Paz, Ordem e Convergência para o Centro. Canto da Grande Harmonia (2 vezes) A harmoniosa Vida de Deus ilumina o Universo, e no mundo reina a paz. Fim da Meditação Shinsokan. Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. Fontes: “Shinsokan” e Outras Orações e Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan.
  30. 30. 30 Meditação Shinsokan Kan Fugen Bosatsu Gyōhō Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. (Sentar-se voltado para o público) Queiram sentar-se, por favor. Vamos nos sentar na extremidade da cadeira e recolher os pés para trás, com os calcanhares juntos e a ponta dos pés tocando o solo. Juntamos levemente as mãos diante do rosto, de modo que caiba entre as palmas um ovo de codorna. A ponta dos polegares deve ficar na altura da extremidade do nariz, quase tocando-o. Os braços devem ficar relaxados. Primeiramente, vou entoar o “Canto Evocativo de Deus”; depois disso, mentalizem como eu disser. No final da prática, entoarei o “Canto da Grande Harmonia” e quando eu disser “Fim da Meditação Shinsokan”, abram os olhos. Até lá, vamos todos permanecer de olhos fechados, com as mãos justapostas e mentalizar como eu disser. Então, vamos começar. Fechamos os olhos e voltamos os globos oculares ligeiramente para cima para evitar a formação de rugas entre as sobrancelhas. Vamos manter uma fisionomia alegre, para captar as ondas de Deus. Concentremos a mente unicamente em Deus, a fim de conseguir a sensação de união total com Ele. Canto Evocativo de Deus Ó Deus-Pai, que dais vida a todos os seres viventes, abençoai-me com Vosso Espírito. Eu vivo, não pela minha própria força,
  31. 31. 31 mas pela Vida de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. As minhas obras, não sou eu quem as realiza, mas a força de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. Ó Deus, que Vos manifestastes através da Seicho-No-Ie para indicar o Caminho dos céus e da terra, protegei-me. Mentalização Neste momento, deixo o mundo dos cinco sentidos e entro no mundo da Imagem Verdadeira. Aqui, assim mesmo como é, é o mundo da Imagem Verdadeira. Obrigado a todas as coisas do Universo. Muito obrigado, muito obrigado! Visualizemos e contemplemos um mundo infinitamente vasto e esplendoroso. Aqui, onde estou, é o mundo da Imagem Verdadeira! Até onde a vista alcança, é oceano de infinita Sabedoria de Deus. (várias vezes, em ritmo mais acelerado do que lento) Visualizemos mentalmente um mundo vasto, onde se estende o oceano de infinita Sabedoria de Deus. Contemple com os olhos da mente, que transcendem os carnais, sua própria imagem nesse vasto oceano de infinita Sabedoria de Deus. E mentalizemos: “Oceano de infinita Sabedoria de Deus, oceano de infinita Sabedoria de Deus...”. Do mesmo modo, mentalizemos: é oceano de infinito Amor de Deus. (várias vezes)
  32. 32. 32 É oceano de infinita Vida de Deus. (várias vezes) É oceano de infinita Provisão de Deus. (várias vezes) É oceano de infinita Alegria de Deus. (várias vezes) É oceano de infinita Harmonia de Deus. (várias vezes) Assim mentalizando, contemplemos os atributos de Deus que, em forma de luz, nos envolvem e se estendem por toda parte. Repetimos esta mentalização até conseguirmos visualizar todo o Universo repleto de luz de Deus. É o mundo da harmonia absoluta. Neste sublime mundo da Imagem Verdadeira, eu, como filho de Deus, estou recebendo de Deus a Sua infinita força vivificante. A força vivificante engloba os seis atributos de Deus: Sabedoria, Amor, Vida, Provisão, Alegria e Harmonia. Respiração Assim mentalizando, inspiremos lentamente o ar pelas narinas, com a sensação de que estamos inspirando a infinita força de Deus que brilha resplandecentemente. Sem pensarmos que estamos apenas inspirando o ar, visualizemos por trás das pálpebras uma intensa luz e inspiremos lentamente, sentindo que essa luz penetra em nós, da ponta dos dedos médios, preenchendo todo o corpo, a partir do alto da cabeça. Visualizemos fixamente, com os olhos da mente, o aspecto em que a força vivificante de Deus penetra em nós, junto com o ar que inspiramos, a partir do alto da cabeça, preenchendo o rosto, a nuca, o peito, as costas, o abdome, as nádegas, até chegar à ponta dos dedos dos pés. Então visualizemos esse aspecto, fixamente. Enquanto inspiramos lenta e silenciosamente pelo nariz, mentalizemos: A infinita força vivificante de Deus flui para o meu interior, flui, flui, flui... (repetir até completar a inspiração)
  33. 33. 33 É importante sentirmos que essas palavras, o ar que inspiramos e a luz que penetra em nós são uma coisa só, tendo a sensação de que a força vivificante de Deus penetrou de fato em nosso interior. Em seguida, comprimimos o ar para o baixo-ventre, dilatando-o para frente, a fim de criarmos a sensação de plenitude. Conservando essa sensação mentalizemos: Pela luminosa força vivificante de Deus sou preenchido, sou vivificado, sou preenchido, sou vivificado. Obrigado, muito obrigado... (várias vezes) Com os olhos da mente, fitemos o nosso ser preenchido e iluminado pela força vivificante de Deus. Enquanto isso, o ar vai se esvaindo lentamente pelas narinas. Quando 70% do ar for expirado, restando ainda uns 30% no baixo-ventre, inspiremos novamente voltando a mentalizar: A infinita força vivificante de Deus flui para o meu interior, flui, flui, flui... Preenchidos os pulmões, novamente comprimimos o ar para o baixo-ventre e, aproveitando a sensação de estarmos plenificados, mentalizemos: Pela luminosa força vivificante de Deus sou preenchido, sou vivificado, sou preenchido, sou vivificado... (repetimos essa mentalização, combinada com a respiração controlada, diversas vezes até alcançarmos o estado de concentração total). Então mentalizemos fortemente: Já não sou eu quem vive; é a Vida de Deus que aqui vive. (várias vezes) Contemplo meu corpo todo e vejo que é o próprio corpo de Fugen. Estou sentado sobre um elefante branco com seis presas, num assento em forma de flor de lótus, cujas pétalas são todas nyoihōju.
  34. 34. 34 A palavra Fugen significa sabedoria que existe fartamente em toda parte. Sendo o elefante um animal de grande porte, simboliza a grandeza infinita. A cor branca, à semelhança dos raios solares, não possui nenhuma cor e ao mesmo tempo contém todas as cores, ou seja, representa aquilo que contém tudo em si. O elefante branco simboliza, pois, o Universo – o espaço infinitamente grande que engloba todas as coisas. As seis presas representam as seis forças sobrenaturais citadas pelo budismo: clarividência, clariaudiência, poder de ler o pensamento alheio, poder de conhecer a encarnação anterior de uma pessoa e a razão pela qual ela nasceu na presente situação e por que passa por determinadas experiências, poder de andar no ar ou bilocação e poder de aniquilar a concupiscência. Nyoihōju é a alma da nossa vida, ou seja, a nossa alma que manifesta tudo conforme a nossa vontade. Visualizemos que cada pétala assumiu agora a forma do nyoihōju (esfera com ponta). Contemplo meu corpo todo e vejo que é o próprio corpo de Fugen. Estou sentado sobre um elefante branco com seis presas, num assento em forma de flor de lótus, cujas pétalas são todas nyoihōju. Dentro das minhas mãos justapostas tenho um grandioso nyoihōju, e todas as células do meu corpo também são nyoihōju que iluminam todos os recantos do mundo. O nyoihōju que está dentro das minhas mãos irradia uma intensa luz. Em cada nyoihōju estão 3 mil budas, sentados cada qual sobre um elefante branco com seis presas, num assento de flor de lótus, cujas pétalas são todas nyoihōju. Dentro das mãos justapostas há um nyoihōju, e todas as células do corpo são nyoihōju que brilham resplandecentemente e iluminam todos os recantos do mundo. Os nyoihōju que estão dentro das mãos irradiam uma grande luz.
  35. 35. 35 Em cada nyoihōju estão outros 3 mil budas, sentados cada qual sobre um elefante branco com seis presas, num assento de flor de lótus, cujas pétalas são todas nyoihōju. Dentro das mãos justapostas há um nyoihōju, e todas as células de cada corpo são todas nyoihōju que brilham resplandecentemente e iluminam todos os recantos do mundo. Os nyoihōju que estão dentro das mãos também irradiam uma grande luz. Em cada nyoihōju há outros 3 mil budas. Contemplemos assim, continuamente, o aspecto que em cada célula do corpo estão sentados 3 mil budas, ou seja, Fugen Bosatsu, que brilham resplandecentemente. Imagine nesse momento que você é o próprio Fugen Bosatsu que está sentado sobre o dorso do elefante branco com as mãos postas, emitindo uma luz resplandecente; e, visualizando essa imagem, compenetradamente, mentalize repetidas vezes como foi feito anteriormente, sentindo que se tornou um com os 3 mil budas presentes em cada célula do seu corpo. Mentalize que Fugen Bosatsu está dentro de você, que você próprio é Fugen Bosatsu, que ele não está separado de você. Enquanto repetimos esta mentalização, temos a sensação de que nosso corpo já não é um corpo carnal, mas o próprio Fugen Bosatsu. Repetimos essa mentalização até chegarmos ao clímax da concentração. Contemplo meu corpo todo e vejo que é o próprio corpo de Fugen. É shinryō-muryō, shikizō-muhen, onjyō-mugen e está em toda parte do Universo, tem domínio total dos seis poderes sobrenaturais e é Sabedoria infinita, Amor infinito e Vida infinita, que alivia o sofrimento de toda a humanidade e cura as doenças de todas as pessoas. Shinryō-muryō significa que as dimensões do nosso corpo são infinitamente grandes que chegam a abranger todo o Universo; shikizō-muhen quer dizer que as ondas do corpo que se manifestam em forma material e espiritual são
  36. 36. 36 ilimitadas; onjyō-mugen significa que o som das palavras da nossa Vida ecoam infinitamente, por todo o Universo. Contemplo meu corpo todo e vejo que é o próprio corpo de Fugen. É shinryō-muryō, shikizō-muhen, onjyō-mugen e está em toda parte do Universo, tem domínio total dos seis poderes sobrenaturais e é Sabedoria infinita, Amor infinito e Vida infinita, que alivia o sofrimento de toda a humanidade e cura as doenças de todas as pessoas. Oração pela manifestação da Imagem Verdadeira do Brasil (2 vezes) Neste momento, fluem do Mundo da Imagem Verdadeira a infinita Sabedoria e o infinito Amor de Deus. Através dessa infinita força, o Brasil se torna tão perfeito como já o é no Mundo da Imagem Verdadeira. Deus, muito obrigado. Oração pela Paz Mundial (2 vezes) O infinito Amor de Deus flui para o meu interior e em mim resplandece a luz espiritual de amor. Esta luz se intensifica, cobre toda a face da Terra e preenche o coração de todas as pessoas com o espírito de Amor, Paz, Ordem e Convergência para o Centro. Canto da Grande Harmonia (2 vezes) A harmoniosa Vida de Deus ilumina o Universo, e no mundo reina a paz. Fim da Meditação Shinsokan.
  37. 37. 37 Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. Fonte: Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan.
  38. 38. 38 Meditação Shinsokan para realizar as quatro mentes imensuráveis Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. (Sentar-se voltado para o público) Queiram sentar-se, por favor. Vamos nos sentar na extremidade da cadeira e recolher os pés para trás, com os calcanhares juntos e a ponta dos pés tocando o solo. Juntamos levemente as mãos diante do rosto, de modo que caiba entre as palmas um ovo de codorna. A ponta dos polegares deve ficar na altura da extremidade do nariz, quase tocando-o. Os braços devem ficar relaxados. Primeiramente, vou entoar o “Canto Evocativo de Deus”; depois disso, mentalizem como eu disser. No final da prática, entoarei o “Canto da Grande Harmonia” e quando eu disser “Fim da Meditação Shinsokan”, abram os olhos. Até lá, vamos todos permanecer de olhos fechados, com as mãos justapostas e mentalizar como eu disser. Então, vamos começar. Fechamos os olhos e voltamos os globos oculares ligeiramente para cima para evitar a formação de rugas entre as sobrancelhas. Vamos manter uma fisionomia alegre, para captar as ondas de Deus. Concentremos a mente unicamente em Deus, a fim de conseguir a sensação de união total com Ele. Canto Evocativo de Deus Ó Deus-Pai, que dais vida a todos os seres viventes, abençoai-me com Vosso Espírito. Eu vivo, não pela minha própria força,
  39. 39. 39 mas pela Vida de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. As minhas obras, não sou eu quem as realiza, mas a força de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. Ó Deus, que Vos manifestastes através da Seicho-No-Ie para indicar o Caminho dos céus e da terra, protegei-me. Mentalização Neste momento, deixo o mundo dos cinco sentidos e entro no mundo da Imagem Verdadeira. Visualizemos e contemplemos um mundo infinitamente vasto e esplendoroso. É oceano de infinita Sabedoria de Deus, oceano de infinita Sabedoria de Deus… (várias vezes, em ritmo mais acelerado do que lento) Visualizemos mentalmente um mundo vasto, onde se estende o oceano de infinita Sabedoria de Deus. Contemple com os olhos da mente, que transcendem os carnais, sua própria imagem nesse vasto oceano de infinita Sabedoria de Deus. E mentalizemos: “É oceano de infinita Sabedoria de Deus, oceano de infinita Sabedoria de Deus...”. Do mesmo modo, mentalizemos: É oceano de infinito Amor de Deus, oceano de infinito Amor de Deus… (várias vezes) É oceano de infinita Vida de Deus, oceano de infinita Vida de Deus… (várias vezes)
  40. 40. 40 É oceano de infinita Provisão de Deus, oceano de infinita Provisão de Deus… (várias vezes) É oceano de infinita Alegria de Deus, oceano de infinita Alegria de Deus… (várias vezes) É oceano de infinita Harmonia de Deus, oceano de infinita Harmonia de Deus… (várias vezes) Minha mente está una com o infinito amor de Deus, as Quatro Mentes Imensuráveis de Buda, e se expande pelo céu, permeia o universo e, ao avistar todos os seres vivos, aspira remover os seus sofrimentos, abrandar as suas angústias, dar conforto e conceder a felicidade. (algumas vezes) Sentindo que esse desejo foi atendido, mentalizemos: Os sofrimentos de todos os seres vivos foram removidos, abrandadas as suas angústias, dado conforto e concedida a alegria. Muito obrigado. Muito obrigado. (algumas vezes) Minha mente está una com o infinito amor de Deus, as Quatro Mentes Imensuráveis de Buda, e se expande ainda mais pelo céu, permeia o universo e, ao avistar todas as vidas e minerais da Terra, aspira remover os seus sofrimentos, abrandar as suas angústias, dar conforto, proteger a diversidade e conceder a alegria. (algumas vezes) Sentindo que esse desejo foi atendido, mentalizemos: Os sofrimentos de todas as vidas da Terra já foram removidos, o conforto proporcionado, a diversidade protegida e a alegria concedida. Muito obrigado. Muito obrigado. (algumas vezes) Oração pela manifestação da Imagem Verdadeira do Brasil (2 vezes)
  41. 41. 41 Neste momento, fluem do Mundo da Imagem Verdadeira a infinita Sabedoria e o infinito Amor de Deus. Através dessa infinita força, o Brasil se torna tão perfeito como já o é no Mundo da Imagem Verdadeira. Deus, muito obrigado. Oração pela Paz Mundial (2 vezes) O infinito Amor de Deus flui para o meu interior e em mim resplandece a luz espiritual de amor. Esta luz se intensifica, cobre toda a face da Terra e preenche o coração de todas as pessoas com o espírito de Amor, Paz, Ordem e Convergência para o Centro. Canto da Grande Harmonia (2 vezes) A harmoniosa Vida de Deus ilumina o Universo, e no mundo reina a paz. Fim da Meditação Shinsokan. Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. Fonte: Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan. Material em revisão pela Sede Internacional da Seicho-No-Ie
  42. 42. 42 Meditação Shinsokan de autorreverência Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. (Sentar-se voltado para o público) Queiram sentar-se, por favor. Vamos nos sentar na extremidade da cadeira e recolher os pés para trás, com os calcanhares juntos e a ponta dos pés tocando o solo. Juntamos levemente as mãos diante do rosto, de modo que caiba entre as palmas um ovo de codorna. A ponta dos polegares deve ficar na altura da extremidade do nariz, quase tocando-o. Os braços devem ficar relaxados. Primeiramente, vou entoar o “Canto Evocativo de Deus”; depois disso, mentalizem como eu disser. No final da prática, entoarei o “Canto da Grande Harmonia” e quando eu disser “Fim da Meditação Shinsokan”, abram os olhos. Até lá, vamos todos permanecer de olhos fechados, com as mãos justapostas e mentalizar como eu disser. Então, vamos começar. Fechamos os olhos e voltamos os globos oculares ligeiramente para cima para evitar a formação de rugas entre as sobrancelhas. Vamos manter uma fisionomia alegre, para captar as ondas de Deus. Concentremos a mente unicamente em Deus, a fim de conseguir a sensação de união total com Ele. Canto Evocativo de Deus Ó Deus-Pai, que dais vida a todos os seres viventes, abençoai-me com Vosso Espírito. Eu vivo, não pela minha própria força,
  43. 43. 43 mas pela Vida de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. As minhas obras, não sou eu quem as realiza, mas a força de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. Ó Deus, que Vos manifestastes através da Seicho-No-Ie para indicar o Caminho dos céus e da terra, protegei-me. Mentalização Neste momento, deixo o mundo dos cinco sentidos e entro no mundo da Imagem Verdadeira. Aqui, assim mesmo como é, é o mundo da Imagem Verdadeira. Obrigado a todas as coisas do Universo. Muito obrigado, muito obrigado! Visualizemos e contemplemos um mundo infinitamente vasto e esplendoroso. Aqui, onde estou, é o mundo da Imagem Verdadeira! Até onde a vista alcança, é oceano de infinita Sabedoria de Deus. (várias vezes, em ritmo mais acelerado do que lento) Visualizemos mentalmente um mundo vasto, onde se estende o oceano de infinita Sabedoria de Deus. Contemple com os olhos da mente, que transcendem os carnais, sua própria imagem nesse vasto oceano de infinita Sabedoria de Deus. E mentalizemos: “Oceano de infinita Sabedoria de Deus, oceano de infinita Sabedoria de Deus...”. Do mesmo modo, mentalizemos: é oceano de infinito Amor de Deus. (várias vezes)
  44. 44. 44 É oceano de infinita Vida de Deus. (várias vezes) É oceano de infinita Provisão de Deus. (várias vezes) É oceano de infinita Alegria de Deus. (várias vezes) É oceano de infinita Harmonia de Deus. (várias vezes) Assim mentalizando, contemplemos os atributos de Deus que, em forma de luz, nos envolvem e se estendem por toda parte. Repetimos esta mentalização até conseguirmos visualizar todo o Universo repleto de luz de Deus. É o mundo da harmonia absoluta. Neste sublime mundo da Imagem Verdadeira, eu, como filho de Deus, estou recebendo de Deus a Sua infinita força vivificante. Respiração Assim mentalizando, inspiremos lentamente o ar pelas narinas, com a sensação de que estamos inspirando a infinita força de Deus que brilha resplandecentemente. Sem pensarmos que estamos apenas inspirando o ar, visualizemos por trás das pálpebras uma intensa luz e inspiremos lentamente, sentindo que essa luz penetra em nós, da ponta dos dedos médios, preenchendo todo o corpo, a partir do alto da cabeça. Visualizemos fixamente, com os olhos da mente, o aspecto em que a força vivificante de Deus penetra em nós, junto com o ar que inspiramos, a partir do alto da cabeça, preenchendo o rosto, a nuca, o peito, as costas, o abdome, as nádegas, até chegar à ponta dos dedos dos pés. Então visualizemos esse aspecto, fixamente. Enquanto inspiramos lenta e silenciosamente pelo nariz, mentalizemos: A Vida de Deus flui para o meu interior e se torna minha vida. Eu sou filho de Deus.
  45. 45. 45 Terminada a inspiração, pressionamos o ar para o baixo ventre e, mantendo a sensação de que o “ar” preenche o abdome, mentalizemos: Eu me reverencio porque já sou a infinita Sabedoria. Reverencia-se a si mesmo que está sentado neste lugar como um filho de Deus. Enquanto se mentaliza desta forma, o ar vai se esvaindo espontaneamente. Voltamos a inspirar, mentalizando: A Vida de Deus flui para o meu interior e se torna minha vida. Eu sou filho de Deus. Pressionando o ar para o baixo ventre: Eu me reverencio porque já sou o infinito Amor. Procedendo da mesma forma, mentalizemos os demais atributos: A Vida de Deus flui para o meu interior e se torna minha vida. Eu sou filho de Deus. Eu me reverencio porque já sou a infinita Vida. A Vida de Deus flui para o meu interior e se torna minha vida. Eu sou filho de Deus. Eu me reverencio porque já sou a infinita riqueza. A Vida de Deus flui para o meu interior e se torna minha vida. Eu sou filho de Deus. Eu me reverencio porque já sou a infinita Alegria. A Vida de Deus flui para o meu interior e se torna minha vida. Eu sou filho de Deus. Eu me reverencio porque já sou a infinita Harmonia.
  46. 46. 46 Váriasvezes A Vida de Deus flui para o meu interior e se torna minha vida. Eu sou filho de Deus. Eu me reverencio porque já sou a infinita Sabedoria. A Vida de Deus flui para o meu interior e se torna minha vida. Eu sou filho de Deus. Eu me reverencio porque já sou o infinito Amor. A Vida de Deus flui para o meu interior e se torna minha vida. Eu sou filho de Deus. Eu me reverencio porque já sou a infinita Vida. A Vida de Deus flui para o meu interior e se torna minha vida. Eu sou filho de Deus. Eu me reverencio porque já sou a infinita riqueza. A Vida de Deus flui para o meu interior e se torna minha vida. Eu sou filho de Deus. Eu me reverencio porque já sou a infinita Alegria. A Vida de Deus flui para o meu interior e se torna minha vida. Eu sou filho de Deus. Eu me reverencio porque já sou a infinita Harmonia. Oração pela manifestação da Imagem Verdadeira do Brasil (2 vezes) Neste momento, fluem do Mundo da Imagem Verdadeira a infinita Sabedoria e o infinito Amor de Deus. Através dessa infinita força, o Brasil se torna tão perfeito como já o é no Mundo da Imagem Verdadeira. Deus, muito obrigado. Oração pela Paz Mundial (2 vezes) O infinito Amor de Deus flui para o meu interior e em mim resplandece a luz espiritual de amor. Esta luz se intensifica, cobre toda a face da Terra e preenche o coração de todas as pessoas com o espírito de Amor, Paz, Ordem e Convergência para o Centro.
  47. 47. 47 Canto da Grande Harmonia (2 vezes) A harmoniosa Vida de Deus ilumina o Universo, e no mundo reina a paz. Fim da Meditação Shinsokan. Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. Fonte: Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan.
  48. 48. 48 Meditação Shinsokan de reconciliação Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. (Sentar-se voltado para o público) Queiram sentar-se, por favor. Vamos nos sentar na extremidade da cadeira e recolher os pés para trás, com os calcanhares juntos e a ponta dos pés tocando o solo. Juntamos levemente as mãos diante do rosto, de modo que caiba entre as palmas um ovo de codorna. A ponta dos polegares deve ficar na altura da extremidade do nariz, quase tocando-o. Os braços devem ficar relaxados. Primeiramente, vou entoar o “Canto Evocativo de Deus”; depois disso, mentalizem como eu disser. No final da prática, entoarei o “Canto da Grande Harmonia” e quando eu disser “Fim da Meditação Shinsokan”, abram os olhos. Até lá, vamos todos permanecer de olhos fechados, com as mãos justapostas e mentalizar como eu disser. Então, vamos começar. Fechamos os olhos e voltamos os globos oculares ligeiramente para cima para evitar a formação de rugas entre as sobrancelhas. Vamos manter uma fisionomia alegre, para captar as ondas de Deus. Concentremos a mente unicamente em Deus, a fim de conseguir a sensação de união total com Ele. Canto Evocativo de Deus Ó Deus-Pai, que dais vida a todos os seres viventes, abençoai-me com Vosso Espírito. Eu vivo, não pela minha própria força,
  49. 49. 49 mas pela Vida de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. As minhas obras, não sou eu quem as realiza, mas a força de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. Ó Deus, que Vos manifestastes através da Seicho-No-Ie para indicar o Caminho dos céus e da terra, protegei-me. Mentalização Neste momento, deixo o mundo dos cinco sentidos e entro no mundo da Imagem Verdadeira. Aqui, assim mesmo como é, é o mundo da Imagem Verdadeira. Obrigado a todas as coisas do Universo. Muito obrigado, muito obrigado! Visualizemos e contemplemos um mundo infinitamente vasto e esplendoroso, enquanto sintonizamos nossa mente com a Mente de Deus. Enquanto sentimos mágoa ou rancor contra alguém, as nossas vibrações mentais não entrarão em sintonia com a Mente de Deus. Além disso, mesmo que se mentalize “Eu perdoei a todas as pessoas”, pode ser que isso não passe de um pensamento inconsistente e que não seja um perdão verdadeiro. Isso seria o mesmo que, embora estejamos certo de que todas as roupas sujas da nossa casa já foram lavadas, descobrir lá no fundo do guarda-roupa alguma peça suja que precisa ser lavada com água limpa.
  50. 50. 50 Neste momento, lembremo-nos da pessoa por quem viemos nutrindo algum tipo de sentimento negativo, visualizemos mentalmente o rosto dela e mentalizemos da seguinte forma: Eu lhe perdoei e você me perdoou… (várias vezes) Enquanto existir o desejo de esquecer a pessoa por quem temos algum tipo de mágoa, significa que ainda não perdoamos sinceramente. Visualizemos mentalmente o rosto dessa ou dessas pessoas e mentalizemos compenetradamente: Váriasvezes Eu lhe perdoei e você me perdoou; eu lhe perdoei e você me perdoou… (várias vezes) Eu e você somos um só perante Deus. Eu e você somos um só perante Deus. Eu o(a) amo e você me ama também; eu o(a) amo e você me ama também… (várias vezes) Eu e você somos um só perante Deus. Eu e você somos um só perante Deus. Eu lhe agradeço e você me agradece; eu lhe agradeço e você me agradece… (várias vezes) Eu e você somos um só perante Deus. Eu e você somos um só perante Deus. Obrigado, obrigado, obrigado… (várias vezes) Após visualizarmos firmemente a imagem de termos perdoado, amado e agradecido à pessoa por quem mantínhamos ressentimento e firmemente gravada na nossa mente a situação de realmente termos perdoado, amado e agradecido a esta pessoa, oramos pela felicidade dela: Não existe mais nenhum ressentimento entre nós. Não existe mais nenhum ressentimento entre nós. Creio e oro sinceramente pela sua
  51. 51. 51 felicidade. Creio e oro sinceramente pela sua felicidade. Seja cada vez mais feliz. Seja cada vez mais feliz. Obrigado, muito obrigado… Oração pela manifestação da Imagem Verdadeira do Brasil (2 vezes) Neste momento, fluem do Mundo da Imagem Verdadeira a infinita Sabedoria e o infinito Amor de Deus. Através dessa infinita força, o Brasil se torna tão perfeito como já o é no Mundo da Imagem Verdadeira. Deus, muito obrigado. Oração pela Paz Mundial (2 vezes) O infinito Amor de Deus flui para o meu interior e em mim resplandece a luz espiritual de amor. Esta luz se intensifica, cobre toda a face da Terra e preenche o coração de todas as pessoas com o espírito de Amor, Paz, Ordem e Convergência para o Centro. Canto da Grande Harmonia (2 vezes) A harmoniosa Vida de Deus ilumina o Universo, e no mundo reina a paz. Fim da Meditação Shinsokan. Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. Fonte: Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan.
  52. 52. 52 Meditação Shinsokan de amor a Deus Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. (Sentar-se voltado para o público) Queiram sentar-se, por favor. Vamos nos sentar na extremidade da cadeira e recolher os pés para trás, com os calcanhares juntos e a ponta dos pés tocando o solo. Juntamos levemente as mãos diante do rosto, de modo que caiba entre as palmas um ovo de codorna. A ponta dos polegares deve ficar na altura da extremidade do nariz, quase tocando-o. Os braços devem ficar relaxados. Primeiramente, vou entoar o “Canto Evocativo de Deus”; depois disso, mentalizem como eu disser. No final da prática, entoarei o “Canto da Grande Harmonia” e quando eu disser “Fim da Meditação Shinsokan”, abram os olhos. Até lá, vamos todos permanecer de olhos fechados, com as mãos justapostas e mentalizar como eu disser. Então, vamos começar. Fechamos os olhos e voltamos os globos oculares ligeiramente para cima para evitar a formação de rugas entre as sobrancelhas. Vamos manter uma fisionomia alegre, para captar as ondas de Deus. Concentremos a mente unicamente em Deus, a fim de conseguir a sensação de união total com Ele. Canto Evocativo de Deus Ó Deus-Pai, que dais vida a todos os seres viventes, abençoai-me com Vosso Espírito. Eu vivo, não pela minha própria força,
  53. 53. 53 mas pela Vida de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. As minhas obras, não sou eu quem as realiza, mas a força de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. Ó Deus, que Vos manifestastes através da Seicho-No-Ie para indicar o Caminho dos céus e da terra, protegei-me. Mentalização Mentalizemos lenta e repetidamente: O Senhor é tudo em tudo. Deus é a perfeita Vida, Deus é perfeita Sabedoria, Deus é o perfeito Amor. Visualizemos que a Vida, a Sabedoria e o Amor de Deus preenchem todo o ambiente e que Deus nos envolve completamente. Váriasvezes O Senhor é tudo em tudo. Deus é a perfeita Vida, Deus é perfeita Sabedoria, Deus é o perfeito Amor. Lembrando-nos do fundo da alma de que Deus é Amor, que Ele é Amor sagrado e perfeito, mentalizemos firmemente que esse Amor preenche todo o ambiente, protegendo-nos e vivificando-nos, enquanto mentalizamos:
  54. 54. 54 Váriasvezes Porque Deus é Amor e porque eu sou filho de Deus, a todos os seres eu amo e todos os seres me amam. Então mentalizemos até sentirmos profundamente o Amor de Deus, o Amor entre Pai e filho: Váriasvezes Deus me ama e eu amo Deus. Deus me ama e eu amo Deus... Deus e eu somos um só. Eu sou vivificado de acordo com a vontade de Deus. Mentalizando desta forma, sentimos realmente o Amor de Deus. Sentimos do fundo da alma que estamos sendo amados por Deus, apesar de não O vermos e ficamos imensamente gratos. Por isso, agradeçamos a Deus: Obrigado, obrigado, muito obrigado... Oração pela manifestação da Imagem Verdadeira do Brasil (2 vezes) Neste momento, fluem do Mundo da Imagem Verdadeira a infinita Sabedoria e o infinito Amor de Deus. Através dessa infinita força, o Brasil se torna tão perfeito como já o é no Mundo da Imagem Verdadeira. Deus, muito obrigado. Oração pela Paz Mundial (2 vezes) O infinito Amor de Deus flui para o meu interior e em mim resplandece a luz espiritual de amor. Esta luz se intensifica, cobre toda a face da Terra e preenche o coração de todas as pessoas
  55. 55. 55 com o espírito de Amor, Paz, Ordem e Convergência para o Centro. Canto da Grande Harmonia (2 vezes) A harmoniosa Vida de Deus ilumina o Universo, e no mundo reina a paz. Fim da Meditação Shinsokan. Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. Fonte: Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan.
  56. 56. 56 Meditação Shinsokan Ryugu-Heiwa-Fugen-kan Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. (Sentar-se voltado para o público) Queiram sentar-se, por favor. Vamos nos sentar na extremidade da cadeira e recolher os pés para trás, com os calcanhares juntos e a ponta dos pés tocando o solo. Juntamos levemente as mãos diante do rosto, de modo que caiba entre as palmas um ovo de codorna. A ponta dos polegares deve ficar na altura da extremidade do nariz, quase tocando-o. Os braços devem ficar relaxados. Primeiramente, vou entoar o “Canto Evocativo de Deus”; depois disso, mentalizem como eu disser. No final da prática, entoarei o “Canto da Grande Harmonia” e quando eu disser “Fim da Meditação Shinsokan”, abram os olhos. Até lá, vamos todos permanecer de olhos fechados, com as mãos justapostas e mentalizar como eu disser. Então, vamos começar. Fechamos os olhos e voltamos os globos oculares ligeiramente para cima para evitar a formação de rugas entre as sobrancelhas. Vamos manter uma fisionomia alegre, para captar as ondas de Deus. Concentremos a mente unicamente em Deus, a fim de conseguir a sensação de união total com Ele. Canto Evocativo de Deus Ó Deus-Pai, que dais vida a todos os seres viventes, abençoai-me com Vosso Espírito. Eu vivo, não pela minha própria força,
  57. 57. 57 mas pela Vida de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. As minhas obras, não sou eu quem as realiza, mas a força de Deus-Pai que permeia os céus e a terra. Ó Deus, que Vos manifestastes através da Seicho-No-Ie para indicar o Caminho dos céus e da terra, protegei-me. Mentalização Neste momento, deixo o mundo dos cinco sentidos e entro no mundo da Imagem Verdadeira. Observo este mundo até onde o meu olhar alcança e vejo que tudo é Deus. Eu reverencio o mundo todo. Obrigado a todas as coisas do mundo, obrigado. Assim mentalizando, agradeçamos a todas as coisas do mundo e reconciliemos com tudo, preparando a nossa mente para entrar em total sintonia com a vibração de Deus. Neste momento, deixo o mundo dos cinco sentidos e entro no mundo da Imagem Verdadeira. Observo este mundo até onde o meu olhar alcança e vejo que tudo é Deus. Eu reverencio o mundo todo. Obrigado a todas as coisas do mundo, obrigado. O mundo todo é Deus. É oceano de infinita Sabedoria de Deus. (várias vezes, em ritmo mais acelerado do que lento) Visualizemos mentalmente um mundo vasto, onde se estende o oceano de infinita Sabedoria de Deus. Contemple com os olhos da mente, que
  58. 58. 58 transcendem os carnais, sua própria imagem nesse vasto oceano de infinita Sabedoria de Deus. E mentalizemos: “Oceano de infinita Sabedoria de Deus, oceano de infinita Sabedoria de Deus...”. Do mesmo modo, mentalizemos: é oceano de infinito Amor de Deus. (várias vezes) É oceano de infinita Vida de Deus. (várias vezes) É oceano de infinita Provisão de Deus. (várias vezes) É oceano de infinita Alegria de Deus. (várias vezes) É oceano de infinita Harmonia de Deus. (várias vezes) Visualizemos assim, fixamente, com os olhos da mente, a imagem dos atributos de Deus – Sabedoria, Amor, Vida, Provisão, Alegria e Harmonia – brilhando resplandecentemente. Os olhos físicos estão fechados, mas, imaginando que por trás dos olhos carnais existem globos oculares da mente, visualizemos por meio deles o mundo que brilha resplandecentemente e mentalizemos: Neste imenso oceano harmonioso da Imagem Verdadeira, ergue-se uma majestosa construção. Aqui é o palácio Ryugu, o santuário do deus Wadatsumi, o santuário do deus Shiotsuchi. Está repleto de infinitos tesouros. Tudo é feito de metais nobres e pedras preciosas. Tudo é majestoso! Palácio Ryugu é o mundo da Imagem Verdadeira; Wadatsumi significa deus que rege o mar; e Shiotsuchi significa a origem da criação de todas as coisas. Neste imenso oceano harmonioso da Imagem Verdadeira, ergue-se uma majestosa construção. Aqui é o palácio Ryugu, o santuário do deus Wadatsumi, o santuário do deus Shiotsuchi. Está repleto de infinitos tesouros. Tudo é feito de metais nobres e pedras preciosas. Tudo é majestoso!
  59. 59. 59 Enquanto mentalizamos essas palavras, visualizemos fixamente o cenário do palácio Ryugu que brilha no seu esplendor, com seu magnífico telhado coberto de ouro, prata e pedras preciosas e sustentado por sólidos pilares. Aqui é o palácio Ryugu, o santuário do deus Wadatsumi, o santuário do deus Shiotsuchi. Está repleto de infinitos tesouros. Tudo é feito de metais nobres e pedras preciosas. Tudo é majestoso! Seus moradores são todos belos e saudáveis, de corpo e alma, e vivem com fisionomia alegre, dizendo palavras afetuosas e de elogio. Contemplando firmemente o cenário do esplendoroso palácio Ryugu, com seus altos telhados e sólidos pilares, a uma distância de aproximadamente três metros, imaginemos que ele vem se aproximando de nós até sentirmos que o palácio está completamente dentro de nós e que, ao mesmo tempo, estamos sentados dentro dele. Mentalizemos que este lugar onde estamos sentados é o palácio Ryugu. Por menor que seja o local onde estamos realizando esta meditação, devemos visualizar que é palácio Ryugu. Mesmo que aos olhos físicos estivéssemos em uma barraca, deveríamos mentalizar que estamos sentados nesse palácio porque o maravilhoso mundo da Imagem Verdadeira já existe aqui, neste momento. Aqui é o palácio Ryugu, o santuário do deus Wadatsumi, o santuário do deus Shiotsuchi. Está repleto de infinitos tesouros. Tudo é feito de metais nobres e pedras preciosas. Tudo é majestoso! Seus moradores são todos belos e saudáveis, de corpo e alma, e vivem com fisionomia alegre, dizendo palavras afetuosas e de elogio. Contemplemos fixamente nesse cenário todos os moradores vivendo com fisionomia alegre, usando palavras afetuosas e de elogio.
  60. 60. 60 Váriasvezes Aqui é o palácio Ryugu, o santuário do deus Wadatsumi, o santuário do deus Shiotsuchi. Está repleto de infinitos tesouros. Tudo é feito de metais nobres e pedras preciosas. Tudo é majestoso! Seus moradores são todos belos e saudáveis, de corpo e alma, e vivem com fisionomia alegre, dizendo palavras afetuosas e de elogio. Agora, cada um voltará o pensamento para si mesmo e repetirá mentalmente: Neste momento, eu estou agora, aqui, sentado no palácio Ryugu e recebo de deus Shiotsuchi o nyoihōju. “Eu, agora e aqui” são palavras de suma importância porque completam um todo. É preciso sentir que o palácio de Ryugu e a sua vida se uniram neste momento e que você recebeu de deus Shiotsuchi o nyoihōju. Nyoihōju é a alma da nossa vida, ou seja, a nossa alma que manifesta tudo conforme a nossa vontade. O nyoihōju não se encontra fora do nosso corpo carnal, nem dentro dele, nem no meio dele, mas está aqui e agora. Visualizemos que nosso corpo assumiu agora a forma do nyoihōju (esfera com ponta). Portanto, devemos sentir que a extremidade das mãos postas é a parte pontiaguda e que a região das nádegas é a parte arredondada da esfera, que nos facilita assentarmo-nos. Desse modo, visualizemos que nosso corpo tomou a forma da esfera e que brilha resplandecentemente. Neste momento, eu estou agora, aqui, sentado no palácio Ryugu e recebo de deus Shiotsuchi o nyoihōju. Meu corpo é o próprio nyoihōju que ilumina resplandecentemente todos os recantos do mundo. O mundo está resplandecente, meu corpo está resplandecente. O mundo está resplandecente, meu corpo está resplandecente...
  61. 61. 61 Visualizando fixamente essa imagem, mentalizemos: “O mundo está resplandecente, meu corpo está resplandecente. O mundo está resplandecente, meu corpo está resplandecente...” até conseguirmos ver mentalmente o cenário extremamente majestoso em que a luz emitida de nosso corpo se irradia a todos os recantos do mundo e que seu reflexo retorna a nós, formando um cruzamento esplendoroso de raios fulgurantes e dourados. A respiração deve ser mantida em ritmo o mais lento possível, impondo força no abdome. Sem nos preocuparmos com a respiração devemos visualizar fixamente o eu que brilha resplandecentemente. Váriasvezes Meu corpo é nyoihōju e irradia a grandiosa luz da Sabedoria, do Amor e da Paz. Esta luz ilumina todas as almas da humanidade, preenchendo-as de Sabedoria, Amor e Paz. O mundo está resplandecente, meu corpo está resplandecente. O mundo está resplandecente, meu corpo está resplandecente... Assim visualizando, mentalizemos: Contemplo todo o meu corpo e vejo que assim como é, é o próprio corpo de Fugen Bosatsu. Estou sentado sobre um elefante branco com seis presas, num assento em forma de flor de lótus, cujas pétalas são todas nyoihōju. A palavra Fugen significa sabedoria que existe fartamente em toda parte. Sendo o elefante um animal de grande porte, simboliza a grandeza infinita. A cor branca, à semelhança dos raios solares, não possui nenhuma cor e ao mesmo tempo contém todas as cores, ou seja, representa aquilo que contém tudo em si. O elefante branco simboliza, pois, o Universo – o espaço infinitamente grande que engloba todas as coisas. As seis presas representam as seis forças sobrenaturais citadas pelo budismo: clarividência, clariaudiência, poder de ler o pensamento alheio, poder de conhecer a
  62. 62. 62 encarnação anterior de uma pessoa e a razão pela qual ela nasceu na presente situação e por que passa por determinadas experiências, poder de andar no ar ou bilocação e poder de aniquilar a concupiscência. Nyoihōju é a alma da nossa vida, ou seja, a nossa alma que manifesta tudo conforme a nossa vontade. Visualizamos que cada pétala assumiu agora a forma do nyoihōju (esfera com ponta). Váriasvezes Contemplo todo o meu corpo e vejo que assim como é, é o próprio corpo de Fugen Bosatsu. Estou sentado sobre um elefante branco com seis presas, num assento em forma de flor de lótus, cujas pétalas são todas nyoihōju. Tenho nas minhas mãos justapostas um nyoihōju, e todos os 400 trilhões de células do meu corpo são nyoihōju que iluminam resplandecentemente o mundo. O nyoihōju em minhas mãos emite uma grandiosa luz. Tenho pleno domínio dos seis atributos divinos e sou Sabedoria infinita, Amor infinito, Vida infinita, Provisão infinita, Alegria infinita, Harmonia infinita. Sou Fugen Bosatsu, sou Sabedoria infinita. Sou um vencedor porque realizo todos os meus desejos usando livremente a sabedoria em relação a todas as pessoas, todas as coisas e todos os fatos. Ofereço minha Sabedoria infinita em prol da felicidade da humanidade, e a Sabedoria infinita retorna a mim. Sou Fugen Bosatsu, sou Amor infinito. Com sentimento de misericórdia por todas as pessoas e todos os seres vivos, pratico atos que retiram seus sofrimentos e lhes dão bem-estar. Ofereço generosamente meu amor para a felicidade da humanidade, e o Amor infinito retorna a mim. Sou Fugen Bosatsu, sou Vida infinita. Minha vida é eterna, e não adoeço, não envelheço, não me canso, não morro, não sou atacado por vírus nem bactérias, não sou prejudicado por nenhuma mudança climática, mudança de água, nem mudança alimentar. Tenho saúde de ferro e sou eternamente imortal. Dedico generosamente minha vida à felicidade da humanidade, e a Vida
  63. 63. 63 Váriasvezes infinita retorna a mim. Sou Fugen Bosatsu, sou Provisão infinita. Tenho dentro de mim a riqueza infinita da Imagem Verdadeira e concretizo-a no mundo fenomênico. Ofereço ricos donativos em prol da felicidade da humanidade, e a riqueza infinita retorna a mim. Sou Fugen Bosatsu, sou Alegria infinita. Vejo a parte iluminada de todas as pessoas, todas as coisas e todos os fatos e, descobrindo sempre a alegria, mantenho constantemente a mente alegre, a fisionomia harmoniosa e uso apenas palavras de amor. Ofereço alegria para a felicidade da humanidade, e a Alegria infinita retorna a mim. Sou Fugen Bosatsu, sou Harmonia infinita. Vivo em harmonia com todas as pessoas, todas as coisas e todos os fatos, e entro em sintonia com as ondas do Universo, sem me rebelar contra a vida. Assim, realizo harmonicamente todos os meus desejos. Ofereço a virtude da harmonia para a felicidade da humanidade, e a Harmonia infinita retorna a mim. Sou Fugen Bosatsu. Conscientizando-me de que nasci neste mundo com a missão de salvar a humanidade, tornei-me Apóstolo da Missão Sagrada. Um Apóstolo da Missão Sagrada é Fugen Bosatsu. Eu sou Fugen Bosatsu. Sou Sabedoria infinita, Amor infinito, Vida infinita, Provisão infinita, Alegria infinita, Harmonia infinita. Oração pela manifestação da Imagem Verdadeira do Brasil (2 vezes) Neste momento, fluem do Mundo da Imagem Verdadeira a infinita Sabedoria e o infinito Amor de Deus. Através dessa infinita força, o Brasil se torna tão perfeito como já o é no Mundo da Imagem Verdadeira. Deus, muito obrigado.
  64. 64. 64 Oração pela Paz Mundial (2 vezes) O infinito Amor de Deus flui para o meu interior e em mim resplandece a luz espiritual de amor. Esta luz se intensifica, cobre toda a face da Terra e preenche o coração de todas as pessoas com o espírito de Amor, Paz, Ordem e Convergência para o Centro. Canto da Grande Harmonia (2 vezes) A harmoniosa Vida de Deus ilumina o Universo, e no mundo reina a paz. Fim da Meditação Shinsokan. Reverências (realizar apenas se tiver Quadro do Jisso) Duas reverências, duas palmas, uma leve curvatura. Fonte: Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan.
  65. 65. 65 Meditação Shinsokan para realizar a qualquer momento, em qualquer lugar Fechemos os olhos, respiremos lentamente (não é absolutamente necessário juntar as mãos diante do rosto) e mentalizemos: Flui em mim a Vida de Deus. E prosseguindo, mentalizemos durante alguns minutos as palavras: Esvazio minha mente e sigo a vontade de Deus. Deus, manifestai em mim o Vosso pensamento. Fiquemos preparados para ouvir o que Deus tem a nos dizer. Fonte: Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan.
  66. 66. 66 A mais simples e essencial Meditação Shinsokan Fechemos os olhos onde estivermos e evoquemos: Oh, Deus alojado no fundo da minha alma! Oh, força infinita, manifestai- Vos! Continuando, mentalizemos compenetradamente diversas vezes: Estou protegido pela força infinita! O homem possui força infinita. Fonte: Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan.
  67. 67. 67 Meditação Shinsokan para se unir ao Ser absoluto Sentemo-nos em silêncio e mentalizemos: Aqui, neste momento, Deus e o Seu reino estão dentro de mim. Fonte: Explicações Detalhadas sobre a Meditação Shinsokan.
  68. 68. 68 Meditação Shinsokan (básica) Para realizar a Meditação Shinsokan (básica), utilizar como base o livreto “Shinsokan” e Outras Orações.

×