Educação como processo sociocultural
                     Simone Helen Drumond
             http://simonehelendrumond.ning...
O comportamento humano é
 mutável conforme as variações
culturais de cada sociedade, ele é
 ao mesmo tempo sujeito ativo e...
O homem é um ser sociocultural,
    visto ser o único capaz de
      construir e transmitir um
acumulado de informações at...
O indivíduo que busca
conhecimentos através da
 educação seja formal ou
   informal, tem maior
 facilidade para interagir
...
Complexidade comportamental de algumas
       espécies animais como cupins, abelhas,
  joão-de-barro e castores na constru...
O autor ainda salienta que o
    desenvolvimento e o
 comportamento da espécie
humana “... são mais abertos
 às aprendizag...
Dependendo do meio, se for favorável a
 descobertas e resoluções de problemas a criança
se desenvolverá com uma predominân...
Educação enquanto teoria pedagógica
  A educação é uma fração da experiência endoculturativa.
    Ela aparece sempre que h...
Cabalmente a educação humana não é algo que
 fica limitado a etapas ou períodos. Ela estende-se
pela vida toda. É uma dinâ...
No processo sociocultural ou nas teorias
   pedagógicas a educação mantém viva a
      consciência da intencionalidade e
 ...
O ensino formal é o momento em que a
educação se sujeita à pedagogia (a teoria
  da educação), cria situações próprias
  p...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Educação como processo sociocultural e pedagogico

6.932 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.932
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
78
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação como processo sociocultural e pedagogico

  1. 1. Educação como processo sociocultural Simone Helen Drumond http://simonehelendrumond.ning.com A educação é considerada um processo de socialização, visto que, os indivíduos são instruídos ativa e passivamente – por conhecimentos adquiridos no seio familiar ou por apreensão nas instituições escolares – a participar dos sistemas sociais.
  2. 2. O comportamento humano é mutável conforme as variações culturais de cada sociedade, ele é ao mesmo tempo sujeito ativo e passivo, suscetível ao meio em que vive.
  3. 3. O homem é um ser sociocultural, visto ser o único capaz de construir e transmitir um acumulado de informações através da junção do código genético e da herança cultural aos seus descendentes, possibilitando-os aprimorar e diversificar tais conhecimentos adequando ao seu tempo e realidade.
  4. 4. O indivíduo que busca conhecimentos através da educação seja formal ou informal, tem maior facilidade para interagir socialmente, conquistando o sucesso, nos mais diversos papéis sociais.
  5. 5. Complexidade comportamental de algumas espécies animais como cupins, abelhas, joão-de-barro e castores na construção de suas moradias; o ser humano vai além porque é o único “... capaz de gerar uma cultura e de transmiti-la às gerações posteriores”, pois tem “... um maior grau de abertura para a aprendizagem”. A “... complexidade do sistema nervoso” do individuo permiti a ele desenvolver habilidades e capacidades de organização e aperfeiçoamento “... de que ele necessita ou deseja para o seu bem- estar pessoal”.
  6. 6. O autor ainda salienta que o desenvolvimento e o comportamento da espécie humana “... são mais abertos às aprendizagens”, do que os de outras espécies animais.
  7. 7. Dependendo do meio, se for favorável a descobertas e resoluções de problemas a criança se desenvolverá com uma predominância psíquica e racional que propiciará a ser um adulto crítico, autônomo e criativo, mas se esse meio for desfavorável a descobertas e invenções que possibilitem a melhoria do padrão de vida de todos; o cérebro da criança captará as informações desse meio e esses estímulos negativos a tornará um adulto ignorante e frustrado.
  8. 8. Educação enquanto teoria pedagógica A educação é uma fração da experiência endoculturativa. Ela aparece sempre que há relações entre pessoas e intenções de ensinar-aprender. Intenções, por exemplo, de aos poucos ''modelar'' a criança, para conduzi-la a ser o ''modelo'' social de adolescentes, para torná-lo mais adiante um jovem e, depois, um adulto. Todos os povos sempre traduzem de alguma maneira esta lente transformação que a aquisição do saber deve operar. Ajudar a crescer, orientar a maturação, transformar em, tornar capaz, trabalhar sobre, domar, polir, criar, como um sujeito social, a obra, de que o ser humano natural é a matéria-prima.
  9. 9. Cabalmente a educação humana não é algo que fica limitado a etapas ou períodos. Ela estende-se pela vida toda. É uma dinâmica de aperfeiçoamento do ser humano como tal e total. É dentro desta dinâmica que podem existir períodos mais ou menos intensos, com etapas mais acentuadas ou não.
  10. 10. No processo sociocultural ou nas teorias pedagógicas a educação mantém viva a consciência da intencionalidade e finalidade dos seres humanos, sendo por isso de suma importância que renovemos continuamente essa consciência e procuremos aprofundar o sentido de nossas vidas, especialmente revisando e atualizando, continuamente, o seu quadro enquanto um ser em contínuo processo de mudanças e transformações.
  11. 11. O ensino formal é o momento em que a educação se sujeita à pedagogia (a teoria da educação), cria situações próprias para o seu exercício, produz os seus métodos, estabelece suas regras e tempos, e constitui executores especializados. É quando aparecem a escola, o aluno e o professor.

×