Plano resgate dos valores etica e cidadania de simone helen drumond

40.531 visualizações

Publicada em

Ensinar valores as crianças é preciso!

Publicada em: Educação

Plano resgate dos valores etica e cidadania de simone helen drumond

  1. 1. Obrigada! Por favor! Escola ................................................................ Série: .............................................. - Turma ....... - Turno: ......................................... Período de .../..../.... a ..../..../.... Professora: .................................................................................................................................... Tema: Hábitos e valores para uma boa convivência. Objetivo Geral: Oportunizar situações de aprendizagem dentro do ambiente escolar que desenvolvam hábitos saudáveis para uma boa convivência. JUSTIFICATIVA Eu costumo repetir uma frase que minha avó dizia-me muito que é: „Educação, vem de berço‟. Traduzindo em poucas palavras, o que percebo atualmente para além da total falta de educação das crianças, um grande falta de respeito pelas pessoas. As palavras mágicas como ‘com licença’, ‘desculpe’, ‘por favor’, ‘muito obrigada’ são inexistentes no vocabulário das crianças e adolescentes. Creio que a liberação total que hoje em dia os pais dão, tem alterado um pouco conceitos essenciais de conduta, que são vitais em qualquer tipo de relacionamento humano. Parece-me que estas atitudes das crianças são todas normais, parece-me que as crises de histerias que elas demonstram em público por não lhes terem atendido um pedido é tudo normal. Parece-me que o não respeitar pais, parentes, professores, é muito normal, e aceitável. Eu discordo totalmente de pais que não educam, que se mostram passivos diante de uma falta de educação dos filhos. Agora falta de educação, é sinônimo de ter PERSONALIDADE. No meu tempo isso tinha outro nome e era muito bem tratado pelos nossos pais e avós, e nem por isso ficamos desequilibrados emocionalmente. Hoje em dia parece que qualquer atitude mais rija dos pais, traumatiza. Portanto deixo aqui mais uma frase muito antiga, mas cheia de razão: ‘Eduque seu filho em casa, para que não o eduquem na rua. A vida nem sempre lhes dirá S I M.’ Simone Helen Drumond de Carvalho AVALIAÇÃO: METODOLOGIA A avaliação será continua através da: Os primeiros anos da criança são os mais importantes na construção de sua identidade, auto-estima, valores e conhecimentos. Os valores e normas 1. Observação. também são trabalhados com as crianças, pois são essenciais para o 2. Participação. convívio social e respeito mútuo. 3. Socialização de saberes (de acordo com a maturação) A cidadania faz parte do dia-a-dia dos pequenos através de projetos 4. Execução das atividades. multidisciplinares como: "Quem tem fome tem pressa", "Chá da vovó", 5. A avaliação é feita através de relatórios bimestrais que "Campanha do Agasalho", "Café da manhã para todos", "Um dia da descrevem todo o desenvolvimento afetivo, cognitivo e social da criança diferente". Para essa concepção nossas aulas serão dialogadas, criança. vivenciadas, com auxílio de materiais concretos, excursões, entrevistas, atividades orais e escritas; dramatização e música.
  2. 2. OBJETIVOS DATAS COMEMORARTIVAS *Valer-se da boa convivência para progressão de saberes, englobados no Junho processo da Educação Infantil. 21 – Dia da Mídia e Dia do Imigrante 24 – Dia de São João e Dia Internacional do Leite * Sentir-se segura e acolhida no ambiente escolar, utilizando este novo 29 – Dia de São Pedro e São Paulo e Dia do Papa espaço para ampliar suas relações sociais e afetivas, estabelecendo vínculos com as crianças e adultos ali presentes, a fim de construir uma imagem positiva sobre si mesma e sobre os outros, respeitando a diversidade e valorizando sua riqueza. Julho 1º Dia da vacina BCG *Tornar-se, cada vez mais, capaz de desenvolver as atividades nas quais se 14 Dia da liberdade de pensamento engaja de maneira autônoma, e em cooperação com outras pessoas, crianças 17 Dia da proteção as florestas e adultos. Desta forma, desenvolver a capacidade de começar a coordenar 20 Dia do Amigo pontos de vista e necessidades diferentes dos seus, socializando-se. 25 Dia do escritor *Promover diariamente atividades que desenvolvam os hábitos de 26 Dia da vovó cordialidade. Agosto *Interagir com o seu meio ambiente (social, cultural, natural, histórico e 1º Dia do selo geográfico) de maneira independente, alerta e curiosa. Isto é, estabelecendo 05 Dia da saúde relações e questionamentos sobre o meio ambiente, os conhecimentos prévios de que dispõe, suas idéias originais e as novas informações que 08 Dia do Pároco e Dia dos Bandeirantes recebe. *Apropriar-se dos mais diferentes tipos de linguagem construídos pela humanidade (oral, escrita, matemática, corporal, plástica e musical), de acordo com as suas capacidade e necessidades, utilizando-as para expressar o seu pensamento e as suas emoções, a fim de compreender e comunicar-se Devermos usar a Boa com as outras crianças e os adultos. Educação diariamente! *Projetar saberes acerca do contexto em estudo. *Aprimorar em conjunto a família hábitos de boa conduta diária.
  3. 3. PROCEDIMENTOS METODOLOGICOS Movimento (Lúdico Infantil para desenvolver atitudes de Linguagem oral bom convivio) Explorar MUITO a expressão verbal cantando, declamando, TRABALHO MOTOR FINO: rasgadura, pintura, enfiagem, deixando eles falarem de suas experiências com relação ao tema. dobradura e colagem. Conversas dirigidas na rodinha para atender ao objetivo de Explorar a motricidade gráfica e as habilidades motoras finas e ampliar o vocabulário. Nesta estaremos motivando as crianças a amplas. participarem do projeto ativamente. Explorar MUITO a expressão corporal dançando, brincando Favorecer para que as crianças para que tenham o seu usando espaço físico. momento de falar sobre o sobre: Sessão da brincadeira de roda, dançar e cantar cantigas de roda. Por que as palavras - obrigado, desculpe, por favor e com Confeccionar brinquedos com sucatas e fazer exposição, ou licença são chamadas de palavras mágicas? realizar uma sessão do brincar com os brinquedos folclóricos. As palavras: Por favor e com Licença facilitam a vida das Poderá também fazer a “dia” do soltar papagaio no pátio da escola; pessoas? Por quê? ou a manhã da casinha, brincando com bonecas de pano e Em que situações você usa as palavras “Por favor e Com panelinha de lata... Licença”? Sessão das brincadeiras esquecidas: amarelinha, chicote O menino falou: "Obrigado!". A menina falou: "Obrigada!" queimado, esconde-esconde, manja-pega, cabra-cega, elástico... Qual a diferença no uso dessas palavras? (convidar uma mãe para ensinar as crianças a brincarem) O que você sente ao ser cumprimentado por uma pessoa, mesmo sem conhecê-la? Você tem o hábito de cumprimentar as pessoas? Comente. Musical "Todas as pessoas devem ser respeitadas." Você costuma Realizar sessões de musicas: para cantar e dançar as músicas tratar bem os funcionários da sua escola, da sua casa, ou qualquer pesquisadas e/ou descobertas. outra pessoa que presta serviços? Por quê? Realizar uma sessão de brincadeiras cantadas: o cravo e a rosa; o seu rei mandou pedir, Terezinha de Jesus, escravo de Jó, TRABALHAR A ANALISE DE PALAVRAS COM: bombarqueiro... Mm e Pp Brincadeiras cantadas (o seu rei mandou pedir, o cravo brigou com a rosa, Terezinha...), dramatizadas e jogos (macaca, chicote LEITURA DIRIGIDA DE TODAS AS FAMILIAS queimado, pular corda, melancia, boca de forno, cemitério, SILABICAS TRABALHADAS ATRAVÉS DE JOGOS E anelzinho,...) LEITURA INFORMAL.
  4. 4. PROCEDIMENTOS METODOLOGICOS Arte Plástica Linguagem escrita Explorar a arte; a construção dos brinquedos; o envolvimento com Produção livre de desenhos, produções dirigidas desenhos relacionados ao tema. o ato de dramatizar questões de boas aneiras. TRABALHAR A ANALISE DE PALAVRAS COM: Confeccionar cartazes e listas dos personagens do folclore Mm e Pp pesquisados: Saci, Cuca, Cobra-Grande, Curupira, Iara para estimular os bons hábitos de cordialidade para com os colegas... Dever de casa – Leitura e escrita das famílias silábicas em estudo (APOSTILA DE PRÉ-ALFABETIZAÇÃO) Confeccionar máscaras dos personagens folclóricos para que as crianças saiam caracterizadas após ouvir a historia dos personagens e Arte teatral dramatizar boas atitudes. Buscar a ação teatral acerca da boa conduta diária.. Montar painel de fotos mostrando hábitos de boa conduta. Dramatizar lendas, mitos, contos e fazer uma sessão de poesia (tipo hora do lanche, de cada turma sai um pequeno grupo Explorar MUITO o desenho a pintura, a colagem, a perfuração, a para ler ou declamar uma poesia (saral), que envolvam atitudes de enfiagem, a dobradura, etc... sobre o tema em estudo. cordialidade e aprendizado para uma boa moral e ética.. Brinquedos: cavalo de pau, pé de lata, bilboquê, curica, papagaio, Linguagem Simbólica peteca de barro cozido, bola de meia, balão de papel e outros... Uso de etiquetas, símbolos, rótulos diferentes, recortes de jornais e revistas para que as crianças consigam identificar as promovendo o brincar de forma harmoniosa. famílias silábicas em estudo e as já estudadas. Vamos construir o mural das palavrinhas mágicas!
  5. 5. CONTEPROCEDIMENTOS METODOLOGICOS REFORÇO (leitura e escrita) Pp – pa pe pi po pu pão Papo, papa, papai, pé, pega, apelido, pipa, piada, pipoca, pó, popa, Ciências Naturais piano, pulo, pua, pião. * Identificar os hábitos de higiene e trabalhar com educandos e pais O pato para que o processo de bons hábitos sejam coerentes. O pato nada no lago Tomar banho, escovar os dentes, Pepeu não nada cortar as unhas, manter-se limpo Pepeu é o cão de Felipe. são bons hábitos de saúde. Felipe jogou pão na água. Ela falou: Formação social e pessoal - Epa! O pato papou o pão! Valorizar a sua família e sua casa. Perceber-se como parte integrante de uma família. Respeitar sua própria diferença e a dos outros, no que diz Mm - ma me mi mo mu mão respeito formação familiar e a realidade social de cada um. Amigo, mela, mamão, meia, medo, miado, mico, moeda, mola, mofo, mula, limão, mãe, mamãe, mimado, camelo, Moema, Mimo, macaco e mão. Matemática Mimo Realização de contagem livre e dirigida dos números de 1 a 30. Escrita da seqüência numérica, seus antecessores e sucessores, Mimo é o macaco de Jujuba. ordem crescente e decrescente. Jujuba fala: - Mimo, joga a bola! 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - 10 O macaco joga a bola. 11 - 12 - 13 - 14 - 15 - 16 -17 Jujuba dá melado a Mimo. 18 - 19 - 20 - 21 – 22- 23 - 24 - 25 26 - 27 - 28 - 29 - 30
  6. 6. CONTEPROCEDIMENTOS METODOLOGICOS Formação Social - Hábitos e valores para uma boa convivência. Para um bom convívio - em casa, na escola, na rua, no clube -, é preciso seguir regras de cortesia, isto é, de boas maneiras. Cortês é uma pessoa que tem consideração, é amável com os outros. Tudo isto é etiqueta.
  7. 7. CONTEPROCEDIMENTOS METODOLOGICOS Hábitos e valores para uma boa convivência. Palavrinhas mágicas - Ao dizê-las, a gente pode ver urna pessoa com cara muito séria passar a sorrir e a nos tratar muito bem. A boa convivência diária e os bons hábitos de cordialidade são fatores primordiais para um bom relacionamento na sociedade a qual pertencemos.
  8. 8. CONTEPROCEDIMENTOS METODOLOGICOS Hábitos e valores para uma boa convivência. Esperando na fila - Uma fila deve ser respeitada. Quem está com pressa por um motivo muito sério pede licença aos que estão na frente para ser atendido em primeiro lugar e agradece a compreensão. "Esperando na fila". * “Não faça com o outro o que não quer que façam com você!” Seguindo esse princípio, existe mais chance de um melhor convívio? Por quê? *Em que situações no seu dia-a-dia, você costuma enfrentar fila? Ao cumprimentar, olhe nos olhos da pessoa. Dizem que os olhos são a janela da alma, mostram aquilo que se está sentindo...
  9. 9. CONTEPROCEDIMENTOS METODOLOGICOS Hábitos e valores para uma boa convivência. O modo como se atende ao telefone revela a educação de quem recebe a chamada. Atenda com uma voz tranqüila, como se estivesse sorrindo ou bem-humorado, pois, por incrível que pareça, isto se reflete no modo de falar. (...) Lembre-se sempre das palavrinhas mágicas - obrigado, desculpe, por favor, com licença-, pois, ao telefone, elas têm ainda maior poder. Ao ligar para alguém, cumprimente a pessoa que atender o telefone e identifique-se em primeiro lugar. Exemplo: "Olá, sr. Fulano. Aqui quem fala é Sicrano, tudo bem?". Em seguida, fale o que precisar, por exemplo: "Poderia chamar o Beltrano, fazendo o favor?". Agora que você sabe o valor de obrigado, desculpe, por favor e com licença, o que falaria nas situações abaixo?
  10. 10. Boas Maneiras Regras básicas para o dia-a-dia ● Diga "por favor" quando quiser pedir alguma coisa a alguém. Um exemplo: "Por favor, você poderia pegar um copo de água para mim?". Ensinar boas maneiras às crianças não é questão de frescura, mas sim algo muito importante para que elas adquiram noções ● Diga sempre "obrigado" (se for menino) ou "obrigada" (se for menina) fundamentais de respeito ao ambiente e às pessoas à sua quando alguém lhe fizer um favor ou lhe der algo. volta. ● Cumprimente todos com "bom dia", "boa tarde" e "boa noite", de preferência com um sorriso amável no rosto. Isso vale não só para a sua Garantir que as crianças aprendam, desde cedo, as regras básicas de família e seus amigos, como também para os vizinhos, empregados, porteiro comportamento estabelecidas pela sociedade é imprescindível para que elas do prédio, conhecidos que encontra na rua, atendentes de lojas e desenvolvam a habilidade de se relacionar harmonicamente com as pessoas supermercados, professores, enfim, qualquer pessoa. e se sintam seguras em todas as situações sociais, e para que compreendam o conceito de cidadania e respeito ao meio em que vivem. ● Peça desculpas quando pisar no pé de outra pessoa, esbarrar em alguém, derrubar alguma coisa, ou fizer algo que incomode alguém. O mais importante nesse aprendizado é o exemplo dos pais. Eles são modelos de comportamento para os filhos, que naturalmente irão imitá-los. Por isso, é importante que os próprios adultos sigam as regras de boas ● Agradeça quando ganhar um presente, mesmo que não tenha gostado. maneiras, usando-as não somente fora de casa, mas dentro dela também. Se os pais gritam com os filhos, será difícil exigir que estes não gritem ● Use tom de voz normal para falar com as pessoas. Se a pessoa estiver também. Se o pai e a mãe não costumam usar as expressões "por favor" e longe, vá até ela para dar seu recado, sem gritar. "obrigado" entre eles, os filhos dificilmente o farão. ● Não interrompa a conversa dos adultos. Quando quiser falar com eles Para treinar os filhos a ser bem educados, além de dar o exemplo, é durante uma conversa, diga "posso falar com você um minutinho?" e espere necessário ter calma e paciência, e explicar claramente para a criança qual o a pessoa lhe dar a atenção. comportamento esperado dela. Nessa hora, pai e mãe devem ser coerentes e adotar a mesma postura, para não confundir a criança. É importante ● Lugar de lixo é no lixo. Jogar lixo na rua, nem pensar! elogiar muito a criança e mostrar entusiasmo quando ela faz algo da maneira que os pais ensinaram. Afinal, todos querem ser reconhecidos quando ● Não cutuque o nariz. Se estiver sujo, vá até o banheiro e assoe. realizam um bom trabalho! É importante respeitar também a idade e o ritmo da criança. Não é certo ● Ao espirrar, coloque as mãos na boca e, se possível, lave-as em seguida. brigar com uma criança pequena, que está aprendendo a usar talheres para comer, porque ela derrubou comida na roupa ou no chão. Nem exigir que os ● Não mexa nas coisas dos outros sem permissão. pequenos não espalhem os brinquedos pela sala - desde que, a partir de certa idade, passem a recolhê-los e guardá-los no lugar certo após a ● Recolha e guarde os brinquedos no lugar certo depois de usá-los. brincadeira. Toda criança precisa de um pouco de sujeira e bagunça em seu processo de desenvolvimento. O aprendizado das boas maneiras deve ● Não converse enquanto está na biblioteca, no cinema ou no teatro, para começar desde cedo, mas sem deixar que as exigências atrapalhem a não incomodar os outros (nem utilize o celular nestas ocasiões!). espontaneidade das crianças.
  11. 11. Regras de Boa Convivência em todos os lugares Respeito aos mais velhos ● Não fale palavrões. ● Ajude a vovó e o vovô a sentar e a levantar da cadeira. ● Antes de entrar em algum lugar, bata na porta e pergunte se pode entrar. ● Busque coisas para eles, como os óculos, o jornal, um copo de água. ● Chegue aos lugares na hora marcada, sem atrasar. ● Converse com eles, ouvindo suas histórias antigas com interesse. ● Meninos não devem urinar na rua ou em qualquer outro local que não seja ● Ajude-os a entrar no ônibus, a enxergar o preço de um produto no o banheiro! supermercado, a atravessar a rua, a carregar suas sacolas. ● Ofereça seu lugar no ônibus ou no metrô a pessoas idosas. ● Trate os mais velhos por "senhor" ou "senhora". Visitando os amigos ● Peça licença antes de entrar na casa dos outros. Ordem no banheiro ● Se precisar usar o telefone, peça permissão ao dono da casa - e seja breve! ● Dê a descarga corretamente. ● Não faça bagunça! Guarde os brinquedos que usar, arrume a cama em que dormiu, deixe o banheiro em ordem, tire seu prato da mesa após comer ● Jogue o papel higiênico no cesto de lixo. e se ofereça pra ajudar a lavar a louça. ● Não deixe espirrar urina no chão ou na tábua do vaso sanitário. Se isso ● Não tire nada do lugar e não mexa nos objetos de decoração da casa. acontecer, limpe ou peça para alguém fazê-lo. ● Não coloque os pés no sofá. ● Lave as mãos após usar o sanitário, sem espirrar água na bancada da pia ou no chão. ● Não faça barulho quando as pessoas da casa estiverem dormindo.
  12. 12. Bons modos à mesa Comportamento exemplar na escola ● Lave as mãos antes de se sentar à mesa. ● Não arrote. Se isso acontecer, peça desculpas. ● Empreste materiais e brinquedos para os colegas. ● Mastigue os alimentos com a boca fechada. ● Ofereça seu lanche aos amigos. ● Não fale enquanto mastiga. ● Não saia correndo e esbarrando nas pessoas. Peça licença para passar! ● Coloque porções pequenas de alimento na boca. ● Não fure a fila do banheiro ou da cantina. ● Evite tomar líquidos com a boca cheia de comida. ● Não brigue com os colegas. ● Ao terminar de comer, deixe os talheres no prato, um ao lado do outro, a ● Respeite o professor e obedeça as regras da escola. faca com o corte para dentro. ● Levante a mão quando quiser falar durante a aula. ● Não bata os talheres na mesa, no prato ou no copo. ● Não faça bagunça durante a aula. ● Não pegue a comida com a mão. ● Não saia da classe sem avisar. ● Não chupe o macarrão pelo fio. ● Se for necessário revezar os brinquedos ou esperar sua vez de fazer ● Não sopre a sopa. Se estiver quente, espere esfriar. alguma atividade, tenha paciência e respeite a ordem. ● Evite derrubar comida para fora do prato ou no chão. Se cair, não coloque ● Faça a atividade que o professor pedir. a comida na boca novamente, e sim recolha com um guardanapo. ● Elogie os amigos quando eles realizarem bem uma tarefa. Se eles lhe ● Coma devagar, mastigando bem os alimentos. elogiarem, agradeça! ● Não fale sobre coisas nojentas nem assuntos desagradáveis na hora da ● Não fale mal dos colegas. comida. ● Devolva tudo que pegar emprestado. ● Agradeça a quem preparou a comida e elogie a refeição. ● Não discrimine os colegas, seja gentil com todos.

×