“ Os paulis tas e maranhens es que meperdoem, mas s er carioc a é es s encial.Os derrotis tas que me des culpem, mascarioc...
O carioca todos s abem, é um c ara  nas cido 2/3 no Rio e outro terço emMinas , C eará, B ahia, e S ão Paulo, s em   falar...
...tira de letra no futebol como na                               c omo  vida. Não é um c onformis ta - mass abe que a vid...
...amante de s ua cidade, patriota dos eu bairro, o c arioca vai de s om (na      mús ica), vai de olho (é um   paquerador...
...o carioca é, antes de tudo, e  acima de tudo, um lúdic o. A indamais forte e mais otimis ta do que o  homem da anedota ...
S ó dói quando ele não ri. S ó dói quando ele não bate papo.   S ó dói quando ele não joga no                bicho.    S ó...
ext ilô er ndes       T o: M l rF na ú : de aa ilMsica Cida M r v hosa(CaetanoVeloso)   F maa ã V (nuvem passageira)    or...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Carioca !!!...

173 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
173
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Carioca !!!...

  1. 1. “ Os paulis tas e maranhens es que meperdoem, mas s er carioc a é es s encial.Os derrotis tas que me des culpem, mascarioca taí mes mo pra fic ar e s eu jeito não mudou.C ontinua livre por mais que o prendam, bus cando uma c omunicação humana por mais que o agridam, aceitando o pão que o diabo amas s ou c omo s e fos s e o leite da bondade humana....
  2. 2. O carioca todos s abem, é um c ara nas cido 2/3 no Rio e outro terço emMinas , C eará, B ahia, e S ão Paulo, s em falar em todos os outros es tados ,s obre tudo o maior deles , o es tado de es pírito...
  3. 3. ...tira de letra no futebol como na c omo vida. Não é um c onformis ta - mass abe que a vida é aqui e agora e que tris tezas não pagam dívidas . S em fundamental violência, a violencia nele é tão rara que a expres s ão “ botei pra quebrar” s ignifica exatamente o contrário, que não botou pra quebrar cois a nenhuma, mas apenas “ ras gou a fantas ia” ...
  4. 4. ...amante de s ua cidade, patriota dos eu bairro, o c arioca vai de s om (na mús ica), vai de olho (é um paquerador incans ável e tem umpes coço que gira 360 graus ), vai de olfato ( o odor é de s uprema importância na filos ofia s exual do carioc a). S em falar, que de tudo, vai dees pírito; digam o que dis s erem, opapo, invenç ão c arioca, ainda é o melhor do B ras il...
  5. 5. ...o carioca é, antes de tudo, e acima de tudo, um lúdic o. A indamais forte e mais otimis ta do que o homem da anedota c las s íc a que,atreves s ado por um punhal de lado a lado, dizia:” s ó dói quando eu rio”, o carioca envenenado pela poluição, neurotizado pelo tráfico, martirizado pela burocrac ia, es magado pela economia, vai levando, defendido pela couraç a verbal do s eu humor:
  6. 6. S ó dói quando ele não ri. S ó dói quando ele não bate papo. S ó dói quando ele não joga no bicho. S ó dói quando ele não vai ao Maracanã. S ó dói quando ele não s amba. S ó doi quando ele es quec e es s a folclorada ac ima, que lhe foiimpingida anos a fio com o objetivo de torná-lo objeto de turis mo, eenfrenta a dura realidade...carioca” .
  7. 7. ext ilô er ndes T o: M l rF na ú : de aa ilMsica Cida M r v hosa(CaetanoVeloso) F maa ã V (nuvem passageira) or t ç o: é

×