O Sermao Da Montanha Estudo 9

3.131 visualizações

Publicada em

Apresentação para Lição 9 do 3T09 - Juerp

Publicada em: Espiritual, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.131
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
53
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Sermao Da Montanha Estudo 9

  1. 1. O Sermão da Montanha Estudo 09 Confiando na direção de Deus Texto bíblico: Mateus 6.19-25 O novo enfoque: Qual a tua prioridade na vida?
  2. 2. Texto áureo: ” Por isso vos digo: Não estejais ansiosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer, ou pelo que haveis de beber; nem, quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir: não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário?” Mt 6.25
  3. 3. O sermão pronunciado por Cristo num monte ao lado de Cafarnaum foi um sermão bastante abrangente. Ele não tratou de um tema especificamente, mas abordou diversos aspectos da vida cristã para a qual estava convocando todos os seus seguidores.
  4. 4. Poderíamos dizer que: Primeiro - em 5.1-16 ele tratou do caráter do cristão; Segundo – em 5.17-48 ele se contrapõe à lei, expondo sobre a vida cristã autêntica; Terceiro – em 6.1-18 ele fala sobre a ambição material e ensina sobre a oração do crente.
  5. 5. Agora, de 6.19 a 25, ele muda o enfoque e vai expor a razão pela qual o crente não deve se deixar levar pela ambição material, como vimos na última lição. Ele vai ensinar então que o crente não deve ter a ambição como sua prioridade de vida, pois ele fazendo a sua parte, deve também confiar na providência divina como aquela que o assiste em todos os momentos.
  6. 6. <ul><li>Vamos fazer uma reflexão sobre o que seria a preocupação do homem e sua família naqueles tempos. </li></ul><ul><li>Vemos no texto pelo menos cinco área vitais de sua preocupação: </li></ul><ul><li>A falta de trabalho; </li></ul><ul><li>O amealhar dinheiro; </li></ul><ul><li>A obsessão pelo ter; </li></ul><ul><li>A conseqüência disto; </li></ul><ul><li>A paz interior. </li></ul>
  7. 7. O homem comum naquele tempo não tinha muito como sobreviver. Os postos de trabalho eram muito poucos e eventuais. Se não tivesse alguma coisa para seu sustento, ele estaria à míngua com sua família: ” Não ajunteis para vós tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem consomem, e onde os ladrões minam e roubam.” Mt 6.19
  8. 8. Por isso ele vai trazer uma mensagem sobre a vida produtiva normal sem a preocupação desmedida com o enriquecer, mas sim, em fazer sua sobrevivência dentro de um padrão de honradez. Quem assim vive junta para a eternidade: ” Mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consomem e onde os ladrões não minam nem roubam.” Mt 6.20
  9. 9. O Mestre vai dar então uma palavra que é um oportuno ensinamento para o ser humano de hoje, para mim e para você: o cuidado que devemos cultivar na vida para evitar a obsessão pelo “ter”: ” Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração.” Mt 6.21
  10. 10. Isto pode se tornar tão dominante em sua vida que ela vai ser vivida obsecada de maneira doentia pelos bens materiais, a ponto de até sua fisionomia refletir esta ansiedade. Cristo fala sobre isto: ” A candeia do corpo são os olhos; de sorte que se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz.” Mt 6.22
  11. 11. Ele nos leva a refletir então sobre a luz que transmitimos com o nosso viver. Nossa vida transmite paz, alegria, amor, ou irritação, ódio, rancor? ” Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes são tais trevas.” Mt 6.23
  12. 12. E, então, ele coloca o dilema para o crente. O que é mais importante: Ser ou Ter? Viver de forma simples e natural ou viver preso às garras da ambição: ” Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas”. Mt 6.24
  13. 13. A conseqüência da opção proposta pelo Mestre, é a paz interior que invade o coração do crente. ” Por isso vos digo: Não estejais ansiosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer, ou pelo que haveis de beber; nem, quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário.” Mt 6.25
  14. 14. Encerrando a lição com o nosso texto áureo, somos levados a refletir que Cristo nos está falando de algo eminentemente moderno. A ansiedade é a grande doença da humanidade hoje. Tudo nos levar a temer o amanhã: O trabalho; As transformações climáticas; A violência urbana; A desestruturação da família… Que fazer então???
  15. 15. <ul><li>Diante desta tensão emocional em que nos encontramos </li></ul><ul><li>como viver Cristo? </li></ul><ul><li>- Fazendo o meu melhor em casa, no trabalho, na igreja; </li></ul><ul><li>- Buscando a bênção de Deus em todos os meus momentos; </li></ul><ul><li>- Cultivando o meu crescimento moral, social e espiritual; </li></ul><ul><li>Participando de causas nobres e produtivas; </li></ul><ul><li>Evitando ser consumido pelo pessimismo da mídia. </li></ul>

×