Programa de 3º e 4º anos de escolaridade (em experimentação)

723 visualizações

Publicada em

Programa de Língua Portuguesa - 3º e 4º anos (experimentação em Cabo Verde - APC)

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
723
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Programa de 3º e 4º anos de escolaridade (em experimentação)

  1. 1. 1 Direcção Geral do Ensino Básico e Secundário PROGRAMAS DE Língua Portuguesa 3º e 4º ano (VERSÃO para EXPERIMENTAÇÃO)
  2. 2. 2 Língua Portuguesa –3º e 4º ano E. B. Ao chegar ao 4º ano de escolaridade os/as alunos/as, já têm construído ideias acerca da fala, da leitura e da escrita em Língua Portuguesa. Importa agora, desenvolver actividades integradoras e proporcionar a descoberta da Língua, apoiando-se nas suas produções, o que significa valorizar e ampliar o intercâmbio com outros grupos e com a comunidade. È preciso que a fala partilhada entre discentes e, entre estes e o docente, não seja interrompida com correcções inibidoras, que a prática da leitura e da escrita estejam associadas a situações de prazer e de reforço da autoconfiança. As falhas (“erros”), tanto da oralidade como da escrita, poderão ser exploradas pelo professor e devem ser sempre desenvolvidas num sentido construtivo e encorajador, em enunciados correctos e integrados. Há que diversificar os contextos de produção, multiplicar as práticas de oralidade, de leitura e de escrita, encontrar em grupo, soluções para os problemas que a construção do texto (oral ou escrito) exige, o que permite aprofundar a compreensão da leitura, organizar e desenvolver o pensamento. 1. Estrutura Este programa traz um quadro síntese que explicita as competências – intermédias no 1º ano e terminal do 2º- que o aluno deve adquirir. São duas as competências de base: oralidade e escrita. Em cada ano, as progressões para cada competência encontram-se organizadas em dois patamares. A seguir encontra-se nos quadros de recursos relativos a cada patamar organizados em três colunas os: Saber, Saber-fazer e Sugestões de Actividades. No final de cada patamar, destaca-se o saber ser preconizado com a aquisição dos saberes.
  3. 3. 3 2. Considerações Pedagógico-didácticas Dando continuidade ao programa do 2º ano, pretende-se desenvolver gradualmente a capacidade de comunicação através do domínio progressivo da expressão oral, da leitura e da escrita em Língua Portuguesa. No 3º ano deve-se priorizar a oralidade orientada para que o/a aluno/a se aproprie, com segurança as estruturas lexicais da língua portuguesa, sempre associados às situações. No 4º ano o/a professor/a já deve proporcionar ocasiões que favoreçam a conversa livre, sendo que, no acompanhamento vai registando os erros, que deverão ser trabalhados, à posteriori, em enunciados preparados e incluídos em determinadas situações. É preciso ter-se sempre em conta que o/a aluno/a utiliza no seu dia-a-dia a língua materna e, necessita de constante “impregnação” da Língua Portuguesa no espaço de aprendizagem (sala/escola). 2. Avaliação A avaliação deve permitir o atendimento de necessidades individuais, sendo desenvolvida num sentido construtivo e encorajador.
  4. 4. 4 3 º ANO
  5. 5. 5 QUADRO DE RECURSOS ASSOCIADO ÀS COMPETÊNCIAS – 3º Ano de escolaridade ORALIDADE Competência de base I- Oralidade Numa situação de comunicação, apoiando-se em suportes escritos ou gráficos, o/a aluno/a lê e produz enunciados orais para estabelecer comunicação, descrevendo, narrando acções da comunidade local. Patamar 1 – O/a aluno/a, a partir de diálogos (reais e ou simulados) e suportes gráficos, produz enunciados orais (pelo menos oito frases) para narrar e descrever acções de interesse pessoal e da comunidade. SABERES SABER-FAZER SUGESTÕES DE ACTIVIDADES Prática e enriquecimento da matéria do 1º e 2º anos: Mensagens/enunciados curtas/os e simples, contendo as aquisições relativas aos elementos lexicais e as estruturas do texto descritivo, dialogado e narrativo. Leitura de textos Comunicar com os outros utilizando as expressões e estruturas estudadas (ver Patamar II do 2º ano), com boa pronuncia e entoação adequada. Escutar e ler textos com a finalidade de identificar as estruturas estudadas. Ler e interpretar textos/frases simples Ler oralmente, com entoação correcta, textos do tipo: narrativo, dialogado e descritivo Identificar acção/ões, presentes nos textos Descrever acções Dramatização/simulação Conversa em presença Jogos de acção e linguagem ( Exp.: O/A(1).. . vai pedir a/o(2)….. que feche a porta. O/A(1) produz a frase que explicita o pedido e o/a (2)… executa a acção e verbaliza: “ Eu fechei a porta” Escuta de textos áudio Leitura de textos
  6. 6. 6 Aquisição de novas aprendizagens Léxico relativo a: Pedidos para falar Posso falar? Quero/queria falar? Dá / dás licença que fale? Professor(a)/colega, posso intervir? Peço autorização para… Estímulos - Porque (é que) não fala(s) com…? - Continua/e - É a vez do/a….. -Fala tu agora… - Agora vai falar o… - Dou a palavra a…. Identificar e (re) produzir as estruturas e expressões em estudo Pedir autorização para se expressar/intervir Estimula o outro a falar Visualização de: vídeos, filmes, gravuras Jogos para desenvolver capacidade de reflexão e memória: Exp: “Jogo das Cadeiras”, “Construindo frases” Trabalhos de grupo Reuniões da turma (Assembleia) Escuta activa de canções e histórias
  7. 7. 7 Concordância ou discordância Concordo com… Estou de acordo com… Estás de acordo com…? Tens razão Concordas com/És a favor…? Concordo plenamente Sou totalmente de acordo… Discordo Não concordo. Não estou de acordo. Não tens razão. Não sou a favor… Sou contra… Admiração e entusiasmo É/és formidável É/és maravilhoso/a Fantástico Que lindo/bonito Tão grande…. Gostei muito Uhau!!!... Que bom!!!.. Exprimir e pedir concordância/discordância Manifestar admiração e entusiasmo por acontecimentos, discursos, observações (de pessoas, paisagens) Dramatização/simulação de situações passíveis de ocorrer a nível : - Familiar e escolar ( festas, encontros de amigo/as…) e Social
  8. 8. 8 Elogiar - É/és muito bonito/a - É/és muito bom/boa - Obrigado/a Incertezas/dúvidas Se calhar é …. Sei lá se… Isto deve ser…. Não sei se… Não me parece que… Duvido que… Não tenho certeza… Vocabulário referente a: Relações sociais na família e na comunidade (Amizade, chefia, profissões amor conjugal e fraternal….) Verbos a utilizar: Estar, ser, ter, saber, poder, querer, dar, opinar, concordar, discordar, dever, parecer, pensar , achar, autorizar, considerar, duvidar, pedir . Expressar apreço Reagir a elogio Expressar dúvidas e incertezas Utilizar o vocabulário relacionado com a vida familiar e da comunidade Flexionar correctamente os verbos estudados, de acordo com cada situação (tempo, modo, número e pesso Simulação com base em textos Escuta, leitura e análise de textos Exercícios para alargamento e enriquecimento do vocabulário Saber Ser: Mostrar cordialidade nas situações de comunicação
  9. 9. 9 QUADRO DE RECURSOS ASSOCIADO ÀS COMPETÊNCIAS - 3º ANO ORALIDADE – Competência de base I – Oralidade Numa situação de comunicação, apoiando-se em suportes escritos ou gráficos, o/a aluno/a lê e produz enunciados orais para estabelecer comunicação, descrevendo e narrando acções da comunidade local. Patamar 2- O/A aluno/a, com base em suportes escritos e gráficos, produz enunciados orais (pelo menos dez frases), através telefonemas e pequenos diálogos – recados – para solicitar e dar informação sobre si/outro, narrar e descrever acções desenroladas na localidade. SABERES SABER-FAZER SUGESTÕES DE ACTIVIDADES Léxico relativo a: Conversa ao telefone - Saudar - Felicitar - Despedir-se - Pedir, dar opinião /informação Identificação formal do próprio - Chamo-me/O meu nome é… - Sou filho de… Os meus pais são - Nasci em/na (o) - Sou natural de … - Tenho ….anos. Identificação formal do outro -Quem é/és?... -É o/a… Onde nasceu/nasceste…? -Nasceu/nasceste em…/É/és natural de… - De quem é /és filho (a)…? - É/és filho (a)de… e de…? Utilizar as expressões e estruturas estudadas, com boa prenuncia e entoação adequada Ouvir e reagir segundo o enunciado do interlocutor Identificar-se com propriedade (nome, filiação, naturalidade e idade) Responder sobre si Perguntar sobre o outro Identificar o outro Jogo do telefone Dramatizações/Simulações de acordo com situações propostas Escuta, leitura e análise de textos do tipo: Informativo e dialogado Dramatização/simulação de situações reais ou criadas, relativas a apresentações e encontros
  10. 10. 10 Interrupção de fala Espera (aí)! Só um momento. Perdão, pára! Perdão, …podia(as) parar? Desculpa/ desculpe… Faz/faça favor … Informações sobre a saúde - Como está/ estás …? … – Bem muito obrigado (a) - O/A está melhor? – O/A está… obrigado/a - O/A… com vai de saúde? - Vai bem… - Sente-se/sentes-te melhor? Envio de cumprimentos Dê/Dá meus cumprimentos a… Cumprimenta o/a… Dê/Dá um abraço meu a (ao) … Beijinhos para… Enumerar e designar - Tinha… Tem… - Estavam/estão/está lá/cá… - São…/É - Aquele/a… - Vejo … - Contei Pedir o outro para interromper a fala Pergunta e responde sobre o estado de saúde de alguém Enviar cumprimentos a um terceiro Enumerar e designar objectos e pessoas com ou sem referência à vista Produção de mensagens sobre assuntos do quotidiano (ocorrência pontual ou decorrente em textos) Reuniões da turma (Assembleias) Simulação de encontro de amigos Debates sobre assuntos do quotidiano (família, vizinhança, colegas …) Observação de gravuras relativas à vida em comunidade para discussão e produção de textos Jogo das diferenças
  11. 11. 11 Informações gerais - Sabe/es se… - Por favor,… - Gostaria de saber… - Aconteceu que… - Foi… Recado Informar Pedir algo Vocabulário a utilizar Verbos a utilizar: Pedir, informar, acontecer, gostar, nascer, felicitar Responder a pedido de informação Pedir informações Escutar/Ler textos com a finalidade de identificar/enumerar informações Receber e transmitir recados Reagir a recados Adequar o vocabulário à situação comunicativa/contexto Articular os vocábulos com clareza e correcção Flexionar adequadamente os verbos estudados, de acordo com cada situação ( tempo, pessoa e modo) O professor aproveita oportunidades e cria situações propícias à transmissão de recados e de informações Trabalhos de grupo – Por exemplo: “Pensar em algo que gostaria de dizer a alguém” Partilhar com um colega (pares) e depois, socializar num pequeno grupo (utilizando a língua portuguesa) Participação em diálogos simples sobre assuntos do dia-a-dia Saber ser: Participar em conversa orientada, com atitudes de respeito e cortesia Mostrar respeito pela diferença
  12. 12. 12 QUADRO DE RECURSOS ASSOCIADO ÀS COMPETÊNCIAS - 3º ano de escolaridade ESCRITA Competência de base II - Escrita Numa situação de comunicação, através de suportes áudio, visual, gráfico e escrito, o/a aluno/a lê e redige, textos simples (narrativo, descritivo, dialogado e informativo), para informar e dar informação sobre a comunidade local Patamar 1 –– O/a aluno/a, apoiando-se em suportes áudio e visual, produz por escrito, textos do tipo narrativo e descritivo (pelo menos oito frases), para narrar e descrever assuntos de interesse pessoal e da comunidade. SABERES SABER-FAZER SUGESTÕES DE ACTIVIDADES Prática e enriquecimento da matéria da1ª fase Leitura e escrita das estruturas e expressões lexicais estudadas na oralidade (1ª fase) Vocabulário relacionado com a vida pessoal e da comunidade Leitura, interpretação e compreensão de textos: Estudar textos simples Ler e escrever de forma correcta as estruturas e expressões lexicais Usar e enriquecer vocabulário relacionado com a vida pessoal e da comunidade local, em textos Ler, interpretar, produzir e compreender textos simples Escrita de frases relacionadas com as estruturas e expressões estudadas Leitura oral (individual e colectiva) Leitura orientada e leitura recreativa Concurso de leitura para medir a retenção de informações Escrita de textos utilizando as estruturas e expressões em estudo Audição (gravação) e comentários de diálogos, debates e depois transcrever Reflexão e comentários (leitura, respeito pelo uso da pontuação)
  13. 13. 13 Narrativo Categorias da narrativa Descritivo Identificar textos narrativos Identificar as categorias da narrativa:  Acção, espaço e tempo  Personagens Escrever textos narrativos, utilizando estruturas e expressões (Era uma vez .., Havia..., Numa tarde......) Identificar textos descritivos Descrever objectos, paisagens, pessoas, animais... Fazer auto-retrato Fazer o retrato do outro Fazer o retrato físico de personagens Leitura e audição de histórias (tradicionais e outras) Narração e escrita de histórias a partir de um conjunto de palavras, de gravuras, ou inventadas Ordenação de segmentos da história Compilação de textos produzidos Exposição e comentários dos trabalhos Visualização directa e indirecta de pessoas, objectos, paisagens, animais, … Elaboração de Bilhete de Identificação
  14. 14. 14 Funcionamento da língua Tipos de frases: Declarativa Interrogativa Exclamativa Pontuação Ponto final (.) Ponto interrogação (?) Ponto exclamação (!) Classes de palavras: Substantivo Noção de substantivo Substantivos (comuns, próprios) Género e número Gradação de nomes (normal, diminutivo e aumentativo) Adjectivos Noção de adjectivo Adjectivos (biformes) - Género (masculino e feminino) - Número (variáveis /singular e plural) Identificar tipos de frases Produzir e aplicar as frases para formar textos Identificar sinais de pontuação em frases Ler frases com entoação e ritmo Usar correctamente os sinais de pontuação em frases e textos Identificar classes de palavras Construir frases empregando substantivos Identificar adjectivos Empregar adjectivos em frases Identificar o género e o número dos adjectivos Empregar, correctamente os pronomes pessoais Identificação das frases em textos Leitura de frases /textos com entoação e ritmo Identificação de sinais de pontuação em frases e textos Exercícios de completação/transformação com sinais de pontuação em frases e textos. Utilização correcta de sinais de pontuação na produção de textos Preenchimento de lacunas (palavras, frases e textos) Exemplos de jogos:  Das letras (formar palavras)  O gato do padre (trabalhar adjectivos) Completar frases com substantivos e/ou adjectivo
  15. 15. 15 Pronomes: Pessoais de sujeito Concordância entre classes de palavras Determinantes Artigos Sintagma nominal e Sintagma verbal Concordância entre elementos do SN e do SV e inter SN/SV Translineação Consoantes e vogais duplas (rr; ss; ee) Verbos Modo Indicativo (1ª conjugação) Presente do indicativo) Passado do pretérito perfeito) Fazer concordar as classes de palavras em frases, relativo a pronomes Identificar e empregar artigos em frases e textos Identificar o SN e o SV Dividir frases em sintagmas Fazer concordar o SN e o SV Fazer translineação correcta de palavras com consoantes e vogais duplas Usar regras de translineação em palavras Identificar palavras que indicam acções Usar e aplicar tempos verbais em frases Exercícios de preenchimento de lacunas relativo a pronomes e determinantes artigos Divisão de frases simples em sintagmas Ligar segmentos de frases (exercícios de associação) Análise de frases Exercícios de translineação – fazer ditado de palavras soltas e pedir aos alunos para fazer a translineação. Assinalar verbos em frases e textos Exercícios de correspondência (ligar a frase ao seu tempo correspondente)
  16. 16. 16 Conectores (e, ou, mas, contudo, portanto, porque, que, embora...) Ortografia Utilizar e empregar conectores em frases e textos Escrever correctamente as palavras Enriquecimento/alargamento de textos, utilizando conectores Produção de histórias Consulta do dicionário Produção de frases Jogo: Caça ao intruso … Saber-ser: Ter atitude de cortesia e ética na utilização da língua.
  17. 17. 17 QUADRO DE RECURSOS ASSOCIADO ÀS COMPETÊNCIAS - 3º ANO ESCRITA Competência de base II – Escrita Numa situação de comunicação, através de suportes áudio, visual, gráfico e escrito, o/a aluno/a lê e redige, textos simples (narrativo, descritivo, dialogado e informativo), para informar e dar informação sobre a comunidade local. Patamar 2 –. O/a aluno/a, com base em suportes gráficos, produz por escrito, textos (pelo menos dez frases) do tipo narrativo, descritivo, dialogado e informativo (recados e bilhetes) para contar, descrever, convidar, dar e pedir informações sobre a escola e a sua comunidade local. SABERES SABER-FAZER SUGESTÕES DE ACTIVIDADES Leitura e escrita de textos: Dialogado (uso de interjeições) Narrativo Categorias da narrativa Identificar diálogos em textos Identificar sinais de pontuação (dois pontos e travessão) em textos Ler e escrever textos dialogados Usar interjeições em textos Transcrever, por escrito, uma conversa telefónica Identificar as categorias da narrativa  Personagem (principal e secundário) Partes da narrativa (introdução desenvolvimento e conclusão Transcrever diálogos para a escrita, utilizando interjeições já estudadas, a partir da oralidade, de jogos (exemplo - o telefone,) Actividades de grupo: Uns conversam e outros tomam nota. De seguida, todos escrevem a conversa utilizando a pontuação correcta. Produção de histórias - os alunos inventam histórias a partir de leituras de cartas, bandas desenhadas, de imagens ou sequências de imagens, tendo em conta as categorias da narrativa –
  18. 18. 18 Descritivo Informativos Ortografia Identificar o tipo de texto Utilizar adjectivos para descrever paisagem, personagem, espaço e tempo Fazer o retrato físico e psicológico de personagens Identificar textos informativos Escrever e ler recados, bilhetes e convites Escrever, correctamente as palavras Produzir textos com coerência e correcção ortográfica. Observação e descrição de gravuras, personagens...(os alunos em grupo ou individualmente produzem textos descritivos, utilizando adjectivos adequados para caracterizar) Análise de textos descritivos Escrita e troca de bilhetes na sala de aula (num primeiro momento em grupo para de seguida ser individual) Escrita e envio de recados e convites aos pais/encarregados de educação e colegas Consulta do dicionário Aproveitamento de erros para novas aprendizagens
  19. 19. 19 Conectores (e, também, ou, mas, porém contudo, portanto, quando, porque, que, embora...) Empregar conectores em textos Alteração de textos (os alunos transformam os textos no tempo presente para um outro tempo solicitado.) Produção de frases/textos, utilizando os conectores Saber ser: Manifestar respeito pelo próximo; Mostrar atitudes de cortesia e ética na escrita Revelar atitudes de respeito e gosto pelo uso da língua escrita.
  20. 20. 20
  21. 21. 21 4º Ano
  22. 22. 22 QUADRO DE RECURSOS ASSOCIADO ÀS COMPETÊNCIAS – 4º Ano de escolaridade ORALIDADE Competência de base I- Oralidade - Numa situação de comunicação, apoiando-se em suportes escritos ou gráficos, o/a aluno/a lê e produz enunciados orais para se informar e dar informações, expressar sentimentos sobre assuntos a nível pessoal, local e regional.. Patamar 1 – O/a aluno/a, com base em suportes escritos e gráficos, produz enunciados orais (pelo menos dez frases) para descrever, narrar e dialogar sobre sentimentos, pedir e dar informações sobre a comunidade local. SABERES SABER-FAZER SUGESTÕES DE ACTIVIDADES Prática e enriquecimento das aprendizagens do 3º ano Léxico relativo a: Informações gerais Dar informações Comemora-se Realiza-se... Prepara-se... Aprovar ou desaprovar Está bem! / Está mal! Não está bem Assim, sim!/ Assim, não! Bom! /Mau Aprovo! / Não aprovo! Aprovado! /Reprovado! Expressar/aplicar correctamente as estruturas lexicais aprendidas Intervir em situações de comunicação Comunicar descobertas (realizadas pelo/a aluno/a) Expressar aprovação ou desaprovação perante situações e atitudes Diálogos Debates Apresentação de trabalhos Debate à volta de cenas (reais ou recreadas) que retratem aspectos positivos ou negativos Jogo simples de linguagem (exmp: um/a aluno/a expressa re/aprovação relativamente a algo e outros alunos passam para discurso indirecto a fala do colega: “O/a…reprovou/reprovaram a atitude
  23. 23. 23 Sugestões e conselhos (Pedir e dar): - O que é que eu faço? - O que acha (s) que devo fazer? -Olha faz, vai… -Podes/pode… - Faz/faça… - Convém que… Sequência de acções: Primeiro aconteceu…. Depois…. E por fim…. Finalmente… Pedir sugestões e conselhos Dar sugestões e conselhos Participar na elaboração de cartazes Recontar histórias ou de cenas do quotidiano com sequencia lógica Reconto de histórias ou de cenas do quotidiano Dramatizações de cenas do quotidiano, que envolvam atitudes e comportamentos (positivos Recolha de produções do património oral (contos lendas lengalengas trava-linguas,...)
  24. 24. 24 Prevenir Tem/tenha cuidado com... Acautela-te... Aconselhar É bom que faças.... Cuidado com... Pedidos de objectos ou ajuda Dá-me... Emprestas-me (a caneta)?... Ajuda-me a fazer... Queres ajudar-me a .... Dar ordens Não faças ... Quero que vás ... Ajuda o/a.... Cala-te... Participar em grupo na elaboração de regras Dar conselhos sobre um determinado assunto Pedir ajuda Dar ajuda a outro Identificar frases que indicam ordens e pedido Ler frases que indicam ordens e pedido Formular avisos Debate sobre assuntos diversos Relato de ocorrências da vida quotidiana Leitura e compreensão de textos Experimentar variações expressivas da língua ora (variar a entoação de uma frase) Dramatizações
  25. 25. 25 Leitura (oral e silenciosa) Textos de tipos diversos Vocabulário do uso corrente (Tradição oral, actividades próprias da ilha, jogos) Verbos a utilizar: Ser, aprovar, reprovar, deixar, fazer, aconselhar, acautelar-se, , prevenir, sugerir Ler e ouvir textos para apreciar Utilizar vocabulário adequado em cada situação de comunicação Intervir oralmente com adequação progressiva a situações de comunicação Participar em jogos de reprodução da literatura oral (reproduzir trava-línguas, lengalengas, rimas, adivinhas...) Leitura oral e silenciosa Leitura recreativa Pré-leitura de títulos Consulta do dicionário Textos de tipos diversos Práticas de exercícios funcionais (enunciados correctos e integrados para trabalhar os erros) Saber ser: Comunicar com autonomia, sobre determinado tema ou assunto.
  26. 26. 26 QUADRO DE RECURSOS ASSOCIADO ÀS COMPETÊNCIAS – 4º Ano de escolaridade ORALIDADE Competência de base I – Numa situação de comunicação, apoiando-se em suportes escritos ou gráficos, o/a aluno/a lê e produz enunciados orais para se informar e dar informações, expressar sentimentos sobre assuntos a nível pessoal, local e regional Patamar 2 - O/A aluno, com base em suporte escrito, produz enunciados orais (dez a doze frases) para descrever, narrar, informar e exprimir os seus sentimentos sobre assuntos de cariz regional. SABERES SABER FAZER SUGESTÕES DE ACTIVIDADE Léxico relativo a: Opiniões (Enriquecimento) A meu ver… Tenho por mim que Certificação da compreensão Estás a compreender? Sim/Não Compreendes? Estou /Não estou a compreender Compreendeste? Compreendi. (Não...) Compreendo. (Não...) Expressar opinião e sentimento sobre factos, utilizando estruturas lexicais adequadas Exprimir-se por iniciativa própria Responder a perguntas sobre assuntos e acontecimentos Diálogos Debates Apresentar e apreciar trabalhos individuais ou de grupo Relato de acontecimentos Audição de avisos Simulação de encontros com formulação de convites/aviso
  27. 27. 27 Lamentações Que pena! Que aborrecido! Paciência! Deixe(a) lá! Dar exemplos É um exemplo de... Consideramos, por exemplo... Tal é o caso de... Tal como... Dar ordens Sugestões e conselhos (Pedir e dar): - O que é que eu faço? - O que acha (s) que devo fazer? -Olha faz, vai… -Podes/pode… - Faz/faça… - Convém que… Identificar e utilizar léxico adequado para expressar sentimentos Dar exemplos para explicar um assunto Produzir enunciados para exprimir ordens Pedir sugestões e conselhos Dar sugestões e conselhos Levantamento de sentimentos expressos em textos (poéticos e narrativos) Debate sobre os (diferentes) sentimentos suscitados pelos textos Momento de conversa livre (Exemplo: Hora da novidade) Leitura de frases imperativas Leituras de cartas e receitas
  28. 28. 28 Actos de fala para: Saudar Felicitar Contar Despedir-se Descrever Enviar cumprimentos a um terceiro Apresentar desculpas Despedir Leitura de textos Onomatopeias Aprofundar o léxico adaptado/adequado à escrita de cartas Ler e compreender textos Identificar algumas onomatopeias Transpor enunciados orais para outras formas de expressão (gestual, sonoras...) Estudo de textos diversos Leitura de cartas Análise de cartas (identificar as estruturas) Exprimir variações expressivas da língua oral (dizer frases como quem ri, chora, pede, manda....) Leitura de banda desenhada
  29. 29. 29 Vocabulário referente a: Espaço geográfico regional (Barlavento ou Sotavento) Verbos a utilizar Fazer poder, dever, considerar, deixar, compreender, despedir, contar, felicitar, enviar, sugerir Fazer o levantamento de vocábulos em textos informativos relativo à (s) ilha (s) Aperfeiçoar a competência comunicativa Consulta de dicionário Consulta de enciclopédia Atlas de Cabo Verde Práticas de exercícios funcionais (enunciados correctos e integrados para trabalhar os erros) Saber ser: Participar de forma adequada nas diferentes situações de comunicação (saber ouvir, respeitar opiniões, intervir oportunamente).
  30. 30. 30 QUADRO DE RECURSOS ASSOCIADO ÀS COMPETÊNCIAS – 4º Ano de escolaridade Escrita Competência de base II – Escrita - Numa situação de comunicação, o/a aluno/a lê e redige textos (narrativo, descritivo, dialogado e informativo), com base em suportes escritos e gráficos, para dar a conhecer assuntos a nível local e nacional. Patamar 1 – Com base em textos diversos, o/a aluno/a lê e produz por escrito (pelo menos dez frases), textos do tipo narrativo, descritivo, dialogado e informativo (receitas) para dar sugestões e conselhos. SABERES SABER-FAZER SUGESTÕES DE ACTIVIDADES Prática e enriquecimento das aprendizagens do3º ano Leitura e escrita das estruturas e expressões lexicais estudadas na oralidade Leitura, interpretação e compreensão de textos: Vocabulário do uso corrente Dialogado Ler e escrever textos utilizando estruturas e expressões lexicais estudadas na oralidade Ler textos produzidos Ler, interpretar e compreender textos Responder por escrito a um questionário Utilizar vocábulos do uso corrente Escrever frases Ler uma banda desenhada Jogos de leitura Actividades de pré-leitura Actividades para desenvolver a compreensão Questionário escrito Trabalho de grupo ou pares Escrever frases de sentido equivalente e/ou contrário Leitura dialogada Registo escrito de frases de um diálogo Dramatização
  31. 31. 31 Narrativo Categorias da narrativa Narrador Reconto Descritivo Informativo Leitura informativa Identificar e usar as categorias da narrativa  Narrador (presente e ausente) Preencher balões (de fala, de pensamento) Escrever textos narrativos relacionados com a realidade local Fazer recontos por escrito Fazer descrição de si (auto retrato) e do outro Produzir texto descritivo Ler e escrever textos informativos Marcação dos momentos que fazem referencia ao texto do narrador e das personagens Dramatização Recriar histórias Produção de textos narrativos Pesquisa de histórias, anedotas, adivinhas (tradição local) Narração de ocorrências reais e/ou imaginárias (recontam acontecimentos do quotidiano) Pesquisa de informações em livros, revistas Consulta de jornais, revista, livros
  32. 32. 32 Funcionamento da Língua Tipos de frases Frases imperativas Frases exclamativas Frases simples e frases compostas Pontuação Vírgula (,) Dois pontos (:) Identificar avisos Ler e escrever avisos Relacionar tipos de frases simples com a intenção de comunicação Identificar frases que indicam ordens e pedidos Usar frases exclamativas em frases Identificar frases simples e frases compostas Criar frases compostas a partir de frases simples e vice-versa Usar a vírgula e dois pontos em frases e textos Consulta de jornais e cartazes Escrita e leitura de avisos Leitura de frases com entoação e ritmo Levantamento de frases imperativas e exclamativas em textos Exercícios de associação Exercícios de aplicação (modificar a pontuação das frases iniciais)
  33. 33. 33 Pronomes Pessoais (de sujeito) Sílabas Divisão silábica Artigos (indefinidos) Palavras da mesma família Sintagma nominal e sintagma verbal Funções do SN e do SV (sujeito e predicado) Identificar pronomes pessoais de sujeito Empregar correctamente os pronomes Dividir palavras em sílabas Classificar palavras quanto ao número de sílabas Identificar palavras da mesma família Realizar jogos de comutação de letras para formar novas palavras Identificar as funções do SN e do SV Preenchimento de lacunas Exercícios de divisão silábica Divisão de frases em sintagmas Inventar frases com palavras da mesma família Jogos de comutação Análise de frases Resolve fichas de ortografia aplicando algumas regras
  34. 34. 34 fia lário dicativo Aplicar regras ortográficas Produzir textos com coerência e correcção ortográfica Utilizar vocabulário do uso corrente em textos Flexionar verbos Flexionar correctamente os verbos estudados, de acordo com cada situação (tempo, modo, número e pessoa) Ditado e cópia Produção de textos Leitura Exercícios de transformação Saber ser: Participar em múltiplas situações que desenvolvam o convívio e o gosto pela escrita e pela leitura
  35. 35. 35 QUADRO DE RECURSOS ASSOCIADO ÀS COMPETÊNCIAS – 4º Ano de escolaridade Escrita Competência de base II – Escrita Numa situação de comunicação, o aluno lê e redige textos (narrativo, descritivo, dialogado e informativo), com base em suportes escritos e gráficos, para dar a conhecer assuntos a nível local e nacional Patamar 2 - O aluno, apoiando-se em suportes escritos e gráficos, lê e produz, por escrito, textos (mais de doze frases) do tipo narrativo, descritivo, dialogado e informativo - carta familiar - para contar, descrever, exprimir sua imaginação, dar e pedir informação “falar” sobre si e assuntos gerais, SABERES SABER-FAZER SUGESTÕES DE ACTIVIDADES Leitura e escrita das estruturas e expressões lexicais estudadas na oralidade Leitura, interpretação e compreensão de textos: Dialogado Ler e escrever textos utilizando estruturas e expressões lexicais estudadas na oralidade Ler, interpretar e compreender textos Responder por escrito a um questionário Ler banda desenhada Preencher balões (de fala, de pensamento) Actividades de pré-leitura Concurso de leitura Actividades para desenvolver a compreensão Questionário escrito Trabalho de grupo ou de pares Leitura dialogada Marcação dos momentos que fazem referencia ao texto do narrador e das personagens
  36. 36. 36 Narrativo Onomatopeias Informativo Relato Produz textos narrativos Relacionar informações veiculadas pelas histórias de banda desenhada, com conhecimentos adquiridos noutras disciplinas Analisar termos específicos da banda desenhada Utilizar diferentes recursos expressivos com uma determinada intenção comunicativa Conhecer algumas onomatopeias Inventar onomatopeias Identificar textos informativos Ler textos informativos Relatar, por escrito, acontecimentos Produz texto narrativo relacionados com a realidade nacional Produção de textos diversos Colaborar na construção de texto narrativos Construção de bandas desenhadas Comparação dos trabalhos realizados Análise de alguns termos específicos Análise da estrutura de um texto narrativo com as sequências de vinhetas correspondentes a cada uma das categorias da narrativa na história de banda desenhada Dramatização Leitura de textos informativos Audição de noticiários na rádio e na televisão Relato de ocorrências vividas ou imaginadas, desejos ou sonhos Relato de acontecimentos do quotidiano
  37. 37. 37 Receitas Carta familiar Estrutura da carta (cabeçalho, corpo, fecho) Descritivo Ler e escrever receitas Analisar receitas (culinária, médica...) Escrever receitas Identificar estruturas da cata Ler e escrever cartas de âmbito familiar Reproduzir a mensagem expressa na carta Endereçar envelopes Descrever imagens Identificar descrição em textos Recolha de receitas culinárias (tradicionais e outros) Analisar receitas médicas Comparação de receitas Leitura de cartas Produção de cartas (exemplo: tema emigração Preenchimento de envelopes
  38. 38. 38 Funcionamento da Língua Sintagma nominal e sintagma verbal Análise sintáctica de frases: Sujeito, predicado, complemento directo e complemento indirecto Pronomes Pessoais: (de sujeito e de complemento) Demonstrativos Palavras da mesma família Radical Artigos (definidos e) Ortografia Analisar morfologicamente uma frase Produzir texto descritivo a partir de Dividir frases em sintagmas Analisar sintacticamente uma frase Empregar correctamente os pronomes Usar os artigos Descobrir elementos comuns a várias palavras Aplicar regras ortográficas Produzir textos com coerência e correcção ortográfica Divisão de frases em sintagmas Análise de frases Exercícios de transformação Resolve fichas de ortografia aplicando algumas regras Produção de frases aplicando as regras ortográficas Ditado e cópia
  39. 39. 39 Vocabulário Verbos Modo Indicativo Identificar verbos Flexionar correctamente os verbos estudados, de acordo com cada situação (tempo, modo, número e pessoa) Praticar o aperfeiçoamento de textos Actividades de pré-leitura Exercícios de auto e heterocorrecção em todas as situações de comunicação Produção de textos Saber Ser: Escrever, com autonomia, sobre determinado tema ou assunto.

×