Plano anual 2º período 2011 simone drumond

13.243 visualizações

Publicada em

Simone Helen Drumond

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.243
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
213
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano anual 2º período 2011 simone drumond

  1. 1. SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE GESTÃO EDUCACIONAL DEPARTAMENTO DE GESTÃO EDUCACIONAL DIVISÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL Av. Mário Ypiranga Monteiro, 2549 - Parque 10 Cep. 69057-002 – Manaus – Amazonas Fone: 92 3643-6900 PLANEJAMENTO ANUAL – 2º PERÍODO CMEI MADRE ELISIAProfessor (a): ............................................................................................................................................................................................................................ Série: 2º PERÍODO Turma: Turno: Ano: Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  2. 2. São objetivos da Educação Infantil: Propiciar ao aluno um ambiente rico em experiências necessárias ao desenvolvimento físico, psicológico, intelectual esocial, complementando a ação da família e da comunidade; Promover a ampliação das experiências e conhecimentos do aluno, estimulando seu interesse pelo processo detransformação da natureza e pela convivência em sociedade; Estimular a criatividade como elemento de auto-expressão; a construção do conhecimento que inclui necessariamenteas idéias de descobrir, de inventar, de redescobrir e de criar. Currículo O currículo da Educação Infantil será organizado através das atividades assim distribuídas: Atividades de comunicação e expressão que desenvolvam as linguagens verbal, plástica, musical e corporal; Atividades com materiais que favoreçam o processo de elaboração de descoberta, de levantamento de hipóteses, decriação e de reinvenção; Atividades que estimulem a construção de conhecimentos matemáticos e do meio físico e social; Atividades que favoreçam o contato com a língua escrita. As atividades serão programadas obedecendo a uma seqüência e ordenação cuidadosamente estabelecidas e serãoapresentadas aos alunos de forma lúdica. Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  3. 3. APRESENTAÇÃO “(...) Protege-me das incursões obrigatórias que sufocam o prazer da descoberta e com o silêncio ( intimamente sábio ) das tuas palavras e dos teus gestos ajuda-me serenamente a ler e a escrever a minha própria vida.” Ademar Ferreira. In: ALVES, Rubem. A escola com que sempre sonhei sem imaginar que pudesse existir. Este tem o intuito de auxiliar o planejamento de nossas ações didático-pedagógicas, a curto, médio e longo prazo, oPlano de Curso de Educação Infantil. Ressalto que este plano é anual, não dispondo, portanto, de uma divisão bimestral dos conteúdos, visto tratar-se,como o próprio nome diz, de um plano, e não de um planejamento. Dessa forma, caberá a você, professor (a), após operíodo de conhecimento de seu grupo-classe, o que compreende os diferentes procedimentos diagnósticos, estudar esteplano e as orientações didáticas que o precedem, a fim de construir, com autonomia, o melhor percurso pedagógico junto aseus alunos, ou seja, elaborar o “planejamento” propriamente dito. O trabalho na Educação Infantil está centralizado em conteúdos procedimentais devido às especificidades da faixaetária; portanto, depende muito da postura e das situações didáticas utilizadas pelo professor para que as competênciasinfantis sejam estimuladas e as habilidades desenvolvidas. Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  4. 4. Um elemento que merece destaque é o aspecto lúdico, tão presente e necessário no universo infantil. Uma práticapedagógica que muito favorece o referido desenvolvimento é o brincar, pois se trata de um instrumento pedagógico queatende as necessidades tanto de aprendizagem como de ensino. Cabe ainda dizer que, em razão dos conteúdos conceituais, manteve-se a divisão por eixos de trabalho, o que, noentanto, não invalida a abordagem interdisciplinar do trabalho em sala de aula. Resguardadas as especificidades de cada área do conhecimento, o que, em sua maioria, constrói-se por meio dosconteúdos conceituais, é por intermédio da aprendizagem dos outros conteúdos – os procedimentais e os atitudinais – quea interdisciplinaridade ocorre. Certos procedimentos também se aplicam com exclusividade a um eixo de trabalho, porém, em sua maioria, assimcomo as atitudes a serem desenvolvidas pelas crianças, esses perpassam todas as áreas do conhecimento, em maior oumenor escala, durante certa etapa de sua aprendizagem. É nesse sentido, portanto, professor (a), que eu, Simone HelenDrumond de Carvalho ou http//:simonehelendrumond.blogspot.com., elaborei este planejamento, para orientar e garantir aconstrução dos saberes próprios de cada eixo de trabalho, concomitantemente à dos que se apreendem de uma formatransversal. Importa dizer que, ao falarmos dos conceitos mais específicos de cada eixo, não estamos dizendo que o vínculoentre esses saberes não possa ser estabelecido, até porque ele existe naturalmente nos conhecimentos instituídos, massim que há conceitos próprios de Linguagem Oral e Escrita, os quais não dizem respeito à Matemática e vice-versa. Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  5. 5. Portanto, não é necessário “forçar” tal aproximação, criando situações de aprendizagem vazias de significado. Por outrolado, há conceitos que pertencem a mais de um eixo, demandando, assim, que sejam construídos interdisciplinarmente. Desse modo, professor (a), buscando auxiliá-lo no planejamento de suas ações e intervenções em sala de aula e naelaboração de atividades significativas para a aprendizagem de seus alunos, apresento algumas orientações didáticas paracada eixo de trabalho, em que se abordam mais profundamente esses aspectos apresentados. Recomendo a leitura dessas orientações paralelamente à leitura do RCNEI e da Proposta Pedagógica da EducaçãoInfantil da SEMED. Indico também, no final deste documento, algumas sugestões de referências bibliográficas para aprofundamentodos temas aqui expostos, no qual você encontra subsídios teórico-práticos, além de outras informações interessantes. Lembro ainda que a equipe Pedagógica da SEMED está disposta a esclarecer eventuais dúvidas, apontarsugestões, analisar coletivamente as dificuldades, a fim de colaborar na escolha dos percursos pedagógicos maisadequados para a efetiva aprendizagem de nossas crianças. A intenção este é fortalecer, cada vez mais, a parceria entre nós, educadores, cujo objetivo comum é a excelênciada qualidade de ensino e o desenvolvimento pleno e feliz das potencialidades de nossos alunos da Rede Municipal deEnsino. Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  6. 6. Linguagem Oral e EscritaObjetivos:1. Desenvolver a capacidade de expressar-se oralmente com a clareza necessária para ser compreendido.2. Estimular o interesse pela descoberta do código escrito no meio em que vive.3. Desenvolver a habilidade de identificar e traçar corretamente as letras e números.Fevereiro Coordenação viso-motora Grafismos União de pontos Desenhos, Pinturas, Recorte e Colagem, Labirinto Dobraduras Vogais - A a, E e, I i, Oo, U u Recorte e Colagem A escrita como forma de comunicação Relatos de experiências Conversas Histórias Ampliação de Vocabulário Sons Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  7. 7. Março Percepção visual Identificação de partes do todo Descobrir diferenças Localizar semelhanças Encontros vocálicos Revisão das vogais - A a, E e, I i, Oo, Uu Recorte e Colagem A escrita como forma de comunicação Relatos de experiências Conversas Histórias Ampliação de Vocabulário Sons Encontro de vogaisAbril Recorte e Colagem A escrita como forma de comunicação Relatos de experiências Conversas Histórias Ampliação de Vocabulário Sons Desenhos Letras B - C - D Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  8. 8. Maio Trabalhar com as consoantes Identificar e grafar as consoantes minúsculas e maiúsculas As letras F - G - H Recorte e Colagem A escrita como forma de comunicação Relatos de experiências Conversas Histórias Ampliação de Vocabulário Sons desenhosJunho/Julho As letras J - K - L Recorte e Colagem A escrita como forma de comunicação Relatos de experiências Conversas Histórias Ampliação de Vocabulário Sons Desenhos Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  9. 9. Agosto As Letras M - N - P Recorte e Colagem A escrita como forma de comunicação Relatos de experiências Conversas Histórias Ampliação de Vocabulário Sons DesenhosSetembro As letras Q - R - S Recorte e Colagem A escrita como forma de comunicação Relatos de experiências Conversas Histórias Ampliação de Vocabulário Sons Desenhos Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  10. 10. Outubro As letras T - V - W Recorte e Colagem A escrita como forma de comunicação Relatos de experiências Conversas Histórias Ampliação de Vocabulário Sons DesenhosNovembro As Letras X - Y - Z Recorte e Colagem A escrita como forma de comunicação Relatos de experiências Conversas Histórias Ampliação de Vocabulário Sons Desenhos Nome completo Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  11. 11. Dezembro Nome completo de letra cursiva Revisão do alfabeto e famílias silábicas Recorte e Colagem A escrita como forma de comunicação Relatos de experiências Conversas Histórias Ampliação de Vocabulário Sons Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  12. 12. MatemáticaObjetivos:1. Desenvolver na criança a capacidade de pensar logicamente;2. Trabalhar problemas relacionados ao seu cotidiano para melhor entendimento do meio em que vive.Fevereiro Coordenação motora Numerais de 0, 1 e 2 Grafismo Contorno de figuras Desenho Pintura Recorte e Colagem LabirintoMarço Discriminação Visual Números 3, 4 e 5 Forma e cor Igual/Diferente Complementação de figuras Detalhes de cena Relações e afinidades Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  13. 13. Abril Orientação temporal Antes/depois Ontem/hoje/amanhã Dia/noiteMaio Orientação espacial Atrás/na frente/no meio/entre Aberto/fechado De frente/de costas Em cima/embaixo Em pé/deitado/sentado Mais longe/mais perto Mesma posição/posição diferente Números 6, 7, 8, 9 e 10Junho/Julho Noções de geometria Linhas abertas e fechadas Números 11 e 12. Mesma forma Triângulo - Quadrado - Círculo Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  14. 14. Agosto Relações de dimensão Curto/comprido Grande/pequeno/mesmo tamanho Grosso/fino Mais alto/mais baixo Revisão dos números de 0 a 12.Setembro Seqüência e seriação - números Relações de massa e volume: cheio/vazio e leve/pesado Ontem/hoje/amanhã (revisar)Outubro Relações de quantidade Mais/menos/ muito/pouco/nenhum Números 13, 14 e 15.Novembro e Dezembro Noções de adição Noções de conjunto Números 15, 16, 17, 18, 19 e 20 Par/ímpar Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  15. 15. Natureza e SociedadeObjetivos:1. Aprofundar as vivências relacionadas à família, à escola, ao grupo de amigos e colegas;2. Levar a criança a incorporar normas de conduta social, costumes e convenções que fazem parte da cultura em que vive e que são exigidos no processo de adaptação do sujeito à sociedade a que pertence;3. Organizar e sistematizar os conhecimentos relacionados com a natureza em transformação, aos seres vivos, à ecologia e à qualidade de vida (higiene e saúde).SOCIEDADEFEVEREIROCarnaval.A origem do nome.Endereço e TelefoneDescendência familiar.MARÇOO bairro e a origem da Escola.ABRILOs tipos de casa e as localizações.Quais os tipos de habitantes.Dia do Índio e Descobrimento do BrasilPáscoa Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  16. 16. MAIOAs profissões.O trabalho.Dia das mães.JUNHO/JULHOCidades e RegiõesFesta JuninaAGOSTOFolcloreDia dos PaisSETEMBROOs meios de Transporte e o Trânsito.Dia da ÁrvorePrimaveraOUTUBROAnimais em extinção.Dia das CriançasNOVEMBROProclamação da República e Dia da BandeiraMeios de ComunicaçãoDEZEMBRONatal Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  17. 17. NATUREZAFEVEREIROO corpo humano - as partes, os sentidos, a alturaMARÇOA nossa alimentação e as origens dos alimentosDe onde vem e onde compramos os produtos que consumimosABRILAs estações do ano.Os períodos do dia.Os dias da semana.Os meses do ano.MAIOBoas maneirasComo nós devemos nos comportar e agirJUNHOEcologia e Meio AmbienteA reciclagemAGOSTOO dia e a noiteO tempo: estações Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  18. 18. SETEMBROSeres vivosSeres não vivosOUTUBROAnimaisAnimais que vivem na águaAnimais que vivem no arAnimais que vivem na terraAnimais com penasAnimais com pêlosAlimentação dos animaisOnde vivem os animaisAnimais domésticos, selvagens e noturnosNOVEMBROPlantasPartes das plantasCuidado com as plantasConservando o meio ambienteO tamanho das plantasOnde são encontradasAs plantas que trazem benefício ao homemDo que precisam as plantas: água, luz e sol.DEZEMBROEvite acidentesPrimeiros Socorros Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  19. 19. Formação Pessoal e Social Identidade e AutonomiaObjetivos:1. Experimentar e utilizar os recursos de que dispõem para a satisfação de suas necessidades essenciais, expressando seus desejos, sentimentos, vontades e desagrados, e agindo com progressiva autonomia;2. Ter uma imagem positiva de si, ampliando sua autoconfiança, identificando cada vez mais suas limitações e possibilidades, e agindo de acordo com elas;3. Valorizar ações de cooperação e solidariedade, desenvolvendo atitudes de ajuda e colaboração e compartilhando suas vivências;4. Brincar.Fevereiro - Meu nome, seu nomeMarço - Respeito às regras simples de convívio socialAbril - IndependênciaMaio - Interação - Cooperação - Valorização dos cuidados com os materiais de uso individual e coletivo.Junho - Participação de meninos e meninas igualmente em brincadeiras de futebol, casinha, pular corda etc.Agosto - Jogos e brincadeirasSetembro - Iniciativa para resolver pequenos problemas do cotidiano.Outubro - Respeito às características pessoais relacionadas ao gênero, etnia, peso, estatura, etc.Novembro - Participação em situações que envolvam a combinação de algumas regras de convivência em grupo.Dezembro - Procedimentos básicos de prevenção a acidentes e autocuidado. Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  20. 20. Objetivos: Movimento1. Familiarizar-se com a imagem do próprio corpo.2. Ampliar as possibilidades expressivas do próprio movimento, utilizando gestos e o ritmo corporal nas brincadeiras; jogos e demais situações.3. Controlar gradualmente o próprio movimento, aperfeiçoando os seus recursos de deslocamento e ajustando suas habilidades motoras.Conteúdos: Reconhecimento progressivo de segmentos e elementos do próprio corpo por meio da exploração com os outros. Percepção das sensações, limites potencialidades, sinais vitais e integridade do próprio corpo. Participação em brincadeiras e jogos que envolvam correr, subir, descer, etc. As músicas, danças, brincadeiras e jogos serão dados de acordo com o tema trabalhado no mês. Manipulação de materiais e brinquedos diversos para aperfeiçoamento de suas habilidades manuais.Fevereiro Esquema corporal - andando ( de frente e de costas), batendo palmas, (com as mãos na cabeça, com as mãos nacintura, etc.); saltando (uma corda em movimento, com os pés juntos, amarelinha); correndo (com as mãos na cabeça,num pé só, em duplas de mãos dadas); marchando (em fila, no mesmo lugar).Março Jogos imitativos - imitar a mamãe (varrendo a casa; passando roupa, o papai pintando a parede);- trabalhar adiscriminação auditiva (provocar sons com o próprio corpo: soprar, estalar, bater os pés no chão).Abril Brincadeiras ao ar livre: telefone sem fio, batata quente, macaquinho mandou, atravessando o rio, morto-vivo. Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  21. 21. Maio Brincadeiras com bola: bola rolada, gira roda, queimada, alerta, vai e vem, túnel, futebol, basquete.Junho Jogos e brincadeiras com sucatas e latas: perna de lata, andando com perna de latas, boliche, trilha de garrafas.Agosto Brincadeiras Folclóricas: corrida do saci, Mia - o gato, duro ou mole, mãe da rua, a corrente que pega a gente, quebracorrente, passa anel.Setembro Jogos e brincadeiras com raquetes: Pingue pongue, andar em linha reta ou zigue-zague, rebatendo a bola para o alto,rebatendo a bola na parede, em dupla com as raquetes rebatendo as bolas, rebater uma vez com a mão direita, outra coma esquerda.Outubro Cantigas de roda: Sambalelê, nesta rua, cana verde, capelinha de melão, o cravo brigou com a rosa, Terezinha deJesus, alecrim, atirei o pau no gato.Novembro Jogos e brincadeiras com cordas: saltando as cordas, vai e vem com as cordas, corrida com corda, pula-pula com corda.Dezembro Jogos e brincadeiras com arcos: pulando arcos no chão, rolar o arco, acertar as garrafas, jogar para o alto e pegar,brincando de volante, entrar no arco, fazer bambolê, corrida dos arcos. Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  22. 22. AVALIANDO NO ENSINO INFANTILAvaliação: A avaliação será feita através de observação e registro das falas dos alunos sobre o que aprenderamsobre reciclagem. Faremos anotações também do comportamento em relação a conscientização daimportância do ato.Sistemática de Avaliação De acordo com a Lei 9.394/96, estabelece na Seção II, referente à Educação Infantil, artigo 31que: “... a avaliação far-se-á mediante acompanhamento e registro do seu desenvolvimento, sem o objetivode promoção, mesmo para o acesso ao ensino fundamental”. A avaliação tem como objetivo verificar o processo evolutivo, o desempenho e o rendimento dascrianças. Nesse processo para que se garanta a efetividade do trabalho docente torna-se importante que oprofessor tenha maior autonomia à medida que ele possa desenvolver instrumentos que organizem a suaprática reflexiva. Um dos instrumentos é a observação sistemática de atividades que, significativas eintegradas permitem ao professor perceber as dificuldades e o progresso das crianças. Para que a avaliação possa contribuir para enriquecer o trabalho do professor, é necessário queeste a registre. Os registros das observações devem ser sistemáticos e o professor deve ter um lugar (umcaderno, um fichário, no qual faça as suas anotações). Essas anotações serão feitas individualmente decada aluno. Ao praticar o registro das observações e trocando experiências com seus pares, o professordescobrirá a forma de avaliar mais adequada às suas condições de trabalho. A avaliação não se restringe, apenas às crianças, mas deve atingir também aos professores,especialistas e demais profissionais envolvidos na ação pedagógica, deverá ser feita de forma sistemáticaatravés de auto-avaliação, discussão em grupo e análise dos resultados obtidos, visando o replanejamentoe avaliação da prática pedagógica. Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  23. 23. REFERÊNCIARCNEI - Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil - Volumes 1, 2 e 3 – Brasília: MEC, 1998.ANGOTTI, Maristela. O Trabalho Docente na Pré-Escola - Revisitando teorias, descortinando práticas - EditoraPioneira Educação - São Paulo: Pioneira Educação, 1994.DRUMOND, Simone Helen Drumond de Carvalho. – Guia Portfólio de Planejamento do Maternal, 1º período e 2ºperíodo – Manaus – Amazonas – 1ª edição 2009 – Disponível em simone_drumond@hotmail.com ehttp://simonehelendrumond.blogspot.comOSTETTO, Luciana Esmeralda. Encontros e encantamentos na educação infantil – São Paulo: Papirus - 4ª edição,2004.SHORES, Elizabeth e GRACE, Cathy. Manual de Portfólio - Um guia passo a passo para o professor - PortoAlegre: Artmed, 2001.VILA, Gladys B. de, MÜLLER, Marina. - Brincadeiras e Atividades Recreativas - Para crianças de 6 meses a 6 anos- São Paulo: Paulinas. Referência: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com – http://simonehelendrumond.blogspot.com

×