27 brincando de escrever nas costas do colega

364 visualizações

Publicada em

É UMA ATIVIDADE QUE FUNCIONA! É MUITO LEGAL!

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
364
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

27 brincando de escrever nas costas do colega

  1. 1. Essa atividade é excelente para promover a socialização lúdica da criança autista com as demais crianças do contexto escolar, uma vez que quando a criança brinca, ouve histórias e socializa contextos lúdicos com outras pessoas, suas funções psicológicas são modificadas. A criança autista deve constantemente incentivada para atuar nas atividades pedagógicas, assim, ela terá condições de incorporar as transformações na constituição de um plano interno de desenvolvimento de habilidades, que será a base de seu desenvolvimento. No contexto das crianças autistas, ter amigos, conviver, explorar o mundo e brincar com alguém, são situações fundamentais para o seu desenvolvimento. A CONCEPÇÃO SÓCIO-HISTÓRICA DO ESTUDIOSO VIGOTSKI, ENFATIZA QUE O DESENVOLVIMENTO HUMANO SE CONSTRÓI PELA INTERAÇÃO, DESDE O NOSSO NASCIMENTO. ESSA RELAÇÃO COM OUTRAS PESSOAS, PRINCIPALMENTE COM AQUELAS ENVOLVIDAS AFETIVAMENTE NA EDUCAÇÃO E CUIDADO, NOS PERMITE TRANSCENDER, ESSA POSSIBILIDADE É REAL PARA NOSSAS CRIANÇAS AUTISTAS, QUE TAMBÉM PODEM TRANSCENDER, DENTRO DE SUA ESPECIFICIDADE. Simone Helen Drumond CONTEÚDO: IDENTIFICANDO AS LETRAS DO ALFABETO
  2. 2. Simone Helen Drumond A CONCEPÇÃO SÓCIO-HISTÓRICA DO ESTUDIOSO VIGOTSKI, ENFATIZA QUE O DESENVOLVIMENTO HUMANO SE CONSTRÓI PELA INTERAÇÃO, DESDE O NOSSO NASCIMENTO. ESSA RELAÇÃO COM OUTRAS PESSOAS, PRINCIPALMENTE COM AQUELAS ENVOLVIDAS AFETIVAMENTE NA EDUCAÇÃO E CUIDADO, NOS PERMITE TRANSCENDER, ESSA POSSIBILIDADE É REAL PARA NOSSAS CRIANÇAS AUTISTAS, QUE TAMBÉM PODEM TRANSCENDER, DENTRO DE SUA ESPECIFICIDADE.
  3. 3. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO: AUTISMO E EDUCAÇÃO Simone Helen Drumond Ischkanian CONTEÚDO OBJETIVO PROCEDIMENTO METODOLÓGICO MATERIAL OBSEVAÇÕES Identificando as letras do alfabeto Identificar o alfabeto através do traçado das letras (no ar ou nas costas do colega e em outras diversas ocasiões do contexto educativo que o autista esteja inserido). Formam-se duplas. Em seguida a educadora deverá dizer uma letra a uma criança da dupla e esta terá que traçar nas costas (da outra criança) a letra dita pela educadora. A brincadeira segue com outras letras e revezando as crianças. NENHUM Simone Helen Drumond ( ) Hábitos de trabalhos, ( ) Relacionamento com os amigos e professores, ( ) Cumprimento das tarefas escolares, ( ) Atitudes positivas ou negativas com relação aos trabalhos escolares, ( ) Capacidade de cooperação, ( ) Aproveitamento de tempo e atividades produzidas espontaneamente. ( ) Registro das falas dos alunos sobre o que aprenderam sobre determinado conteúdo. ( ) Observação ( ) Participação ( ) Frequência ( ) Interesse ( ) Assimilação dos conteúdos ( ) Empenho ( ) Organização ( ) Progressão ( ) Colaboração ( ) Auto expressão dos saberes, de acordo com sua maturação. ( ) Outros .___________________________________________________ ___________________________________________________ ___________________________________________________ ___________________________________________________ ___________________________________________________ ___________________________________________________ Escola: ___________________________________ Professor (a): ______________________________ Série: _______________ Turma: _______________

×