EPUB3 & HTML5  Um par perfeito
Isaac Asimov: o telelivro                  The boys and the girls, 1951                        citado por Gino Roncaglia -...
Evolução constante
u e:             q      re !se         O livro impresso    bL em                 é uma tecnologia
O livro digital utiliza um suporte tecnológicamente diferente...
Principais formatosPDF        ePub           Mobi.pdf        .epub          .azw                          .mobi           ...
PDF e eBook                   página “fixa”   usando o zoomPouco práticoem telaspequenasExcelente paraa impressão
ePub - adaptar-se ou morrer!Formato fexível. Texto “fluido”                     Aumentar o tamanho   Mudar o tipo de      ...
ePub - as variaçõesePub 3               ePub com layout fixo
Mobi - só na AmazonFormato proprietário. Semelhante ao ePub.Em certos aspectos tecnicamente mais simples.Pode viajar somen...
KF8 - sempre AmazonMais potência. Ainda proprietário.ElementosmultimídiaInteratividade Anda somente nas estradas Amazon...
iBooks Author - o intruso!Fixo. Proprietário. Multimidia.Pensado para livros didáticos.Simples de ser produzido.Funciona a...
Aplicativos ou livros?Muita interatividade!               Para cada “aparelho”                                    uma vers...
ePubPorque me deveria    interessar?
As mudançassão muito rápidas
Não posso termeu conteúdoprisioneiro dos   softwares
Preciso de umconteúdo reutilizável
ePubFormato livreFormato que não depende de softwaresproprietáriosBaseado em padrões estabelecidosXHTML, CSS, HTML 5Estabi...
ePub2 x ePub3                 ePub           ePub3  Texto           XHTML             HTML5                              á...
visualização                                   metadados                                   estruturaconteúdo           .eP...
O esqueleto de um ePub
• Estruturado             • Navegável             • Compactado             • Com metadados             • InteroperávelO eP...
aplicativos        webPosso recuperar e    reutilizar meu conteúdo              .ePub                           futuros fo...
Recursos interessantes...   Multimídia       Adaptive design   Math ML          Text to Speach   Interatividade    SVG
Onde funciona hoje?    Apple            KoboGoogle eBooks     Barnes&Noble                      Nook    IDPF   ReadiumInfo...
Motor de renderingO “motor de rendering” interpreta o código        e apresenta o conteúdo.
Motor de rendering  Texto/link   ImagensAdobe DRMVídeo/áudio AnimaçõesHTML5/CSS3
ePub3 no mercado brasileiro             ?
Conversão para o digitalÉ preciso iniciar a pensar em processos diferentes   de produção e de idealização do livro digital
Produção de livro digitalPensar o conteúdo               para o digital
UsabilidadePensar o design do eBook   em vista do usuário
Somente um produto dequalidade irá permitir que omercado de eBooks decole.                              José Fernando Tava...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ePub3 e Html5

7.080 visualizações

Publicada em

Apresento aqui uma visão geral de relação entre em ePub3 e Html5. Ou seja, porque ao editor deve interessar o ePub3? Apresento os formatos principais e algumas características do ePub3.

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.080
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3.036
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
122
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ePub3 e Html5

  1. 1. EPUB3 & HTML5 Um par perfeito
  2. 2. Isaac Asimov: o telelivro The boys and the girls, 1951 citado por Gino Roncaglia - Tradução para o português J. Fernando TavaresMargie, escreveu  até mesmo no seu diário aquela noite.Na página com a data de 17 de maio de 2157, escreveu:  "Hoje Tommy encontrou um livro verdadeiro. Era um livro antigo. O avô da Margiedisse uma vez que, quando ele era criança, seu avô lhe disse que houve uma época emque todas as histórias e contos eram impressos em papel. Dava pra virar as páginas,que eram amarelas e faziam barulho e era muito engraçado ler as palavras que estavamparadas em vez de estarem se movendo, como era previsto que elas fizessem em umatela, é lógico.  E ainda mais, quando você retornava à página precedente ali estavam as palavras quevocê já tinha lido antes!  .- Meu Deus, que desperdicio - disse Tommy. - E quando a pessoa chega no final dolivro o que faz? Joga fora tudo? A nossa televisão já deve ter passado um milhão delivros e ainda está boa para ser usada mais vezes. Quem sonharia de jogar ela fora? - O mesmo vale para a minha - disse Magie - que tinha 11 anos e aida não tinha vistotantos livros quanto Tommy
  3. 3. Evolução constante
  4. 4. u e: q re !se O livro impresso bL em é uma tecnologia
  5. 5. O livro digital utiliza um suporte tecnológicamente diferente...
  6. 6. Principais formatosPDF ePub Mobi.pdf .epub .azw .mobi ePub 3 kf8 ePub Layout Fixo
  7. 7. PDF e eBook página “fixa” usando o zoomPouco práticoem telaspequenasExcelente paraa impressão
  8. 8. ePub - adaptar-se ou morrer!Formato fexível. Texto “fluido” Aumentar o tamanho Mudar o tipo de das letras caractere
  9. 9. ePub - as variaçõesePub 3 ePub com layout fixo
  10. 10. Mobi - só na AmazonFormato proprietário. Semelhante ao ePub.Em certos aspectos tecnicamente mais simples.Pode viajar somente nas estradas da Amazon...
  11. 11. KF8 - sempre AmazonMais potência. Ainda proprietário.ElementosmultimídiaInteratividade Anda somente nas estradas Amazon...
  12. 12. iBooks Author - o intruso!Fixo. Proprietário. Multimidia.Pensado para livros didáticos.Simples de ser produzido.Funciona apenas no iBooks do iPad Somente “linhas aéreas” Apple
  13. 13. Aplicativos ou livros?Muita interatividade! Para cada “aparelho” uma versão diferente.Maior custo de produção Aplicativo é um softwareIdeal para livros que O percurso de produção seguedevem ser usados outros parametros em relação aos formatos citados.ex: dicionários, livros infantis,guias técnicos
  14. 14. ePubPorque me deveria interessar?
  15. 15. As mudançassão muito rápidas
  16. 16. Não posso termeu conteúdoprisioneiro dos softwares
  17. 17. Preciso de umconteúdo reutilizável
  18. 18. ePubFormato livreFormato que não depende de softwaresproprietáriosBaseado em padrões estabelecidosXHTML, CSS, HTML 5Estabilidade e portabilidadeConteúdo reutilizável
  19. 19. ePub2 x ePub3 ePub ePub3 Texto XHTML HTML5 áudio, vídeo, canvas,Multimídia geolocalização, javascript CSS CSS 2 CSS 3 SVG No XHTML Também no spineJavascript Opcional TOC NCX Documeto NavMath ML não sim
  20. 20. visualização metadados estruturaconteúdo .ePub Três níveis empacotados
  21. 21. O esqueleto de um ePub
  22. 22. • Estruturado • Navegável • Compactado • Com metadados • InteroperávelO ePub3 é um html5 domesticado Bill MacCoy
  23. 23. aplicativos webPosso recuperar e reutilizar meu conteúdo .ePub futuros formatos
  24. 24. Recursos interessantes... Multimídia Adaptive design Math ML Text to Speach Interatividade SVG
  25. 25. Onde funciona hoje? Apple KoboGoogle eBooks Barnes&Noble Nook IDPF ReadiumInfogrid Pacific Azardi
  26. 26. Motor de renderingO “motor de rendering” interpreta o código e apresenta o conteúdo.
  27. 27. Motor de rendering Texto/link ImagensAdobe DRMVídeo/áudio AnimaçõesHTML5/CSS3
  28. 28. ePub3 no mercado brasileiro ?
  29. 29. Conversão para o digitalÉ preciso iniciar a pensar em processos diferentes de produção e de idealização do livro digital
  30. 30. Produção de livro digitalPensar o conteúdo para o digital
  31. 31. UsabilidadePensar o design do eBook em vista do usuário
  32. 32. Somente um produto dequalidade irá permitir que omercado de eBooks decole. José Fernando Tavares Fundador e Diretor de operações fernando@simplissimo.com.br

×